A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

GESTÃO SOCIO AMBIENTAL. O SGA NO TERMINAL PORTUÁRIO... O SGA NO TERMINAL PORTUÁRIO... O Sistema de Gestão Ambiental é a parte do Sistema de Gestão Global.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "GESTÃO SOCIO AMBIENTAL. O SGA NO TERMINAL PORTUÁRIO... O SGA NO TERMINAL PORTUÁRIO... O Sistema de Gestão Ambiental é a parte do Sistema de Gestão Global."— Transcrição da apresentação:

1 GESTÃO SOCIO AMBIENTAL

2 O SGA NO TERMINAL PORTUÁRIO... O SGA NO TERMINAL PORTUÁRIO... O Sistema de Gestão Ambiental é a parte do Sistema de Gestão Global que inclui a estrutura organizacional, atividades de planejamento, responsabilidades, práticas, procedimentos, processos, e recursos para desenvolver, implementar, atingir, analisar criticamente e manter a Política Ambiental. O Sistema de Gestão Ambiental é a parte do Sistema de Gestão Global que inclui a estrutura organizacional, atividades de planejamento, responsabilidades, práticas, procedimentos, processos, e recursos para desenvolver, implementar, atingir, analisar criticamente e manter a Política Ambiental. IMPLEMENTAMOS O SGA, VISANDO... IMPLEMENTAMOS O SGA, VISANDO... Globalização de negócios Globalização de negócios Conscientização da alta direção, permeando verticalmente Conscientização da alta direção, permeando verticalmente Eventos na Mídia Eventos na Mídia Protocolos Internacionais Protocolos Internacionais Compromissos contratuais Compromissos contratuais Grupos de Pressão, convivência e ações preventivas Grupos de Pressão, convivência e ações preventivas Governo, Órgãos Reguladores, Legislação Governo, Órgãos Reguladores, Legislação SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL - SGA

3 GESTÃO AMBIENTAL ISO 14001:2004 DEFINIÇÃO DA ISO 14001: Parte do Sistema de Gerenciamento Global que inclui a estrutura organizacional, o planejamento de atividades, responsabilidades, práticas, procedimentos, processos e recursos para o desenvolvimento, implementação, alcance, revisão e manutenção da Política Ambiental.

4 POLÍTICA AMBIENTAL

5

6

7 PROGRAMAS – INDICADORES AMBIENTAIS META AMBIENTAL Manter o número de horas de atividades de treinamento (horas X homem) relacionados ao SGA, que efetivamente as ocorrências ambientais não produzam impactos negativos. META AMBIENTAL Obter índices mais restritivos estabelecidos pela NBR 6016, que regulamenta a emissão de fumaça. Atingir o índice 1,6 (em média) ao invés do índice 2,0 da NBR. (enegrecimento da fumaça). META AMBIENTAL Reduzir o consumo de energia elétrica na oficina de manutenção. META AMBIENTAL Reduzir o consumo de energia elétrica nas torres de iluminação des-monitoramento de contêineres reefers. META AMBIENTAL Redução do consumo de recursos naturais através da diminuição do número de intervenções de manutenção preventiva nos transtêineres com motores Cummins MTA. META AMBIENTAL Redução de 15% no número de manutenções preventivas necessárias aos CT´s.

8 A ABRATEC – Associação Brasileira dos Terminais de Contêineres viabilizou a criação de um Comitê ambiental com representantes de cada Terminal filiado. A idéia visa proporcionar: Discutir assuntos comuns sobre Meio Ambiente Discutir assuntos comuns sobre Meio Ambiente Experiências Compartilhadas Experiências Compartilhadas Planejamento de Ações Conjuntas Planejamento de Ações Conjuntas Análise de legislação e práticas ambientais corretas de implementação. Análise de legislação e práticas ambientais corretas de implementação. Estudos de caso (Exemplo: Abastecimento de Navios) Estudos de caso (Exemplo: Abastecimento de Navios)

9 COMITE AMBIENTAL GPMAI Grupo formado por profissionais ligados a Gestão de Meio Ambiente em suas empresas. São Organizações representativas do mercado de Curitiba, região metropolitana e litoral. O Foco de sua atuação esta diversificado entre: Grupo de relacionamento – compartilhamento de experiências Grupo de relacionamento – compartilhamento de experiências Estudos de Ante-projetos de Leis Estudos de Ante-projetos de Leis Auxílio mútuo Auxílio mútuo Grupo formado por profissionais ligados a Gestão de Meio Ambiente em suas empresas. São Organizações representativas do mercado de Curitiba, região metropolitana e litoral. O Foco de sua atuação esta diversificado entre: Grupo de relacionamento – compartilhamento de experiências Grupo de relacionamento – compartilhamento de experiências Estudos de Ante-projetos de Leis Estudos de Ante-projetos de Leis Auxílio mútuo Auxílio mútuo

10 COOPERATIVA DE RECICLAGEM Localizada na Ilha dos Valadares. Beneficiada com os resíduos recicláveis gerados pelo TCP. Localizada na Ilha dos Valadares. Beneficiada com os resíduos recicláveis gerados pelo TCP. Nossa empresa apoiou durante a formação da cooperativa com serviços de segurança do trabalho e distribuindo EPI´s (equipamentos de segurança) para contribuir com a segurança). Nossa empresa apoiou durante a formação da cooperativa com serviços de segurança do trabalho e distribuindo EPI´s (equipamentos de segurança) para contribuir com a segurança). Localizada na Ilha dos Valadares. Beneficiada com os resíduos recicláveis gerados pelo TCP. Localizada na Ilha dos Valadares. Beneficiada com os resíduos recicláveis gerados pelo TCP. Nossa empresa apoiou durante a formação da cooperativa com serviços de segurança do trabalho e distribuindo EPI´s (equipamentos de segurança) para contribuir com a segurança). Nossa empresa apoiou durante a formação da cooperativa com serviços de segurança do trabalho e distribuindo EPI´s (equipamentos de segurança) para contribuir com a segurança).

11 Dentre os inúmeros projetos sociais, destaca-se o de Educação Ambiental, através do Projeto Polegar, orientado em uma escola municipal rural da nossa comunidade. Através de trabalhos lúdicos (representação teatral) Dentre os inúmeros projetos sociais, destaca-se o de Educação Ambiental, através do Projeto Polegar, orientado em uma escola municipal rural da nossa comunidade. Através de trabalhos lúdicos (representação teatral) O projeto é abrangente, pois considera a formação de jovens em uma aproximação com o universo criativo da arte interpretativa. O projeto é abrangente, pois considera a formação de jovens em uma aproximação com o universo criativo da arte interpretativa. Principal Objetivo Formar cidadãos conscientes quanto as suas responsabilidades sócio-ambientais.

12 GERAÇÃO DE RESÍDUOS O TCP possui 02 Programas de gestão: PGRS Programa de Geração de Resíduos Sólidos PGRS Programa de Geração de Resíduos Sólidos PGRSS Programa de Geração de Resíduos de Serviços de saúde PGRSS Programa de Geração de Resíduos de Serviços de saúde Ambos reconhecidos pelo IAP e ANVISA, respectivamente. A sua gestão é participativa, contando com atuação conjunta entre todos os colaboradores da empresa e demais participantes externos desta cadeia de valor, tais como (Transportadores, Processadores, Aterros Sanitários, etc.) Especificamente para resíduos sólidos, mantemos 02 Centrais de Resíduos. Especificamente para resíduos sólidos, mantemos 02 Centrais de Resíduos. Especificamente para resíduos líquidos, mantemos uma área hermeticamente fechada contando com capacidade par 56 mil litros de capacidade. Especificamente para resíduos líquidos, mantemos uma área hermeticamente fechada contando com capacidade par 56 mil litros de capacidade. Todos os resíduos resultantes das nossas Operações são rastreados até o seu destino final Todos os resíduos resultantes das nossas Operações são rastreados até o seu destino final

13 GERAÇÃO DE RESÍDUOS O TCP garante a rastreabilidade dos resíduos gerados, através do gerenciamento de todas as fases do processo de manejo. É produzido um mapa é apresentado anualmente ao IBAMA, através do Inventário de Resíduos RESÍDUOQUANTITATIVOTIPO DE DESTINO Resíduos de vidro 0,81 tonAterro classe II Óleo contaminado 19,91 tonAterro classe II Filtros contaminados com óleo 2,14 tonAterro classe I Serragem contaminada 6,94 tonAterro classe I Cartucho de tonner 400 unidadesAterro classe I Acumuladores de energia (baterias, pilhas) 0,02 tonAterro classe I Latas de tintas 0,51 tonAterro classe I Panos contaminados 4,12 tonAterro classe I Lâmpadas 1514 unidadesAterro classe II Efluentes contaminados 75,55 tonAterro classe II Resíduos ferrosos 10,78 tonAterro classe II Resíduos de varrição 35,26 tonAterro classe II Pneus inservíveis/reciclados de caminhões 82 unidadesCoprocessamento Resíduo de serviços de saúde 0,08 tonAterro classe I Resíduo de madeira 58,19 tonAterro classe II

14 O TCP incentiva a geração de trabalhos acadêmicos de pesquisa e Pós-graduação que visem o equilíbrio ambiental portuário. Destacam-se programas tais como: O TCP incentiva a geração de trabalhos acadêmicos de pesquisa e Pós-graduação que visem o equilíbrio ambiental portuário. Destacam-se programas tais como: Pesquisas que subsidiem projetos de dragagem. Pesquisas que subsidiem projetos de dragagem. Monitoramento de cetáceos (boto cinza) e sua influência no ambiente marinho portuário. Monitoramento de cetáceos (boto cinza) e sua influência no ambiente marinho portuário. Bioinvasão por água de lastro Bioinvasão por água de lastro Estudos acadêmicos da Escola de Pós-graduação do Município de Antonina-PR - ADEMADAN Estudos acadêmicos da Escola de Pós-graduação do Município de Antonina-PR - ADEMADAN

15 INTEGRAÇÃO COM AS ESCOLAS O TCP oferece apoio às escolas locais com o foco em Educação Ambiental de inúmeras formas: O TCP oferece apoio às escolas locais com o foco em Educação Ambiental de inúmeras formas: Doação de equipamentos de Informática utilizados pela empresa e que mantenham sua vida útil plena. Doação de equipamentos de Informática utilizados pela empresa e que mantenham sua vida útil plena. Doação de material reciclável para atividades pedagógicas. Doação de material reciclável para atividades pedagógicas. Promove visitas ao Terminal para conhecer as práticas ambientais adotadas. Promove visitas ao Terminal para conhecer as práticas ambientais adotadas. Leva informações de Gestão Ambiental às escolas promovendo palestras e estudos de casos. Leva informações de Gestão Ambiental às escolas promovendo palestras e estudos de casos.

16 O TCP contribui com o projeto da municipalidade, levando ao conhecimento da população de Paranaguá, os trabalhos desenvolvidos interna e externamente, com o foco da preservação ambiental portuária. O TCP contribui com o projeto da municipalidade, levando ao conhecimento da população de Paranaguá, os trabalhos desenvolvidos interna e externamente, com o foco da preservação ambiental portuária. Interage de forma efetiva com os Organizadores do evento que são: A Prefeitura Municipal, o IBAMA e o IAP. Interage de forma efetiva com os Organizadores do evento que são: A Prefeitura Municipal, o IBAMA e o IAP.


Carregar ppt "GESTÃO SOCIO AMBIENTAL. O SGA NO TERMINAL PORTUÁRIO... O SGA NO TERMINAL PORTUÁRIO... O Sistema de Gestão Ambiental é a parte do Sistema de Gestão Global."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google