A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ETAPAS DO PROCESSO ELEITORAL. CONVENÇÕES PARTIDÁRIAS CF, arts. 5º, XVI e XVII, e 15 e §§, c/c EC 52/06; CE, art. 105, §§ 1º e 2º Lei n.9.096/95 ( LOPP.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ETAPAS DO PROCESSO ELEITORAL. CONVENÇÕES PARTIDÁRIAS CF, arts. 5º, XVI e XVII, e 15 e §§, c/c EC 52/06; CE, art. 105, §§ 1º e 2º Lei n.9.096/95 ( LOPP."— Transcrição da apresentação:

1 ETAPAS DO PROCESSO ELEITORAL

2 CONVENÇÕES PARTIDÁRIAS CF, arts. 5º, XVI e XVII, e 15 e §§, c/c EC 52/06; CE, art. 105, §§ 1º e 2º Lei n.9.096/95 ( LOPP ), art. 10; Lei n /97 ( Lei das Eleições) ( arts. 7º ao 10º § 5º ); Lei n /06 Res. TSE n /08, arts. 2º a 10

3 REGISTRO DE CANDIDATOS Lei Complementar n. 64/90, arts. 3º ao 18; CE, arts. 87 ao 102; Lei n /97, arts. 10 ao 16; Lei n /06, art. 1º ( 18 ); Res. TSE n /08, arts. 20 a 67; Súmulas TSE nºs. 1,3,4, 10 e 11.

4 PROPAGANDA E PESQUISA ELEITORAIS CE, arts. 240 ao 256 Lei n /95, arts. 45 a 49 Lei n /97, arts. 36 a 58 Lei n /06 Lei n /74, art. 12 Decreto n /98, art. 1º Res. TSE n /08 Res. TSE n /08 (Pesquisa)

5 ATOS PREPARATÓRIOS CF, art. 14 e 28 CE, arts. 114 a 138 Lei n /97, arts. 33 a 35 Lei n /82 Lei n /82 Res. TSE n /08

6 VOTAÇÃO CF., art. 14, caput e § 1º, I e II CE., arts. 135 a 156; 219 a 233 Lei n /97, arts. 59 a 64 Res. TSE n /08

7 APURAÇÃO CE, arts. 158 a 214 Lei n /97, arts. 87, 88, 158 a 233 Res. TSE n /08

8 DIPLOMAÇÃO CF, art. 14, § 10 CE., arts. 215 a 218 e 262 Lei n /97, art. 41A Lei n /06, art. 1º (art. 30, § 1º e art 30A, § 2º)

9 06/05/2008 – Novo presidente do TSE diz que irá aperfeiçoar fidelidade partidária O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Carlos Ayres Britto assume nesta terça-feira (6) a presidência do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) no lugar de Marco Aurélio Mello. Ele afirmou em entrevista a um portal de notícias na Internet, que pretende aperfeiçoar o sistema de fidelidade partidária antes das eleições municipais deste ano. Britto disse estar cobrando dos candidatos fidelidade aos partidos e ao esquadro ideológico que sai de cada eleição. Ele disse ainda que se está cobrando dos candidatos eleitos postura compatível com uma idéia de qualificação política ou de autenticidade do regime democrático representativo. O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Carlos Ayres Britto assume nesta terça-feira (6) a presidência do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) no lugar de Marco Aurélio Mello. Ele afirmou em entrevista a um portal de notícias na Internet, que pretende aperfeiçoar o sistema de fidelidade partidária antes das eleições municipais deste ano. Britto disse estar cobrando dos candidatos fidelidade aos partidos e ao esquadro ideológico que sai de cada eleição. Ele disse ainda que se está cobrando dos candidatos eleitos postura compatível com uma idéia de qualificação política ou de autenticidade do regime democrático representativo.


Carregar ppt "ETAPAS DO PROCESSO ELEITORAL. CONVENÇÕES PARTIDÁRIAS CF, arts. 5º, XVI e XVII, e 15 e §§, c/c EC 52/06; CE, art. 105, §§ 1º e 2º Lei n.9.096/95 ( LOPP."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google