A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Gasto energético e utilização de Substratos (macronutrientes) em atletas em atletas Prof a Dra Ellen Cristini Freitas Araújo Escola Educação Física e Esporte.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Gasto energético e utilização de Substratos (macronutrientes) em atletas em atletas Prof a Dra Ellen Cristini Freitas Araújo Escola Educação Física e Esporte."— Transcrição da apresentação:

1 Gasto energético e utilização de Substratos (macronutrientes) em atletas em atletas Prof a Dra Ellen Cristini Freitas Araújo Escola Educação Física e Esporte Ribeirão Preto - USP

2

3 Taxa Metabólica Basal

4 REGULADORES DO METABOLISMO BASAL Níveis de hormônio da Tireóide Níveis de hormônio da Tireóide Ingestão Calórica Ingestão Calórica Gênero Sexual Gênero Sexual Gravidez Gravidez Clima Clima Massa corporal Massa corporal Exercício Exercício

5 Gênero Sexual

6 Gravidez TMB TMB

7 Clima Climas Tropicas TMB 5 a 20% mais alto Climas Tropicas TMB 5 a 20% mais alto Climas Frios = resulta em mudanças na TMB dependente do conteúdo de gordura corporal. Pode aumentar entre 2 e 3 vezes Climas Frios = resulta em mudanças na TMB dependente do conteúdo de gordura corporal. Pode aumentar entre 2 e 3 vezes

8 Exercício - O exercício preserva a TMB preservando a massa muscular - Dependendo da intensidade do exercício pode elevar a TMB também durante a recuperação pelo efeito EPOC - Exercício intenso aumenta entre 4% e 16% a TMB na recuperação em comparação com os valores pré - exercício e a mantém até 5 horas após

9 Exercício de Alta Intensidade EPCO – Excess Post-Exercise Oxygen Consumption QR nas 24 horas subsequentes QR nas 24 horas subsequentes Oxidação das gorduras após o Exercício Oxidação das gorduras após o Exercício (CHAD et al. J. Appl. Physiol., 70:, 1991)

10 Massa Corporal > MASSA CORPORAL > TMB > TMB Exercício com peso Exercício com peso corporal apoiado; exercício com sustentação do peso com sustentação do pesocorporal

11 ESTIMATIVAS DA TAXA METABÓLICA BASAL

12 ÁREA SUPERFICIAL 1) Estimar a TMB de acordo com a idade na figura abaixo Ex: Mulher de 30 anos, 170 cm e 55 kg TMB predita = 36 kcal/m2/hora

13

14 NORMOGRAMA PARA ÁREA SUPERFICIAL CORPORAL Ex: Mulher de 30 anos, 170 cm e 55 kg TMB predita = 35,1 kcal/m2/hora TMB predita = 35,1 kcal/m2/hora Área da superfície corporal = 1,7 m2 Área da superfície corporal = 1,7 m2 Gasto Calórico/hora = 59,67 kcal/hora Gasto Calórico/hora = 59,67 kcal/hora Gasto Calórico diário = 1432,08 kcal Gasto Calórico diário = 1432,08 kcal TMB diário = 1432 kcal

15 Calcular TMB pela área superficial dos seguintes indivíduos: TMB predita = 38,6 kcal/m2/h Área da Superfície Corporal = 1,9 m2 Gasto Calórico/hora = 73,34 kcal/hora Gasto Calórico diário = 1760,16kcal TMB predita = 33,9 kcal/m2/h Área da Superfície Corporal = 1,75 m2 Gasto Calórico/hora = 59,32 kcal/hora Gasto Calórico diário = 1423,8 kcal 2) Mulher de 50 anos, 160 cm, 70 kg 1) Homem de 20 anos, 180 cm, 70 kg

16 MASSA LIVRE DE GORDURA Fórmula Geral: TMB = ,6 (MLG[kg]) Ex: Homem - 70 kg e 15% de gordura 70 kg - 15% = 59,5 kg TMB = ,6 (59,5) TMB = 1655,2 kcal

17 Calcular TMB pela MLG seguintes indivíduos: 80 kg - 25% = 70 kg TMB = ,6 (70) Gasto Calórico diário = 1882 kcal 2) Mulher de 25 anos, 165 cm, 50 kg, 18% de gordura 1) Homem de 50 anos, 80 kg, 25% de gordura 50 kg - 18% = 41 kg TMB = ,6 (41) Gasto Calórico diário = 1255,6 kcal

18 EQUAÇÕES DE PREDIÇÃO Método Equação (b) Harris Benedict (1919) – homens Harris Benedict (1919) - mulheres 66, ,751 (Peso)+ 5,0033 (Altura) – 6,755 (Idade) 65, ,463 (Peso)+ 1,8496 (Altura) – 4,675 (Idade) Área da Superfície Corporal (BSA) a HomensMulheres BSA (m2) x 38 kcal /h-1/m2 x 24 h BSA (m2) x 35 kcal /h-1/m2 x 24 h Estimativa – kg de Peso Corporal HomensMulheres Peso x 24,2 kcal/ kg -1 Peso x 22,0 kcal/ kg -1

19 EQUAÇÕES DE PREDIÇÃO Cálculo Para O Metabolismo Basal Em Várias Faixas Etárias (FAO/OMS, 1985) IDADE (anos) HOMENS (kcal/dia) MULHERES (kcal/dia) – – – – (60,9 x Peso) -54 (22,7 x Peso) (17,5 x Peso) (15,3 x Peso) (11,6 x Peso) (13,5 x Peso) (61,0 x P) - 51 (22,5 x Peso) (12,2 x Peso) (14,7 x Peso) (8,7 x Peso) (10,5 x Peso) + 596

20 Termogênese Induzida pela dieta

21 TERMOGÊNESE INDUZIDA PELA DIETA Elevação na taxa metabólica basal em resposta ao alimento ingerido Elevação na taxa metabólica basal em resposta ao alimento ingerido Representa o custo calórico do processo de utilização do nutriente desde a visualização até sua retenção nos tecidos Representa o custo calórico do processo de utilização do nutriente desde a visualização até sua retenção nos tecidos A duração do efeito térmico da dieta depende tanto do tipo quanto da composição da dieta A duração do efeito térmico da dieta depende tanto do tipo quanto da composição da dieta O custo energético para metabolizar e digerir a proteína é de 25% da energia estocada, enquanto que para o carboidrato é de 10% e para a gordura é de 3% O custo energético para metabolizar e digerir a proteína é de 25% da energia estocada, enquanto que para o carboidrato é de 10% e para a gordura é de 3% O custo metabólico para estocar gordura é menor que o custo metabólico para estocar carboidrato O custo metabólico para estocar gordura é menor que o custo metabólico para estocar carboidrato

22 TERMOGÊNESE INDUZIDA PELO EXERCÍCIO Quando o alimento é ingerido, a taxa metabólica aumenta e depois cai em níveis próximos do normal. Este processo pode necessitar de várias horas e durante esse tempo, o aumento no gasto energético aproxima-se de 10 a 15% do valor calórico total do alimento ingerido Quando o alimento é ingerido, a taxa metabólica aumenta e depois cai em níveis próximos do normal. Este processo pode necessitar de várias horas e durante esse tempo, o aumento no gasto energético aproxima-se de 10 a 15% do valor calórico total do alimento ingerido Uma dieta exclusivamente hiperprotéica apresenta uma termogênese de 30%. Porém, os carboidratos e os lipídios também apresentam uma termogênese, sendo de 10% e 3% respectivamente. No entanto, a conversão do carboidrato em tecido adiposo corporal, apresenta um gasto calórico próximo a termogênese da proteína (+ 25%). Uma dieta exclusivamente hiperprotéica apresenta uma termogênese de 30%. Porém, os carboidratos e os lipídios também apresentam uma termogênese, sendo de 10% e 3% respectivamente. No entanto, a conversão do carboidrato em tecido adiposo corporal, apresenta um gasto calórico próximo a termogênese da proteína (+ 25%).

23 Termogênese Induzida pela Atividade Física

24

25 Os componentes do gasto energético diário que é variável para cada indivíduo são as calorias gastas durante o dia em atividade espontânea e exercício Os componentes do gasto energético diário que é variável para cada indivíduo são as calorias gastas durante o dia em atividade espontânea e exercício O gasto energético na atividade física varia de 300 kcal/dia para indivíduos sedentários para mais de 5000 kcal/dia para atletas em treinamento O gasto energético na atividade física varia de 300 kcal/dia para indivíduos sedentários para mais de 5000 kcal/dia para atletas em treinamento A intensidade e a duração são dois fatores importantes que afetam a dificuldade física de determinada tarefa A intensidade e a duração são dois fatores importantes que afetam a dificuldade física de determinada tarefa TERMOGÊNESE INDUZIDA PELO EXERCÍCIO

26

27 AVALIAÇÃO DO GASTO ENERGÉTICO DURANTE AF

28 QR E CONSUMO CALÓRICO não protéico R Kcal / l (O 2 ) R Kcal / l (O 2 ) –0,70 4,686 –0,75 4,739 –0,78 4,776 –0,80 4,801 –0,82 4,825 –0,85 4,877 –0,88 4,899 –0,90 4,924 –0,93 4,961 –0,95 4,985 –1,00 5,047 % kcal derivadas % kcal derivadas carboidratos lipídios carboidratos lipídios ZUNTS, N. Arch. Physio., 83:557, 1991.

29 Avaliação Ergoespirométrica Relatório de Avaliação de Capacidade Aeróbia Nome:CRLSexo: masulinoData: 20/02/2002 Idade: 27Peso: 70 kg.Altura: 175 cm Idade: 27Peso: 70 kg.Altura: 175 cm Atividade: nenhuma (sedentária) Teste realizado em esteira rolante pelo Protocolo de Bruce RESULTADOS: VO 2 max = 32,8 ml/kg/min VO 2 max = 32,8 ml/kg/min FC max = 170 BPM FC max = 170 BPM VO 2 LA = 20,7 ml/kg/min VO 2 LA = 20,7 ml/kg/min FC LA = 155 BPM FC LA = 155 BPM VO 2 LA / VO 2 max = 63% VO 2 LA / VO 2 max = 63% Velocidade no LA = 6 km/h Velocidade no LA = 6 km/h Gasto Calórico no LA = 7,24 kcal/min Gasto Calórico no LA = 7,24 kcal/min Gasto Calórico Total = 434 kcal/hora Gasto Calórico Total = 434 kcal/hora

30 TERMOGÊNESE INDUZIDA PELO EXERCÍCIO 5 kcal 1 Litro de Oxigênio L/min; ml/kg/min; Mets Classificação da AF 1 Met = 3,5 ml/kg/min

31 ESTIMATIVA DO GASTO CALÓRICO Nome: AGNSexo: masculinoData: 05/07/2002 Idade: 20Peso: 80 kg.Altura: 190 cm Idade: 20Peso: 80 kg.Altura: 190 cm Atividade: academia 3 x por semana RESULTADOS: VO 2 max = 37,7 ml/kg/min VO 2 max = 37,7 ml/kg/min FC max = 180 BPM FC max = 180 BPM VO 2 LA = 28,8 ml/kg/min VO 2 LA = 28,8 ml/kg/min FC LA = 170 BPM FC LA = 170 BPM VO 2 LA / VO 2 max = 76% VO 2 LA / VO 2 max = 76% Velocidade no LA = 12 km/h Velocidade no LA = 12 km/h Gasto Calórico no LA = 11,5 kcal/min Gasto Calórico no LA = 11,5 kcal/min Gasto Calórico Total = 690 kcal/hora Gasto Calórico Total = 690 kcal/hora 1 L O 2 = 5 Kcal 28,8 x Peso (80kg) / 1000 = 2,3 l/min 28,8 x Peso (80kg) / 1000 = 2,3 l/min 2,3 l/min x 5 kcal = 11,5 kcal/min 2,3 l/min x 5 kcal = 11,5 kcal/min Atividade de 1 hora no limiar = 690 kcal Atividade de 1 hora no limiar = 690 kcal

32 ESTIMATIVA DO GASTO CALÓRICO Nome: EGNSexo: femininoData: 31/08/2002 Idade: 40Peso: 80 kg.Altura: 160 cm Idade: 40Peso: 80 kg.Altura: 160 cm Atividade: nenhuma (sedentária) RESULTADOS: VO 2 max = 22,5 ml/kg/min VO 2 max = 22,5 ml/kg/min FC max = 190 BPM FC max = 190 BPM VO 2 LA = 12,5 ml/kg/min VO 2 LA = 12,5 ml/kg/min FC LA = 170 BPM FC LA = 170 BPM VO 2 LA / VO 2 max = 55% VO 2 LA / VO 2 max = 55% Velocidade no LA = 4 km/h Velocidade no LA = 4 km/h Gasto Calórico no LA = Gasto Calórico no LA = Gasto Calórico Total = Gasto Calórico Total = 1 L O 2 = 5 Kcal 12,5 x Peso (80kg) / 1000 = 1 l/min 1 l/min x 5 kcal = 5 kcal/min Atividade de 1 hora no limiar = 300 kcal 5 kcal/min 300 kcal/hora

33 CONTRIBUIÇÃO DE ENERGIA PARA CADA SUBSTRATO Nome: EGNSexo: femininoData: 31/08/2002 Idade: 40Peso: 80 kg.Altura: 160 cm Idade: 40Peso: 80 kg.Altura: 160 cm Atividade: nenhuma (sedentária) RESULTADOS: VO 2 max = 22,5 ml/kg/min VO 2 max = 22,5 ml/kg/min FC max = 190 BPM FC max = 190 BPM VO 2 LA = 12,5 ml/kg/min VO 2 LA = 12,5 ml/kg/min FC LA = 170 BPM FC LA = 170 BPM VO 2 LA / VO 2 max = 55% VO 2 LA / VO 2 max = 55% Velocidade no LA = 4 km/h Velocidade no LA = 4 km/h Gasto Calórico no LA = 5 kcal/min Gasto Calórico no LA = 5 kcal/min Gasto Calórico Total = 300 kcal/hora Gasto Calórico Total = 300 kcal/hora Atividade a 50% do VO2 max = QR = 0,80 11,25 ml/kg/min ou 0,9 l/min 11,25 ml/kg/min ou 0,9 l/min

34 1L O2 = 5 kcal 1g G = 9 kcal 1g CHO = 4 kcal 1g P = 4 kcal CONTRIBUIÇÃO DE ENERGIA PARA CADA SUBSTRATO 11,25 ml/kg/min ou 0,9 l/min 11,25 ml/kg/min ou 0,9 l/min 100% de energia 66,6% Lipídios 0,60 l/min 3 kcal/min 0,33 g/min 33,4% Carboidratos 0,30 l/min 1,5 kcal/min 0,37 g/min

35 CONTRIBUIÇÃO DE ENERGIA PARA CADA SUBSTRATO Nome: MNL Sexo: masculinoData: 01/09/2002 Idade: 28Peso: 70 kg.Altura: 180 cm Idade: 28Peso: 70 kg.Altura: 180 cm Atividade: maratonista RESULTADOS: VO 2 max = 54,5 ml/kg/min VO 2 max = 54,5 ml/kg/min FC max = 160 BPM FC max = 160 BPM VO 2 LA = 48,7 ml/kg/min VO 2 LA = 48,7 ml/kg/min FC LA = 145 BPM FC LA = 145 BPM VO 2 LA / VO 2 max = 89% VO 2 LA / VO 2 max = 89% Velocidade no LA = 20 km/h Velocidade no LA = 20 km/h Gasto Calórico no LA = Gasto Calórico no LA = Gasto Calórico Total = Gasto Calórico Total = 1 L O 2 = 5 Kcal 48,7 48,7 x Peso (70kg) (70kg) / 1000 = 3,4 3,4 l/min 3,4 3,4 l/min x 5 kcal = kcal/min Atividade de 1 hora no limiar = kcal 17 kcal/min 1020 kcal/hora

36 1L O2 = 5 kcal 1g LIP = 9 kcal 1g CHO = 4 kcal 1g P = 4 kcal CONTRIBUIÇÃO DE ENERGIA PARA CADA SUBSTRATO 46,32 ml/kg/min ou 3,24 l/min 46,32 ml/kg/min ou 3,24 l/min 100% de energia 1,35 g/min 1,35 g/min Atividade a 85% do VO2 max = QR = 0,80 46,32 ml/kg/min ou 3,24 l/min 46,32 ml/kg/min ou 3,24 l/min 66,6% Lipídios 33,4% Carboidratos 2,16 l/min 2,16 l/min 1,08 l/min 1,08 l/min 10,8 kcal/min 10,8 kcal/min 5,4 kcal/min 5,4 kcal/min 1,2 g/min 1,2 g/min

37 Quantas gramas de Lipídios e Carboidratos são utilizadas em um exercício com intensidade de 65% do VO2 max durante 40 min ? Mulher = 26 anos – 63 kg VO2 max= 35 ml/kg/min VO2 LA= 22 ml/kg/min Treinamento de 40 minutos a 65% VO2 max RER = 0,80 66,6% G 33,4% CHO Passo 1 Calcular o VO2 (65% max) = 22,75 ml/kg/min Passo 2 Converter em l/min = 1,43 l/min Passo 3 66,6% = 0,95 l/min 33,4% = 0,47 l/min Passo 4 Calcular as calorias = 4,75 kcal/min e 2,35 kcal/min Passo 5 Converter para Grama = 0,52 g/min (lip) e 0,58 g/min (CHO) Passo 6 Multiplicar pelo tempo de exercício = 0,52 g/min x 40 = 20,8g 0,58 g/min x 40 = 23,2g

38 N = 661 homens – 241 sedentários e 420 corredores VO2 max* LA* LA/VO2 max SedentáriosCorredores 38,08 7,91 55,21 8,77 23,55 6,67 40,70 7,65 61%73% * ml/kg/min N = 240 mulheres – 135 sedentárias e 105 corredoras VO2 max* LA* LA/VO2 max SedentáriasCorredoras 32,22 5,64 47,90 7,87 19,41 4,46 35,17 7,30 60%73% * ml/kg/min Fonte: CEMAFE

39 FATORES QUE AFETAM A CAPTAÇÃO MÁXIMA DE O2 Modalidade do Exercício Modalidade do Exercício Hereditariedade Hereditariedade Sexo mulheres valores de 15 a 30% inferior Sexo mulheres valores de 15 a 30% inferior Dimensões corporais massa muscular que se contrai Dimensões corporais massa muscular que se contrai Idade após 25 anos declínio de 1% ao ano Idade após 25 anos declínio de 1% ao ano

40 CODIFICAÇAO DAS ATIVIDADES FÍSICAS

41 CÁLCULO = 1 MET 1 kcal/kg/h Ex: Aula de Hidroginástica = 4 mets 4 kcal/kg/hora 4 kcal/kg/hora Mulher = 65 kg 4 x 65 = 260 kcal/hora - 50 minutos de aula 4 x 65 x (50/60) = 215,8

42 MÉTODOS PARA A ESTIMATIVA DO GASTO ENERGÉTICO TOTAL

43 Diário de Atividade Física Tipo Atividade Grau de Intensidade Duração (horas/min) MET (1 hora) Gasto Calórico Total 1Dormirleve 8 horas 0,9471,6 2 Higiene Pessoal leve 30 minutos 2,572,5 3Vestir-seleve 2,572,5 4 Tomar Café leve 30 minutos 1,029 5Dirigirmoderado1h302, Trabalhar sentado moderado 8 horas 1,5696 7Nataçãomoderado 50 minutos 8,0386,7 8 Higiene Pessoal leve 10 minutos 2,524,2 9Dirigirleve 1 hora 2, Jantarleve 1, Ler livro leve 2 horas 1,0116 TOTAL 24 horas 2162,43 kcal Mulher – 58 kg

44 Diário de Atividade Física Tipo Atividade Grau de Intensidade Duração (horas/min) MET (1 hora) 1Dormirleve 8 horas 0,9 2 Higiene Pessoal leve 30 minutos 2,5 3 Tomar Café leve 10 minutos 1,0 4Cooperleve1h307,0 5 Higiene Pessoal leve 30 minutos 2,5 6Dirigirleve 2,0 7Consultórioleve 6 horas 3,0 8 Sentado vendo TV leve 10 minutos 1,0 9Dançarleve3h404,5 10Jantarleve 1 hora 1,0 11 Sentado lendo leve 2 horas 1,0 TOTAL 24 horas HOMEN - 70 kg Gasto Calórico Total ,5 11, , , ,33 kcal

45 SISTEMA DE CLASSIFICAÇÃO DE FATOR DE ATIVIDADE FÍSICA ATIVIDADEMÚLTIPLO DE GER 1.Repouso: dormir, assistir tv deitado 1,0 2. Muito leve:atividades em posição sentada 1,5 e em pé, como dirigir, jogar cartas, digitar 3. leve: atividades comparáveis à caminhada 2,5 em ritmo de lazer, trabalho doméstico leve, Esportes como golfe, boliche, arco e flecha 4. moderada: caminhada num ritmo de 5,6 a 6,4 5,0 Km/h, jardinagem ativa, esportes como ciclismo, tênis Dança 5.intensa: caminhada rápida, subir escadas e aclives, esportes 7,0 mais ativos como basquetebol, futebol

46 Cálculos.... Repouso 12 hrsx1,0=12,00 Atividade muito leve 10hrsx1,5=15,00 Atividade leve 2hrs x 2, = 5,0 Total 24hrs 32,00 Quociente médio de atividade física = 32/24=1,33 GETD =1,33 x 1378 =1832calorias.

47 Cálculos.... Repouso 8hrs x 1,0=8,00 Atividade muito leve 8hrs x 1,5=12,00 Atividade leve 4hrs x 2,5=10,00 Atividade moderada 2hrs x 5,0=10,00 Atividade intensa 2hrs x 7,0=14,00 total 24hrs 54,00 Quociente médio de atividade física= 54/24 =2,25 GETD = 2,25 x 1378 = 3100calorias

48 REGISTRO DIÁRIO / BOUCHARD Própria pessoa anotar as suas atividades periodicamente Própria pessoa anotar as suas atividades periodicamente Considerado bom para se estimar a média de gasto energético de grupos, com um erro de não mais de 6% e geralmente de 3%, mas com uma tendência de levemente subestimar o gasto energético Considerado bom para se estimar a média de gasto energético de grupos, com um erro de não mais de 6% e geralmente de 3%, mas com uma tendência de levemente subestimar o gasto energético O erro individual são moderadamente grandes, cerca de 7% a 8% em média. O erro individual são moderadamente grandes, cerca de 7% a 8% em média.

49 Uma mulher com 65 kg fez o seu registro diário e a quantidade de cada número registrado foi: REGISTRO DIÁRIO / BOUCHARD número 1 = 34 número 1 = 34 número 2 = 30 número 2 = 30 número 3 = 2 número 3 = 2 número 4 = 8 número 4 = 8 número 5 = 15 número 5 = 15 número 6 = 0 número 6 = 0 número 7 = 0 número 7 = 0 número 8 = 3 número 8 = 3 número 9 = 4 número 9 = 4

50 EXEMPLO DE ATIVIDADE REGISTRO DIÁRIO / BOUCHARD Dormir e descansar na cama Sentado: comer, escrever, escutar música, etc. Atividade leve: cozinhar, lavar, barbear -se, etc. Caminhada leve (<4km/h), tomar banho, vestir-se, etc. Trabalho manual leve: varrer, dirigir, pintar, etc. Atividades recreativas: baseball, tennis, boliche, etc. Carpintaria, construção de casa, cortar lenha, etc. Atividades de alta intensidade (não competitivas): canoagem, dançar, nadar, caminhar (>6 km/h), etc. Atividades esportivas: correr (> 9 km/h), nadar, escalar montanhas, etc. MONTOYE et al, Measuring Physical Activity and Energy Expenditure, 1996 Kcal/kg/min 0,260,380,570,690,841,21,41,52,0

51 Uma mulher com 65 kg fez o seu registro diário e a quantidade de cada número registrado foi: REGISTRO DIÁRIO / BOUCHARD (Número 1) - 34 multiplicado por 0.26 = 8,84 que multiplicado por 65 kg = 574,6 kcal (Número 1) - 34 multiplicado por 0.26 = 8,84 que multiplicado por 65 kg = 574,6 kcal (Número 2) - 30 multiplicado por 0.38 = 11,4 que multiplicado por 65 kg = 741 kcal (Número 2) - 30 multiplicado por 0.38 = 11,4 que multiplicado por 65 kg = 741 kcal (Número 3) - 2 multiplicado por 0.57 = 1,14 que multiplicado por 65 kg = 74,1 kcal (Número 3) - 2 multiplicado por 0.57 = 1,14 que multiplicado por 65 kg = 74,1 kcal (Número 4) - 8 multiplicado por 0.69 = 5,52 que multiplicado por 65 kg = 358,8 kcal (Número 4) - 8 multiplicado por 0.69 = 5,52 que multiplicado por 65 kg = 358,8 kcal (Número 5) - 15 multiplicado por 0.84 = 12,6 que multiplicado por 65 kg = 819 kcal (Número 5) - 15 multiplicado por 0.84 = 12,6 que multiplicado por 65 kg = 819 kcal (Número 6) – nenhum registro (Número 6) – nenhum registro (Número 7) - nenhum registro (Número 7) - nenhum registro (Número 8) - 3 multiplicado por 1.5 = 4,5 que multiplicado por 65 kg = 292,5 kcal (Número 8) - 3 multiplicado por 1.5 = 4,5 que multiplicado por 65 kg = 292,5 kcal (Número 9) - 4 multiplicado por 2.0 = 8,0 que multiplicado por 65 kg = 520 kcal (Número 9) - 4 multiplicado por 2.0 = 8,0 que multiplicado por 65 kg = 520 kcal Gasto Calórico Total = 574, , , , kcal/dia

52 OBRIGADA!!!


Carregar ppt "Gasto energético e utilização de Substratos (macronutrientes) em atletas em atletas Prof a Dra Ellen Cristini Freitas Araújo Escola Educação Física e Esporte."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google