A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Astecas. Os astecas (1325 até 1521; a forma azteca também é usada) foram uma civilização mesoamericana, pré- colombiana, que floresceu principalmente.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Astecas. Os astecas (1325 até 1521; a forma azteca também é usada) foram uma civilização mesoamericana, pré- colombiana, que floresceu principalmente."— Transcrição da apresentação:

1 Astecas

2 Os astecas (1325 até 1521; a forma azteca também é usada) foram uma civilização mesoamericana, pré- colombiana, que floresceu principalmente entre os séculos XIV e XVI, no território correspondente ao atual México civilizaçãomesoamericanapré- colombiana séculosXIVXVIterritório México Na sucessão de povos mesoamericanos que deram origem a essa civilização destacam-se os toltecas, por suas conquistas civilizatórias, florescendo entre o século X e o século XII seguidos pelos chichimecas imediatamente anteriores e praticamente fundadores do Império Asteca com a queda do Império Tolteca. Os astecas foram derrotados e sua civilização destruída pelos conquistadores espanhóis, comandados por Fernando Cortez.toltecasséculo Xséculo XIIImpério Toltecaconquistadoresespanhóis Fernando Cortez

3

4 História O controle político do populoso e fértil vale do México ficou confuso após Gradualmente, os astecas, uma tribo do norte, assumiram o poder depois de Os astecas eram um povo indígena da América do Norte, pertencente ao grupo nahua. Os astecas também podem ser chamados de mexicas (daí México). Migraram para o vale do México (ou Anahuác) no princípio do século XIII e assentaram-se, inicialmente, na maior ilha do lago de Texcoco (depois todo drenado pelos espanhóis), seguindo instruções de seus deuses para se fixarem onde vissem uma águia pousada em um cacto, devorando uma cobra.A partir dessa base formaram uma aliança com duas outras cidades – Texcoco e Tlacopán – contra Atzcapotzalco, derrotaram-no e continuaram a conquistar outras cidades do vale durante o século XV, quando controlavam todo o centro do México como um Império ou Confederação Asteca, cuja base econômico-política era o modo de produção tributário. No princípio do século XVI, seus domínios se estendiam de costa a costa, tendo ao norte os desertos e ao sul o território maia.políticovale do México1100tribo1200povo indígenaAmérica do NortenahuaMéxicoséculo XIIIlago de Texcoco drenado deuseságuiacactocobraTexcoco TlacopánAtzcapotzalcovale século XVImpérioConfederaçãoséculo XVIdesertosmaia

5

6 Os astecas, que atingiram alto grau de sofisticação tecnológica e cultural, eram governados por uma monarquia eletiva, e organizavam-se em diversas classes sociais, tais como nobres, sacerdotes, guerreiros, comerciantes e escravos, além de possuírem uma escrita pictográfica e dois calendários (astronômico e litúrgico).monarquianobres sacerdotesguerreiroscomerciantesescravoscalendáriosastronômicolitúrgico Ao estudar a cultura asteca, deve-se prestar especial atenção a três aspectos: a religião, que demandava sacrifícios humanos em larga escala, particularmente ao Deus da guerra, Huitzilopochtli; a tecnologia avançada, como a utilização eficiente das chinampas (ilhas artificiais construídas no lago, com canais divisórios) e a vasta rede de comércio e sistema de administração tributária.culturareligiãosacrifícios humanosDeusguerraHuitzilopochtli tecnologiachinampasilhaslagocomércio O império asteca era formado por uma organização estatal que se sobrepôs militarmente a diversos povos e comunidades na Meso- América. Segundo Jorge Luis Ferreira, os astecas possuíam uma superioridade cultural e isso justificaria sua hegemonia política sobre as inúmeras comunidades nestas regiões, o que era argumentado por eles mesmos.

7 Sociedade A sociedade asteca era rigidamente dividida. O grupo social dos pipiltin (nobreza) era formada pela família real, sacerdotes, chefes de grupos guerreiros como os Jaguares e as Águias e chefes dos calpulli. Podiam participar também alguns plebeus (macehualtin) que tivessem realizado algum ato extraordinário. Tomar chocolate quente (xocoatl) era um privilégio da nobreza. O resto da população era constituída de lavradores e artesãos. Havia, também, escravos (tlacotin).sociedadenobrezafamília realsacerdotesJaguaresÁguias chefesplebeusextraordinário chocolate quenteprivilégiopopulaçãolavradoresartesãos escravos

8

9 O imperador Os imperadores astecas em língua Nahuatl eram chamados Hueyi Tlatoani ("O Grande Orador"), termo também usado para designar os governantes das altepetl (cidades). Os imperadores astecas foram os maiores responsáveis tanto pelo crescimento do império, como para a decadência do mesmo. Ahuizotl, por exemplo, foi ao mesmo tempo o imperador mais cruel e o responsável pela maior expansão do império. Já Montezuma II (ou Moctezuma II), tendo sido um imperador justo e pacifico, foi também fraco em suas decisões, permitindo que os espanhóis entrassem em seus domínios, mesmo após a circulação de histórias de que estes teriam massacrado tribos, abalando fatalmente a solidez de seu império, e finalmente degenerando na sua extinção.imperadoresNahuatlAhuizotlMontezuma IIespanhóis A sucessão dos imperadores astecas não era hereditária de pai para filho, sendo estes eleitos por um consenso entre os membros da nobreza. nobreza

10

11 Economia Ao longo da expansão do povo asteca, a agricultura foi se tornando a sua principal atividade econômica. Mesmo habitando uma região com terrenos alagados desenvolveram técnicas agrícolas que superavam as limitações naturais da região. Uma interessante técnica agrícola desenvolveu-se com a construção das chinampas. As chinampas eram grandes esteiras de junco sustentadas por hastes fixadas no fundo dos lagos. Na superfície da chinampa era depositada a fértil lama encontrada no fundo dos lagos. Dessa forma foi possível ampliar a produção agrícola. Além disso, os astecas também utilizaram de canais de irrigação que tornavam possível o plantio em regiões menos férteis. O comercio também figurava entre uma das principais atividades da economia asteca. Em grandes mercados, como o de Tlatelolco, pessoas realizavam trocas de artesanatos, alimentos, pequenos animais, utensílios e ervas medicinais. Além de realizarem o comércio através do escambo, também utilizavam a semente do cacau como uma moeda de troca.

12 Baseada em uma forte tradição militarista, os astecas possuíam uma organização social vinculada pela posição política e econômica reservada a cada um dos seus membros. O Estado asteca era chefiado por um imperador que contava com o apoio de funcionários na administração das terras e construções do império. No topo da hierarquia social asteca estavam os nobres, os sacerdotes e os militares. Estas três classes exerciam importante papel na manutenção do império, na conquista de novas terras e o contato entre os homens e os deuses.conquista

13

14

15

16 Alunas: Luana Santiago, Francine Martins, Luryan Golveia


Carregar ppt "Astecas. Os astecas (1325 até 1521; a forma azteca também é usada) foram uma civilização mesoamericana, pré- colombiana, que floresceu principalmente."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google