A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A CINTILOGRAFIA APLICAÇÕES DAS RADIAÇÕES PROFESSOR RODRIGO PENNA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A CINTILOGRAFIA APLICAÇÕES DAS RADIAÇÕES PROFESSOR RODRIGO PENNA."— Transcrição da apresentação:

1 A CINTILOGRAFIA APLICAÇÕES DAS RADIAÇÕES PROFESSOR RODRIGO PENNA

2 2 Professor Rodrigo Penna AGRADECIMENTO Prof. Osvaldo Sampaio

3 Professor Rodrigo Penna Sítio na internet: Blog: Link para currículo no Sistema Lattes: s

4 4 INTRODUÇÃO  O ramo da imagenologia (ou imageologia) médica é muito vasto.  São vários e diversos os tipos de exames diagnósticos em que se geram imagens.  Existem exames bastantes sofisticados, cujas bases Físicas são complexas.  Dentre estes, a CINTILOGRAFIA é apenas 1 exemplo. Professor Rodrigo Penna

5 5 Professor Rodrigo Penna BASES FÍSICAS - 1  Núcleos instáveis sofrem um processo de DECAIMENTO RADIOATIVO.  Neste processo, eles liberam energia sob a forma de radiação.  Com isto, tornam-se mais estáveis.

6 6 BASES FÍSICAS - 2  A radiação  (gama) emitida no decaimento pode ser detectada.  Para isto, utiliza-se um cristal cintilador, usualmente iodeto de sódio ativado com tálio NaI(Tl).  O cristal emite luz (cintila!) ao incidir radiação. Esta “luz” é amplificada e contada, dando uma medida desta radiação incidente. Professor Rodrigo Penna

7 7 Professor Rodrigo Penna USOS DO NaI(Tl) – Espectometria  Figura 1: cristal de NaI(Tl) e fotomultiplicador.Figura 2: um espectro típico de gamametria. Laboratório de Instrumentação Nuclear - UFMG

8 8 USOS DO NaI(Tl) – Atenuação Figura 1: cintilador com uma fonte de Amerício. Figura 2: contagem da atenuação com algumas placas de acrílico. Figura 3: tela com contagens da atenuação para vários materiais. Laboratório de Instrumentação Nuclear - UFMG Professor Rodrigo Penna

9 9 Professor Rodrigo Penna CÂMARA DE CINTILAÇÃO OU GAMA-CÂMARA - 1

10 10 Professor Rodrigo Penna GAMA-CÂMARA - 2 FOTOMULTIPLICADORA

11 11 GAMA-CÂMARA - 3 Professor Rodrigo Penna

12 12 Professor Rodrigo Penna O TRAÇADOR RADIOATIVO  Sem dúvida, em Medicina Nuclear, o radioisótopo mais utilizado é o 99m Tc.  Ele é produzido através de um Reator Nuclear. Outros radioisótopos são produzidos através de um Acelerador de Partículas.  No Brasil, o IPEN fornece os radioisótopos às clínicas.  Como a meia-vida T 1/2 do 99m Tc é curta, de apenas 6,01h, sua produção é constante.

13 13 Professor Rodrigo Penna O ACELERADOR CICLOTRON  Fabricante: Ion Beam Applications (IBA - Bélgica);  Tipo: isócrono, compacto e de energia variável;  Feixe Externo: prótons até 30 MeV;  Corrente de feixe: até 350 µA.  Aplicação: produção de radioisótopos.

14 14 Professor Rodrigo Penna Radioisótopos de Ciclotron Radioisótopo Meia-vida (h) ReaçãoAplicação 67 Ga 78,2 68 Zn(p,2n) 67 Ga localização de tumores de tecidos moles e processos inflamatórios 201 Tl 73,1 203 Tl(p,3n) 201 Pb=> 201 Tldiagnóstico do miocárdio 111 In 67,4 112 Cd(p,2n) 111 In localização de tumores cancerígenos e marcação de glóbulos vermelhos 18 F 1,8H 2 18 O(p,n) 18 F estudos de viabilidade miocárdio e metabolismo de tumores em lesões malignas 123 I 13,2 124 Xe(p,2n) 123 Cs=> 123 Xe= > 123 I diagnóstico de tumores tireoidianos e endócrinos

15 15 Professor Rodrigo Penna O REATOR NUCLEAR  Para produzir 99m Tc, Urânio-235 físsil é atingido por um nêutron térmico e no processo de fissão é gerado 99 Mo, que decai para o 99m Tc.  Reação:

16 16 DIAGRAMA DE DECAIMENTO Professor Rodrigo Penna

17 17 Professor Rodrigo Penna DECAIMENTO DO 99m Tc

18 18 Professor Rodrigo Penna UM POUCO DE QUÍMICA  Por quê 80% dos Radiofármacos são marcados com 99m Tc: 1)Alta disponibilidade; 2)Tempo de meia-vida de apenas 6,01h. 3)Fóton de apenas 140KeV →baixa dose no paciente; 4)Metal deficiente em elétrons→reage com vários grupos. Estrutura eletrônica: 1s 2,2s 2,2p 6,3s 2,3p 6,3d 10,4s 2,4p 6,4d 6,5s 1 NOX: -1 a +7.

19 19 MAIS QUÍMICA...  Estabilidade: +7 e +4 (TcO 4 - e TcO 2 );  99m TcO 4 - não é reativo (+7) →Redução;  Reação de Redução: 3Sn 2+  3Sn 4+ +6e m TcO H + + 3Sn 2+  2 99m Tc Sn 4+ +8H 2 O Professor Rodrigo Penna

20 20 Professor Rodrigo Penna O GERADOR Mo-Tc mCi GBq9,2518,5027,7537,0046,2555,5074,0 IPEN→

21 21 Professor Rodrigo Penna ESQUEMA DO GERADOR Tc  Do reator nuclear, o 99 Mo é colocado no interior de uma coluna de Al 2 O 3 (alumina). Fica então sob a forma MoO  O produto é colocado em um recipiente de chumbo e distribuído.

22 22 Professor Rodrigo Penna A ELUIÇÃO  99 Mo  99m Tc.  A retirada do 99m Tc se dá com o uso de uma solução salina e um tubo de vácuo no gerador.  O tecnécio sai como pertecnetato - 99m TcO 4 -.

23 23 O RADIOFÁRMACO  Radiofármaco=Radioisótopo+Fármaco.  Um radioisótopo, sozinho, não realiza o exame. É necessário marcar um fármaco (remédio, droga) para realizá-lo.  Cada radiofármaco é específico para um determinado exame (radiodiagnóstico).  Na França, são realizados 409! tipos diferentes de exames em Cintilografia. Já existem câmaras de Germânio hiperpuro. Professor Rodrigo Penna

24 24 Professor Rodrigo Penna A MARCAÇÃO

25 25 Principais Radiofármacos - 1  131I - MIBG (Metaiodobenzilguanidina) Solução límpida, incolor e injetável, Concentração radioativa de 100 a 800 MBq/mL, Utilizado na terapia de tumores da supra- renal, neuroblastomas e feocromocitomas.  131I e/ou 123 I - MIBG (Metaiodobenzilguanidina) Solução límpida, incolor e injetável, Concentração radioativa de 37 MBq/mL, Utilizado no diagnóstico de tumores da supra renal, neuroblastomas e feocromocitomas e em estudos do miocárdio.  131 I - SAH (Soro Albumina Humano) Solução límpida, levemente opalescente e injetável, Concentração radioativa de 37 MBq/mL, Utilizado na determinação de volume plasmático.  131I - Hippuran (o-iodo-hipurato de sódio) Solução límpida, incolor e injetável, Concentração radioativa de 37 MBq/mL, Utilizado no estudo da função renal.  131I - Lipiodol Solução límpida, levemente amarelada e injetável, Concentração radioativa de 37 MBq/mL, Utilizado para diagnóstico e terapia do sistema linfático.  125 I - SAH (Soro Albumina Humano) Solução límpida, transparente e injetável, Concentração radioativa de 37 MBq/mL, Determinação de volemia. Professor Rodrigo Penna

26 26 Professor Rodrigo Penna Principais Radiofármacos - 2  51 Cr - EDTA (Sal de Crômio III do Ácido Etilenodiaminotetracético) Solução límpida, cor azul e injetável, Concentração radioativa de 37 MBq/mL, Utilizado na determinação da taxa de filtração glomerular.  51Cr - SAH (Soro Albumina Humano) Solução límpida, cor levemente amarelada e injetável, Concentração radioativa de 37 MBq/mL, Utilizado no estudo da perda da proteína gastrointestinal.  153 Sm - EDTMP (ácido etilenodiaminotetrametilenfosfônic o) Solução límpida, levemente amarelada e injetável, Concentração radioativa de 1000 a 1300 MBq/mL, Utilizado em terapia como paliativo da dor causada por metástases ósseas.  18 F - FDG (2- Flúor - 2 dioxi - D - Glicose) Solução límpida, incolor e injetável, Concentração radioativa de 200 a 500 MBq/mL, Estudo do metabolismo cerebral de glicose, viabilidade miocárdica e diagnóstico em oncologia.

27 27 Professor Rodrigo Penna  99mTc - DTPA · Cada frasco contém sob forma liofilizada, estéril e apirógena: Ácido Dietilenotriaminopentacético: 10 mg; SnCl2.2H2O: 1 mg; Ácido p-Aminobenzóico: 2,0mg, · Produto reconstituído com Na99mTcO4, se apresenta na forma de solução límpida, incolor, estéril e apirógena, · Utilizado em cintilografia renal e cerebral.  99mTc - DMSA · Cada frasco contém sob forma liofilizada, estéril e apirógena: Ácido Dimercaptosuccínico: 1 mg; SnCl2.2H2O: 0,41 mg, · Produto reconstituído com Na99mTcO4, se apresenta na forma de solução límpida, incolor, estéril e apirógena, · Utilizado em cintilografia renal.  99mTc - GHA · Cada frasco contém sob forma liofilizada, estéril e apirógena: Glucoheptonato de Cálcio: 100 mg; Ascorbato Estanoso: 2mg, · Produto reconstituído com Na99mTcO4, se apresenta na forma de solução límpida, incolor, estéril e apirógena, · Utilizado em cintilografia renal e cerebral.  99mTc - DISIDA · Cada frasco contém sob forma liofilizada, estéril e apirógena: Ácido Diisopropiliminodiacético: 20 mg; SnCl2.2H2O: 0,5 mg, · Produto reconstituído com Na99mTcO4, se apresenta na forma de solução límpida, incolor, estéril e apirógena, · Utilizado em cintilografia hepato-biliar.  99m Tc - MDP · Cada frasco contém sob forma liofilizada, estéril e apirógena: Ácido Metilenodifosfônico: 5 mg; SnCl2.2H2O: 1,0 mg, · Produto reconstituído com Na99mTcO4, se apresenta na forma de solução límpida, incolor, estéril e apirógena, · Utilizado em cintilografia óssea.  99mTc - Pirofosfato de Sódio · Cada frasco contém sob forma liofilizada, estéril e apirógena: Pirofosfato de Sódio (Na2P2O7.10H2O): 10 mg; SnCl2.2H2O: 2,0 mg, · Produto reconstituído com Na99mTcO4, se apresenta na forma de solução límpida, incolor, estéril e apirógena, · Utilizado em cintilografia óssea, no diagnóstico do infarto agudo do miocárdio e na marcação de hemácias "in vivo".  99mTc - SAH · Cada frasco contém sob forma liofilizada, estéril e apirógena: Soro Albumina Humano: 10 mg; SnCl2.2H2O: 0,04 mg, · Produto reconstituído com Na99mTcO4, se apresenta na forma de solução límpida, opalescente, injetável e apirógena, · Utilizado em estudos circulatórios e na cintilografia de placenta.  99m Tc - DEXTRAN · Cada frasco contém sob forma liofilizada, estéril e apirógena: DEXTRAN-500: 100 mg; SnCl2.2H2O: 1,5 mg, · Produto reconstituído com Na99mTcO4, se apresenta na forma de solução coloidal, estéril e apirógena, · Utilizado no estudo do sistema linfático.  99m Tc - DEXTRAN - 70 · Cada frasco contém sob forma liofilizada, estéril e apirógena: DEXTRAN-70: 50 mg; SnCl2.2H2O: 0,75 mg, · Produto reconstituído com Na99mTcO4, se apresenta na forma de solução coloidal, estéril e apirógena, · Utilizado no estudo do sistema linfático. Principais Radiofármacos - 3

28 28 Professor Rodrigo Penna  99m Tc - Sn col. · Cada frasco contém sob forma liofilizada, estéril e apirógena: Fluoreto de Sódio: 1 mg; Fluoreto de Estanho: 0,125 mg; PVP-40: 0,5 mg, · Produto reconstituído com Na99mTcO4, se apresenta na forma de solução coloidal, estéril e apirógena, · Utilizado em cintilografia hepato-esplênica.  99m Tc - MAA · Cada frasco contém sob forma liofilizada, estéril e apirógena: Soro Albumina Humana Desnaturada: 2,2 mg; SnCl2.2H2O: 22 µg; Glicose: 18,7 mg; Ácido Ascórbico: 4,6 mg; Acetado de Sódio: 22 mg; NaCl: 45,0 mg, · Produto reconstituído com Na99mTcO4, se apresenta na forma de solução opalescente, estéril e apirógena, · Utilizado em cintilografia pulmonar.  99m Tc - ECD · Um frasco contém sob forma liofilizada, estéril e apirógena: Etilenodicisteina Dietil éster (ECD): 1,0 mg; EDTA: 0,36 mg; Manitol: 24 mg; SnCl2.2H2O: 0,41 mg; outro frasco contém: tampão Fosfato 0,02 Mol/L com pH 7,0 - 8,0: 1,5 mL, · Produto reconstituído com Na99mTcO4, se apresenta na forma de solução límpida, incolor, estéril e apirógena, · Utilizado no estudo de perfusão cerebral.  99m Tc - Fitato · Cada frasco contém sob forma liofilizada, estéril e apirógena: Fitato de Sódio:20 mg; SnCl2.2H2O:1 mg, · Produto reconstituído com Na99mTcO4, se apresenta na forma de solução límpida, opalescente, estéril e apirógena, · Utilizado em cintilografia hepática. Principais Radiofármacos - 4

29 29 O EXAME 1.Administração do Radiofármaco: em geral, endovenosa, mas também pode ser ingerido ou inalado. São raros efeitos colaterais ou alérgicos (Obs: gravidez). 2.Geração das imagens: o paciente é posicionado na gama-câmara. Pode ser necessário se esperar horas ou até dias! 3.Análise das imagens: feita por um médico especialista, que dá um laudo. Professor Rodrigo Penna

30 30 Professor Rodrigo Penna NA GAMA-CÂMARA

31 31 Professor Rodrigo Penna GAMA-CÂMARAS

32 32 CUIDADOS DE RADIOPROTEÇÃO COMO EM QUALQUER PROCEDIMENTO COM A UTILIZAÇÃO DE MATERIAL NUCLEAR, DEVE-SE SEMPRE ESTAR ATENTO ÀS NORMAS VIGENTES, EVITANDO RISCOS DESNECESSÁRIOS E ACIDENTES GRAVES. Professor Rodrigo Penna

33 33 Professor Rodrigo Penna RADIOSENSIBILIDADE DOS TECIDOS Alguns tecidos são mais radio sensíveis comparado a outros e isto deve ser levado em conta nos exames a serem realizados pela técnica da Cintilografia.

34 34 Professor Rodrigo Penna EXEMPLOS DE IMAGENS TIREÓIDE IODO-131

35 35 Professor Rodrigo Penna METÁSTASES – Câncer de Tireóide A- homem, 23 anos, externo. B- mulher, 22 anos, cérebro. C- mulher, 65 anos, pulmão e ossos.

36 36 Professor Rodrigo Penna VANTAGEM DA CINTILOGRAFIA E- Radiografia normal após tratamento com 131 I. D- Micronódulos em cintilografia.

37 37 TRATANDO A METÁSTASE 131 I A- 3GBq B- 5,5GBq C- 14GBq Professor Rodrigo Penna

38 38 Professor Rodrigo Penna REINCIDÊNCIA DO CÂNCER Após o tratamento com 131 I os médicos recomendam atenção especial ao surgimento de neoplasias, nos 5 primeiros anos como o maior risco. E- scan após 3GBq de 131 I. D- 4 meses após, com 370 MBq de 131 I, mostrando a eficiência do tratamento.

39 39 Professor Rodrigo Penna Gálio-67  67 Ga Meia-vida: 78,3 horas Três fotopicos: 93, 185, 300 KeV Principal emissão de energia : 93 KeV

40 40 Professor Rodrigo Penna Índio-111  111 In Meia-vida: 2,8 dias Dois fotopicos: 172 e 245 KeV

41 41 Professor Rodrigo Penna Tálio-201  201 Tl Meia-vida: 73,1 horas Dois fotopicos: 135 e 167 KeV

42 42 Professor Rodrigo Penna Outros radiofármacos

43 43 OSTEOARTROPATIA HIPERTRÓFICA Professor Rodrigo Penna

44 44 Professor Rodrigo Penna FRATURA DE STRESS TÍBIA ANTES E DEPOIS DO TRATAMENTO - UM ANO DEPOIS.

45 45 Cintilografia pré e pós stent em CD Professor Rodrigo Penna

46 46 Professor Rodrigo Penna Cintilografia renal com 99m Tc - DMSA

47 47 Professor Rodrigo Penna Cintilografia renal com 99m Tc - DTPA

48 48 Professor Rodrigo Penna Cintilografia para pesquisa de refluxo gastro esofágico

49 49 Professor Rodrigo Penna 67 Ga - Linfoma abdominal

50 50 Embolia Pulmonar Professor Rodrigo Penna

51 51 Professor Rodrigo Penna Controle de Embolia Pulmonar

52 52 Linfocintilografia 15 min 2h e 30 min4h 6h Linfedema secundário de membro inferior direito Fluxo -15 min Professor Rodrigo Penna

53 53 Bibliografia 1.Guia Prático de Medicina Nuclear, tem na biblioteca. 2.Radiações Ionizantes para Médicos, Físicos e Leigos, tem na biblioteca. 3.The Essential Physics of Medical Imaging, Bushberg, Seibert, Leidholdt e Boone, Ed. Lippincott Williams & Wilkins - tem na biblioteca da escola. 4.Química Nuclear, revista eletrônica, UFSC, site em 26/10/04.http://quark.qmc.ufsc.br/qmcweb/ 5.Disciplina Instrumentação Nuclear ministrada pelo Professor Doutor Clemente Cardoso Silva, Departamento de Engenharia Nuclear, UFMG, site em 26/10/ Fundamentos de Radiodiagnósticos por Imagem, UFRGS, site em 26/10/ IPEN (Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares), site acessado em 26/10/04.http://www.ipen.br/ 8.Disciplina Radiofármacos ministrada pelo Professor Doutor Valbert do Nascimento Cardoso, Departamento de Engenharia Nuclear, UFMG. 9.Tabela de Nuclídeos, site em 31/10/04.http://atom.kaeri.re.kr/cgi-bin/decay?Mo-99+B- 10.Home page do Professor Osvaldo Sampaio, Médico Especialista em Medicina Nuclear, Mestre e Professor da UCB, site em 31/10/04.http://www.osvaldo.med.br/ 11.Radioproteção e Dosimetria: Fundamentos, Luiz Tauhata, Ivan P. A. Salati, Renato Di Prinzio e Antonieta R. Di Prinzio, IRD, CNEN. Baixei na internete, site (ou e procurar no site) em 08/08/2004. Creio haver uma cópia na biblioteca. 12.Centro de Medicina Nuclear do ABC, site em 31/10/04.http://www.cmnabc.com.br/home.htm Professor Rodrigo Penna


Carregar ppt "A CINTILOGRAFIA APLICAÇÕES DAS RADIAÇÕES PROFESSOR RODRIGO PENNA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google