A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A balsa da Medusa – de Thèodore Géricault (1791-1824) – pintor francês – Romantismo – Museu do Louvre Paris – Fonte: Enciclopédia da Arte Universal – Vol.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A balsa da Medusa – de Thèodore Géricault (1791-1824) – pintor francês – Romantismo – Museu do Louvre Paris – Fonte: Enciclopédia da Arte Universal – Vol."— Transcrição da apresentação:

1 A balsa da Medusa – de Thèodore Géricault ( ) – pintor francês – Romantismo – Museu do Louvre Paris – Fonte: Enciclopédia da Arte Universal – Vol. 8 – AlphaBetum Edições Multimídia – Coleção Caras 1997/1998.

2 Observe, novamente, a tela de Thèodore Géricault. Agora, preste bem atenção às atitudes dos sobreviventes ao naufrágio.

3

4 Doe-se, mas não espere muito dos outros. Excetuando-se os casos em que alguém nos fere fisicamente, qualquer ofensa, crítica, rejeição ou decepção só pode nos ferir se permitirmos. O que essas frases do romance O futuro da humanidade, de Augusto Cury, Editora Sextante / GMT Editores Ltda. têm a ver com a ilustração A balsa da Medusa e com os tri-hiper? Têm a ver com as atitudes diante da vida, dos obstáculos da vida (na ilustração, uma tragédia, as atitudes dos náufragos foram retratadas por Géricault por meio do relato dos sobreviventes), dos fracassos, dos sucessos e, não há como negar, nossas atitudes se baseiam em características da personalidade. Aproveito, portanto, para demonstrar o que entendi, no livro mencionado, sobre a Síndrome Tri-Hiper ao copiar trechos do livro. Essa síndrome está na base da maioria dos transtornos emocionais. Três características de personalidade se desenvolvem exageradamente nos portadores dessa síndrome: hipersensível, hiperpreocupado com a imagem social, hiperpensante. Duas boas notícias: 1) essa síndrome pode ser resolvida; 2) atinge as melhores pessoas da sociedade, as que são emocionalmente ricas e excessivamente doadoras. A educação da emoção evitaria que milhões de pessoas adoecessem. Pelo fato de essas três nobres características estarem superdesenvolvidas, há uma enorme desproteção emocional: ofendem-se facilmente (hipersensíveis), exigem muito de si (hiperpreocupadas), gravitam em torno de fatos que não ocorreram (hiperpensantes).

5 As pessoas que têm a Síndrome Tri-Hiper são ótimas para os outros, mas carrascas de si mesmas. Não se adaptam ao mundo social, competitivo, inumano, insensível. De acordo com a personagem do livro que expõe essa síndrome, não é necessário que os três pilares estejam presentes para que as pessoas desenvolvam transtornos emocionais. Em alguns casos, basta um pilar. Acredito que, agora, esteja melhor explicado o motivo de A balsa da Medusa ter sido utilizada como ilustração: atitudes equilibradas, positivas determinam até a sobrevivência dos seres humanos. Ser cínico, perverso, mal amado, mal resolvido podem ser consequências de tentar reverter a existência de um dos pilares indicadores da síndrome por absoluta falta de amparo emocional, por falta de educação emocional. Itu, 27 de março de Maria Lúcia Bernardini.


Carregar ppt "A balsa da Medusa – de Thèodore Géricault (1791-1824) – pintor francês – Romantismo – Museu do Louvre Paris – Fonte: Enciclopédia da Arte Universal – Vol."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google