A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A União Ibérica Por Luciane Cristina Scarato Revisado por Elaine Campos e Castro.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A União Ibérica Por Luciane Cristina Scarato Revisado por Elaine Campos e Castro."— Transcrição da apresentação:

1 A União Ibérica Por Luciane Cristina Scarato Revisado por Elaine Campos e Castro

2 Sebastião, rei de Portugal (pintura a óleo atribuída a Cristóvão de Morais, patente no Museu Nacional de Arte Antiga). Em 1578, o rei D. Sebastião de Portugal morreu em na batalha de Alcácer-Quibir, travada contra os mouros, sem deixar descendentes.

3 Com a morte de Sebastião de Portugal ocorreu uma disputa pelo trono. Vejam quem reivindicava o direito pelo trono português Dom Felipe II – Rei da Espanha Neto (por parte materna) de D. Manuel I Dona Catarina, Duquesa de Bragança, filha do infante D. Duarte Neta de D. Manuel I (por parte de pai) Dom Antônio, prior do Crato Neto (por via ilegítima) de Manuel I D. Manuel I reinou de 1495 a 1521

4 Filipe II venceu seus opositores em batalha e tornou-se o novo rei de Portugal. Em Portugal, tornou-se o Filipe I e deu início à dinastia Filipina.dinastia União Ibérica. Sob o seu reinado, uniram-se o reino da Espanha e o reino de Portugal, o que ficou conhecido como União Ibérica.

5 Compreendendo o significado da União Ibérica para o Brasil

6 Os diálogos seguintes foram retirados da peça de teatro Calabar, de Chico Buarque e Ruy Guerra, escrita em A peça é uma obra do século XX, porém, ajuda-nos a compreender a União Ibérica. Durante a União Ibérica, holandeses invadiram Pernambuco, época conhecida como Invasão Holandesa ( ). Os personagens desse diálogo comemoram a vitória portuguesa numa batalha contra os holandeses e a captura de Calabar, pernambucano que lutou do lado holandês, sendo, por isso, condenado à morte por traição à Coroa. Mathias de Albuquerque foi governador de Pernambuco durante a União Ibérica. Camarão e Souto eram dois soldados. Souto era amigo de Calabar, mas auxiliou na sua captura.

7

8

9

10 Desenhos: Alexandre Marques Almeida.

11 Analisando as frases...

12 Dias: Viva Portugal! Frei: Que Deus o tenha. Viva o rei Dom Filipe, rei de Portugal e Castela. Mathias – Viva El Rey Dom Sebastião de Portugal! E quem manda no Brasil ainda é Portugal e não a Espanha. Observe que: O frei saúda a Dom Filipe enquanto Mathias a Dom Sebastião. A expressão que Deus o tenha é dita para pessoas mortas. Repare que o Frei trata Portugal como morto. Mas Mathias afirma que Portugal continua mandando no Brasil. Ele recusa o mando da Espanha.

13 Mathias: E que esta vitória sirva de exemplo à nobreza lusitana que se dobra ao julgo de Castela! Observe que: Pela fala de Mathias, existe uma nobreza portuguesa que apóia o domínio espanhol. Portanto, percebe-se que alguns portugueses se beneficiaram com a União Ibérica. Vale ressaltar que a Espanha era uma das maiores potências européias na época.

14 Mathias: Por que aos espanhóis? O Brasil para eles é uma cortina de cana para proteger dos holandeses a prata do Peru. Observe que: Na visão de Mathias, o Brasil era apenas um obstáculo para que os holandeses chegassem às minas de prata do Peru. Podemos concluir que, na concepção do Governador, a Espanha não se importava com o Brasil, o seu verdadeiro interesse se localizavam no Peru.

15 Verdadeiro ou falso? 1.Com a União Ibérica, Portugal perdeu completamente o seu poder, todas as medidas ficaram nas mãos dos espanhóis. 2.Parte da nobreza se beneficiou com a União Ibérica e, por isso, passou a apoiar a Dinastia Filipina. 3.A Espanha possuía muito interesse no Brasil, com a União Ibérica muito investiu nessa colônia. VF VF VF

16 Verdadeiro ou falso? 1.Com a União Ibérica, Portugal perdeu completamente o seu poder, todas as medidas ficaram nas mãos dos Espanhóis. 2.Parte da nobreza se beneficiou com a União Ibérica e, por isso, passou a apoiar a Dinastia Filipina. 3.A Espanha possuía muito interesse no Brasil, com a União Ibérica muito investiu nessa colônia. VF VF VF Correto! Você compreendeu bem a análise do teatro.

17 Verdadeiro ou falso? 1.Com a União Ibérica, Portugal perdeu completamente o seu poder, todas as medidas ficaram nas mãos dos espanhóis. 2.Parte da nobreza se beneficiou com a União Ibérica e, por isso, passou a apoiar a Dinastia Filipina. 3.A Espanha possuía muito interesse no Brasil, com a União Ibérica muito investiu nessa colônia. VF VF VF Correto! Você compreendeu bem a análise do teatro.

18 Verdadeiro ou falso? 1.Com a União Ibérica, Portugal perdeu completamente o seu poder, todas as medidas ficaram nas mãos dos espanhóis. 2.Parte da nobreza se beneficiou com a União Ibérica e, por isso, passou a apoiar a Dinastia Filipina. 3.A Espanha possuía muito interesse no Brasil, com a União Ibérica muito investiu nessa colônia. VF VF VF Correto! Você compreendeu bem a análise do teatro.

19 1640 – O fim da União Ibérica

20 Em 1640, chegou ao fim a União Ibérica, graças ao movimento que ficou conhecido como Restauração (recuperação). Este movimento significou o retorno da autonomia política de Portugal, agora sob a dinastia dos Bragança, sendo seu primeiro rei D. João IV. A aliança entre os portugueses e a República das Províncias Unidas (nome dado às Sete províncias dos Países Baixos), na luta pela independência contra a Espanha, propiciou uma trégua aos combates travados no Nordeste, o que foi muito bom para os negócios holandeses na Colônia.

21 Atividade Final Agora, você já tem informações para escrever um pequeno texto sobre a União Ibérica! Esse texto deve ter: Como se uniram as duas Coroas. Como se comportaram os portugueses. Se Portugal manteve ou não certa autonomia em relação à Espanha. Quando acabou a União Ibérica e quais foram as conseqüências disso. Como foi a administração da União Ibérica para o Brasil.

22 Escolha errada Lembre-se da frase se Mathias: E que esta vitória sirva de exemplo à nobreza lusitana que se dobra ao julgo de Castela! A Espanha era uma potência na Europa, portanto era um país muito rico. Muitos portugueses se colocaram ao lado de Filipe II, buscando assim maiores benefícios, pois Filipe manteve os interesses das classes altas de Portugal e Espanha. No próximo slide, veja alguns dos principais pontos defendidos pelo futuro rei para conquistar os portugueses. Próximo

23 1.Respeitar as liberdades, privilégios, usos e costumes da monarquia portuguesa; 2.Reunir sempre Cortes em Portugal e manter todas as leis portuguesas; 3.Os cargos de vice-rei ou governador de Portugal deveriam ser mantidos por portugueses ou membros da família real; 4.Os cargos previstos para a Corte e administração geral do Reino seriam sempre preenchidos por portugueses; 5.Os portugueses poderiam também ocupar funções públicas em Espanha; 6.O comércio da Índia e da Guiné apenas poderia ser feito por portugueses; 7.Não poderiam ser concedidos títulos de cidades e vilas senão a portugueses; 8.A língua nos documentos e atos oficiais continuaria a ser o português; 9.Todos os anos seriam criadas duzentas novas moradias (ordenados que eram entregues aos fidalgos a partir dos doze anos) e a Rainha deveria ter sempre como damas nobres portuguesas; 10.O príncipe herdeiro, D. Diogo, seria mantido e educado em Portugal; 11.As guarnições castelhanas seriam retiradas e conservar-se-iam as armas reais de Portugal na moeda corrente; Voltar

24 Escolha errada Lembre-se da frase se Mathias: E quem manda no Brasil ainda é Portugal e não a Espanha Quando Dom Filipe II estabeleceu-se como rei de Portugal, foi assinado o Tratado da União Ibérica entre as duas Coroas, que formalmente manteve a autonomia dos reinos, mas na prática submeteu Portugal à Espanha. Portanto, Portugal ainda possuía uma autonomia, seu poder estava enfraquecido pelo jugo espanhol, mas não deixou de existir. Voltar

25 Escolha errada Indignado, Mathias falou: Por quê aos espanhóis? O Brasil para eles é uma cortina de cana para proteger dos holandeses a prata do Peru. Cadê os navios que me prometeram? Cadê as notícias? Cadê os canhões? Cadê os remédios? Nada. Mandam um, um espanhol para me substituir. A administração da União Ibérica prejudicou a integridade dos domínios portugueses no Brasil. Apesar da vitória na batalha representada no teatro, os holandeses conseguiram invadir o Nordeste brasileiro, onde permaneceram até A Linha de Tordesilhas deixou de ser respeitada, e o território brasileiro ampliou-se para o sertão. A Coroa tinha um gasto muito grande devido ao tamanho do território, e os resultados da União Ibérica foram desastrosos para Portugal e seus domínios. Voltar

26 Dinastia: série de soberanos (reis, príncipes, monarcas) pertencentes a uma mesma família. Voltar


Carregar ppt "A União Ibérica Por Luciane Cristina Scarato Revisado por Elaine Campos e Castro."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google