A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1º fuso 2º fuso 3º fuso 4 º fuso. Mudança ocorrida em junho de 2008 Brasil passa a ter somente 3 fusos O que mudou: Pará integralmente no 2º fuso Acre.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1º fuso 2º fuso 3º fuso 4 º fuso. Mudança ocorrida em junho de 2008 Brasil passa a ter somente 3 fusos O que mudou: Pará integralmente no 2º fuso Acre."— Transcrição da apresentação:

1 1º fuso 2º fuso 3º fuso 4 º fuso

2 Mudança ocorrida em junho de 2008 Brasil passa a ter somente 3 fusos O que mudou: Pará integralmente no 2º fuso Acre e amazônia ocidental no 3 º fuso 4º fuso não existe mais

3 Regiões Sul, Sudeste e centro-oeste adiantam em uma hora os relógios OBS: Mato Grosso e Mato Grosso do Sul ficam com o mesmo horário do Nordeste, pois o nordeste não adiantou os relógios Ex: 9 horas 8 horas 7 horas OBS: No primeiro fuso – litoral 9 horas

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13 PARANÁ Cfa Cfb Af

14

15

16

17 Arenito caiuá Solos arenosos Solos vulcânicos

18

19 Mangue - Guaraqueçaba

20 Campos dos Campos Gerais

21

22 Litoral Paranaense

23

24

25

26

27 BR 277 BR 376 BR 369 Br 373

28

29

30 Usina de Xisto São Mateus do Sul

31

32 42 – Quanto aos remanescentes das formações vegetais primitivas do Estado do Paraná, assinale o que for correto. 01) A vegetação de campos limpos predomina em áreas reduzidas do Estado, inferiores em extensão às dos chamados campos cerrados. 02) A floresta atlântica (mata atlântica) é encontrada em parte da região litorânea, na Serra do Mar e no vale do Rio Ribeira e seus afluentes. 04) A mata de araucária foi totalmente devastada no sul e sudoeste do Paraná, estando preservada apenas no noroeste do Estado. 08) A floresta pluvial subtropical tem a sua maior área preservada no Parque Nacional do Iguaçu, declarado patrimônio da humanidade pela UNESCO

33 42 – Quanto aos remanescentes das formações vegetais primitivas do Estado do Paraná, assinale o que for correto. 01) A vegetação de campos limpos predomina em áreas reduzidas do Estado, inferiores em extensão às dos chamados campos cerrados. 02) A floresta atlântica (mata atlântica) é encontrada em parte da região litorânea, na Serra do Mar e no vale do Rio Ribeira e seus afluentes. 04) A mata de araucária foi totalmente devastada no sul e sudoeste do Paraná, estando preservada apenas no noroeste do Estado. 08) A floresta pluvial subtropical tem a sua maior área preservada no Parque Nacional do Iguaçu, declarado patrimônio da humanidade pela UNESCO

34 – 28- Sobre a hidrografia paranaense e seu potencial energético, assinale o que for correto. 01) Os rios da Bacia Atlântica nascem nas encostas da Serra do Mar ou no Primeiro Planalto Paranaense e, com direção oeste–leste, deságuam no Oceano Atlântico. 02) O maior potencial hidrelétrico do Estado está no Rio Paraná, que, numa extensão de 400 quilômetros, desde a foz do Rio Paranapanema até a foz do Rio Iguaçu, apresenta as hidrelétricas de Itaipu, Salto Osório, Salto Santiago, Salto Segredo, Foz do Areia, Capivara, Rosana e Xavantes. 04) Os rios da Bacia do Paraná, em território paranaense, têm seus trajetos marcados por saltos, cachoeiras e corredeiras, com declives que oferecem importante fonte de energia. 08) Os rios do litoral são de curta extensão, mas possuem declives acentuados e débitos estáveis, sendo importantes para o fornecimento de energia hidrelétrica.

35 Geografia 28 – Sobre a hidrografia paranaense e seu potencial energético, assinale o que for correto. 01) Os rios da Bacia Atlântica nascem nas encostas da Serra do Mar ou no Primeiro Planalto Paranaense e, com direção oeste–leste, deságuam no Oceano Atlântico. 02) O maior potencial hidrelétrico do Estado está no Rio Paraná, que, numa extensão de 400 quilômetros, desde a foz do Rio Paranapanema até a foz do Rio Iguaçu, apresenta as hidrelétricas de Itaipu, Salto Osório, Salto Santiago, Salto Segredo, Foz do Areia, Capivara, Rosana e Xavantes. 04) Os rios da Bacia do Paraná, em território paranaense, têm seus trajetos marcados por saltos, cachoeiras e corredeiras, com declives que oferecem importante fonte de energia. 08) Os rios do litoral são de curta extensão, mas possuem declives acentuados e débitos estáveis, sendo importantes para o fornecimento de energia hidrelétrica.

36 - 29 – No que respeita aos ciclos econômicos do Paraná, assinale o que for correto. 01) O ciclo da erva-mate foi responsável pelas primeiras manifestações de comércio exterior paranaense, por meio da exportação desse produto para os mercados platinos. 02) Os ciclos da erva-mate e da madeira proporcionaram a ocupação de extensas áreas de terra do sul, oeste e sudoeste do Estado, além de contribuir para o desenvolvimento da navegação fluvial, particularmente nos Rios Iguaçu e Paraná. 04) O ciclo do café atraiu para o norte do Paraná numerosos contingentes de população, incluindo paulistas, mineiros, fluminenses e nordestinos, além de promover a vinda de imigrantes estrangeiros. 08) O ciclo do ouro, o primeiro ciclo econômico do Paraná, contribuiu para o povoamento do sudoeste do Estado. Nessa fase surgiram as cidades de Cascavel, Pato Branco, Francisco Beltrão e Foz do Iguaçu.

37 UEPG – No que respeita aos ciclos econômicos do Paraná, assinale o que for correto. 01) O ciclo da erva-mate foi responsável pelas primeiras manifestações de comércio exterior paranaense, por meio da exportação desse produto para os mercados platinos. 02) Os ciclos da erva-mate e da madeira proporcionaram a ocupação de extensas áreas de terra do sul, oeste e sudoeste do Estado, além de contribuir para o desenvolvimento da navegação fluvial, particularmente nos Rios Iguaçu e Paraná. 04) O ciclo do café atraiu para o norte do Paraná numerosos contingentes de população, incluindo paulistas, mineiros, fluminenses e nordestinos, além de promover a vinda de imigrantes estrangeiros. 08) O ciclo do ouro, o primeiro ciclo econômico do Paraná, contribuiu para o povoamento do sudoeste do Estado. Nessa fase surgiram as cidades de Cascavel, Pato Branco, Francisco Beltrão e Foz do Iguaçu.

38 Conhecimentos gerais 36 – Sobre as rodovias federais e estaduais que cortam o território paranaense, assinale o que for correto. 01) A BR 376, ou Rodovia do Café, que corta o estado diagonalmente no sentido noroeste–sudeste, escoa a produção do norte do Paraná que se destina ao Porto de Paranaguá. 02) A BR 277, uma rodovia federal transversal que constitui o ramal brasileiro da Rodovia Panamericana, liga Foz do Iguaçu a Paranaguá. Ela também permite o acesso do Paraguai ao Porto de Paranaguá, para a importação e exportação de produtos. 04) A BR 116, ou Rodovia Régis Bittencourt, que liga São Paulo a Curitiba, é a principal rodovia de ligação entre o sudeste e o sul do Brasil. 08) A PR 410, denominada Estrada da Graciosa, uma das mais novas rodovias do Paraná, é a principal ligação entre Curitiba e Paranaguá.

39 Conhecimentos gerais 36 – Sobre as rodovias federais e estaduais que cortam o território paranaense, assinale o que for correto. 01) A BR 376, ou Rodovia do Café, que corta o estado diagonalmente no sentido noroeste–sudeste, escoa a produção do norte do Paraná que se destina ao Porto de Paranaguá. 02) A BR 277, uma rodovia federal transversal que constitui o ramal brasileiro da Rodovia Panamericana, liga Foz do Iguaçu a Paranaguá. Ela também permite o acesso do Paraguai ao Porto de Paranaguá, para a importação e exportação de produtos. 04) A BR 116, ou Rodovia Régis Bittencourt, que liga São Paulo a Curitiba, é a principal rodovia de ligação entre o sudeste e o sul do Brasil. 08) A PR 410, denominada Estrada da Graciosa, uma das mais novas rodovias do Paraná, é a principal ligação entre Curitiba e Paranaguá.

40 21 – A respeito do clima no Paraná, assinale o que for correto. 01) De acordo com a classificação climática de Köppen, o clima Cfb, que é um clima mesotérmico (clima subtropical úmido), aparece nas regiões serranas (Planaltos de Curitiba, de Guarapuava, dos Campos Gerais e de Palmas). 02) O clima Cfb não tem estação seca; o verão é brando e o inverno é frio, com freqüentes geadas. Também pode ocorrer queda de neve, como acontece em Palmas quase todos os anos. 04) O clima Cfa, que aparece no centro, no norte, no oeste e no sudoeste do Estado, é um clima subtropical úmido. A temperatura média nos meses mais frios é superior a 17ºC, e nos meses mais quentes ela é inferior a 22ºC. 08) O território paranaense sofre influência das seguintes massas de ar: Massa Equatorial Continental, Massa Tropical Atlântica e Massa Polar Atlântica. 16) No litoral paranaense aparece o clima Af, que é um clima tropical, com verão bastante chuvoso e quente e um inverno frio e seco.

41 21 – A respeito do clima no Paraná, assinale o que for correto. 01) De acordo com a classificação climática de Köppen, o clima Cfb, que é um clima mesotérmico (clima subtropical úmido), aparece nas regiões serranas (Planaltos de Curitiba, de Guarapuava, dos Campos Gerais e de Palmas). 02) O clima Cfb não tem estação seca; o verão é brando e o inverno é frio, com freqüentes geadas. Também pode ocorrer queda de neve, como acontece em Palmas quase todos os anos. 04) O clima Cfa, que aparece no centro, no norte, no oeste e no sudoeste do Estado, é um clima subtropical úmido. A temperatura média nos meses mais frios é superior a 17ºC, e nos meses mais quentes ela é inferior a 22ºC. 08) O território paranaense sofre influência das seguintes massas de ar: Massa Equatorial Continental, Massa Tropical Atlântica e Massa Polar Atlântica. 16) No litoral paranaense aparece o clima Af, que é um clima tropical, com verão bastante chuvoso e quente e um inverno frio e seco.


Carregar ppt "1º fuso 2º fuso 3º fuso 4 º fuso. Mudança ocorrida em junho de 2008 Brasil passa a ter somente 3 fusos O que mudou: Pará integralmente no 2º fuso Acre."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google