A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Prof. João Abdalla Nossas aulas: 4ª feira / 21h15 Estudos e Experiência: -Publicidade e Propaganda -Gestão Mercadológica e Publicitária -Atuou em Agências.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Prof. João Abdalla Nossas aulas: 4ª feira / 21h15 Estudos e Experiência: -Publicidade e Propaganda -Gestão Mercadológica e Publicitária -Atuou em Agências."— Transcrição da apresentação:

1 Prof. João Abdalla Nossas aulas: 4ª feira / 21h15 Estudos e Experiência: -Publicidade e Propaganda -Gestão Mercadológica e Publicitária -Atuou em Agências de Publicidade -Atuou no Marketing de indústria automobilística, banco e indústria de bens de consumo duráveis -Consultor de Marketing / Sebrae – SP

2 Sejam todos bem vindos !!!!!! Pergunta: Vamos trabalhar para mudar uma realidade existente ou criar uma realidade que ainda não foi criada???? É preferível pecar por ser executivo que por ser ineficaz É na balança entre os acertos e erros onde podemos medir o verdadeiro valor de uma pessoa.....e não na falta de erros de quem nunca teve acertos Dúvidas da aula anterior, participação dos alunos e matéria...

3 Duas Provas (NP1 e NP2) Modalidade da aula: Descontraída / informal no tratamento Celulares: pelo amor de Deus, não !!!! É permitido falar (participação do aluno) Já que vocês serão futuros administradores, acho que dá para proibir o seguinte: então… tipo… tipo assim… vamos estar fazendo…. mano… brother… sacou… falta de respeito com os colegas…e por fim COLAR NA PROVA…

4 Empreendedorismo Definições Contém as idéias de iniciativa e inovação Implica na forma de ser, concepção de mundo, forma de se relacionar É um insatisfeito que transforma seu inconformismo em descobertas Segue caminhos não percorridos

5 Empreendedorismo Definições (cont.) Define a partir do indefinido Atos podem ter conseqüências Acredita que pode alterar o mundo É protagonista e autor Todos podem ser empreendedores Podem ser voluntários ou não Não é empreendedor que adquire sem inovar em nada (só gerencia)

6 Empreendedorismo Histórico Palavra empreendedor: origem francesa – aquele que assume riscos e começa algo novo (entrepreneur) 1o. Ex de definição: creditado a Marco Polo, tentou estabelecer uma rota comercial para o Oriente Idade Média: termo foi utilizado para definir aquele que gerenciava grandes projetos de produção

7 Empreendedorismo Histórico Séc XVII: relação entre assumir riscos e empreendedorismo Empreendedor estabelecia acordo com governo para realizar algum serviço ou fornecer produtos, com preços pré- fixados Séc XVIII: diferenciação entre o capitalista e o empreendedor (pesquisas de Thomas Edison na área de eletricidade e química financiadas c/ o auxílio de investidores)

8 Empreendedorismo Histórico Séc XIX e XX: diferenciação entre gerentes (administradores) e empreendedores) Empreendedor de sucesso possui características extras, além dos atributos do administrador, e alguns atributos pessoais que, somados a características sociológicas e ambientais, permitem o nascimento de uma nova empresa

9 Empreendedorismo Histórico Preocupação com a criação de empresas duradouras e a necessidade de diminuição das taxas de mortalidade dessas empresas Aumento do desemprego: busca de alternativas Criação de empresas: mesmo sem experiência, com recursos (FGTS e pessoais)

10 Empreendedorismo Histórico Economia informal: falta de crédito, impostos em excesso e altas taxas de juros Busca de oportunidades em empresas ponto com Herdeiros de negócios Mortalidade: em torno de 80% até o terceiro ano. Causa: gestão Objetivo: diminuir essa estatística

11 Empreendedorismo Histórico Mundo: várias transformações Século XX: a maioria das invenções revolucionárias Empreendedores estão revolucionando o mundo: devem ser estudados e entendidos o processo empreendedor bem como o seu comportamento

12 Empreendedorismo Histórico Algumas invenções e conquistas do século XX: - TV (1923) - Nylon (1937) - Laser (1958) - Estrutura do DNA (1947) - Transpl de coração (1967)

13 Empreendedorismo Histórico Evolução histórica : movimento de racionalização do trabalho: foco na gerência administrativa 1930: movimento das relações humanas: foco nos processos : movimento do funcionalismo estrutural: foco na gerência por objetivos

14 Empreendedorismo – Histórico Evolução histórica 1960: movimento dos sistemas abertos: foco no planejamento estratégico : movimento das contingências ambientais: foco na competitividade 1990: não há movimento predominante, foco maior no papel do empreendedor como gerador de riqueza

15 Empreendedorismo – Histórico Empreendedorismo no Brasil Anos 90: entidades como o SEBRAE e a criação da SOFTEX (Sociedade Brasileira para a Exportação de Software) SEBRAE: conhecido da pequena empresa, busca o suporte p/ iniciar e gerenciar sua empresa, bem como consultorias para orientá-los a resolver seus problemas

16 Empreendedorismo – Histórico Empreendedorismo no Brasil SOFTEX: seu intuito é levar as empresas de software do país ao mercado externo, por meio de várias ações que proporcionam ao empresário de informática a capacitação e gestão em tecnologia

17 O Espírito Empreendedor - Características Necessidade de realização: apresentam elevada necessidade de realização em relação às pessoas comuns Disposição para assumir riscos: preferem situações arriscadas até o ponto em que podem exercer determinado controle pessoal sobre o resultado Autoconfiança: independentes, enxergam os problemas inerentes a um novo negócio, acreditam em suas habilidades pessoais para superar tais problemas

18 O Espírito Empreendedor – Fatores Ambientais Refugiados estrangeiros: pessoas que encontram discriminações ou desvantagens ao buscar emprego assalariado em outros países e, então, iniciam um novo negócio Refugiados corporativos: fogem do ambiente burocrático das grandes e médias empresas iniciando negócios Refugiados dos pais: abandonam a família para mostrar aos pais que podem fazer as coisas de maneira independente

19 O Espírito Empreendedor – Fatores Ambientais Refugiados do lar: começam o próprio negócio após o crescimento dos filhos ou se livram das responsabilidades da casa Refugiados feministas: mulheres que sentem discriminações ou restrições em uma empresa e preferem iniciar um negócio que possam dirigir independentemente dos outros Refugiados sociais: alheios à cultura que prevalece na empresa, que buscam uma atividade como empreendedores

20 O Espírito Empreendedor – Fatores Ambientais Refugiados educacionais: são pessoas que se sentem cansadas dos cursos acadêmicos e decidem iniciar um novo negócio

21 O Espírito Empreendedor – Estilos de fazer negócios Empreendedor artesão: inicia um negócio basicamente com habilidades técnicas e um pequeno conhecimento da gestão de negócios. Seu processo decisório se caracteriza por: - Ter uma orientação de curto prazo, com pouco planejamento para futuro crescimento ou mudança; - Ser paternalista, ou seja, dirigir o negócio da forma como dirigiria sua própria família;

22 O Espírito Empreendedor – Estilos de fazer negócios Empreendedor artesão: inicia um negócio basicamente com habilidades técnicas e um pequeno conhecimento da gestão de negócios. Seu processo decisório se caracteriza por: - Usar uma ou duas fontes de capital para abrir sua empresa; - Definir a estratégia de marketing em termos de preço tradicional, da qualidade e da reputação da empresa; - Esforçar-se nas vendas basicamente por motivos pessoais

23 O Espírito Empreendedor – Estilos de fazer negócios Empreendedor oportunista: tem educação técnica suplementada por estudos superiores. Caracteriza-se por: - Evitar o paternalismo; - Delegar autoridade; - Empregar estratégias de mkt e vendas; - Obter $$ de mais de duas fontes; - Planejar o crescimento futuro do negócio; - Utilizar sistemas de registro e controle, orçamento apropriado, oferta precisa e pesquisa sistemática de mercado

24 O Espírito Empreendedor – Perigos mais comuns Não identificar qual será o novo negócio Não reconhecer apropriadamente qual será o tipo de cliente a ser atendido Não saber escolher a forma legal de sociedade mais adequada Não planejar suficientemente bem as necessidades financeiras do novo negócio Errar na escolha do local adequado para o novo negócio Não saber administrar o andamento das operações do novo negócio

25 O Espírito Empreendedor – Perigos mais comuns Não ter conhecimento sobre a produção de bens ou serviços com padrão de qualidade e de custo Desconhecer o mercado e, principalmente, a concorrência; Ter pouco domínio sobre o mercado fornecedor Não saber vender e promover os P & S Não atender adequadamente o cliente

26 O Espírito Empreendedor – Sucesso no Negócio Forte desejo de ser seu próprio patrão, de ter independência e não receber ordens de outros, fundamentando-se apenas em seu talento pessoal Oportunidade de trabalhar no que gosta Sentimento de que pode ter a sua própria iniciativa sem o guarda-chuva do patrão Desejo pessoal de reconhecimento e de prestígio

27 O Espírito Empreendedor – Sucesso no Negócio Poderoso impulso para acumular riqueza e oportunidade de ganhar mais que quando era simples empregado Descoberta de uma oportunidade que outros ignoraram ou subestimaram Desafio de aplicar recursos próprios e habilidades pessoais em um ambiente desconhecido

28 O Espírito Empreendedor – Características de um Negócio bem sucedido Iniciativa e busca de oportunidades Perseverança Comprometimento Busca de qualidade e eficiência Coragem para assumir riscos Fixação de metas objetivas Busca de informações

29 O Espírito Empreendedor – Características de um Negócio bem sucedido Planejamento e monitoramento sistemáticos (detalhamento de planos e controles) Capacidade de persuasão e de estabelecer redes de contatos pessoais Independência, autonomia e autocontrole

30 O Espírito Empreendedor – Características de um Negócio bem sucedido Ter vontade de trabalhar duro Ter habilidade de comunicação Conhecer maneiras de organizar o trabalho Ter orgulho daquilo que faz Manter boas relações interpessoais Iniciativa / tomar decisões Assumir responsabilidades e desafios

31 O Espírito Empreendedor – Ingredientes de um Negócio bem sucedido Oportunidade de negócios potenciais Espírito empreendedor adequadamente qualificado e motivado Planejamento sólido e bem detalhado do negócio Capital suficiente para bancar o negócio Muita sorte pela frente

32 O Espírito Empreendedor – Limitações de um novo Negócio Esqueça o período de 8h diárias, fins de semana e feriados, pelo menos no decorrer de alguns meses ou, até mesmo, anos. O ócio e a tranqüilidade não são características de um início de negócio

33 O Espírito Empreendedor – Limitações de um novo Negócio Existe a possibilidade de você perder seu investimento de capital financeiro e talvez o dinheiro de outras pessoas que também colaboraram com o ingresso do numerário

34 O Espírito Empreendedor – Limitações de um novo Negócio Provavelmente, você não poderá contar com um ganho regular ou nem mesmo com algum ganho durante o período inicial Você assumirá responsabilidades Terá de tomar decisões em todos os problemas que aparecerem e precisará de um profundo engajamento em todas as fases do negócio

35 O Espírito Empreendedor – Limitações de um novo Negócio Você terá de fazer o que gosta e mais o que não gosta para tocar seu próprio negócio Todo o seu tempo e todas as suas energias terão de ser aplicadas

36 O Espírito Empreendedor – Requisitos do Processo empreendedor Identificação e desenvolvimento de uma oportunidade na forma de visão Validação e criação de um conceito de negócio e estratégias que ajudem a alcançar essa visão por meio de criação, aquisição, franquia etc. Captação dos recursos necessários para implementar o conceito, ou seja, talentos, tecnologias, capital e crédito, equipamentos etc

37 O Espírito Empreendedor – Requisitos do Processo empreendedor Implementação do conceito empresarial ou do empreendimento para fazê-lo começar a trabalhar Captura da oportunidade por meio do início e crescimento do negócio Extensão do crescimento do negócio por meio da atividade empreendedora sustentada

38 O Espírito Empreendedor Faça o barco andar na direção que você quer Isso é o que você precisa para começar: PERSONALIDADE: analise a sua personalidade e entenda se você tem as características necessárias PESQUISA: conheça o ramo de atividade. Pesquise, pesquise, pesquise. Se for montar uma empresa de serviços, faça-se passar por cliente e entenda como funciona com quem já faz

39 O Espírito Empreendedor COMUNICAÇÃO: é a base de tudo. Se você não for um bom comunicador, não tiver a habilidade de lidar com pessoas, mude a sua estratégia, seja apenas um investidor

40 O Espírito Empreendedor LIDERANÇA: Liderança não é administração. Administração é planejar, organizar, executar. Para ser bem sucedido, você precisa ser líder. Tem que saber dar ordens e delegar, tem que saber impor respeito e confiança. Você deve ser um motivador persuasivo, que consiga fazer seus funcionários acreditarem nos seus planos

41 O Espírito Empreendedor GERENCIAMENTO DE RISCOS: Saber lidar com riscos, eles estão presentes em novos negócios e vão caminhar com você sempre. É preciso ter a mente aberta e visão estratégia, é essencial que você saiba ver riscos como oportunidades

42 O Espírito Empreendedor PLANEJAMENTO: O planejamento estratégico de curto e longo prazo pode salvar a empresa. Analise o mercado, os riscos, as oportunidades. Monte seu plano de negócios. Analise concorrentes, local e consumidores. Defina seu publico alvo

43 O Espírito Empreendedor CONHECIMENTO: Colete ajuda de quem puder, daquele seu tio que é diretor executivo, do primo, do vizinho que tem um pet shop, daquela amiga que acredita em tudo o que você faz. Conhecimento e otimismo são essenciais no começo

44 O Espírito Empreendedor E, acima de tudo, aproveite o que todo bom publicitário tem: criatividade. Aproveite seu conhecimento, sua experiência e monte seu plano de Marketing. Bote em prática toda aquela estrutura que você aprendeu quando montou a empresa na faculdade

45 O Espírito Empreendedor Arrisque, não tenha medo de mudar para melhor. Seja otimista, acredite nos seus sonhos e assuma o palco da sua vida, não seja um figurante. E sempre, sempre siga o conselho de Neruda:

46 O Espírito Empreendedor Morre lentamente quem não vira a mesa quando está infeliz, quem não arrisca o certo pelo incerto para ir atrás de um sonho, quem não se permite pelo menos uma vez na vida a fugir dos conselhos sensatos. Boa sorte!


Carregar ppt "Prof. João Abdalla Nossas aulas: 4ª feira / 21h15 Estudos e Experiência: -Publicidade e Propaganda -Gestão Mercadológica e Publicitária -Atuou em Agências."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google