A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Analítica no Trânsito. Introdução No decorrer dos últimos anos a situação do trânsito em Curitiba vem causando discussão. Hoje a média de carros em circulação.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Analítica no Trânsito. Introdução No decorrer dos últimos anos a situação do trânsito em Curitiba vem causando discussão. Hoje a média de carros em circulação."— Transcrição da apresentação:

1 Analítica no Trânsito

2 Introdução No decorrer dos últimos anos a situação do trânsito em Curitiba vem causando discussão. Hoje a média de carros em circulação é de Cada dia esse número cresce mais: são em média 500 novos carros por dia em circulação na cidade. Por isso o tempo gasto hoje, em uma mesma distância, é muito maior do que há alguns anos. Em Curitiba as estatísticas apontam aproximadamente 1 carro para cada 1.8 habitantes.

3 Com a falta de opções de emprego e estudos perto de suas casas, as pessoas acabam tendo que ir procurar lugares para trabalhar e estudar longe destas. Isso agrava ainda mais a situação pois, enquanto perto de suas casas as pessoas poderiam ir a pé ou de bicicleta, longe é preciso ir de carro ou de ônibus. Ou seja, aumenta ainda mais o número de carros que transitam pelas ruas da cidade, piorando a situação.

4 Vídeo 1-Trânsito em Curitiba

5 Vídeo 2-Trânsito em Curitiba

6 Motivos que levaram a essa situação: Facilidade na compra de automóveis; Condições precárias no transporte coletivo, não atendendo a demanda, sendo muitas vezes perigosos, demorados e com pouca infra- estrutura; O individualismo da sociedade. Muitas pessoas que moram próximas umas as outras e vão para lugares próximos poderiam oferecer carona, diminuindo o número de carros. Mas são poucos os casos; Comportamento desrespeitoso de motoristas no trânsito, podendo causar acidentes que pioram ainda mais a situação;

7 Na infância, Milena C(0,5) estudou na pré- escola Faz de Conta, próxima a sua casa. Devido a falta de opções de uma boa educação nas redondezas, seus pais escolheram o Colégio Medianeira M(2,1). Este localiza-se numa região mais movimentada e longe. Com isso Milena pega mais trânsito do que se estudasse em um colégio P(1,4) do bairro. Problema 1

8 No plano cartesiano...

9 Há 10 anos, Milena saia de sua casa C(0,5) e ia até o colégio M(2,1) demorando aproximadamente 10 minutos para percorrer a distância de carro. Hoje, com o congestionamento e as obras na cidade, Milena demora aproximadamente 20 minutos para percorrer a mesma distância.

10 Mapa

11 Qual a distância da casa de Milena(0,5) até o colégio Medianeira(2,1)?Qual a distância da casa de Milena(0,5) até o colégio Medianeira(2,1)? –Solução: Fórmula da distância: D= (2-0)²+(1-5)² D= 4+16 D= 20 D=4,5 km Qual a velocidade média de sua casa até o Colégio Medianeira há 10 anos e hoje?Qual a velocidade média de sua casa até o Colégio Medianeira há 10 anos e hoje? –Solução: Fórmula da velocidade V=d/t Há 10 anos: Passando 10min para hora:0,16horas V=4,5/0,16 V=28km/h Hoje: Passando 20 min para hora: 0,32 V=4,5/0,32 V=14km/h

12 Qual a distância da casa da Milena(0,5) até o Colégio P(1,4)? –Solução: D= (1-0)²+(4-5)² D= 1+1 D= 2 D= 1,4 km Se Milena opta-se por estudar no colégio da região, qual seria o tempo gasto que ela levaria de sua casa até o mesmo, hoje? –Solução: V=d/t Utilizando a velocidade média atual que ela anda: 14=1,4/t t=1,4/14 t=0,1h Passando 0,1h para minutos: 6 min

13 Problema 2 No Colégio Medianeira M(2,1), muitos alunos que estudam lá, moram em localidades diferentes: alguns perto e outros longe. Milena, mora no ponto C(0,5). Luiz no ponto L(1,5), Letícia no ponto F(3,5) e Gabriela no ponto G(3,1).

14 Mapa

15 No plano cartesiano...

16 Qual a distância entre a casa da Letícia F(3,5) e o colégio C(2,1)? Fórmula: d= (2-3)² + (1-5)² d= d= 17 d=4,1 km Qual a distância da casa do Luiz L(1,5) até o colégio C(2,1)? Fórmula: d= (1-2)² + (5-1)² d= d= 17 d=4,1 km

17 Qual a distância da casa da Gabriela G(3,1) e o colégio C(2,1)? Fórmula: d= (3-2)² + (1-1)² d= 1+0 d= 1 A distância da casa de Milena até o Medianeira já calculados, é de 4,5 km. A aluna que mora mais longe é Milena, com aproximadamente 4,5 km de distância em linha reta. Já Gabriela é quem mora mais perto, com aproximadamente 1 km de distância em linha reta.

18 Conclusões: Em uma pesquisa realizada com 80 pessoas chegamos a um resultado de 61 de 80 que moram longe, e 19 de 80 que moram perto de seu trabalho ou colégio. Ou seja, uma proporção de três para uma pessoa. Generalizando esta proporção para uma população de (contando apenas a cidade de Curitiba sem seus 26 municípios ao redor), obtemos que moram perto e que moram longe. Isso mostra que o número de pessoas que dependem de carro e/ou ônibus é muito maior já que muito mais gente é obrigado a se deslocar diariamente até seu trabalho e/ou estudo.

19 estimativa é de 3 mil mortes por ano(esse número tende só a piorar)devido a poluição do ar, o que agrava as doenças causadas pelo stress. Se mantivermos a média de 500 novos carros por dia circulando pelas ruas de Curitiba, teremos em 10 anos aproximadamente novos carros pelas ruas. Não esquecendo que hoje são aproximadamente um milhão de carros em circulação. Ou seja, se hoje já vivemos um caos no trânsito, se não houver mudanças, a situação se agravará cada vez mais e não teremos mais como nos locomover na cidade. Outro problema também é com a saúde. Segundo pesquisas, a estimativa é de 3 mil mortes por ano(esse número tende só a piorar)devido a poluição do ar, o que agrava as doenças causadas pelo stress.

20 Soluções para o trânsito Obras sendo realizadas para melhorar o trânsito e o transporte coletivo. A proibição e a restrição de estacionamento em ruas centrais. O incentivo ao uso do transporte coletivo, melhorando-o, e também a outros meio de transportes como as bicicletas. Nova alternativa de cruzamentos. Respeito às leis do trânsito-educação no trânsito.Ex:não parar em fila dupla e não fechar ruas.

21 Soluções Rodo anel;Expansão do metro;Rodo anel;Expansão do metro; Mais corredores de ônibus e mais transporte coletivo em execução;Mais corredores de ônibus e mais transporte coletivo em execução; Rodízio de carros como o que é feito em São Paulo e em Brasília;Rodízio de carros como o que é feito em São Paulo e em Brasília; Carona solidária;Zona de restrição para caminhões;Carona solidária;Zona de restrição para caminhões; Pedágio urbano. As pessoas não vão querer pagar e por isso tentarão achar outras alternativas de se locomover;Pedágio urbano. As pessoas não vão querer pagar e por isso tentarão achar outras alternativas de se locomover; Restringir o número de veículos e dar prioridade a veículos coletivos;Restringir o número de veículos e dar prioridade a veículos coletivos;

22 É importante ressaltar que as soluções não vão agradar a todos, porém todos precisam compreendê-las. O problema no trânsito gera stress, doenças respiratórias, impaciência, cansaço, nervosismo. Se realmente as soluções forem eficazes, a população saíra beneficiada: a qualidade de vida do curitibanos irá melhorar, será menos tempo, dinheiro e saúde perdido nas ruas, a poluição do ar, sonora e visual será menor e com certeza mais vidas serão salvas.

23 Referências Bibliográficas GIM ESPECIALISTAS+BUSCAM+SAIDAS+PARA+O+TRANS ITO+EM+SAO+PAULO,00.html(sugestão de vídeo )http://video.globo.com/Videos/Player/Noticias/0,,GIM ESPECIALISTAS+BUSCAM+SAIDAS+PARA+O+TRANS ITO+EM+SAO+PAULO,00.html (sugestão de vídeo ) do.php?conteudo=194 ®ionId=1

24 Grupo: –Gabriela Fernanda nº18 –Letícia Finatti nº31 –Luiz Henrique nº34 –Milena Verônica nº39 3ºA


Carregar ppt "Analítica no Trânsito. Introdução No decorrer dos últimos anos a situação do trânsito em Curitiba vem causando discussão. Hoje a média de carros em circulação."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google