A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ISTEC (Instituto Superior de tecnologias Avançadas Porto) Disciplina: Redes e Comunicações Trabalho elaborado por: -Fernando Nogueira -João Ribeiro -Luis.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ISTEC (Instituto Superior de tecnologias Avançadas Porto) Disciplina: Redes e Comunicações Trabalho elaborado por: -Fernando Nogueira -João Ribeiro -Luis."— Transcrição da apresentação:

1 ISTEC (Instituto Superior de tecnologias Avançadas Porto) Disciplina: Redes e Comunicações Trabalho elaborado por: -Fernando Nogueira -João Ribeiro -Luis Ramos História e Evolução das Redes Móveis em Portugal

2

3 O surgimento e a evolução dos telemóveis O primeiro telemóvel foi criado dia 16 de outubro de era conhecido como sistema automático móvel, e foi inventado pela Ericson. Depois do lançamento do primeiro telemóvel, a evolução foi notória e o tamanho e funcionalidades destes aparelhos expandiu- se. Utilizando inicialmente a tecnologia analógica o telemóvel era apenas usado para fazer chamadas, mas rapidamente as operadoras e empresas de telemóveis quiseram ir mais longe e oferecer as pessoas equipamentos mais sofisticados e capazes de enviar mensagens, tirar fotos, filmar, despertar, gravar lembranças, jogar, ouvir músicas,, etc…

4 1ª Geração Os telemóveis de primeira geração ou 1G são analógicos, já que enviam a informação sobre ondas cuja forma varia de forma contínua. Estes só podem ser usados para a comunicação de voz e têm uma qualidade de ligação altamente variável devido à interferência. Outra desvantagem é a baixa segurança que proporcionam, já que é relativamente simples escutar ligações alheias através de um sintonizador de rádio assim como a usurpação de frequência podendo acreditar as ligações na conta de um terceiro. O conjunto do telefone e bateria tinha, na maior parte dos casos, as dimensões de uma folha A4 e pesavam muito

5 Exemplos de telemóveis da 1ª Geração

6 2ª Geração A segunda geração de telemóveis, foi introduzida nos anos 90. Os sistemas de telefone eram diferentes, passaram a ser mais avançados e rápidos aos sinais de rede, compactos, eletrónicamente eficiente e com aspeto mais seguro. Uma vantagem notória foi o telemóvel da 2ª geração incluir o serviço de mensagem de texto, SMS, que logo se tornou o método preferido dos utilizadores. Também tinha funcionalidade vibratória e pacotes de jogos importáveis.

7 Geração 2,5 A 2,5G tem as mesmas características que a 2G mas tem velocidades superiores e, através de tecnologias de pacotes, permite um acesso à internet mais flexível e eficiente. Utiliza tecnologias como: GPRS (General Packet Radio Service), EDGE (Enhanced Data for GSM Evolution)

8 3ª Geração Novas frequências Maior capacidade de débito de dados Espectro de comunicação de 400MHz até 3 GHz Desenvolvido pela International Telecomunication Union (ITU) O que é o 3G?

9 3ª Geração NTT DoCoMo – Japão Lança a primeira rede 3G pré comercial (FOMA) Maio de 2001 – Disponibiliza-a para testes da tecnologia W-CDMA. 1 de Outubro de 2001 – Primeira versão comercial do 3G Nascimento do 3G

10 3ª Geração Adesão inicial lenta Operadores móveis necessitavam de actualizar as suas redes Frequências do 3G não eram suportadas Actualizações de hardware (novas torres de difusão para o UMTS) Aparecimento do SmartPhone Expansão massiva do mercado de comunicações móveis Expansão e Adesão Julho de 2007 – 200 milhões de utilizadores

11 3ª Geração Televisão móvel (mobile TV) Video on Demand Video-Conferência Telemedicina Serviços baseados em localização Global Positioning System (GPS) Capacidades do 3G

12 3ª Geração Tecnologias avançadas sem fios (MIMO) Apresenta caracteristicas do IMT-Advanced (4G) Não tem a largura de banda necessária para ser considerado 4G Evolução (3,9G)

13 4ª Geração Em Abril de 2010 a Vodafone Portugal e Alcatel-Lucent realizaram a primeira demonstração de uma estação-base a operar em 3G e 4G/LTE, em simultâneo. Esta demonstração ocorreu no Edifício Vodafone na cidade do Porto com recurso a espectro na faixa dos 2,6 GHz e a um canal com largura de banda de 10 MHz obtendo-se velocidades de download mais de três vezes superiores às registadas com a rede HSPA 28,8 Mbps.

14 4ª Geração PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS LTE Pico da taxa de dados DL: 100 Mbps UL:50 Mbps (para o espectro de 20 MHz) Suporte a Mobilidade A eficiência máxima encontra-se nas baixas velocidades 0-15 Km/h, mas pode chegar até a 500 Km/h. Latência para o Plano de Controle < 100 ms (do modo idle para ativo) Latência para o Plano de Usuário < 5 ms Capacidade do Plano de Controle > 200 usuários por célula (para o espectro de 5 MHz) Cobertura (tamanho das células) Km com pequena degradação após os 30 Km Espectro 1.25, 2.5, 5, 10, 15 e 20 MHz.

15 4ª Geração O LTE está disponível não apenas nos telefones móveis de próxima geração, mas também nos notebooks, câmeras fotográficas, câmeras de vídeo, terminais sem fio fixos, auto-radios e outros dispositivos que beneficiam da banda larga móvel.

16 Mais velocidade da internet no telemóvel, no tablet ou no notebook significa também um monte de oportunidades para fazer coisas com a internet 4G que antes era impensável. Será possível ver filmes online, descarregar programas e conversar com os amigos tudo ao mesmo tempo em qualquer lugar desde que tenha cobertura de rede 4G. Num futuro próximo será a principal ameaça à rede cabo, até pela qualidade de serviço que fornece. 4ª Geração

17 webgrafia dos-telemoveis.html


Carregar ppt "ISTEC (Instituto Superior de tecnologias Avançadas Porto) Disciplina: Redes e Comunicações Trabalho elaborado por: -Fernando Nogueira -João Ribeiro -Luis."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google