A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A capacidade, atuação e benefícios para a região gerados pela Usina Bsbios 6 de abril de 2010 22 de Setembro de 2010 BSBIOS – PASSO FUNDOBSBIOS – MARIALVA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A capacidade, atuação e benefícios para a região gerados pela Usina Bsbios 6 de abril de 2010 22 de Setembro de 2010 BSBIOS – PASSO FUNDOBSBIOS – MARIALVA."— Transcrição da apresentação:

1 A capacidade, atuação e benefícios para a região gerados pela Usina Bsbios 6 de abril de de Setembro de 2010 BSBIOS – PASSO FUNDOBSBIOS – MARIALVA

2 Introdução

3 A BSBIOS trata-se de um grupo em expansão atuando na produção de biodiesel, lubrificantes vegetais e focado no desenvolvimento da matriz energética brasileira Fonte: Análises Trust&Co BSBIOS Usina integrada em Passo Fundo e transesterificação em Marialva Capacidade de produção: 286 mil m³/ano Geração de 320 empregos diretos Estrutura societária composta por executivos renomados e Petrobrás Bioenergia Estratégia de crescimento inorgânico Grupo desenvolvedor de soluções em energia renovável Ativos Porte Importância Credibilidade Expansão Foco

4 Fonte: IBGE A soja é a maior cultura do país, onde PR e RS concentram 33% da produção total Estado2008 (Milhões de tons)% Mato Grosso17,229% Paraná11,820% Rio Grande do Sul7,613% Goiás6,611% Mato Grosso do Sul4,58% Minas Gerais2,54% Bahia2,75% Outros6,010% Produção de soja Área plantada ( Há) – – – – – A região Centro-Oeste ainda sofre com a falta de infra-estrutura logística As regiões Sudeste e Sul estão mais perto dos principais mercados de biodiesel A região Centro-Oeste ainda sofre com a falta de infra-estrutura logística As regiões Sudeste e Sul estão mais perto dos principais mercados de biodiesel As instalações da BSBIOS estão localizados em 2 dos 3 principais estados produtores de soja do país

5 Histórico da BSBIOS Junho de 2007 Dezembro de 2008 Abril de 2009 Setembro de 2009 Maio de 2010 Novembro de 2010 Financiamento para construção de unidade de esmagamento em Passo Fundo Produção de 87 milhões de litros e Receita Líquida de R$ 239 milhões Início da produção na unidade de Passo Fundo Aquisição da unidade AGRENCO Marialva em parceria com a Pbio Início da unidade de esmagamento de soja em Passo Fundo Início da unidade de esmagamento de soja em Passo Fundo Início da produção da planta em Marialva - PR Fonte: BSBIOS; AnálisesTrust&Co Aquisição da Greenlub Inauguração de escritório comercial nos EUA

6 Estrategicamente localizada no coração do pólo produtor de grãos do estado Unidade integrada a partir da conclusão da uma unidade esmagadora de grãos Estrategicamente localizada no coração do pólo produtor de grãos do estado Unidade integrada a partir da conclusão da uma unidade esmagadora de grãos PR RS O caminho que a BSBIOS trilhou começou em Passo Fundo RS Produção de soja (ha) Localização: Cidade de Passo Fundo Estado do Rio Grande do Sul (RS) Produção de soja no estado: 8 milhões de tons Região Sul do Brasil Porto de Rio Grande Highlights: Planta de produção de biodiesel e unidade esmagadora de grãos Capacidade de produção – m³ Capacidade de esmagamento: 2,5 mil tons/dia Empregos: 200 diretos e 3 mil indiretos BSBIOS Passo Fundo Esmagadora Usina de biodiesel

7 Planta de biodiesel adquirida em parceria com a Pbio Localizada no segundo maior pólo produtor de grãos do estado do Paraná. A localização da planta também facilita o acesso aos principais mercados consumidores do país e exportação através do porto de Paranaguá Planta de biodiesel adquirida em parceria com a Pbio Localizada no segundo maior pólo produtor de grãos do estado do Paraná. A localização da planta também facilita o acesso aos principais mercados consumidores do país e exportação através do porto de Paranaguá PR RS A BSBIOS expande através de unidade no PR em parceria com a Pbio Produção de soja (ha) Localização: Cidade de Marialva Estado do Paraná (PR) Produção de soja no estado: 12 milhões de tons Região Sul do Brasil Porto de Paranaguá Highlights: Planta de produção de biodiesel Capacidade de produção – m³ Empregos: 120 diretos e 3 mil indiretos BSBIOS Marialva

8 Políticas de Hedge A BSBIOS Passo Fundo no contexto dos fatores críticos de sucesso Diversificação de matérias- primas Suporte Técnico Agricultores Produção de biodiesel Fornecedores de sementes Esmagamento LOGíSTICA DE CONSUMO A produção de biodiesel gera 11% de glicerina e 4% de borra A glicerina da BSBIOS é de alta qualidade, sendo exportada para diversos países A produção de biodiesel gera 11% de glicerina e 4% de borra A glicerina da BSBIOS é de alta qualidade, sendo exportada para diversos países A chave para o sucesso BSBIOS encontra-se em uma gestão eficiente da cadeia de valor da cultura da soja By Products Óleo de Soja Farelo de Soja Biodiesel MERCADOS NACIONAIS E INTERNACIONAIS LOGÍSTICA DE SUPRIMENTOS Fonte: BSBIOS; AnálisesTrust&Co

9 Modelo de gestão BSBIOS Fatores de sucesso da BSBIOS Administração de ativos Gestão de riscos Rentabilidade Retorno ao acionista Fatores de sucesso Fonte: Análises Trust&Co

10 Esta evolução está refletida nos números da BSBIOS Receita Bruta (R$ milhões) Receita Bruta (R$ milhões) Receita Líquida (R$ milhões) Receita Líquida (R$ milhões) 1-adição do lucro considerando distribuição de 25% de dividendos já incluindo a operação de Marialva Volume Vendido (milhões de litros) Volume Vendido (milhões de litros)

11 Parceria de Sucesso BSBIOS e diversificação

12 BSBIOS e PBio compartilham a visão sobre as tendências da indústria de biodiesel Consolidação do setor Comprometimento do governo na redução das emissões de poluentes Nova fase do mercado de comercialização A BSBIOS e Pbio compartilham de visão que permite a análise conjunta das rotas de fortalecimento da parceria Aceleração dos níveis de mistura obrigatória Início das exportações

13 Além da visão, BSBIOS e Pbio compartilham tecnologia e processual de destaque na transesterificação do biodiesel Rota tecnológica metílica Mais competitiva no processo de transesterificação devido a índice de aproveitamento superior do metanol em relação ao etanol, reduzindo assim os custos de investimento do insumo Tecnologia de ponta A tecnologia Crown é consolidada a nível mundial como referência em qualidade no processo produtivo do biodiesel Laboratório de referência Laboratório credenciado na ANP para testes de certificação quanto a qualidade do biodiesel Fonte: Análises Trust&Co A BSBIOS é contratada por usinas concorrentes para testar a qualidade de seus combustíveis

14 Contrato de Joint-venture para operação de Marialva Início da produção da planta no prazo previsto Geração de empregos, aumento da receita e desenvolvimento da região norte do Paraná Abastecimento da demanda de biodiesel nas regiões sul e sudeste A parceria entre Pbio e BSBIOS se solidificou por meio da operacionalização da unidade de Marialva Etapas da parceria

15 Cadeia de suprimentos é a chave do sucesso no biodiesel

16 Características do setor de atuação Elaboração: ABIOVE Requer desenvolvimento agrícola. Requer desenvolvimento tecnológico. Requer desenvolvimento em logística. Requer desenvolvimento em comunicação. Postos Mercado Consumidor Glicerina CADEIA PRODUTIVA DO BIODIESEL Para prosperar no setor, é necessário o controle de todas as variáveis da cadeia produtiva do biodiesel

17 Originação O RS é o 3° maior produtor de soja do país, com produção de 8 milhões de toneladas na safra 2009 Logística insumos A usina da BSBIOS se localiza na região responsável por 70% da produção de soja do RS Processa- mento Usina integrada O RS é o 3° maior consumidor de farelo de soja do país Transesteri- ficação Tecnologia de referência no biodiesel Logística Distribuição Localização em centro de distribuição de combustível Consumidor Localização próxima aos maiores centros consumidores de biodiesel A BSBIOS Passo Fundo no contexto dos fatores críticos de sucesso O segredo do sucesso da BSBIOS/RS encontra-se na sua estruturada cadeia de suprimentos e distribuição Fonte: IBGE e Análises Trust&Co Vista da BSBIOS Passo Fundo

18 A BSBIOS Marialva no contexto dos fatores críticos de sucesso Originação O PR é o 2° maior produtor de soja do país, com produção de 12 milhões de toneladas na safra 2009 Logística insumos Garantia de disponibilidade de matéria-prima em um raio de 100 km de distância de Marialva Processa- mento Necessidade de 18% da capacidade de esmagamento em raio de 100 km para abastecer a usina de biodiesel O PR é o maior consumidor de farelo de soja do país Transesteri- ficação Tecnologia de referência no biodiesel Logística Distribuição Proximidade da Base de distribuição da Petrobrás de Londrina Acesso a modal ferroviário em Marialva - Paraná Consumidor Paraná desabastecido de biodiesel Condições privilegiadas de acesso ao porto de Paranaguá - Paraná A mesma lógica foi seguida para implementação da Usina de Marialva/PR Fonte: IBGE e Análises Trust&Co Vista da planta da BSBIOS Marialva

19 Benefícios para a Região Gerados pela BSBIOS

20 Responsabilidades da companhia com a rede de agricultores fornecedores da matéria-prima Relacionamento comercial e assistência técnica com produtores e cooperativas da agricultura familiar e que possuem a DAP(Declaração de Aptidão ao Pronaf) Interlocução entre instituições de pesquisa e de representação da agricultura familiar Responsabilidade sobre o desenvolvimento de culturas alternativas junto a agricultores BSBIOS Passo Fundo possui 3 milhões de sacas de soja pré-contratadas com a agricultura familiar A cadeia do biodiesel criou a necessidade de alinhar a proximidade da matéria-prima com o desenvolvimento da agricultura familiar Fonte: BSBIOS; Analises Trust&Co

21 Para potencializar a cadeia de suprimentos a BSBIOS desenvolveu parcerias com os pequenos produtores Garantias aos produtores Mercado de atuação Inovações Tecnológicas Assistência Técnica Compra da Produção Desenvolvimento de capacitação ao produtor Acompanhamento e análise de resultados de produtividade e lucratividade Contratos de compra indexados a preço de mercado Custeio da lavoura Seguro agrícola (PROAGRO) Domínio tecnológico dos fatores de produção Rotação de culturas Zoneamento agroclimático Fomento de culturas alternativas no inverno Demanda para o emergente mercado do biodiesel Foto:treinamento a produtores de canola Unidade de Fomento Responsável pela assistência aos agricultores familiares e cultivo de culturas alternativas Desenvolve programas de culturas com maior potencial energético para fomentar e diversificar a matriz produtiva Responsável pela assistência aos agricultores familiares e cultivo de culturas alternativas Desenvolve programas de culturas com maior potencial energético para fomentar e diversificar a matriz produtiva

22 A BSBIOS agrega geração de valor à soja. A usina contribui para o processamento da commodity dentro do país Passo Fundo: 850 mil toneladas Marialva: 623 mil toneladas Passo Fundo: 850 mil toneladas Marialva: 623 mil toneladas 353 mil toneladas anuais adquiridas da agricultura familiar Atrás da BSBIOS vieram muitos outros empreendimentos importantes, que juntos permitirão multiplicar por 4 o PIB industrial de Passo Fundo. Volume de soja processada anual Selo Social Depoimento do secretário do desenvolvimento de Passo Fundo Marcos Cittolin Hoje a BSBIOS já é a maior empresa em valor adicionado fiscal da cidade. Fonte: Abiove, Balanço social sistêmico do biodiesel – Unisinos/Fiergs Percepção de agricultores em pesquisa realizada recentemente Prêmio por saca de soja estimula produtor

23 Programa de Culturas Alternativas BSBIOS Percepção de agricultores em pesquisa realizada recentemente Canola apresenta vantagens na rotação, otimiza estrutura da soja e melhora a terra Fonte: Balanço social sistêmico do biodiesel – Unisinos/Fiergs

24 Programa Produção Canola – BSBIOS pioneira no desenvolvimento dessa cultura Programa Produção Canola BSBIOS Teor de óleo por semente: 36% Kg de óleo por hectare: 648 Programa Produção Canola BSBIOS Teor de óleo por semente: 36% Kg de óleo por hectare: mil hectares (Norte, Noroeste e Planalto do RS) Lavouras de Canola BSBIOS Envolvimento de um grande grupo de profissionais com o suporte técnico e acompanhamento das lavouras Assinatura do convênio com o Banco do Brasil (BB Convir) para a disponibilização desse recurso para as cooperativas, repassando para seus produtores A assistência técnica é realizada de forma conjunta entre os departamentos técnicos da BSBIOS e cooperativas treinadas por profissionais da própria BSBIOS No Programa Produção de Canola, a BSBIOS, estará pagando para o produtor o correspondente ao preço da soja CANOLA – A SOJA DO INVERNO

25 A BSBIOS é referência nacional no desenvolvimento da canola, a qual é a mais utilizada na produção biodiesel na Europa Almirante Tamandaré do Sul/RS Nicolau Vergueiro/RS Soledade/RS Passo Fundo/RS Sarandi/RS Marau/RS Área: hectares na safra 2009 Produção: kg/ha Área: hectares na safra 2009 Produção: kg/ha 50% desta produção será oriunda da agricultura familiar toneladas de óleo oriundo da agricultura familiar 50% desta produção será oriunda da agricultura familiar toneladas de óleo oriundo da agricultura familiar Cooperativas, empresas privadas, Emater, Embrapa, universidades, sindicatos e federações, movimento dos Pequenos Agricultores, Governo Federal, Banco do Brasil Origem PPCB Parcerias

26 Programa Desenvolvimento Regional Sustentável entre BSBIOS & Banco do Brasil A BSBIOS desenvolveu parcerias com importantes agentes para o desenvolver a agricultura familiar Incentivando o cultivo baseado em políticas de garantia de comercialização e suporte técnico Parceria com entidades representativas da agricultura familiar, cooperativas e instituições de pesquisa como o DRS Biocombustível Fomento do plantio de culturas alternativas para a agricultura familiar

27 Alternativas à necessidade de aumento da mistura obrigatória 1ª fase do projeto - Setembro de 2009 Projeto Linha Verde - Coletivos urbanos passam a rodar com biodiesel puro A produção estimada (600 mil litros de biodiesel/ano) será feita pela BSBIOS Medições técnicas mostraram índice de opacidade (emissão de fumaça) 25% menor, redução de 19% de óxido de nitrogênio e de 30% nas emissões de monóxido de carbono (CO) São parceiros do projeto: a Urbs, a usina BSBIOS, a distribuidora RDP Petróleo, as operadoras Auto Viação Redentor e Viação Cidade Sorriso Ltda, o Tecpar e o Pro Biodiesel, e as montadoras Scania e Volvo Esta será a primeira iniciativa do Brasil operando 100% com biocombustível nos ônibus urbanos Doze ônibus (seis da Scania e seis da Volvo) circulam pela capital paranaense 2ª fase do projeto - Setembro de 2010

28 Benefícios gerados pela BSBIOS Conclusão Fomento da agricultura e distribuição de renda no campo Recolhimento de impostos nas esferas municipal, estadual e federal Geração de empregos e desenvolvimento Peça importante para o sucesso do Programa Nacional do Biodiesel Contribuição para a redução de gases poluentes na atmosfera A BSBIOS é a prova que o biodiesel é capaz de gerar benefícios a economia, soluções em energia limpa e retorno ao acionista Resultados Receita contratada de R$ 543 milhões em 2010 Investimentos totais de R$ 250 milhões Recolhimento de mais de R$ 70 milhões em tributos em 2010 Geração de 320 empregos diretos 353 mil ton/ano adquiridas da agricultura familiar

29 Erasmo Carlos Battistella Diretor Superintendente Tel.: (54) (54) Elaboração: BIODIESEL Revolução Verde! Pré-sal do interior do Brasil!


Carregar ppt "A capacidade, atuação e benefícios para a região gerados pela Usina Bsbios 6 de abril de 2010 22 de Setembro de 2010 BSBIOS – PASSO FUNDOBSBIOS – MARIALVA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google