A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Eutanásia. Este trabalho é sobre a Eutanásia Neste trabalho, definimos, resumidamente, a eutanásia, porque se pratica a mesma, a opinião da família, dos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Eutanásia. Este trabalho é sobre a Eutanásia Neste trabalho, definimos, resumidamente, a eutanásia, porque se pratica a mesma, a opinião da família, dos."— Transcrição da apresentação:

1 Eutanásia

2 Este trabalho é sobre a Eutanásia Neste trabalho, definimos, resumidamente, a eutanásia, porque se pratica a mesma, a opinião da família, dos médicos e do próprio doente; apresentamos a opinião do grupo, os aspectos sociais relacionados com o tema, divulgamos quais os primeiros países que aderiram a esta prática e exemplos de casos reais.

3 Significado: A eutanásia é o acto de, invocando compaixão, matar intencionalmente uma pessoa. A palavra "EUTANÁSIA" é composta por duas palavras gregas "eu" e "thanatos" e significa, literalmente, "uma boa morte".

4 Porque se faz ? Utiliza-se esta técnica para acabar com o sofrimento do doente (terminal) que vive os seus dias considerando que o fardo de viver é demasiado pesado …

5 A Eutanásia pode ser: Activa Passiva Voluntária Involuntária Não voluntária

6 Outros termos relacionados com a Eutanásia: Distanásia: é o oposto da eutanásia, que implica a utilização de todas as possibilidades para prolongar a vida de um ser humano. Ortotanásia: é o oposto da distanásia, que implica o acto de não promover ou acelerar o processo da morte.

7 Diferentes perspectivas Médicos: Profissionalmente os médicos defendem o respeito á dignidade humana desde o nascimento até à morte. Segundo o juramento a Hipócrates a eutanásia é um acto considerado homicídio. Apesar do juramento, os médicos têm senso, o que os obriga a reflectir sobre o assunto numa outra perspectiva, nomeadamente a do doente. Doente: Um doente em fase terminal em determinadas situações poderá eventualmente reclamar o acto da Eutanásia no entanto tal nem sempre é viavél uma vez que o doente não possui poder para tal decisão.

8 Família: Hoje em dia a família defende tanto a eutanásia como a distanásia. Por um lado não se querem separar dos familiares, no entanto vivem um ambiente de compaixão pois amam aqueles que vêem sofrer. Diferentes perspectivas

9 A igreja católica defende que Deus dá o dom à vida e só ele pode dar a morte. Qual o papel da Igreja:

10 Aspectos positivos e negativos em relação à Igreja: Aspectos Positivos: Acaba com o sofrimento dos doentes e dos seus responsáveis. Aspectos Negativos: Os argumentos contra são religiosos, éticos, políticos e sociais. A Igreja considera uma usurpação do direito da vida A medicina eticamente considera a eutanásia homicídio, segundo o juramento de Hipócrates A sociedade a nível mundial está dividida. Actualmente existem alguns países que já legalizaram a Eutanásia.

11 Aspectos a favor e contra relativamente à Eutanásia: A favor: Alivio da dor mental e do sofrimento. A falta de qualidade de vida implica em muitas situações o poder de decisão. Contra: Se a vida é uma consequência de ordem natural, também a sua extinção -morte - não é menos natural.

12 Os países que legalizaram a Eutanásia :

13 Casos reais: Ramón Sampedro

14 O que pensam os Portugueses: Nota: o estudo consiste em perguntar, igualmente a pessoas de ambos os sexos sem ter em considera ç ão a idade ou estrato social, a opinião sobre eutan á sia (pergunta - Concorda ou não concorda com a permissão da pratica das situa ç ão bio é tica a seguir enunciada? – Eutan á sia ). O estudo foi feito a 30 elementos do sexo masculino e 30 do sexo feminino. Os dados são apresentados no seguinte gr á fico:

15 O que pensam os Portugueses: -62,6% - tem posições favoráveis à prática da eutanásia em Portugal - 54,1 % - diz que a "eutanásia é um acto aceitável dentro de certos limites" - 8,5% - aceita a eutanásia sem limite -35,3% - opina que a "eutanásia é um acto condenável em qualquer situação Ou seja, mesmo os grupos mais favoráveis apenas tendem a ver a eutanásia como Uma orientação aceitável em certas condições". São os homens, com idades entre os 30 e os 39 anos, mais escolarizados (com o ensino superior completo ou incompleto), mais elevados indicadores de cultura de origem, com alto rendimento individual (161 contos e mais), simpatia pelos partidos de esquerda, nenhuma confiança na Igreja ou nas organizações religiosas, ateus e muito alta confiança na ciência aqueles que se apresentam como mais favoráveis à eutanásia". -38,2% diz que "o doente na posse das suas capacidades mentais tem o direito de ser ajudado pela medicina se decidir morrer". -28% pensa que "quando o doente se encontra em coma profundo, os médicos podem desligar a máquina com o acordo da família" 33, 6% considera inaceitável que nessa situação seja o médico a decidir


Carregar ppt "Eutanásia. Este trabalho é sobre a Eutanásia Neste trabalho, definimos, resumidamente, a eutanásia, porque se pratica a mesma, a opinião da família, dos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google