A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Assessoria de P&D e Eficiência Energética Eletrobras Distribuição Alagoas PROGRAMA DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO (P&D)

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Assessoria de P&D e Eficiência Energética Eletrobras Distribuição Alagoas PROGRAMA DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO (P&D)"— Transcrição da apresentação:

1 Assessoria de P&D e Eficiência Energética Eletrobras Distribuição Alagoas PROGRAMA DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO (P&D)

2 P&D – A SPECTOS R EGULATÓRIOS Lei n o 9.991, de 24 de julho de 2000 e alterações: a. Art. 24 o da Lei n o , de 26 de abril de 2002 b. Art. 12 o da Lei n o , de 15 de março de 2004 c. Art. 1 o da Lei n o , de 28 de março de 2007 d. Art. 11 o da Lei no , de 20 de janeiro de % dos recursos devem ser recolhidos ao P&D 40% dos recursos devem ser destinados ao FNDCT 20% dos recursos devem ser recolhidos ao MME A partir de 01/01/2015 Até 31/12/2014

3 P&D – C ARACTERÍSTICAS O QUE NÃO É P&D NO AMBIENTE REGULADO DO SETOR ELÉTRICO ? a) Projetos técnicos ou de engenharia, cujas atividades estejam associadas ao dia-a-dia das Empresas, consultoras e fabricantes de materiais e equipamentos; b) Formação e/ou capacitação de recursos humanos, próprios ou de terceiros; c) Estudos de viabilidade técnico-econômica; d) Aquisição ou levantamento de dados; e)Aquisição de sistemas, materiais e/ou equipamentos; f)Desenvolvimento ou adaptação de software, que consista de integração de softwares ou de banco de dados; g)Projetos de gestão empresarial, consistindo no desenvolvimento de técnicas de gestão, avaliação e conjunto de ferramentas concebidas para otimizar a gestão administrativa.

4 P&D – C ARACTERÍSTICAS O QUE É P&D NO AMBIENTE REGULADO DO SETOR ELÉTRICO ? a) Busca de inovações para fazer frente aos desafios tecnológicos e de mercado das empresas de energia elétrica; b) Deverá ter metas e resultados previstos bem definidos, porque é diferente da pesquisa acadêmica pura, que se caracteriza pela liberdade de investigação; c) Cada Atividade / Fase de Pesquisa possui seu respectivo Produto / Resultado esperado.

5 NAtividades de P&D FaseProduto 1 Pesquisa Básica Dirigida Fase teórica ou experimental destinado à busca de conhecimento sobre novos fenômenos Modelo ou Algoritmo 2 Pesquisa Aplicada Fase destinada à aplicação de conhecimento adquirido, com vistas ao desenvolvimento ou aprimoramento de produtos e processos Metodologia ou Técnica, Protótipo ou Projeto Demonstrativo 3 Desenvolvimento Experimental Fase sistemática, delineada a partir de conhecimento pré-existente, visando à comprovação ou à demonstração da viabilidade técnica ou funcional de novos produtos, processos, sistemas e serviços Softwares ou serviços (novos ou aperfeiçoados) implantação de projeto piloto, protótipo de equipamento, de dispositivo ou de material 4Cabeça-de-Série Fase que considera aspectos relativos ao aperfeiçoamento de protótipo obtido em projeto de P&D anterior Definem-se as características básicas da linha de produção e do produto 5Lote Pioneiro Fase que considera aspectos relativos à produção em escala piloto de cabeça-de- série desenvolvido em projeto de P&D anterior Primeira fabricação, em escala piloto, para ensaios de validação, análise de custos e refino do projeto, com vistas à produção industrial e/ou à comercialização 6 Inserção no Mercado Fase que encerra a cadeia da inovação e busca a difusão no setor elétrico dos resultados obtidos Estudos mercadológicos, material de divulgação, registro de patentes e serviços jurídicos

6 P&D – T EMAS E S UBTEMAS (E LETROBRAS A LAGOAS ) - MA=Meio Ambiente MA01 - Impactos e restrições socioambientais de sistemas de energia elétrica. MA02 - Metodologias para mensuração econômico-financeira de externalidades em sistemas de energia elétrica. - SE=Segurança SE01 - Identificação e mitigação dos impactos de campos eletromagnéticos em organismos vivos SE02 - Análise e mitigação de riscos de acidentes elétricos. SE03 - Novas tecnologias para equipamentos de proteção individual. SE04 - Novas tecnologias para inspeção e manutenção de sistemas elétricos. - EE=Eficiência Energética EE01 - Novas tecnologias para melhoria da eficiência energética EE02 - Gerenciamento de carga pelo lado da demanda. EE03 - Definição de indicadores de eficiência energética. EE04 - Metodologias para avaliação de resultados de projetos de eficiência energética. - PL=Planejamento de Sistemas de EE PL01 - Planejamento integrado da expansão de sistemas elétricos. PL03 - Integração de geração distribuída a redes elétricas. PL04 - Metodologia de previsão de mercado para diferentes níveis temporais e estratégias de contratação. PL06 - Materiais supercondutores para transmissão de energia elétrica. PL07 - Tecnologias e sistemas de transmissão de energia em longas distâncias.

7 P&D – T EMAS E S UBTEMAS (E LETROBRAS A LAGOAS ) -OP=Operação de Sistemas de EE OP01 - Ferramentas de apoio à operação de sistemas elétricos de potência em tempo real OP02 - Critérios de gerenciamento de carga para diferentes níveis de hierarquia. OP03 - Estruturas, funções e regras de operação dos mercados de serviços ancilares. OP04 - Otimização estrutural e paramétrica da capacidade dos sistemas de distribuição. OP05 - Alocação de fontes de potência reativa em sistemas de distribuição. OP06 - Estudo, simulação e análise do desempenho de sistemas elétricos de potência. OP07 - Análise das grandes perturbações e impactos no planejamento, operação e controle. -SC=Supervisão,Controle e Proteção de Sistemas de EE SC01 - Implementação de sistemas de controle (robusto, adaptativo e inteligente). SC02 - Análise dinâmica de sistemas em tempo real. SC03 - Técnicas eficientes de restauração rápida de grandes centros de carga. SC04 - Desenvolvimento de técnicas para recomposição de sistemas elétricos. SC05 - Técnicas de inteligência artificial aplicadas ao controle, operação e proteção de sistemas elétricos. SC06 - Novas tecnologias para supervisão do fornecimento de energia elétrica. SC07 - Desenvolvimento e aplicação de sistemas de medição fasorial. SC08 - Análise de falhas em sistemas elétricos. SC09 - Compatibilidade eletromagnética em sistemas elétricos. SC10 - Sistemas de aterramento.

8 P&D – T EMAS E S UBTEMAS (E LETROBRAS A LAGOAS ) -QC=Qualidade e Confiabilidade dos Serviços de EE QC01 - Sistemas e técnicas de monitoração e gerenciamento da qualidade da energia elétrica. QC02 - Modelagem e análise dos distúrbios associados à qualidade da energia elétrica. QC03 - Requisitos para conexão de cargas potencialmente perturbadoras no sistema elétrico. QC04 - Curvas de sensibilidade e de suportabilidade de equipamentos. QC05 - Impactos econômicos e aspectos contratuais da qualidade da energia elétrica. QC06 - Compensação financeira por violação de indicadores de qualidade. -MF=Medição,Faturamento e Combate a Perdas Comerciais MF01 - Avaliação econômica para definição da perda mínima atingível. MF02 - Estimação, análise e redução de perdas técnicas em sistemas elétricos. MF03 - Desenvolvimento de tecnologias para combate à fraude e ao furto de energia elétrica. MF04 - Diagnóstico, prospecção e redução da vulnerabilidade de sistemas elétricos ao furto e à fraude. MF05 - Energia economizada e agregada ao mercado após regularização de fraudes. MF06 - Uso de indicadores socioeconômicos, dados fiscais e gastos com outros insumos. MF07 - Gerenciamento dos equipamentos de medição (qualidade e redução de falhas). MF08 - Impacto dos projetos de eficiência energética na redução de perdas comerciais. MF09 - Sistemas centralizados de medição, controle e gerenciamento de energia em consumidores finais. MF10 - Sistemas de tarifação e novas estruturas tarifárias.

9 P&D – CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 1.ORIGINALIDADE (Eliminatório): Enquadramento da proposta (avaliação inicial) ou do projeto (avaliação final) como atividade de P&D 2.APLICABILIDADE: Potencial de aplicação, notadamente do produto principal 3.RELEVÂNCIA: Contribuições ou impactos do projeto em termos científicos, tecnológicos, econômicos e socioambientais e capacitação 4.RAZOABILIDADE DOS CUSTOS: Impactos econômicos decorrentes da aplicação dos resultados do projeto. Confronto entre os investimentos previstos ou realizados e os benefícios esperados ou proporcionados.

10 P&D – CONCEITOS DE AVALIAÇÃO Pontuação do CritérioConceito da Pontuação 0Não se aplica 1Inadequado 2Insuficiente 3Aceitável 4Bom 5Excelente Nota do Projeto (Média Aritmética) Conceito da Pontuação N 2,0Inadequado 2,0 < N < 3,0Insuficiente 3,0 N < 3,5Aceitável 3,5 N < 4,5Bom N 4,5Excelente

11 P&D – CONCEITOS DE AVALIAÇÃO 1.INADEQUADO: Projeto reprovado e gastos realizados integralmente estornados à Conta de P&D 2.INSUFICIENTE: Projeto parcialmente aprovado e reconhecimento de gastos proporcional à Nota do Projeto 3.ACEITÁVEL, BOM ou EXCELENTE: Projeto aprovado e reconhecimento parcial ou total de gastos, após avaliação dos Relatórios Final e de Auditoria Contábil-Financeira

12 P&D – P ROCEDIMENTOS CHAMADA PÚBLICA: MARÇO ORIENTAÇÕES SITE ELETROBRAS ALAGOAS SUBMISSÃO DE PROPOSTA À ELETROBRAS ALAGOAS AVALIAÇÃO DA ELETROBRAS ALAGOAS Atende SUBMISSÃO À ANEEL PRÉ-AVALIAÇÃO ANEEL CONTRATAÇÃO EXECUÇÃO Prazo dias Prazo 60 dias Pré-Aprovado AVALIAÇÃO FINAL ANEEL Prazo 1 – 5 anos Prazo Contínuo Prazo 30 dias GESTÃO P&D: Assessoria de P&D EXECUÇÃO P&D: Instituto e Área Técnica

13 P&D – ELABORAÇÃO PROPOSTA AvIniANEELSIM ou NÃO Titulo 200 caracteres DuracaoMáximo de 60 meses SegmentoDistribuição CodTemaConforme Tabela OutroTemaConforme Tabela FaseInovacaoConforme Tabela TipoProdutoConforme Tabela SubtemaConforme Tabela DescricaoProduto300 caracteres Motivacao1.000 caracteres Originalidade2.000 caracteres Aplicabilidade1.000 caracteres Relevancia1.000 caracteres RazoabCustos1.000 caracteres PesqCorrelata1.000 caracteres Projeto BaseProjeto Base (textos)

14 P&D – ELABORAÇÃO PROPOSTA Equipe da Empresa (pode haver mais de uma) CodEmpresa0044 TipoEmpresaProponente ou Cooperada NomeMbEqEmpCpfMbEqEmpTitulacaoMbEqEmpFuncaoMbEqEmp Nome Completo Cadastrado no Lattes do CNPq Respectivo CPF (Apenas números) Titulação (Doutor, Mestre, Especialista, Superior, Técnico) Função (Gerente, Pesquisador) Equipe da Executora (pode haver mais de uma) CNPJExecCNPJ (apenas números) RazaoSocialExecNome completo cadastrado no Ministério da Fazenda UfExecUnidade da Federação NomeMbEqExecBRMbEqExecDocMbEqExecTitulacaoMbEqExecFuncaoMbEqExec Nome Completo Cadastrado no Lattes do CNPq Nacionalidade Brasileira (SIM ou NÃO) CPF (brasileiro) ou Passaporte (estrangeiro) Titulação (Doutor, Mestre, Especialista, Superior, Técnico) Função (Coordenador, Pesquisador, Auxiliar Técnico / Bolsista / Administrativo)

15 P&D – ELABORAÇÃO PROPOSTA Recursos para Empresa de Energia Elétrica CodEmpresa0044 CatContabilCustoEmp Recursos Humanos (RH) Custos da Eletrobras Alagoas alocados no Projeto de P&D Materiais Permanentes(MP) Materiais de Consumo (MC) Viagens e Diárias (VD) Serviços de Terceiros (ST) Outros (OU) Recursos para Instituto Executor CNPJExec CatContabilCustoEmp Recursos Humanos (RH) Recursos do Projeto de P&D repassados pela Eletrobras Alagoas ao Instituto Executor Materiais Permanentes(MP) Materiais de Consumo (MC) Viagens e Diárias (VD) Serviços de Terceiros (ST) Outros (OU)

16 P&D – INFORMAÇÕES RELEVANTES Os custos de RH devem obedecer aos seguintes limites estabelecidos pela Eletrobras Distribuição Alagoas:

17 P&D – INFORMAÇÕES RELEVANTES Poderão ser alocados recursos para outros Institutos Parceiros, desde que estes dêem alguma contrapartida colaborando na execução do projeto de P&D. Todos os equipamentos (Materiais Permanentes) pertencem à DISTRIBUIDORA, podendo ser doados à INSTITUIÇÃO EXECUTORA com anuência da ANEEL. Os gastos com Viagens e Diárias devem ser comprovados periodicamente à DISTRIBUIDORA para que seja feita a prestação de contas e eventuais ajustes. A proposta Técnica-Comercial do Instituto Executor deve ser elaborada após discussõesjunto às áreas de gestão e técnica; devendo contemplar um cronograma físico-financeiro preliminar, vinculando os pagamentos aos produtos a serem entregues.

18 E NDEREÇOS I MPORTANTES : HTTP :// WWW. CEAL. COM. BR /DREP ESQUISA D ESENVOLVIMENTO. ASPX HTTP :// WWW. ANEEL. GOV. BR / AREA. CFM ? ID A REA =164& ID P ERFIL =6 CEAL. COM. BR OBRIGADO ! HTTP :// WWW. CEAL. COM. BR /DREP ESQUISA D ESENVOLVIMENTO. ASPX HTTP :// WWW. ANEEL. GOV. BR / AREA. CFM ? ID A REA =164& ID P ERFIL =6 CEAL. COM. BR


Carregar ppt "Assessoria de P&D e Eficiência Energética Eletrobras Distribuição Alagoas PROGRAMA DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO (P&D)"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google