A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Junta de Freguesia de São Mateus da Calheta

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Junta de Freguesia de São Mateus da Calheta"— Transcrição da apresentação:

1 Junta de Freguesia de São Mateus da Calheta
O Negrito Boletim Informativo Director: José Gaspar Rosa de Lima Ano XVIII – Nº 55 Distribuição Gratuita Janeiro a Junho de 2012 Luís Silva realizou a Missa Nova na Igreja Paroquial Jovem de São Mateus foi ordenado Padre em Julho Luta pela autarquia Junta participa em debate pelas freguesias A Junta de Fregusia par-ticipou no debate organiza-do pela Rádio Clube de Angra para discussão da Re-forma das Autarquias Lo-cais, que decorreu no passa-do cia 4 de Abril, sob o tema, «Redução das fregue-sias nos Açores». O objecti-vo é lutar contra a intenção do Governo de extinguir algumas das freguesia da ilha. No seguimento da ampla discussão que tem rodeado a Reforma das Autarquias locais, despoletada pela pro-posta de lei n. 44/2012, a autarquia remeteu à Co-missão Política Regional da Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Aço-res um parecer desfavorável acerca da redação ambígua e critérios desajustados dessa proposta de lei. Esse parecer foi acompa-nhado pelo parecer já emiti-do também pela Assembleia de Freguesia de São Mateus da Calheta, e foi elaborada uma listagem das colectivi-dades, edifícios históricos, pequenas e médias empresas sedeadas e outros dados de interesse para comprovar a demarcada identidade social e, também, cultural e vida comunitária da nossa fre-guesia. Luís Silva é o primeiro jovem oriundo de São Mateus, em dezenas de anos, a ser ordenado pa-dre. A sua Missa Nova, a primeira de um longo percurso, decorreu no passado dia 1 de Julho, na Igreja Paroquial da fre-guesia. Passados seis anos de estudo no Seminário E-piscopal de Angra, o pa-dre Luís começa, agora, uma nova caminhada jun-to de uma paróquia açori-ana. Com ele, ordenaram-se Tiago Tedéu (Santa Bárbara), Júlio Rocha (A-gualva), Nelson Vieira (Rabo de Peixe) e Carlos Simas (Vila Franca do Campo). A cerimónia de ordenação dos jovens realizou-se no dia 17 de Junho, na Sé Catedral de Angra, com a presença de algumas das figuras mais proeminentes da di-ocese. des verificadas nas nossas comunidades”. A Junta de Freguesia de São Mateus contribuiu para esta festa, que tanta honra traz à freguesia, com o apoio logístico ne-cessário para a preparação da Missa Nova. A autar-quia aproveita para dese-jar um percurso prós-pero para todos os novos padres e, em especial, ao padre Luís Silva. Ao jornal A União, poucos dias antes da or-denação na Sé de Angra, o padre Luís disse: “Leva-mos bastantes expectati-vas. Acredito que temos bagagem suficiente e espí-rito de iniciativa. O im-portante não é deixar marca pessoal mas ir ao encontro das necessida- Fotografia: a união ORDENAÇÃO dos cinco padres decorreu na Sé Catedral. No Centro Social e Paroquial Abertas consultas para utentes sem médico de família Os utentes da freguesia que não têm médico de família passaram a ter acesso a uma Consulta de Apoio no Centro Social e Paroquial de São Mateus. Para marcações, os utentes deverão contactar o número , ou contactar directamente o clínico. Os utentes que têm mé-dico de família devem conti-nuar a ter consultas no Cen-tro de Saúde ou na Exten-são de São Mateus (a douto-ra Lucília Mendes atende à Quinta-feira, das 8h20 às 12h20). O doutor Omar Ávila dá consultas às Segundas (das 8h20 às 12h20 e das 13h20 às 17h20), Quartas (das 8h20 às 12h20) e Sextas-Feiras (das 8h20 às 12h20 e das 13h20 às 17h20). As consultas para grupos vulneráveis (Saúde Materna para grávidas, Saúde Infantil para crianças até 14 anos e Saúde Mulher ou Rastreios) continuam a ser feitas no Centro de Saúde de Angra do Heroísmo. Amigos de São Mateus Encontro em Toronto reúne 500 pessoas Decorreu no passado dia 31 de Março, em To-ronto, o segundo encontro dos amigos de São Mateus. À semelhança do evento que se realiza anualmente em New Bedford, esta é uma oportunidade para fortalecer os laços entre a freguesia e a comunidade de emigrantes naquela cida-de dos EUA. Maria Ficher reuniu nesta segunda edição quase meio milhar de pessoas. O encontro juntou ma-teusenses a viver actual-mente em Toronto, Que-bec, Listoel e Cambridge. De acordo com A União, o encontro organizado por Os fundos angariados na primeira edição foram con-vertidos em apoios para a recuperação e manutenção da Igreja Paroquial, nomea-damente do antigo relógio. 1

2 O NEGRITO 2 Monumento ao Pescador concluido no Porto de Pescas
Homenagem à pesca tradicional Monumento ao Pescador concluido no Porto de Pescas Festividades A Junta de Freguesia prestou apoio às Festas do Espírito Santo, com a pintura interior e exterior dos dois impérios da freguesia, e respectivas dispensas. Está terminada a construção do Monumento ao Pescador, co-locado no largo do Passeio Maríti-mo de São Mateus da Calheta. Trata-se de uma alusão à pesca artesanal que se pratica no Porto de Pescas e foi elaborado a partir de um barco que já foi utilizado na faina. O monumento é composto por uma embarcação de boca aberta tradicional do Porto de S. Mateus, que foi restaurada e co-locada em cima de um pedestal de pedra. Em frente, foi colocado um painel em azulejos pintados à mão que homenageia os Homens do Mar. Em volta do Monumen-to, foi colocado um cercado em corda para protecção e embeleza-mento da edificação. O Monumento ao Pescador é alusivo à pesca artesanal e, con-cretamente à apanha do chicha-rro. Na Placa descritiva pode ler- meras famílias ao longo de toda a história da freguesia. e apanhado por barcos semelhan-tes ao utilizado para construir este monumento que, com o nome de Viriato, já foi parte integrante das embarcações do porto. Este tipo de peixe, outrora considerado inferior e enlatado, hoje é procurado por toda a ilha. se mais sobre esta forma de sub-sistência que tem alimentado inú- COROAÇÕES no Terreiro de São Mateus. tirar imagens pa reuniao emigrantes BARCO é alusivo à pesca do chicharro. COROAÇÃO do Bodo do Cantinho. Família auxilia Igreja A Igreja Paroquial recebeu 33 janelas novas feitas de PVC e vidros duplos. Uma iniciativa da família Silva, oriunda desta freguesia mas radicada no Canadá desde o início dos anos 70, que surge no contexto de promessa religiosa e contributo frequente para assuntos de carácter social. Durante dois dias os irmãos Silva monta-ram as janelas na Igreja – António, Daniel e João são empresários no ramo de materiais de construção, nomeadamente alumínio, PVC e vidro, e deslocaram-se propositada-mente desde a cidade de Toronto. TOURADA do Bodo do Cantinho. FAMÍLIA Silva veio para cumprir uma promessa. Alto do Bravio arranjado TOURADA do Bodo da Terra. A Junta de Freguesia de São Mateus procedeu ao asfaltamento e arranjo do pavimento que serve a zona do Alto do Bravio, junto ao Campo de Jogos. Este arranjo serve os utilizadores daquela área habitacional, de forma a facilitar a deslocação. Com mais este arranjo, a Junta de Freguesia continua a aproximar-se do seu objectivo longitudinal de proporcionar aos habitantes da freguesia estradas e acessos de qualidade. PAVIMENTO no Bravio foi asfaltado. TOURADA do Bodo do Mar. 2

3 O NEGRITO 3 Mapeamento da população quer ajudar idosos da freguesia
Pede-se a colaboração de todos Mapeamento da população quer ajudar idosos da freguesia São Mateus com 5 Bailinhos Este ano, a freguesia de São Mateus da Calheta viu sair cinco bailinhos para actuar nos salões da ilha. Foram esses bailinhos os seguintes: Despedida de Solteiro, do Centro dos Trabalhadores do Canti-nho; 3 Santos em Liberda-de, do Grupo de Amigos do Cantinho; a Selva das Agonias, da Casa do Povo de São Mateus da Calheta; Avó Desnaturada, de Al-berto Correia e, por fim, O Fado Património da Hu-manidade, da Família Bar-celos. A autarquia deu início ao projecto de mapeamento dos idosos que vivem sozi-nhos em São Mateus da Calheta, no âmbito do pro-grama OTLJ 2012 – Jovens Solidários, a decorrer no mês de Julho. Com este projecto pre-tende-se reunir dados fiá-veis e actualizados acerca da população idosa que vive sozinha na Freguesia de São Mateus da Calheta. Através da recolha de dados gerais como a morada, sexo, ida-de, condições sócio-econó-micas, pretende-se fazer o retrato da realidade destes idosos: quantos são, onde vivem, qual o grau de isola-mento que têm em relação à comunidade. No final, os dados reco-lhidos serão convertidos num trabalho que será di-vulgado na Freguesia, crian-do também um arquivo que constituirá uma ferramenta de trabalho para a Junta de Freguesia no planeamento de iniciativas ligadas a este público-alvo. zar e comunicar situações de urgência social; organizar um arquivo com todos os dados recolhidos para fácil acesso e utilização por parte das entidades; apresentar um relatório final com a informação recolhida e pu-blicar no Jornal da Fregue-sia um trabalho com gráfi-cos ilustrativos. A recolha de informa-ções de carácter social per-mitirá traçar o perfil destes idosos no que respeita à autonomia e combate à soli-dão: frequência de visitas de familiares e/ou amigos, par-ticipação em actidades de lazer, tarefas do quotidiano (ida ao banco, pagamento de contas, compras). Os jovens do OTLJ 2012 vão contactar e entre-vistar pessoalmente todos os idosos que vivam sozi-nhos na freguesia; preen-cher uma ficha de diagnós-tico com a caracterização das necessidades dos idosos que vivem sozinhos; sinali- Agradece-se a colabora-ção de todos idosos da fre-guesia, seus amigos, fa-miliares e prestadores de cuidados na recepção dos jovens que farão o trabalho de recolha de informações e entrevistas. Folclore comemorou 25 anos O Grupo Folclórico e Etnográfico Modas da Nossa Terra comemorou no passado mês de Abril o seu 25º aniversário. Para as celebrações, que duraram três dias, a autar-quia cedeu o espaço circun-dante da Junta para a reali-zação de verbenas e espetá-culos. O grupo organizou um arraial à moda antiga, com tasquinhas, bazar e muito entretenimento. Ao longo do fim-de-semana de festa, passaram pelo palco dois bailinhos e alguns dos fadistas da fre-guesia. Foto: ACOMPANHAMENTO dos idosos será mais eficaz. Bravos passam por São Mateus A XXII Meia Maratona dos Bravos e a XII Cami-nhada dos Bravos realizou-se, como é habitual, no passado dia 1 de Maio, entre São Mateus e a Serre-ta. Na ocasião teve, ainda, lugar a II Milha Urbana dos Bravos. A prova teve o apoio da Junta de Freguesia, que ce-deu o espaço do Campo de Jogos para a chegada dos participantes. Salão representa região Depois de se ter sagra-do o campeão da Ilha Terceira para a época de 2011/12, o Sport Clube Salão representou a região na Fase Final Nacional do campeonato de Futebol de 11 de INATEL. A prova decorreu nos passados dias 12 e 13 de Maio. Para a deslocação, a equipa contou com o a-poio do INATEL, mas também da Junta de Fre-guesia de São Mateus, que, além de um apoio monetá-rio para os transportes, disponibilizou algumas re-cordações da freguesia pa-ra troca. Combate à solidão na terceira idade Enfermeiros estudam idosos da freguesia A freguesia de São Ma-teus foi alvo de um estudo, por um grupo de enfermei-ros a frequentar o Curso de Pós Especialização em En-fermagem Comunitária. O estudo faz o diagnóstico de saúde, dos idosos (entre os 65 e os 84 anos), tendo por base os determinantes do envelhecimento ativo. sia (Centro social e Paro-quial e Junta de Freguesia) com o intuito de diminuir o sentimento de solidão dos idosos, dando primazia ao convívio e a intergeraciona-lidade. jardim-de-infância; iii) jogos (Hora do Jogo) entre os idosos e as crianças do ATL. Em Setembro, após a identificação dos idosos que vivem sozinhos e que desejam ter visita regular (pelos jovens Solidários da OTLJ, com o apoio da Junta de Freguesia), será iniciada outra atividade des-te projecto, que visa a visita desses idosos, com fre-quência periódica, por um grupo de voluntários, previ-amente formados para o efeito. No âmbito deste projec-to iniciaram-se e foram cri-adas as condições para que continuem a desenvolver-se diversas atividades entre as quais: i) bailes mensais no Centro Social e Paroquial, muito animados e diverti-dos; ii) narração de contos pelos idosos quinzenal-mente (Hora do conto), no Sendo a solidão dos ido-sos uma necessidade a que urge dar resposta, os for-mandos delinearam o projecto “COM (VIVER) MAIS” em parceria com di-versas entidades da fregue- Tourada reconhecida A Tourada de São Mar-tinho, realizada anualmente na Canada de Capitão-Mór foi classificada como Tou-rada Tradicional, pela Reso-lução do Governo n. 52/ 2012 de 11 de Abril. O processo de classifi-cação foi iniciado pela Jun-ta de Freguesia, com o envio de um ofício para a entidade competente. Este é um processo im-portante porque as toura-das tradicionais têm priori-dade no processo de licen-ciamento e usufruem de taxas mais baixas, facilitan-do a organização. Esta tourada realiza-se todos os anos, na primeira semana de Outubro, junto à ermida da Canada do Capitão-Mor. 3

4 Junta de Freguesia de São Mateus da Calheta
O NEGRITO Embarcações utilizadas foram o “Flávio” e o “Estrela Açoriana” Alunos embarcam para fazer pesca-turismo em São Mateus Esforços de limpeza compensam freguesia Junta volta a candidatar-se ao Eco-Freguesias A Junta de Freguesia de São Mateus e a Associação de Mulheres de Pescadores e Armadores dos Açores assinalaram, no passado cia 8 de Junho o Dia Mundial dos Oceanos com a activi-dade de pesca turismo na embarcação “Flávio” e na lancha da baleia “Estrela A-çoriana”. As turmas do secundário foram o público-alvo desta iniciativa integrada no pro-grama “Açores Entre Ma-res”, do Governo Regio-nal, que está a decorrer des-de o dia 20 de Maio do corrente ano.  dos Oceanos. Este ano, o tema do Entre Mares foi “Lixo Zero no Mar” e teve o objectivo de reduzir a poluição no oceano. Natural da Terceira, estan-do a decorrer no âmbito do programa “Açores Entre-Mares 2012”, promovido pelo Governo Regional dos Açores. Os estudantes do ensino secundário tiveram a opor-tunidade de conhecer ‘in lo-co’ as práticas da pesca abordo de uma embarca-ção. O “Flávio” e a lancha da baleia “Estrela Açoria-na” tiveram a missão de transportar as turmas ins-critas do Porto de São Mateus ao ‘mar alto’, numa viagem de carácter pedagó-gico integrada nas come-morações do Dia Mundial A organização da inicia-tiva é da Associação de Mu-lheres de Pescadores e Ar-madores dos Açores (AMPAA), através da Asso-ciação das Mulheres de Pescadores e Armadores da Ilha Terceira (AMPAIT) e da Junta de Freguesia de São Mateus, concelho de Angra do Heroísmo, em colaboração com o Parque O programa Entre Ma-res realiza-se todos os anos na região entre o Dia Euro-peu do Mar, a 20 de Maio, e o Dia Mundial dos Ocea-nos, a 20 de Junho. Os esforços conjuntos de vári-as organizações do arquipé-lago relembram para a importancia de preservar-mos o nosso oceano. Este ano, a autarquia voltou a inscrever-se no concurso Eco Freguesias, para a edição de 2012 e, para isso, tem continuado a desenvolver muitas iniciati-vas para manter São Ma-teus limpo e amigo do am-biente. A propósito do trabalho da Junta de Freguesia neste campo, foram racionaliza-dos os esforços de recolha de lixo, de forma a que a entrada de toneladas de resíduos na lixeira da ilha se encontre mais controlada. Pede-se a colaboração de toda a população para iden-tificar depósitos ilegais de lixo, principalmente em zo-nas mais retiradas, para que possamos manter a nossa freguesia limpa e alcançar uma vez mais o galardão e respetivos apoios. Ao longo deste ano, foi feito um importante aco-mpanhamento das primei-ras vistorias à limpeza da Freguesia, nomeadamente de pequenos depósitos ile-gais de lixo em sobras de estrada (Canada Francesa, Canada de Entre Picos e Canada dos Calços) iden-tificados no âmbito das ações de limpeza e sensi-bilização ambiental do Eco Freguesias 2012. A colaboração da popu-lação para atingirmos pata-mares cada vez mais exi-gentes de limpeza dos es-paços públicos é essencial para a Junta de Freguesia, que pede a colaboração de todos. Entre Mares trouxe estudantes aos Porto de Pescas. Manutenção da orla costeira São Mateus recebe dois Trabalhadores de limpeza No âmbito dos progra-mas de sensiblilização ambi-ental promovidos pelo Go-verno Regional, foram des-tacados dois trabalhadores do SAT ao abrigo do projeto CTTS, que farão a limpeza da orla costeira da freguesia ao longo de um periodo de 12 meses. O trabalho dos dois trabalhadores também será feito no sentido de melho-rar a candidatura de São Mateus ao programa Eco-Freguesias 2012, já que o nível de limpeza da costa ao longo do ano também é um parâmetro de avaliação para a concessão do galardão. Esta iniciativa partiu da Secretaria Regional do Am-biente e do Mar e pretende auxiliar os esforços da Junta de Freguesia de São Mateus para manter os espaços públicos e linha de costa limpos. Apela-se à colaboração de todos para que respeitem o trabalho dos trabalhadores e da Junta de Freguesia, procurando não deitar lixo para o mar ou para a orla costeira. Sensibilização ambiental Distribuição de materiais apela à reciclagem Foi feita uma parceria entre a Junta de Freguesia e os Serviços Municipaliza-dos de Angra do Heroísmo, com a colaboração da Gê-Questa e a AMPA para dis-tribuição de sacos e materi-ais de sensibilização ambi-ental pela população da Freguesia. A consciencialização para o impacto das nossas ac-ções no meio que nos en-volve é fundamental para preservar o estado natural da nossa freguesia e para continuarmos a usufruir das óptimas qualidades am-bientais da ilha. Os materiais eram sacos reutilizáveis de compras, sacos reciclados para lixo e documentação alusiva à uti-lização racional da água e outras práticas ambientais responsáveis. Junta de Freguesia de São Mateus da Calheta HORÁRIO DE EXPEDIENTE: CONTACTOS: 2ª a 6ª das 9h00 às 12h00 e das 13h30 às 18h00. Tel.: Fax: HORÁRIO EXECUTIVO: CASA MORTUÁRIA: 2ª, 4ª e 6ª das 19h00 às 20h00. Tel.:


Carregar ppt "Junta de Freguesia de São Mateus da Calheta"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google