A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

INCLUSÃO DIGITAL ROMPENDO BARREIRAS. Tópicos de discussão OS PRINCIPAIS PRESSUPOSTOS DA INCLUSÃO DIGITAL AS ESTATÍSTICAS AS AÇÕES O PAPEL DA EDUCAÇÃO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "INCLUSÃO DIGITAL ROMPENDO BARREIRAS. Tópicos de discussão OS PRINCIPAIS PRESSUPOSTOS DA INCLUSÃO DIGITAL AS ESTATÍSTICAS AS AÇÕES O PAPEL DA EDUCAÇÃO."— Transcrição da apresentação:

1 INCLUSÃO DIGITAL ROMPENDO BARREIRAS

2 Tópicos de discussão OS PRINCIPAIS PRESSUPOSTOS DA INCLUSÃO DIGITAL AS ESTATÍSTICAS AS AÇÕES O PAPEL DA EDUCAÇÃO

3 PRESSUPOSTOS INCLUSÃO DIGITAL é o direito ao acesso ao mundo digital (e não estamos falando só de Internet) A EXCLUSÃO DIGITAL aprofunda a exclusão sócio-econômica. Ela aumenta a marginalização. A EXCLUSÃO DIGITAL se acentua à medida que a tecnologia avança e é muito mais complexa que o analfabetismo.

4 PRESSUPOSTOS INCLUIR DIGITALMENTE não é promover cursos de informática. As ações de INCLUSÃO DIGITAL devem incluir empresas, entidades sociais, intelectuais, estudantes, empresários, políticos, militares, sindicalistas, jovens, pessoas da terceira idade, portadores de deficiências, homens e mulheres, tanto usuários como, principalmente, produtores de conteúdo. Afinal, não basta apenas surfar na Internet: também é preciso aprender a fazer onda!

5 AS ESTATÍSTICAS Mais de 149 milhões de brasileiros, dos cerca de 170 milhões de habitantes do País, não tem acesso à Internet No Brasil existem cerca de 7,27 internautas para cada 100 habitantes, enquanto em países como os Estados Unidos este número atinge 65 internautas para cada 100 habitantes

6 O BRASIL EXCLUÍDO

7 O MAPA DA EXCLUSÃO NO RIO DE JANEIRO

8 O mapa da exclusão não deixa dúvidas: na população de zero a 15 anos, apenas 8,98% têm computador em casa e 5,68% acesso à internet. É na faixa etária dos adultos que se concentra a maior proporção de usuários. Contudo são os mais jovens os grandes interessados em aprender informática. Pesquisas da FGV em comunidades carentes mostram que a maioria esmagadora dos adolescentes sonha em fazer cursos de informática. A IDADE DOS EXCLUÍDOS

9 45% dos nossos indigentes têm menos de 15 anos A juventude guarda o futuro da miséria brasileira. O analfabetismo digital, afeta negativamente a vida em sociedade, porque coloca o analfabeto em desvantagem, influenciando todos os campos da vida do indivíduo

10 AS AÇÕES A implementação de políticas estruturais e não compensatórias A parcela carente da sociedade precisa mais que simples políticas miseráveis. Eles precisam do melhor. É preciso buscar a integração de todos os setores da sociedade para combater mais este apartheid

11 INCLUSÃO DIGITAL, O PAPEL DA EDUCAÇÃO A Educação Formal é um ambiente favorável à Inclusão Digital A escola faz parte da comunidade e sofre influências da Educação Informal, por isso não podemos separar as duas realidades Considerar os vários atores: professores, alunos, especialistas e a comunidade

12 INCLUSÃO DIGITAL, O PAPEL DA EDUCAÇÃO A formação do educador e do aluno deve promover uma aprendizagem continuada A formação do educador deve garantir que ele não seja simplesmente consumidor de informações A escola deve ser agente de inclusão digital, envolvendo todos os níveis e modalidades educacionais As ações de Inclusão Digital na Educação Formal devem estar integradas aos conteúdos curriculares

13 MUITO MAIS QUE UMA JANELA É O ABRIR DE TODAS AS PORTAS PARA O MUNDO...


Carregar ppt "INCLUSÃO DIGITAL ROMPENDO BARREIRAS. Tópicos de discussão OS PRINCIPAIS PRESSUPOSTOS DA INCLUSÃO DIGITAL AS ESTATÍSTICAS AS AÇÕES O PAPEL DA EDUCAÇÃO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google