A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Segurança Em Microinformática 17 e 19/05/2005 Por: Carlos Alberto Seixas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Segurança Em Microinformática 17 e 19/05/2005 Por: Carlos Alberto Seixas."— Transcrição da apresentação:

1 Segurança Em Microinformática 17 e 19/05/2005 Por: Carlos Alberto Seixas

2 O que é um vírus de computador? Vírus de computador é um programa estranho ao ambiente original do microcomputador. Na prática ele é um programa que prejudica o funcionamento dos outros e pode inclusive apagar os dados contidos no computador. Os vírus funcionam geralmente em modo oculto, ou seja, pode-se realizar as tarefas com um vírus instalado no micro. Os programas originais ficam mais lentos e podem ocorrer travamentos, que muitas pessoas consideram como normais. Nenhuma falha de funcionamento do microcomputador deve ser ignorada, pois pode ser um sinal de contaminação.

3 Novas formas de vírus Atualmente tem aparecido novas formas de vírus que são conhecidos como spywares ou malwares. A diferença fundamental destes softwares é forma de infecção, ou seja, no vírus convencional a forma de contaminação eram os disquetes contendo arquivos de texto "infectados". Atualmente a contaminação se dá pelo mau uso da internet. Quando isto acontece, todas as operações são registradas e enviadas para o espião que pode inclusive roubar senhas de banco, cartões de crédito e outras informações confidenciais. Portanto, conclui-se que a melhor vacina é a informação. Quanto mais bem informados estamos, mais bem protegidos ficaremos. É também fundamental que apliquemos nossos conhecimentos na prática diária.

4 Como manter-se imune às ameaças 1. A primeira atitude é manter-se bem informado com relação as atualizações de sistema operacional e sobre as novas formas de contaminação. Além disso deve-se ficar atento as alterações no funcionamento de sua máquina ( computador).Quando qualquer coisa estranha estiver acontecendo, como travamentos, abertura espontânea de páginas, travamento da impressora, pode ser um indício de contaminação. A Microsoft e demais empresas de software lançam periodicamente pacotes de atualização dos seus programas e são disponibilizados gratuitamente no seus respectivos sites. Portanto o primeiro passo é deixar o sistema operacional ( Windows XP, Windows 98, ME, Linux entre outros) 100% atualizado. Como se faz isso no Windows: Clique em Iniciar - Windows Update ou no Internet Explorer vá em Ferramentas - Windows Update.

5 Como manter-se imune às ameaças 2. Ativar o Firewall do Windows - deixa mais lento o acesso mas torna o micro mais seguro. 3. Ter um bom anti-spyware e atualiza-lo semanalmente. Programar varreduras diárias. 4. Ter um bom anti-adware. 5. Ter um bom anti-vírus ( Norton, Avg, Avast ) atualizado diariamente com varreduras diárias. 6. Fazer manutenção de arquivos temporários periodicamente (15 dias /mensalmente) – Windows – Temp. Temporary Internet Files

6 O que são malwares Assim como os spywares, existem também os adwares que funcionam de modo análogo ao spyware, mas tem finalidades comerciais. Quando acessamos um site abre-se uma janela sem que nós tenhamos feito qualquer coisa para que ela se abra, geralmente com mensagens publicitárias e um botão único para fechamento. Ao clicar nesse botão um software se auto-instala em seu computador com a promessa de, por exemplo, fornecer periodicamente a previsão do tempo ou a tabela de fusos atualizada. Em modo oculto ele funciona como um rastreador de tudo o que é feito na internet com interesses comerciais. Os malwares são todos os spywares, adwares e vírus atuais.

7 O que é software básico São os softwares fundamentais para utilização do microcomputador. Eles são os mais visados pelos vírus e malwares. Windows, Office, Internet Explorer, Outlook Espress, Acrobat reader etc.

8 A importância da atualização de software básico Todos estes programas podem e devem ser frequentemente atualizados. A atualização corrige possíveis furos de segurança. Cada software possui uma forma própria para este procedimento. Geralmente existe um comando Update, localizado em ajuda.

9 Como identificar vírus não dectados pelo anti-vírus O travamento e o aparecimento de mensagens de erro frequentes são indícios importantes. Mas a lentidão no acesso também pode representar um forte indício de infecção. Outra forma comum de identificar é utilizar o gerenciador de tarefas. Para isso acione as teclas CTRL+ALT+DEL. Dessa forma verá todos os programas em execução, inclusive possíveis vírus.

10 Quais ferramentas de segurança necessárias para uso diário - Windows Update - Spybot - Adware - Anti-Vírus

11 Boletins Informativos Semanal pelo comunica Site Baboo – Site CIRP – Site CCE –

12 Windows Xp x Windows 98 - diferenças nos aspectos de segurança Windows XP - Administrador / Usuário Comum Windows 98 - Todos são administradores Windows XP - Firewall Nativo Windows 98 - não tem Windows XP - Windows Update Automático - Diário/Semanal Windows 98 - Produto descontinuado apenas alguns updates Windows Xp - Muito visado pelos hackers Windows 98 - Menos visado

13 Exemplos de s de Vírus Serasa Você recebeu em cartão A Symantec encontrou um vírus em seu computador Clique aqui para baixar... Extensões mais comuns:.scr,.zip,.exe,.bat


Carregar ppt "Segurança Em Microinformática 17 e 19/05/2005 Por: Carlos Alberto Seixas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google