A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A cena de Atos 2, no dia de Pentecostes. Atos 2:1-14.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A cena de Atos 2, no dia de Pentecostes. Atos 2:1-14."— Transcrição da apresentação:

1

2 A cena de Atos 2, no dia de Pentecostes. Atos 2:1-14

3 1 Ao cumprir-se o dia de Pentecostes, estavam todos reunidos no mesmo lugar; 2 de repente, veio do céu um som, como de um vento impetuoso, e encheu toda a casa onde estavam assentados. 3 E apareceram, distribuídas entre eles, línguas, como de fogo, e pousou uma sobre cada um deles. 4 Todos ficaram cheios do Espírito Santo e passaram a falar em outras línguas, segundo o Espírito lhes concedia que falassem. 1 Ao cumprir-se o dia de Pentecostes, estavam todos reunidos no mesmo lugar; 2 de repente, veio do céu um som, como de um vento impetuoso, e encheu toda a casa onde estavam assentados. 3 E apareceram, distribuídas entre eles, línguas, como de fogo, e pousou uma sobre cada um deles. 4 Todos ficaram cheios do Espírito Santo e passaram a falar em outras línguas, segundo o Espírito lhes concedia que falassem.

4 5 Ora, estavam habitando em Jerusalém judeus, homens piedosos, vindos de todas as nações debaixo do céu. 6 Quando, pois, se fez ouvir aquela voz, afluiu a multidão, que se possuiu de perplexidade, porquanto cada um os ouvia falar na sua própria língua. 7 Estavam, pois, atônitos e se admiravam, dizendo: Vede! Não são, porventura, galileus todos esses que aí estão falando? 8 E como os ouvimos falar, cada um em nossa própria língua materna? 9 Somos partos, medos, elamitas e os naturais da Mesopotâmia, Judéia, Capadócia, Ponto e Ásia, 10 da Frígia, da Panfília, do Egito e das regiões da Líbia, nas imediações de Cirene, e romanos que aqui residem,

5 11 tanto judeus como prosélitos, cretenses e arábios. Como os ouvimos falar em nossas próprias línguas as grandezas de Deus? 12 Todos, atônitos e perplexos, interpelavam uns aos outros: Que quer isto dizer? 13 Outros, porém, zombando, diziam: Estão embriagados! 14 Então, se levantou Pedro, com os onze; e, erguendo a voz, advertiu-os nestes termos: Varões judeus e todos os habitantes de Jerusalém, tomai conhecimento disto e atentai nas minhas palavras.

6 No inicio da igreja houve um dom especial do Espírito Santo, chamado o dom de línguas.

7 Alguns receberam este dom enquanto outros receberam diversos outros dons. I Coríntios 12:7-11

8 7 A manifestação do Espírito é concedida a cada um visando a um fim proveitoso. 8 Porque a um é dada, mediante o Espírito, a palavra da sabedoria; e a outro, segundo o mesmo Espírito, a palavra do conhecimento; 9 a outro, no mesmo Espírito, a fé; e a outro, no mesmo Espírito, dons de curar; 10 a outro, operações de milagres; a outro, profecia; a outro, discernimento de espíritos; a um, variedade de línguas; e a outro, capacidade para interpretá-las. 11 Mas um só e o mesmo Espírito realiza todas estas coisas, distribuindo-as, como lhe apraz, a cada um, individualmente.

9 No segundo século, estes dons desapareceram, conforme o testemunho de Irinaeus. Esta foi a única referência ao dom de línguas até o tempo de João Crisostomo.

10 João Crisostomo. ( D.C) escreveu em Homilia sobre I Coríntios : “Desde que eles, os cristãos de Corinto, não tinham conhecimento claro e não haviam ter sido educados nas Escrituras antigas, a graça do Senhor concedeu-lhes uma prova prática daquela energia (a energia divina que inspirou a mensagem de Deus). Por isso, cada um começou a falar, um na língua dos persas, outro na dos romanos, outro na dos índios e ainda algum outro, em algum outro idioma. E isto revelou àqueles de fora que seria o Espírito de Deus agindo nas pessoas que estavam falando.”

11 Em D.C., nas perseguições dos Huguenotes da França, e no tempo dos “quaker” e outros grupos, um tipo de língua extática surgiu, do mesmo tipo das sibilas gregas da antiguidade e do “profeta” Montanus e seus seguidores em 157 D.C. Massacre dos huguenotes (designação pejorativa que os católicos franceses davam aos protestantes) que iniciou em Paris, em 24 de agosto de 1572, e se alastrou por toda a França.

12 Imagem de quaker, membro de seita inglesa (1686) Em 1682, o quaker William Penn fundou a colônia da Pensilvânia (hoje estado dos EUA), para que servisse de refúgio para os Quaker perseguidos por puritanos radicais das colônias inglesas. Esses movimentos foram condenados pela igreja inteira.

13 Nos fins do século passado, com o inicio do movimento pentecostal, “línguas extáticas” apareceram de novo. Na década de 1950, surgiu o movimento néo-pentecostal resultando em inúmeras seitas.

14 Eles afirmam ter razão nisto. Condenam aqueles que não concordam.

15 Vamos pesquisar o Novo Testamento a respeito do dom de línguas.

16 Capacidade de falar em línguas foi um dos 9 ou 10 dons concedidos aos cristãos na infância da igreja, antes da Escrituras completas e de um nível mais adulto de seu desenvolvimento. Mencionado em Atos 2 e Atos 10 (onde Cornélio e sua família receberam este dom antes de seu batismo em água. At.11:15-17)

17 Mencionado também em Atos 19 1 Aconteceu que, estando Apolo em Corinto, Paulo, tendo passado pelas regiões mais altas, chegou a Éfeso e, achando ali alguns discípulos, 2 perguntou-lhes: Recebestes, porventura, o Espírito Santo quando crestes? Ao que lhe responderam: Pelo contrário, nem mesmo ouvimos que existe o Espírito Santo. 3 Então, Paulo perguntou: Em que, pois, fostes batizados? Responderam: No batismo de João. 4 Disse-lhes Paulo: João realizou batismo de arrependimento, dizendo ao povo que cresse naquele que vinha depois dele, a saber, em Jesus. 5 Eles, tendo ouvido isto, foram batizados em o nome do Senhor Jesus. 6 E, impondo-lhes Paulo as mãos, veio sobre eles o Espírito Santo; e tanto falavam em línguas como profetizavam. 7 Eram, ao todo, uns doze homens.

18

19 Mencionado também em I Coríntios 12 a 14 Aqui tem a maior informação sobre esse dom. Aqui o apóstolo Paulo descreve o seu nível relativo de importância, uso e limitações, a uma igreja que estava abusando dos dons espirituais.

20 Fotos de Corinto (ruínas).

21 = Grego: γλωσσα [glôssa], língua Naquela época significava língua física ou qualquer idioma humano. Foi chamado “o dom de línguas”, “outras línguas” ou “variedade de línguas” e nunca línguas desconhecidas, estranhas ou celestiais.

22 Sempre usado no Novo Testamento, em todo lugar, para referir-se a um idioma ou dialeto Por exemplo: Atos 2:5-11. E, em Atos 10, o mesmo fenômeno aconteceu. (ver Atos 11:17)

23 Pois, se Deus lhes concedeu o mesmo dom que a nós nos outorgou quando cremos no Senhor Jesus, quem era eu para que pudesse resistir a Deus? (ver Atos 11:17) Pedro disse:

24 1 Ao cumprir-se o dia de Pentecostes, estavam todos reunidos no mesmo lugar; 2 de repente, veio do céu um som, como de um vento impetuoso, e encheu toda a casa onde estavam assentados. 3 E apareceram, distribuídas entre eles, línguas, como de fogo, e pousou uma sobre cada um deles. 4 Todos ficaram cheios do Espírito Santo e passaram a falar em outras línguas, segundo o Espírito lhes concedia que falassem. 1 Ao cumprir-se o dia de Pentecostes, estavam todos reunidos no mesmo lugar; 2 de repente, veio do céu um som, como de um vento impetuoso, e encheu toda a casa onde estavam assentados. 3 E apareceram, distribuídas entre eles, línguas, como de fogo, e pousou uma sobre cada um deles. 4 Todos ficaram cheios do Espírito Santo e passaram a falar em outras línguas, segundo o Espírito lhes concedia que falassem.

25 5 Ora, estavam habitando em Jerusalém judeus, homens piedosos, vindos de todas as nações debaixo do céu. 6 Quando, pois, se fez ouvir aquela voz, afluiu a multidão, que se possuiu de perplexidade, porquanto cada um os ouvia falar na sua própria língua. 7 Estavam, pois, atônitos e se admiravam, dizendo: Vede! Não são, porventura, galileus todos esses que aí estão falando? 8 E como os ouvimos falar, cada um em nossa própria língua materna? 9 Somos partos, medos, elamitas e os naturais da Mesopotâmia, Judéia, Capadócia, Ponto e Ásia, 10 da Frígia, da Panfília, do Egito e das regiões da Líbia, nas imediações de Cirene, e romanos que aqui residem,

26 11 tanto judeus como prosélitos, cretenses e arábios. Como os ouvimos falar em nossas próprias línguas as grandezas de Deus? 12 Todos, atônitos e perplexos, interpelavam uns aos outros: Que quer isto dizer? 13 Outros, porém, zombando, diziam: Estão embriagados! 14 Então, se levantou Pedro, com os onze; e, erguendo a voz, advertiu-os nestes termos: Varões judeus e todos os habitantes de Jerusalém, tomai conhecimento disto e atentai nas minhas palavras.

27 Mas todo anjo que apareceu na Bíblia falou na língua de seu contato humano. Ninguém conhece o método de comunicação entre Deus e os outros seres celestiais. Alguns afirmam que estas línguas eram celestiais, ou dos anjos.

28 O dom de línguas no Novo Testamento tinha estrutura humana, que toda língua tem, e poderia comunicar mensagem útil, através de um interprete.

29 Foi concedido para que os cristãos pudessem anunciar o evangelho a toda nação daquela época e mostrar a capacidade de falar em outras línguas como sinal, ou prova de Deus, para confirmar a autenticidade da sua mensagem.

30 Agora vamos ver o que Paulo ensinou em I Coríntios, comparando com as “línguas estranhas” de hoje:

31 1 Línguas estrangeiras, com sons certos, que poderiam ser interpretados e apresentar uma mensagem valorosa de Deus. Atos 2:5-11, I Coríntios 12:10-11, 14:21 Nos gráficos seguintes a cor verde representa o primeiro século e o vermelho hoje em dia.

32 5 Ora, estavam habitando em Jerusalém judeus, homens piedosos, vindos de todas as nações debaixo do céu. 6 Quando, pois, se fez ouvir aquela voz, afluiu a multidão, que se possuiu de perplexidade, porquanto cada um os ouvia falar na sua própria língua. 7 Estavam, pois, atônitos e se admiravam, dizendo: Vede! Não são, porventura, galileus todos esses que aí estão falando? 8 E como os ouvimos falar, cada um em nossa própria língua materna? 9 Somos partos, medos, elamitas e os naturais da Mesopotâmia, Judéia, Capadócia, Ponto e Ásia, 10 da Frígia, da Panfília, do Egito e das regiões da Líbia, nas imediações de Cirene, e romanos que aqui residem,

33

34 I Co.12: 10 a outro, operações de milagres; a outro, profecia; a outro, discernimento de espíritos; a um, variedade de línguas; e a outro, capacidade para interpretá-las. 11Mas um só e o mesmo Espírito realiza todas estas coisas, distribuindo-as, como lhe apraz, a cada um, individualmente. I Co. 14:21 Na lei está escrito: Falarei a este povo por homens de outras línguas e por lábios de outros povos, e nem assim me ouvirão, diz o Senhor.

35 Hoje em dia: Sons extáticos, “dos anjos”, estranhos, sem forma humana. 1

36 Concedido a alguns cristãos e não a todos. I Cor. 12: A manifestação do Espírito é concedida a cada um visando a um fim proveitoso. 8 Porque a um é dada, mediante o Espírito, a palavra da sabedoria; e a outro, segundo o mesmo Espírito, a palavra do conhecimento; 9 a outro, no mesmo Espírito, a fé; e a outro, no mesmo Espírito, dons de curar; 10 a outro, operações de milagres; a outro, profecia; a outro, discernimento de espíritos; a um, variedade de línguas; e a outro, capacidade para interpretá-las. 11 Mas um só e o mesmo Espírito realiza todas estas coisas, distribuindo-as, como lhe apraz, a cada um, individualmente.

37 Hoje em dia: Exigido de todos, como prova do batismo com Espírito Santo. 2

38 Para uso público nos cultos. I Cor. 14: Que fazer, pois, irmãos? Quando vos reunis, um tem salmo, outro, doutrina, este traz revelação, aquele, outra língua, e ainda outro, interpretação. Seja tudo feito para edificação.

39 Usado frequentemente em particular, como lingua de oração. 3

40 Para edificação da igreja. 4 Assim, também vós, visto que desejais dons espirituais, procurai progredir, para a edificação da igreja. I Cor. 14:12 A manifestação do Espírito é concedida a cada um visando a um fim proveitoso. I Cor. 12:7

41 11 E ele mesmo concedeu uns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas e outros para pastores e mestres, 12 com vistas ao aperfeiçoamento dos santos para o desempenho do seu serviço, para a edificação do corpo de Cristo, 13 até que todos cheguemos à unidade da fé e do pleno conhecimento do Filho de Deus, à perfeita varonilidade, à medida da estatura da plenitude de Cristo, 14 para que não mais sejamos como meninos, agitados de um lado para outro e levados ao redor por todo vento de doutrina, pela artimanha dos homens, pela astúcia com que induzem ao erro. Ef.4:11-14

42 Não para a santificação de toda igreja, mas apenas de alguns mais espirituais e santificados. 4

43 Não para provar o batismo com o Espírito ou a maturidade ou santificação. 5 Mas um só e o mesmo Espírito realiza todas estas coisas, distribuindo-as, como lhe apraz, a cada um, individualmente. I Cor.12:11

44 1 Eu, porém, irmãos, não vos pude falar como a espirituais, e sim como a carnais, como a crianças em Cristo. 2 Leite vos dei a beber, não vos dei alimento sólido; porque ainda não podíeis suportá-lo. Nem ainda agora podeis, porque ainda sois carnais. 3 Porquanto, havendo entre vós ciúmes e contendas, não é assim que sois carnais e andais segundo o homem? A igreja de Corinto era infantil, mas tinha estes dons. I Co. 3:1-3.

45 Como prova do batismo com o Espírito Santo. 5

46 Sinal aos incrédulos. 6 De sorte que as línguas constituem um sinal não para os crentes, mas para os incrédulos; mas a profecia não é para os incrédulos, e sim para os que crêem. I Coríntios 14:22

47 Sinal particular para provar a presença do Espírito Santo. 6

48 No caso de alguém falar em outra língua, que não sejam mais do que dois ou quando muito três, e isto sucessivamente, e haja quem interprete. I Co 14:27 No máximo dois ou três faladores, no culto, e sucessivamente. 7

49 Muitos falando simultaneamente 7

50 Mas, não havendo intérprete, fique calado na igreja, falando consigo mesmo e com Deus. I Co 14:28 Tinha que estar presente um intérprete. Se não, eles não poderiam falar. 8

51 Geralmente, nenhum intérprete, ou intérprete fraudulento. Falam com intérprete ou não. 8

52 As mulheres não eram permitidas a falar (em línguas, profecias, administração, etc.) publicamente na igreja. 9 conservem-se as mulheres caladas nas igrejas, porque não lhes é permitido falar; mas estejam submissas como também a lei o determina. 35 Se, porém, querem aprender alguma coisa, interroguem, em casa, a seu próprio marido; porque para a mulher é vergonhoso falar na igreja. I Co 14:34-35

53 A mulher aprenda em silêncio, com toda a submissão. 12 E não permito que a mulher ensine, nem exerça autoridade de homem; esteja, porém, em silêncio. 13 Porque, primeiro, foi formado Adão, depois, Eva. 14 E Adão não foi iludido, mas a mulher, sendo enganada, caiu em transgressão. 15 Todavia, será preservada através de sua missão de mãe, se ela permanecer em fé, e amor, e santificação, com bom senso. I Tm

54 As mulheres geralmente as líderes no falar em línguas, falando, orando e pregando publicamente. 9

55 Apesar de ser um dom espiritual, era o menos valoroso, estando em ultimo ou penúltimo lugar nas listas. 10 Eu quisera que vós todos falásseis em outras línguas; muito mais, porém, que profetizásseis; pois quem profetiza é superior ao que fala em outras línguas, salvo se as interpretar, para que a igreja receba edificação.. Contudo, prefiro falar na igreja cinco palavras com o meu entendimento, para instruir outros, a falar dez mil palavras em outra língua. I Co 14:5 e 19 Ver também I Co. 12 e 14.

56 É o dom mais procurado hoje em dia. 10

57 Sempre deveria ser usado com decência e ordem. 11 No caso de alguém falar em outra língua, que não sejam mais do que dois ou quando muito três, e isto sucessivamente, e haja quem interprete. I Co 14:27, 33 e porque Deus não é de confusão, e sim de paz. Como em todas as igrejas dos santos 40 Tudo, porém, seja feito com decência e ordem.

58 Tudo feito frequentemente em desordem, com gemidos, gritos e todos falando simultaneamente 11

59 Um dom temporário. 12 O amor jamais acaba; mas, havendo profecias, desaparecerão; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, passará; I Co 13:8 até que todos cheguemos à unidade da fé e do pleno conhecimento do Filho de Deus, à perfeita varonilidade, à medida da estatura da plenitude de Cristo, Ef. 4:13 Um verdadeiro dom de Deus.

60 Um dom considerado essencial, permanente e muito enfatizado. Um dom falso, muito fora do ensinamento bíblico. 12

61 Conclusão.

62 Não é questão de Deus não ter mais esse poder, a questão é que não há mais necessidade de testemunho divino sobre a mensagem. Os dons especiais do Novo Testamento cessaram, havendo cumprido o seu propósito de serem sinais de da autenticidade da mensagem.

63 Esse “dom’ também é praticado pelos espíritas, muçulmanos, hindus, e em laboratórios psicológicos. Aquilo que hoje, é afirmado ser o dom de línguas, é muito diferente, não obedecendo as instruções e restrições do Novo Testamento.

64 Paulo indicou que a profecia (ensinamento da Palavra) é um dom muito mais útil. 1 Segui o amor e procurai, com zelo, os dons espirituais, mas principalmente que profetizeis. I Co 14.1 Contudo, prefiro falar na igreja cinco palavras com o meu entendimento, para instruir outros, a falar dez mil palavras em outra língua. I Co 14:19

65 Hoje eu quero fazer a mesma coisa: Falar cinco palavras claras sobre evangelho de Cristo, em vez de palavras em outra língua.

66 “Porém eu vou mostrar a vocês o caminho que é o melhor de todos” I Coríntios 12:31 Entretanto, procurai, com zelo, os melhores dons. I Co 14:1

67 1 Ainda que eu fale as línguas dos homens e dos anjos, se não tiver amor, serei como o bronze que soa ou como o címbalo que retine. 2 Ainda que eu tenha o dom de profetizar e conheça todos os mistérios e toda a ciência; ainda que eu tenha tamanha fé, a ponto de transportar montes, se não tiver amor, nada serei. 3 E ainda que eu distribua todos os meus bens entre os pobres e ainda que entregue o meu próprio corpo para ser queimado, se não tiver amor, nada disso me aproveitará. I Co 13:1-3

68 Nisto conhecerão todos que sois meus discípulos: se tiverdes amor uns aos outros. João 13: 35 A marca do cristianismo adulto seria o nível de seu amor e não um dom especial.


Carregar ppt "A cena de Atos 2, no dia de Pentecostes. Atos 2:1-14."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google