A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CONTOS DE LIMA BARRETO. O HOMEM QUE SABIA JAVANÊS O HOMEM QUE SABIA JAVANÊS Narrado em 1ª pessoa Narrado em 1ª pessoa Personagens: Castelo, Castro, Manuel.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CONTOS DE LIMA BARRETO. O HOMEM QUE SABIA JAVANÊS O HOMEM QUE SABIA JAVANÊS Narrado em 1ª pessoa Narrado em 1ª pessoa Personagens: Castelo, Castro, Manuel."— Transcrição da apresentação:

1 CONTOS DE LIMA BARRETO

2 O HOMEM QUE SABIA JAVANÊS O HOMEM QUE SABIA JAVANÊS Narrado em 1ª pessoa Narrado em 1ª pessoa Personagens: Castelo, Castro, Manuel Feliciano Personagens: Castelo, Castro, Manuel Feliciano (Barão de Jacuecanga), o genro e a filha do Barão (Barão de Jacuecanga), o genro e a filha do Barão Tempo: psicológico Tempo: psicológico Espaço: presente (um bar); passado (urbano e rural) Espaço: presente (um bar); passado (urbano e rural)

3 O conto critica os falsos sábios do país O conto critica os falsos sábios do país (1ª República) (1ª República) O mundo é dos espertos e não dos mais eficazes O mundo é dos espertos e não dos mais eficazes Título irônico Título irônico Este conto é um verdadeiro desabafo do autor, escritor talentoso, que não alcançava o devido merecimento e, ironicamente, convivia com incompetentes militares do Ministério da Guerra, onde também ocupava um cargo público, mas menor socialmente. Este conto é um verdadeiro desabafo do autor, escritor talentoso, que não alcançava o devido merecimento e, ironicamente, convivia com incompetentes militares do Ministério da Guerra, onde também ocupava um cargo público, mas menor socialmente.

4 LÍVIA LÍVIA Narrado em 3ª pessoa Narrado em 3ª pessoa Personagens: Lívia, cunhado, mãe, Godofredo e Siqueira (pretendentes na imaginação de Lívia) Personagens: Lívia, cunhado, mãe, Godofredo e Siqueira (pretendentes na imaginação de Lívia) Tempo: uma manhã Tempo: uma manhã

5 Lívia é uma palavra latina que significa sonhadora Lívia é uma palavra latina que significa sonhadora O conto critica os costumes cariocas do final do século XIX O conto critica os costumes cariocas do final do século XIX Denúncia do machismo Denúncia do machismo Ao contrário do Romantismo, aqui, a mulher também busca a sua ascensão social através do casamento. Ao contrário do Romantismo, aqui, a mulher também busca a sua ascensão social através do casamento.

6 UMA VAGABUNDA UMA VAGABUNDA Narrado em 3ª pessoa Narrado em 3ª pessoa Personagens: Alzira, Martins, Frederico (narrador), Chaves Personagens: Alzira, Martins, Frederico (narrador), Chaves Tempo: psicológico Tempo: psicológico Espaço: Campo de Sant'Ana e Rio de Janeiro Espaço: Campo de Sant'Ana e Rio de Janeiro

7 O conto é escrito seguindo a estrutura de uma narrativa encaixada (ou emoldurada) O conto é escrito seguindo a estrutura de uma narrativa encaixada (ou emoldurada) Conto lírico em que se revela o bom caráter escondido atrás da figura de uma prostituta (anti-heroína do conto) Conto lírico em que se revela o bom caráter escondido atrás da figura de uma prostituta (anti-heroína do conto) Alzira demonstrou solidariedade e compaixão Alzira demonstrou solidariedade e compaixão Em seu final, o conto apela ao leitor para uma reflexão quanto à sociedade mais marginalizada. Em seu final, o conto apela ao leitor para uma reflexão quanto à sociedade mais marginalizada.

8 UM ESPECIALISTA UM ESPECIALISTA Narrado em 3ª pessoa Narrado em 3ª pessoa Personagens: Comendador, Coronel Carvalho e Alice (mulata do Recife) Personagens: Comendador, Coronel Carvalho e Alice (mulata do Recife) Tempo: cronológico Tempo: cronológico

9 O conto denuncia a prostituição existente na capital da República, e a exploração especial aos mais desafortunados (órfãos, negros e mestiços) O conto denuncia a prostituição existente na capital da República, e a exploração especial aos mais desafortunados (órfãos, negros e mestiços) Sugestão de um drama familiar Sugestão de um drama familiar No final da narrativa entramos em um suspense que não se conclui – anticlímax (recurso moderno da literatura) No final da narrativa entramos em um suspense que não se conclui – anticlímax (recurso moderno da literatura)

10 O FILHO DE GABRIELA O FILHO DE GABRIELA Narrado em 3ª pessoa Narrado em 3ª pessoa Personagens: Laura, Gabriela, Horácio, Calaça, Salvador e outros Personagens: Laura, Gabriela, Horácio, Calaça, Salvador e outros Tempo: psicológico Tempo: psicológico

11 Conto autobiográfico Conto autobiográfico O texto apresenta o drama psicológico do menino Horácio O texto apresenta o drama psicológico do menino Horácio Casamento como instrumento para a escalada social Casamento como instrumento para a escalada social Mulher colocada na categoria de objeto Mulher colocada na categoria de objeto

12 A NOVA CALIFÓRNIA A NOVA CALIFÓRNIA Conto dividido em 03 partes Conto dividido em 03 partes Narrado em 3ª pessoa Narrado em 3ª pessoa Tempo: cronológico Tempo: cronológico Espaço: Tubiacanga Espaço: Tubiacanga

13 Personagens (algumas): Raimundo Flamel, Bastos (farmacêutico – boticário), Capitão Pelino (redator da gazeta de Tubiacanga), Coletor Cavalhais (tenente e maçom), Coronel Bentes, Belmiro (ex- estudante e bêbado), Dr. Jerônimo (médico e vereador), Fabrício (negro, pedreiro) e outros Personagens (algumas): Raimundo Flamel, Bastos (farmacêutico – boticário), Capitão Pelino (redator da gazeta de Tubiacanga), Coletor Cavalhais (tenente e maçom), Coronel Bentes, Belmiro (ex- estudante e bêbado), Dr. Jerônimo (médico e vereador), Fabrício (negro, pedreiro) e outros

14 Califórnia é um estado norte-americano que se desenvolveu em torno da mineração do século XVIII (existiam as corridas de carroças em busca do ouro) Califórnia é um estado norte-americano que se desenvolveu em torno da mineração do século XVIII (existiam as corridas de carroças em busca do ouro) O conto satiriza a cobiça humana (que vai além dos limites morais e éticos para alcançar a riqueza e estabilidade financeira) O conto satiriza a cobiça humana (que vai além dos limites morais e éticos para alcançar a riqueza e estabilidade financeira)

15 Através do Capitão Pelino, o autor critica os gramáticos puristas e a literatura parnasiana em voga da época Através do Capitão Pelino, o autor critica os gramáticos puristas e a literatura parnasiana em voga da época Ironicamente, a personagem mais sóbria do conto é o famoso bêbado da cidade, Belmiro (um alter-ego do autor) Ironicamente, a personagem mais sóbria do conto é o famoso bêbado da cidade, Belmiro (um alter-ego do autor)


Carregar ppt "CONTOS DE LIMA BARRETO. O HOMEM QUE SABIA JAVANÊS O HOMEM QUE SABIA JAVANÊS Narrado em 1ª pessoa Narrado em 1ª pessoa Personagens: Castelo, Castro, Manuel."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google