A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

* Movimento Intelectual europeu dos séculos XVII e XVIII – época do ápice do Estado Absoluto; * ILUMINISMO = vem do verbo iluminar – época do esclarecimento.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "* Movimento Intelectual europeu dos séculos XVII e XVIII – época do ápice do Estado Absoluto; * ILUMINISMO = vem do verbo iluminar – época do esclarecimento."— Transcrição da apresentação:

1 * Movimento Intelectual europeu dos séculos XVII e XVIII – época do ápice do Estado Absoluto; * ILUMINISMO = vem do verbo iluminar – época do esclarecimento (esclarecer) e da ilustração (tornar polido, brilhante); * Conjunto de ideias iluministas tinha por objetivo levar luzes para as pessoas = inteligência e racionalidade; * Progresso técnico e científico = ambições burguesas de superar as barreiras da antiga ordem feudal;

2

3

4 RENÉ DESCARTES: Discurso sobre o método – destacava a dúvida como ponto de partida para o saber. Inaugurou o método de estudo da natureza chamado CARTESIANO – apontava a razão e as ideias como imprescindíveis para chegar à verdade e ao conhecimento; ASSIM NASCEU O RACIONALISMO E A VERIFICAÇÃO EXPERIMENTAL ISAAC NEWTON: Identificou o princípio da gravidade universal, revelando um mundo governado pelas leis da física e não por razões divinas. Junto com Descartes, substituiu a religião pela ciência, e a revelação milagrosa, pela observação e experimentação na explicação dos fenômenos naturais, consolidando o racionalismo; JOHN LOCK ( ):. Transferiu o conceito de razão para a política e para a análise social – isso abalou as estruturas do Estado Absoluto.

5 Produziram ideias para a conversão da sociedade tradicional de súditos em sociedade liberal de cidadãos; Capacidade humana, superação do mundo existente, incentivo a oposição à velha ordem; Pensamento racional = meio mais adequado para o homem desvendar a ordem da natureza; FILÓSOFOS: argumentavam que a fé não dava conta de responder a todos os questionamentos do ser humano; Muitos teóricos da Igreja eram contrários a esse movimento intelectual;

6 JOHN LOCKE * Segundo Tratado do Governo Civil (obra principal); * Para ele os homens possuem a vida, a liberdade e a propriedade como seus principais direitos naturais; * O homem estabelece um tratado com o Governo e com a Sociedade Civil; * Ao governante não caberia jamais o direito de destruir, de escravizar ou empobrecer qualquer súdito... JOHN LOCKE * Segundo Tratado do Governo Civil (obra principal); * Para ele os homens possuem a vida, a liberdade e a propriedade como seus principais direitos naturais; * O homem estabelece um tratado com o Governo e com a Sociedade Civil; * Ao governante não caberia jamais o direito de destruir, de escravizar ou empobrecer qualquer súdito...

7 BARÃO DE MONTESQUIEU * O Espírito das Leis (Obra principal); * Sistematizou a teoria da separação dos poderes do Estado, já esboçada por Locke – o governo deveria ser exercido simultaneamente por três poderes distintos e independentes: * LEGISLATIVO, EXECUTIVO e JUDICIÁRIO; * Classificou os governos como DESPÓTICOS, MONÁRQUICOS e REPUBLICANOS; * Apesar de ser contrário ao Antigo Regime, Montesquieu opunha-se ao direito de voto para aqueles que se encontrava num estado de baixeza profundo BARÃO DE MONTESQUIEU * O Espírito das Leis (Obra principal); * Sistematizou a teoria da separação dos poderes do Estado, já esboçada por Locke – o governo deveria ser exercido simultaneamente por três poderes distintos e independentes: * LEGISLATIVO, EXECUTIVO e JUDICIÁRIO; * Classificou os governos como DESPÓTICOS, MONÁRQUICOS e REPUBLICANOS; * Apesar de ser contrário ao Antigo Regime, Montesquieu opunha-se ao direito de voto para aqueles que se encontrava num estado de baixeza profundo

8 VOLTAIRE (François Marie Arouet) * Cartas Inglesas (Obra principal); Criticou a Igreja Católica e os resquícios feudais, como a servidão; * Propôs um governo que fosse uma Monarquia Ilustrada, isto é, um Rei esclarecido pelos filósofos iluministas; * Defendia a crença num ser supremo e num estado Burguês sob um governo esclarecido. VOLTAIRE (François Marie Arouet) * Cartas Inglesas (Obra principal); Criticou a Igreja Católica e os resquícios feudais, como a servidão; * Propôs um governo que fosse uma Monarquia Ilustrada, isto é, um Rei esclarecido pelos filósofos iluministas; * Defendia a crença num ser supremo e num estado Burguês sob um governo esclarecido.

9 JEAN-JACQUES ROUSSEAU * Do Contrato Social (Obra principal); * Condenava o Antigo Regime; * Renunciar à liberdade é renunciar a ser homem; Para Rousseau a única esperança de garantir os direitos de cada um é, organizar uma sociedade civil e ceder esses direitos para a comunidade; O que a maioria decide é sempre justo no sentido político e torna-se absolutamente obrigatório para cada um dos cidadãos. JEAN-JACQUES ROUSSEAU * Do Contrato Social (Obra principal); * Condenava o Antigo Regime; * Renunciar à liberdade é renunciar a ser homem; Para Rousseau a única esperança de garantir os direitos de cada um é, organizar uma sociedade civil e ceder esses direitos para a comunidade; O que a maioria decide é sempre justo no sentido político e torna-se absolutamente obrigatório para cada um dos cidadãos.

10 Ideias contrárias ao absolutismo dirigido mais especificamente contra o mercantilismo = defesa de uma economia livre da tutela do Estado; FISIOCRATISMO = (FÍSIO = NATUREZA); QUESNAY = fundador dessa escola – quadro econômico, partiu do pressuposto de que a terra é a única fonte de riqueza, destacando a importância da agricultura dentro da economia; GOURNAY = Laissez faire, laissez passer, le monde va de lui-même (Deixai fazer, deixai passar, o mundo vai por si mesmo)

11 *Riqueza das Nações (Obra principal); * Considerado o Pai da Economia; * Fundador do Liberalismo Econômico; * Economia vista como ciência com leis próprias; * Condenava o mercantilismo; * Defendia a livre concorrência, a divisão do trabalho e o livre- comércio; * Riqueza das Nações é considerada a cartilha do capitalismo liberal ou da economia política clássica; *Riqueza das Nações (Obra principal); * Considerado o Pai da Economia; * Fundador do Liberalismo Econômico; * Economia vista como ciência com leis próprias; * Condenava o mercantilismo; * Defendia a livre concorrência, a divisão do trabalho e o livre- comércio; * Riqueza das Nações é considerada a cartilha do capitalismo liberal ou da economia política clássica;

12 Resumo panfletário das ideias iluministas; Composta por 35 volumes organizada pelo matemático DAlembert e pelo filósofo Diderot; 130 colaboradores; Valorização da razão (racionalismo) como substituta da fé; Valorização da Atividade Científica como forma de alcançar um mundo melhor; Crítica à Igreja Católica e ao Clero; Deísmo: crença em Deus como força impulsionadora do Universo – apesar de alguns participantes serem ateístas; Concepção de governo como fruto de um contrato entre governantes e governados;

13 Segunda Metade do Século XVIII – diante da difusão e assimilação das ideias iluministas, alguns monarcas absolutos adotaram em seus governos medidas reformistas, ganhando o apelido de DÉSPOTAS ESCLARECIDOS; Faziam algum uso dos princípios liberais; PRINCIPAIS REPRESENTANTES: José II – Áustria; Catarina II – Rússia; Marquês de Pombal – Portugal; Frederico II – Prússia; Carlos III - Espanha


Carregar ppt "* Movimento Intelectual europeu dos séculos XVII e XVIII – época do ápice do Estado Absoluto; * ILUMINISMO = vem do verbo iluminar – época do esclarecimento."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google