A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Oração do Terço. Quais são os Dons do Espírito Santo? Os Dons do Espírito Santo são sete: 1.° - Sabedoria; 2.° - Entendimento; 3.° - Conselho; 4.° - Fortaleza;

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Oração do Terço. Quais são os Dons do Espírito Santo? Os Dons do Espírito Santo são sete: 1.° - Sabedoria; 2.° - Entendimento; 3.° - Conselho; 4.° - Fortaleza;"— Transcrição da apresentação:

1 Oração do Terço

2 Quais são os Dons do Espírito Santo? Os Dons do Espírito Santo são sete: 1.° - Sabedoria; 2.° - Entendimento; 3.° - Conselho; 4.° - Fortaleza; 5.° - Ciência; 6.° - Piedade; 7.° Temor de Deus. Quais são os Frutos do Espírito Santo? Os Frutos do Espírito Santo são: Caridade, Gozo, Paz, Paciência, Benignidade, Bondade, Longanimidade, Mansidão, Fé, Modéstia, Continência, Castidade. Doutrina Cristã

3 Ano C - XIII Domingo do tempo Comum

4 Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. R. Ámen! A graça de Nosso Senhor Jesus Cristo, o amor do pai e a comunhão do espírito santo estejam convosco. R:Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo. Irmãos, para celebrar dignamente os santos mistérios reconheçamos que somos pecadores (momento de silêncio)

5 Confessemos os nossos pecados: Confesso a Deus Todo-Poderoso e a vós, irmãos, que pequei muitas vezes por pensamentos e palavras, actos e omissões, (batendo no peito) por minha culpa, minha tão grande culpa. E peço à Virgem Maria, aos Anjos e Santos, e a vós, irmãos, que rogueis por mim a Deus, Nosso Senhor. Deus Todo-Poderoso tenha compaixão de nós perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida eterna.Ámen!

6 Senhor, tende piedade de nós. Cristo, tende piedade de nós. Senhor, tende piedade de nós.

7 Glória a Deus nas alturas, e paz na terra aos homens por Ele amados. Senhor Deus, Rei dos céus, Deus Pai todo-poderoso: nós Vos louvamos, nós Vos bendizemos, nós Vos adoramos, nós Vos glorificamos, nós Vos damos graças por Vossa imensa glória.

8 Senhor Jesus Cristo, Filho Unigénito, Senhor Deus, Cordeiro de Deus, Filho de Deus Pai: Vós que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós; Vós que tirais o pecado do mundo, acolhei a nossa súplica; Vós que estais à direita do Pai, tende piedade de nós. Só Vós sois o Santo; só Vós, o Senhor;

9 Só Vós o Altíssimo, Jesus Cristo; com o Espírito Santo, na glória de Deus Pai. Ámen

10 Senhor, que pela vossa graça nos tornastes filhos da luz, não permitais que sejamos envolvidos pelas trevas do erro, mas permaneçamos sempre no esplendor da verdade. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.

11 1 Reis 19, 16b.19-21

12 LEITURA I 1 Reis 19, 16b Leitura do Primeiro Livro dos Reis Naqueles dias, disse o Senhor a Elias: «Ungirás Eliseu, filho de Safat, de Abel- Meola, como profeta em teu lugar». Elias pôs-se a caminho e encontrou Eliseu, filho de Safat, que andava a lavrar com doze juntas de bois e guiava a décima segunda. Elias passou junto dele e lançou sobre ele a sua capa. Então Eliseu abandonou os bois, correu atrás de Elias e disse-lhe:

13 LEITURA I 1 Reis 19, 16b «Deixa-me ir abraçar meu pai e minha mãe; depois irei contigo». Elias respondeu: «Vai e volta, porque eu já fiz o que devia». Eliseu afastou-se, tomou uma junta de bois e matou-a; com a madeira do arado assou a carne, que deu a comer à sua gente. Depois levantou-se e seguiu Elias, ficando ao seu serviço. Palavra do Senhor. Graças a Deus

14

15 Salmo SALMO RESPONSORIAL Salmo 15 (16), 1-2a (R. cf. 5a) Refrão: O Senhor é a minha herança. Repete-se Defendei-me, Senhor: Vós sois o meu refúgio. Digo ao Senhor: «Vós sois o meu Deus». Senhor, porção da minha herança e do meu cálice, está nas vossas mãos o meu destino. Refrão

16 Salmo SALMO RESPONSORIAL Salmo 15 (16), 1-2a (R. cf. 5a) Refrão: O Senhor é a minha herança. Repete-se Bendigo o Senhor por me ter aconselhado, até de noite me inspira interiormente. O Senhor está sempre na minha presença, com Ele a meu lado não vacilarei. Refrão

17 Salmo SALMO RESPONSORIAL Salmo 15 (16), 1-2a (R. cf. 5a) Refrão: O Senhor é a minha herança. Repete-se Por isso o meu coração se alegra e a minha alma exulta e até o meu corpo descansa tranquilo. Vós não abandonareis a minha alma na mansão dos mortos, nem deixareis o vosso fiel sofrer a corrupção. Refrão

18 Salmo SALMO RESPONSORIAL Salmo 15 (16), 1-2a (R. cf. 5a) Refrão: O Senhor é a minha herança. Repete-se Dar-me-eis a conhecer os caminhos da vida, alegria plena na vossa presença, delícias eternas à vossa direita. Refrão

19 Gal 5,

20 LEITURA II Gal 5, Leitura da Epístola do apóstolo São Paulo aos Gálatas Irmãos: Foi para a verdadeira liberdade que Cristo nos libertou. Portanto, permanecei firmes e não torneis a sujeitar-vos ao jugo da escravidão. Vós, irmãos, fostes chamados à liberdade. Contudo, não abuseis da liberdade como

21 LEITURA II Gal 5, pretexto para viverdes segundo a carne; mas, pela caridade, colocai-vos ao serviço uns dos outros, porque toda a Lei se resume nesta palavra: «Amarás o teu próximo como a ti mesmo». Se vós, porém, vos mordeis e devorais mutuamente, tende cuidado, que acabareis por destruir-vos uns aos outros. Por isso vos digo: Deixai- vos conduzir pelo Espírito e não satisfareis os desejos da carne. Na verdade, a carne

22 LEITURA II Gal 5, tem desejos contrários aos do Espírito e o Espírito desejos contrários aos da carne. São dois princípios antagónicos e por isso não fazeis o que quereis. Mas se vos deixais guiar pelo Espírito, não estais sujeitos à Lei de Moisés. Palavra do Senhor. Graças a Deus

23 Aclamação ALELU-U-UIA, ALELU-U-UIA, ALELU-U- UIA FALAI SENHOR QUE O VOSSO SERVO ESCUTA, VÓS TENDES PALAVRAS DE VIDA ETERNA

24 Lc 9, 51-62

25 EVANGELHO Lc 9, O Senhor esteja convosco, Ele está no meio de Nós. Evangelho se nosso Senhor Jesus Cristo Segundo S. Lucas Gloria a Vós, Senhor

26 EVANGELHO Lc 9, Aproximando-se os dias de Jesus ser levado deste mundo, Ele tomou a decisão de Se dirigir a Jerusalém e mandou mensageiros à sua frente. Estes puseram- se a caminho e entraram numa povoação de samaritanos, a fim de Lhe prepararem hospedagem. Mas aquela gente não O quis receber, porque ia a caminho de Jerusalém. Vendo isto, os discípulos Tiago e João disseram a Jesus: «Senhor, queres

27 EVANGELHO Lc 9, que mandemos descer fogo do céu que os destrua?». Mas Jesus voltou-Se e repreendeu-os. E seguiram para outra povoação. Pelo caminho, alguém disse a Jesus: «Seguir-Te-ei para onde quer que fores». Jesus respondeu-lhe: «As raposas têm as suas tocas e as aves do céu os seus ninhos; mas o Filho do homem não tem onde reclinar a cabeça». Depois disse a outro: «Segue-Me». Ele respondeu:

28 EVANGELHO Lc 7, 36 – 8, 3 «Senhor, deixa-me ir primeiro sepultar meu pai». Disse-lhe Jesus: «Deixa que os mortos sepultem os seus mortos; tu, vai anunciar o reino de Deus». Disse-Lhe ainda outro: «Seguir-Te-ei, Senhor; mas deixa-me ir primeiro despedir-me da minha família». Jesus respondeu-lhe: «Quem tiver lançado as mãos ao arado e olhar para trás não serve para o reino de Deus». Palavra da salvação Gloria a Vós, Senhor.

29

30 O Evangelho de hoje narra a viagem de Jesus desde as cidades da Galileia, no norte, até Jerusalém, no sul, através da Samaria. Há dois caminhos desde a Galileia até Jerusalém. O caminho a leste do rio Jordão era mais comprido e mais difícil. Portanto, Jesus seguiu pelo outro caminho, atravessando a Samaria. Os samaritanos eram de origem judia, mas, durante o exílio na Pérsia, casaram com mulheres estrangeiras e,

31 por causa disso, perderam a identidade judaica. Quando voltaram à terra de Israel, os judeus de sangue puro excomungaram- nos. Os samaritanos perderam por isso o direito de adorar Deus no Templo de Jerusalém. A partir desse momento os judeus excomungados tornaram-se inimigos dos judeus de sangue puro. Embora Jesus tivesse vivido com eles e “convertido” a samaritana, eles não receberam Jesus em casa nem tiveram

32 qualquer gesto de hospitalidade para com Ele no Seu caminho para o Templo de Jerusalém e perderam o título de ‘primeiros convertidos dos gentios’. Esta atitude enfureceu os apóstolos e dois deles sugeriram a Jesus que os castigasse. Jesus repreendeu-os porque Ele não era um destruidor mas sim o Salvador. O tempo do fanatismo -que aparece com tanta frequência no Antigo Testamento – terminou. A resposta de

33 Jesus foi o amor. O segundo tema de hoje é a renúncia. Durante a Sua jornada para outra cidade alguém mostrou o desejo de O seguir. Mas a resposta de Jesus foi ─ “O Filho do Homem não tem onde reclinar a cabeça”. A resposta ao segundo homem, aquele que Jesus convidou para O seguir e que hesitou, foi “Deixa que os mortos sepultem os seus mortos”. Para um Judeu, esta resposta é escandalosa. O dever mais

34 sagrado para um filho é o de sepultar os pais e estava-se dispensado de qualquer preceito da lei, inclusive a lei de Sábado. O sumo-sacerdote, a quem era proibido entrar num cemitério ou até aproximar-se de um cadáver, tinha o dever de acompanhar ao sepulcro os próprios pais. Para Jesus a evangelização é mais importante que a relação. Ele deu exemplo, quando ainda adolescente, respondeu à Mãe no templo.

35 “ Por que me procuráveis? Não sabíeis que devia estar em casa do meu Pai?” Jesus que recomendou a observância do mandamento de respeitar os pais, e participou na festa de despedida da família e dos amigos, dada por Mateus deseja segui-Lo sem demora porque pela falta dos “trabalhadores” perdem-se muitas almas. A resposta ao terceiro homem ─ “Todo aquele que pega na charrua e olha para

36 trás não serve para o Reino de Deus” ─ significa que somos chamados a seguir Jesus totalmente e imediatamente, sem qualquer reserva, abandonando tudo o que temos e entregando as nossas vidas a Deus, colocando-os ao serviço dos outros. O evangelho não diz nada se ele deixou ou seguiu Jesus. A primeira leitura dá-nos um exemplo. Eliseu mata dois bois, queima a madeira do arado, símbolo da sua profissão, e nesse fogo assa a carne e

37 depois distribui-a pela sua gente. Este gesto significa que ele renunciou definitivamente á vida de rico agricultor e abraçou uma nova profissão de profeta. Este é um modelo para todas as vocações, a vocação à vida cristã e um ministério dentro da própria comunidade. O nosso compromisso torna-se a nossa vida. Muitos receiam assumir um compromisso permanente, seja pelo sacerdócio, seja pela vida religiosa.

38 Enfrentamos uma tremenda falta de sacerdotes porque as gerações novas têm medo de assumir um compromisso de celibato e de dedicação a uma diocese ou a uma comunidade religiosa perante Deus. Isto é o resulto da destruição da família. Muitos casais que vivem juntos, têm filhos e se mantêm fiéis um ao outro toda a vida, não receberam o sacramento do matrimónio sem qualquer razão. Como vivem conscientemente em pecado, não

39 comungam e perdem o interesse por vir á missa, por levar os filhos à catequese, etc. Este escândalo tira a devida formação espiritual dos filhos e mais ainda, para cobrir os erros os pais, criticam a lei da Igreja, os sacerdotes e Deus na presença dos filhos. Durante os últimos dois mil anos não faltaram as pessoas que fizeram votos perpétuos ou casais que assumiram o compromisso do casamento.

40 A falta de vocações e a vida em mancebia são os problemas de hoje que temos de resolver pela oração e por acções adequadas. Assim Seja.

41

42

43 Creio em um só Deus, Pai todo-poderoso, Criador do céu e da terra De todas as coisas visíveis e invisíveis. Creio em um só Senhor, Jesus Cristo, Filho Unigénito de Deus, nascido do Pai antes de todos os séculos: Deus de Deus, Luz da Luz, Deus verdadeiro de Deus verdadeiro; Gerado, não criado, consubstancial ao Pai. Por Ele todas as coisas foram feitas. E por nós, homens, e para nossa salvação desceu dos céus (Faz-se inclinação)

44 E encarnou pelo Espírito Santo, no seio da Virgem Maria. e Se fez homem. Também por nós foi crucificado sob Pôncio Pilatos; padeceu e foi sepultado. Ressuscitou ao terceiro dia, conforme as Escrituras; e subiu aos céus, onde está sentado à direita do Pai. De novo há-de vir em sua glória, para julgar os vivos e os mortos; e o seu reino não terá fim.

45 Creio no Espírito Santo. Senhor que dá a vida, e procede do Pai e do Filho; e com o Pai e o Filho é adorado e glorificado: Ele que falou pelos Profetas. Creio na Igreja una, santa, católica e apostólica. Professo um só batismo Para remissão dos pecados. E espero a ressurreição dos mortos, e vida do mundo que há-de vir. Ámen.

46

47 Oremos, irmãos e irmãs, ao Senhor, nosso Deus e nosso Pai, que nos chama à verdadeira liberdade, e supliquemos confiadamente dizendo: Concedei-nos, Senhor, a vossa graça Para que o papa Francisco e os bispos a ele, unidos exerçam com alegria o seu ministério de profetas em favor do povo santo de Deus, oremos ao Senhor Concedei-nos, Senhor, a vossa graça

48 Para que Deus guie os governantes na sua missão, lhes dê um espírito de tolerância e de concórdia, no respeito pela natureza e pela vida, oremos ao Senhor Concedei-nos, Senhor, a vossa graça Para que os homens empenhados em causas nobres, permaneçam fortes e humanos, ao serviço da libertação dos outros homens, oremos ao Senhor Concedei-nos, Senhor, a vossa graça

49 Para que os cidadãos que abandonam os seus países encontrem comunidades que os acolham e os ajudem a refazer as suas vidas, oremos ao Senhor Concedei-nos, Senhor, a vossa graça Para que Deus nos faça entender o sentido da liberdade, nos dê a todos o gosto de servir e aos defuntos a vida feliz no paraíso, oremos ao Senhor Concedei-nos, Senhor, a vossa graça

50 Concedei, Senhor, a todos os fiéis a graça de se deixarem conduzir pela luz do vosso Espírito, para que se mantenham tolerantes e pacíficos, e sigam a Cristo com alegria, desprendimento e confiança. Ele que é Deus convosco na unidade do Espirito Santo. Amem.

51

52 Orai, Irmãos para que o meu e vosso sacrifício seja aceite por Deus Pai todo-poderoso. Todos: receba o Senhor por tuas mãos este sacrifício, para honra e glória do seu nome, para nosso bem e de toda a santa Igreja

53 (Todos a pé) ORAÇÃO SOBRE AS OBLATAS Senhor nosso Deus, que assegurais a eficácia dos vossos sacramentos, fazei que este serviço divino seja digno dos mistérios que celebramos. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.

54 V. O Senhor esteja convosco. R. Ele está no meio de nós. V. Corações ao alto. R. O nosso coração está em Deus. V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus. R. É nosso dever, é nossa salvação.

55 Senhor, Pai santo, Deus eterno e omnipotente, é verdadeiramente nosso dever, é nossa salvação dar-Vos graças, sempre e em toda a parte. Para manifestar o esplendor da vossa glória, viestes em auxílio da fragilidade humana com o poder da vossa divindade: da nossa condição mortal tirastes o remédio para vencer a morte e da nossa ruína abristes o caminho da salvação.

56 Por Cristo, nosso Senhor. Por Ele, com multidão dos Anjos, que adoram a vossa majestade e se alegram eternamente na vossa presença, proclamamos a vossa glória, cantando numa só voz.

57

58 SANTO SANTO É O SENHOR… ( SANTO SANTO É O SENHOR) É O SENHOR DEUS DO UNIVERSO O CÉU E A TERRA PROCLAMAM, A VOSSA GLÓRIA BENDITO AQUELE QUE VEM, EM NOME DO SENHOR, HOSSANA NAS ALTURAS HOSSANA A CRISTO SENHOR / SANTO SANTO É O SENHOR……

59 Sac. Vós, Senhor, sois verdadeiramente santo, sois a fonte de toda a santidade. Reunidos na vossa presença, em comunhão com toda a igreja, ao celebrarmos o dia santíssimo em que o Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho Unigénito, colocou à direita da vossa glória a nossa frágil natureza humana unida á sua divindade, humildemente vos suplicamos: Santifiquei estes dons, derramando sobre eles o Vosso Espírito, de modo a que se convertam para nós, o Corpo e Sangue de Nosso Senhor Jesus Cristo.

60 (Todos ajoelham) Na hora em que Ele se entregava, para voluntariamente sofrer a morte, tomou o pão e, dando graças, partiu-o e deu-o aos seus discípulo, dizendo: Tomai, todos, e comei: isto é o meu Corpo que será entregue por vós.

61 De igual modo, no fim da Ceia, tomou o cálice e, dando graças, deu-o aos seus discípulos, dizendo: Tomai, todos, e bebei: este é o cálice do meu Sangue o Sangue da nova e eterna aliança, que será derramado por vós e por todos, para remissão dos pecados. Fazei isto em memoria de mim.

62 Mistério da Fé! Todos: Anunciamos, Senhor, a vossa morte, proclamamos a vossa ressurreição. Vinde, Senhor Jesus!

63 Sac. Celebrando agora, Senhor, o memorial da morte e ressurreição de vosso Filho nós Vos oferecemos o pão da vida e o cálice da salvação e Vos damos graças porque nos admitistes à vossa presença para Vos servir nestes santos mistérios. Humildemente Vos suplicamos que, participando no Corpo e Sangue de Cristo, sejamos reunidos, pelo Espírito Santo, num só corpo. Lembrai-Vos, Senhor, da vossa Igreja, dispersa por toda a terra, e tornai-a perfeita na caridade em comunhão com o Papa Francisco,

64 e o nosso Administrador Apostólico José, os bispos auxiliares e todos aqueles que estão ao serviço do vosso povo. Lembrai-Vos também dos nossos irmãos que adormeceram na esperança da ressurreição, e de todos aqueles que na vossa misericórdia partiram deste mundo: admiti-os na luz da vossa presença. Tende misericórdia de nós, Senhor, e dai-nos a graça de participar na vida eterna, com a Virgem Maria, Mãe de Deus, os bem-aventurados Apóstolos e todos os Santos que desde o princípio do mundo viveram na vossa amizade, para cantarmos os vossos louvores, por Jesus Cristo, vosso Filho.

65 Por Cristo, com Cristo, em Cristo, a Vós, Deus Pai todo-poderoso, na unidade do Espírito Santo, toda a honra e toda a glória agora e para sempre… TodosÁmen.

66

67 Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o Vosso nome. Venha a nós o Vosso Reino. Seja feita a Vossa vontade, assim na Terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos daí hoje. Perdoai as nossas ofensas assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido. E não nos deixei cair em tentação, mas livrai-nos do mal.

68 Sac. Livrai-nos de todo o mal, Senhor, e dai ao mundo a paz em nossos dias, para que, ajudados pela vossa misericórdia, sejamos sempre livres do pecado e de toda a perturbação, enquanto esperamos a vinda gloriosa de Jesus Cristo nosso Salvador. Todos: Vosso é o reino e o poder e a glória para sempre.

69 Sac. Senhor Jesus Cristo, que dissestes aos vossos Apóstolos. Deixo-vos a paz, dou-vos a minha paz: não olheis aos nossos pecados mas à fé da vossa Igreja e dai-lhe a união e a paz, segundo a vossa vontade. Vós que sois Deus com o Pai na unidade do Espírito Santo. A paz do Senhor esteja sempre convosco. Todos: O amor de Cristo nos uniu. Sac. Saudai-vos na paz de Cristo.

70

71 CORDEIRO DE DEUS QUE TIRAIS O PECADO DO MUNDO PIEDADE DE NÓS CORDEIRO DE DEUS QUE TIRAIS O PECADO DO MUNDO DAI-NOS A PAZ

72 Sac. Felizes os convidados para a Ceia do Senhor. Eis o Cordeiro de Deus, que tira os pecados do mundo. Todos: Senhor, eu não sou digno de que entreis em minha morada, mas dizei uma palavra e serei salvo

73

74

75 ORAÇÃO DEPOIS DA COMUNHÃO Concedei-nos, Senhor, que o Corpo e o Sangue do vosso Filho, oferecidos em sacrifício e recebidos em comunhão, nos deem a verdadeira vida, para que, unidos convosco em amor eterno, dêmos frutos que permaneçam para sempre. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.

76

77 Sac. O Senhor esteja convosco. Todos:Ele está no meio de nós. Sac. Abençoe-vos Deus todo-poderoso, Pai, Filho e Espírito Santo. Todos:Ámen. Sac. Ide em paz e o Senhor vos acompanhe. Todos:Graças a Deus.

78

79 Ficha técnica : Eucaristia Celebrada por : Fr. Jacob Puthiyaparampil Realização da projeção por : A. Alberto Sousa


Carregar ppt "Oração do Terço. Quais são os Dons do Espírito Santo? Os Dons do Espírito Santo são sete: 1.° - Sabedoria; 2.° - Entendimento; 3.° - Conselho; 4.° - Fortaleza;"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google