A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Limpador de Para-brisas Intermitente. Integrantes Augusto Braga de Almeida Felipe dos Passos Canteri Luiz Carlos Sebastião Junior Vynycius Luiz Marra.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Limpador de Para-brisas Intermitente. Integrantes Augusto Braga de Almeida Felipe dos Passos Canteri Luiz Carlos Sebastião Junior Vynycius Luiz Marra."— Transcrição da apresentação:

1 Limpador de Para-brisas Intermitente

2 Integrantes Augusto Braga de Almeida Felipe dos Passos Canteri Luiz Carlos Sebastião Junior Vynycius Luiz Marra Ribas

3 História de Vida Robert Williams Kearns ★ 10 de Março de 1927, Cidade Gary, Indiana, EUA. ✞ 9 de Fevereiro de 2005, vítima de tumor cerebral provocado pelo Mal de Alzheimer. - Foi casado com Phyllis Kearns; - Formado em Engenharia Elétrica; - Professor Universitário e Inventor; - Primeira Patente de Invenção apresentada em 1 de Dezembro de 1964.

4

5 História de Vida Como tudo começou... - Trecho do Filme: Flash of Genius (1:34) Como procedeu... - Em 1963, Kearns utilizou componentes eletrônicos prontos para projetar palhetas que limpassem a superfície do vidro uma vez e depois pausassem.

6 História de Vida Como procedeu... - O engenheiro demonstrou seu invento à Ford e acabou revelando alguns detalhes do funcionamento. - Três meses depois, os carros da Ford começam a circular com o seu limpador. Logo depois, todas as outras fabricantes também o instalam.

7 História de Vida Como procedeu... - O processo contra a Ford Motor Company foi iniciado em A acusação foi de roubo de invento e violação de patentes. - Kearns teve de enfrentar vários problemas como, um ataque de nervos quando perdeu o apoio de seu sócio, e logo depois, de sua família.

8 História de Vida Como procedeu... - A estratégia da Ford sempre foi empurrar o caso até o vencimento do prazo das patentes, mas não deu certo. - Doze anos depois do início do processo, Bob conseguiu levar o caso a júri popular. O julgamento foi concluído em 1990.

9 História de Vida Como acabou... - A Ford queria impedir que seu roubo viesse a público, então na véspera do julgamento, prevendo a derrota no júri popular, ofereceram a família Kearns 30 milhões de dólares, que logo foi recusada. - Assim, a Ford foi denunciada publicamente e obrigada a pagar uma indenização de US$ 10 milhões por seu crime.

10 História de Vida Como acabou... - A Chrysler Corporation, foi processada em 1982 e o veredicto saiu em Como a Chrysler recorreu à instâncias superiores, ela acabou tendo que pagar US$ 20 milhões de indenização pelo roubo.

11 Há uma diferença entre uma boa ideia e um bom produto. Tive muitas boas ideias, mas nada que tenha funcionado. O que faz o bem-sucedido, um homem próspero? A inteligência? O talento? Claro, há muitos talentos fracassados soltos por aí. Talvez seja outra coisa, como o momento, a oportunidade. Algo intangível, ou coisa assim. (Robert Kearns) Trecho retirado do roteiro do filme “Flash of Genius”

12  O limpador de para-brisa foi inventado por Mary Anderson, americana, em 1903 e patenteado em  O invento foi criado para tentar solucionar a redução da visibilidade dos bondes de NY causada pela neve.  Oito anos depois, todos os veículos nos EUA saiam de fábrica com o aparato.

13 Os primeiros limpadores eram manuais, funcionavam através da movimentação de uma alavanca dentro do carro. O desenvolvimento tecnológico nos trouxe o limpador mecânico, que possuía uma velocidade constante das palhetas, sem pausa. Com o invento de Robert Kearns, foi possível a implantação de uma pausa no limpador, adequando-o melhor à diferentes intensidades chuvosas.

14 Existem carros com a possibilidade de mais de 10 tipos de velocidades ou tempos de pausa na intermitência. Várias tecnologias foram desenvolvidas para encontrar o melhor meio de se livrar da cortina de água no para brisa. O sensor ótico tornou-se a solução mais eficiente para o para brisa.

15 O sensor ótico é fabricado pela TRW, e funciona “medindo” quanto da radiação enviada pelo equipamento é refletida para o mesmo. A partir desse dado, adapta a velocidade do limpador, melhorando a eficiência do equipamento.

16 Sistemas:  Tandem: mais comum.  Oposto: Movimentação em direção oposta.  Braço único controlado: Mercedes.  Braço único: Uno Mille.

17

18 Como Funciona

19 Barulhinho Irritante Como criar um intervalo de tempo que possa ser ajustado de acordo com a intensidade da chuva?

20 Eletrônicamente Constante RC (Resistor- Capacitor)

21 Problema Quente Um dos problemas encontrados era a alta temperatura que os componentes tinham que aturar.

22 Silícionando o Problema Os relés tinham baixa tolerâcia as altas temperatura; A solução para isso foi a implantação do Transistor

23 Funcionamento Geral

24 Evoluindo um Pouco

25 As patentes 27/06/1227/06/12 Primeira Patente Patente de Invenção Depósito: 1 de dezembro de 1964 Concessão: 7 de novembro de 1967 Registro: US Título: “Windshield wiper system with intermittent operation”.

26 27/06/12

27 Segunda patente Patente de Modelo de Utilidade Depósito: 18 de outubro de 1967 Concessão: 31 de agosto de 1971 Registro: US Título: “Intermittent Windshield wiper system” 27/06/12

28

29 Terceira Patente Patente de Modelo de Utilidade Depósito: 7 de setembro de 1982 Concessão: 1 de outubro de 1985 Registro: US Título: “Intermittent windshield wiper control system with improved motor speed” 27/06/12

30

31 Patentes Internacionais Depósito: 7 de março de 1966 Concessão: 17 de setembro de 1970 Registro: DE Título: “Pulsed windshield wiper motor control” Também registrada na França: FR /06/12

32

33 Referências brisa.htm Filme “Flash of genius”


Carregar ppt "Limpador de Para-brisas Intermitente. Integrantes Augusto Braga de Almeida Felipe dos Passos Canteri Luiz Carlos Sebastião Junior Vynycius Luiz Marra."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google