A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

4 º Encontro GEESE Resumo MARÇO/ ABRIL 2010 Uma Reflexão em busca de nossa identidade espiritual Sentir- Pensar-Refletir.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "4 º Encontro GEESE Resumo MARÇO/ ABRIL 2010 Uma Reflexão em busca de nossa identidade espiritual Sentir- Pensar-Refletir."— Transcrição da apresentação:

1 4 º Encontro GEESE Resumo MARÇO/ ABRIL 2010 Uma Reflexão em busca de nossa identidade espiritual Sentir- Pensar-Refletir

2 Resumo do 3 º Encontro A Metáfora da Prisão Propensão ao desvio Leitura do Livro Vinha de Luz Cap. 30

3 ESTAMOS ATENTOS AOS DESVIOS DIFICULDADES QUE SURGEM NO NOSSO CAMINHO?

4 SENTIR A HISTORIA DOS TRÊS PEDREIROS

5 SENTIR Qual dos três pedreiros eu me identifico neste momento ? 1º Pedreiro 2º Pedreiro 3º Pedreiro Um trabalho, três atitudes.

6 Não há libertação de consciência, quando a consciência não se liberta. Não há cura para nossas doenças da alma, quando não se rende ao impositivo de recuperar a si mesma… Bezerra de Menezes ( Chico Xavier)

7 LINHA A (aprendiz) – TRABALHO PARA SI LINHA S (servidor) – TRABALHO COM E PARA PESSOAS LINHA D (discípulo) – TRABALHO PARA A ESCOLA

8 Trabalho sobre Si Mesmo É o estudo de si (a observação de si mesmo) e o estudo dos princípios da escola iniciática. Quanto mais tempo e energia dedicamos ao estudo e vivência da escola iniciática, mais compreendemos o que ela abrange. O autoconhecimento aliado à escolha de objetivos a serem atingidos propicia a reforma íntima, constituindo um trabalho de iniciativa e responsabilidade individuais. APRENDIZ

9 Trabalho pelo Próximo É realizado com outras pessoas; participando de atividades com elas, não se trabalha somente com elas, mas para elas. Assim, na segunda linha, aprende-se a trabalhar com seres humanos e para seres humanos. Nesta atividade, pelo menos os adeptos aprendem a suportarem-se uns aos outros.Não podemos trabalhar sozinhos; um certo atrito, o incômodo e a dificuldade de trabalhar com as outras pessoas criam os choques necessários. SERVID OR

10 Trabalho pela EAE Na terceira linha, trabalha-se para a escola. A fim de poder trabalhar para a escola, é necessário, em primeiro lugar, compreender o trabalho da escola, compreender suas metas e suas necessidades. Não é importante somente o fazer, mas sim o pensar na escola. Não podemos deixar que outros pensem a respeito dela por nós. DISCÍPULO

11 Na primeira linha, buscando o autoconhecimento, o adepto deve demonstrar certa iniciativa em relação a si mesmo. O trabalho deve ser decorrente da insatisfação consigo mesmo, levando-o espontaneamente ao trabalho desta linha. Na segunda linha, participa-se de um trabalho organizado, onde cada um só deve fazer o que lhe é solicitado. Na terceira linha, pode-se novamente manifestar certa iniciativa, mas deve-se sempre exercer um controle sobre si e não se permitir tomar decisões contrárias às regras e princípios. INICIATIVA

12 EGOÍSMO & ALTRUÍSMO A primeira linha de trabalho (o trabalho sobre si) é egoísta, pois nela esperamos obter algo para nós. A segunda linha (o trabalho em equipe) é mesclada, temos que levar em consideração outras pessoas, por isso ela é menos egoísta. A terceira linha (o trabalho para a escola) é altruísta – não egoísta –, pois é algo que fazemos para a escola, não com a idéia de obter algo da escola.

13 REGRAS Há pouca necessidade de regras na primeira e terceira linhas. Nelas, espera-se que haja iniciativa, o trabalho deve ser livre. Na segunda linha, deve haver disciplina, obediência.( ESE)

14 REFLEXÃO Muitos companheiros no mundo categorizam a obediência à conta de servilismo, no entanto, quando nos referimos à obediência, reportamo-nos à disciplina, sem a qual a ordem não existiria. Espera servindo, Emmanuel, (22 – Obedecer)

15


Carregar ppt "4 º Encontro GEESE Resumo MARÇO/ ABRIL 2010 Uma Reflexão em busca de nossa identidade espiritual Sentir- Pensar-Refletir."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google