A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

MARTA – Definindo Prioridades Marta era irmã de Lázaro e Maria, de Betânia, embora a identificação dos três como irmãos, bem como a afirmação de que moravam.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "MARTA – Definindo Prioridades Marta era irmã de Lázaro e Maria, de Betânia, embora a identificação dos três como irmãos, bem como a afirmação de que moravam."— Transcrição da apresentação:

1

2 MARTA – Definindo Prioridades Marta era irmã de Lázaro e Maria, de Betânia, embora a identificação dos três como irmãos, bem como a afirmação de que moravam em Betânia, sejam apenas encontradas no Evangelho de João. Tanto João quanto Lucas retratam Marta como uma mulher prática que era cuidadosa quanto às preparações adequadas e os detalhes de sua hospitalidade. Quando Jesus os visitou (antes da morte de Lázaro), Marta reclamou a Ele quanto ao comportamento de Maria, que não a estava ajudando com as tarefas domésticas. Gentilmente, Jesus a admoestou, dizendo que com efeito, embora Maria talvez não estivesse suficientemente preocupada com as responsabilidades terrenas, Marta, por sua vez, não mantinha foco suficiente nas coisas espirituais. Vejamos o texto bíblico: Indo eles de caminho, entrou Jesus num povoado. E certa mulher, chamada Marta, hospedou-o na sua casa. Tinha ela irmã, chamada Maria, e esta, quedava-se assentada aos pés do Jesus, a ouvir-lhe os ensinamentos. Marta agitava-se de um lado para outro, ocupada em muitos serviços. Então, se aproximou de Jesus e disse: Senhor, não te importas de que minha irmã tenha deixado que eu fique a servir sozinha? Ordena-lhe, pois, que venha ajudar-me. Respondeu-lhe o Senhor: Marta! Marta! Andas inquieta e te preocupas com muitas coisas. Entretanto, pouco é necessário ou mesmo uma só coisa; Maria, pois, escolheu a boa parte, e esta não lhe será tirada. (Bíblia da Mulher, Lc 10:38-42) Marta, por sua vez, não mantinha foco suficiente nas coisas espirituais.

3 O reinado de Deus transcende todas as preocupações e inquietações terrenas, e Jesus indicou que Marta deveria prestar mais atenção a isso. A resposta amorosa que Ele lhe deu não foi uma crítica à preocupação de Marta com o serviço, nem uma rejeição à sua hospitalidade zelosa e generosa. Ele pediu simplesmente para que ela reavaliasse suas prioridades, colocando em primeiro lugar os valores eternos e não as necessidades mais imediatas. Além disso, Jesus sugeriu que ela deixasse Maria decidir sozinha o que fazer. Quando Lázaro morreu, foi Marta quem correu para se encontrar com Jesus no caminho (Jo 11:20). Embora ela tivesse advertido Jesus por não ter chego antes, demonstrou sua fé ao afirmar saber que Ele ainda poderia ajudá-los. Quando Jesus explicou que Ele era a ressurreição, ela concordou e viu a imediata manifestação de sua fé na ressurreição do seu irmão. Apesar da disposição e do intenso ativismo de Marta, ela, sem dúvida alguma, cria verdadeiramente em Jesus. Sua afirmação sobre a missão messiânica de Jesus é tão poderosa quanto qualquer confissão de fé registrada na Bíblia:Sim; Senhor, eu tenho crido que tu és o Cristo, o Filho de Deus que devia vir ao mundo.(Bíblia da Mulher, Jo 11:27) MARTA – Definindo Prioridades Sua afirmação sobre a missão messiânica de Jesus é tão poderosa quanto qualquer confissão de fé registrada na Bíblia.

4 MARTA – Definindo Prioridades Existe algo muito relevante no caráter desta mulher. O simples fato de Marta assumir os deveres de hospitalidade confirma, mais uma vez, que seus talentos estavam sendo dedicados para o Reino de Deus. Jesus e muitas outras pessoas necessitavam do alívio e do descanso físico que a calorosa hospitalidade de Marta podia suprir. Marta, em nenhum momento estava errada por trabalhar para a hospedagem de Jesus e seus discípulos. O coração de Marta não era capaz de discernir as prioridades (neste caso tempo de qualidade com Jesus). Jesus tinha segredos e revelações para compartilhar com ela. Talvez ela até pensasse: O Senhor não pode me aquietar, tenho comida para fazer, só mande alguém para me ajudar. Quantas vezes não discernimos que o Filho de Deus está em nosso lar para falar conosco? Discernir prioridades e deixar Deus conduzir a nossa história nos livra da ansiedade, da canseira, do sentimento de frustração e de desvalorização... O problema estava em sua atitude que denunciou o que estava em seu coração.

5 COMO INVESTIMOS TEMPO NAS QUESTÕES ETERNAS? Abaixo algumas dicas que podem nos ajudar nisso: Estabeleça as prioridades para o seu dia, reserve tempo, de preferência pela manhã para falar tranquilamente com Deus e pedir a Ele orientações para o dia que se inicia; Depois de orar, medite na Palavra de Deus. Ela é a verdade que ilumina os seus caminhos (Sl 119:105); Ande com Ele, faça todas as coisas com Jesus ao seu lado, sinta a sua presença e quando puder, fale o que pensa, cante um louvor ou simplesmente agradeça a Ele tudo o que tem; Aprenda a dizer não para as coisas menos importantes; Avalie as suas motivações. O Senhor sonda o seu coração (Sl 139:23). Pergunte-se a si mesma se o que vai realizar está dentro dos Planos de Deus para a sua vida; Tenha dependência de Deus em todas as coisas. Como uma criança que precisa da orientação e direção dos seus pais, seja para com o teu Deus. Lembre-se sempre que Ele tem o melhor para você (Rm 8:28); Ame a DEUS acima de suas RESPONSABILIDADES e deveres. É o Pai que supre todas as nossas necessidades (Mt 6:33), precisamos crer nisso para descansarmos no Senhor (Sl 23). Marta foi um exemplo de mulher que se permitiu ser ensinada pelo Mestre dos mestres. Jesus continua nos ensinando hoje essas mesmas coisas, basta inclinarmos o nosso coração para aprender. FAZER COM CRISTO É MAIS IMPORTANTE QUE FAZER PARA CRISTO


Carregar ppt "MARTA – Definindo Prioridades Marta era irmã de Lázaro e Maria, de Betânia, embora a identificação dos três como irmãos, bem como a afirmação de que moravam."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google