A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CFC CRCs Criados pelo DL 9295 de 27 de maio de 1946 ESTRUTURA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CFC CRCs Criados pelo DL 9295 de 27 de maio de 1946 ESTRUTURA."— Transcrição da apresentação:

1

2 CFC CRCs Criados pelo DL 9295 de 27 de maio de 1946 ESTRUTURA

3 CRCRS SEDE EM PORTO ALEGRE PLENÁRIO COMPOSTO POR: 27 CONSELHEIROS EFETIVOS E IGUAL NÚMERO DE SUPLENTES PROPORÇÃO: 2/3 CONTADORES 1/3 TÉCNICOS EM CONTABILIDADE

4 ELEIÇÕES NO CRC Acontecem nos anos ímpares Elegem-se 1/3 e 2/3 do plenário, alternadamente, para mandatos de quatro anos O Plenário elege a Diretoria para um mandato de dois anos Trabalho honorífico (não remunerado)

5 - DELEGACIAS REGIONAIS ESCRITÓRIOS REGIONAIS - 16: BAGÉ PASSO FUNDO CACHOEIRA DO SULPELOTAS CANOAS PORTO ALEGRE CAXIAS DO SULSTA CRUZ DO SUL ERECHIM SANTA MARIA IJUÍ SANTA ROSA LAJEADO SÃO LEOPOLDO NOVO HAMBURGOURUGUAIANA

6 6 REGISTRO NORMATIZAÇÃO ORIENTAÇÃO FISCALIZAÇÃO O SISTEMA CFC/CRCs TEM POR FINALIDADE:

7 EXAME DE SUFICIÊNCIA Resolução CFC 1.373/2011 É requisito para obtenção, troca de categoria ou restabelecimento do registro profissional.

8 REGISTRO PROFISSIONAL O registro no CRC é condição para o exercício profissional, conforme estabelecido no DL 9.295/46 e normatizado pela Resolução CFC 1.389/12.

9 REGISTRO PROFISSIONAL REGISTRO PROFISSIONAL Requerimento de registro no site: Juntar a documentação necessária e entregar na Sede do CRCRS, Delegacias Regionais ou Escritórios Regionais

10 REGISTRO ORGANIZAÇÕES CONTÁBEIS As organizações contábeis que exploram serviços contábeis são obrigadas ao registro no CRC da jurisdição da sua sede, de acordo com a Resolução CFC 1.390/12.

11 Resolução CFC 803/96 – CEPC Resolução CFC 560/83 – Prerrogativas Profissionais Resolução CFC 750/93 – PC NORMATIZAÇÃO

12 As Normas Profissionais estabelecem regras de conduta do exercício da profissão. A INOBSERVÂNCIA das Normas Brasileiras de Contabilidade constitui infração disciplinar, sujeita às penalidades previstas nas alíneas “c”, “d” e “e” do art. 27 do DL 9.295/46 e, quando aplicável, no Código de Ética Profissional do Contador Normas Brasileiras de Contabilidade

13 ORIENTAÇÃO: DESENVOLVIMENTO E VALORIZAÇÃO PROFISSIONAL

14 EDUCAÇÃO CONTINUADA proporciona a realização de cursos em diversas modalidades – de longa e de curta duração (presenciais e virtuais), palestras, mesas-redondas, fóruns, encontros, seminários.

15 SISTEMA DE CURSOS As inscrições nos eventos realizados pelo CRCRS, são feitas através do Sistema de Cursos/Palestras, disponível no site do Conselho. Além da inscrição nos eventos, o Sistema de Cursos também permite a emissão do comprovante de participação.

16 CADASTRO DE ESTUDANTES Para participar dos eventos realizados pelo CRCRS, os estudantes precisam estar inscritos no “Cadastro de Estudantes”. O formulário para inscrição está disponível no site do CRCRS.

17 TV DO CRCRS (www.crcrs.org.br) PROGRAMA EM ÁUDIO PELA INTERNET (www.crcrs.org.br) para ouvir e baixar (Falando de Contabilidade) O CRCRS NA INTERNET

18 OPORTUNIDADES PARA OS COLEGAS: Currículos, ofertas de emprego, Negócios & Oportunidades e Concursos. (www.crcrs.org.br/oportunidades.htm) JORNAL DO COMÉRCIO (Coluna no caderno JC Contabilidade, Quartas-feira) O CRCRS NA INTERNET

19 FISCALIZAÇÃO PREVENTIVA: Programa de educação continuada. Efetivação de palestras sobre legislação, ética, contrato de prestação de serviços e mercado de trabalho do profissional da contabilidade, etc. OPERACIONAL: Ações fiscalizatórias, para que sejam observadas as leis, os princípios e as normas que regulam o exercício da profissão contábil.

20 TÓPICOS PRIORITÁRIOS: COMBATE AO LEIGO ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DECORE AUDITORIA E PERÍCIA FISCALIZAÇÃO

21 QUANTOS SOMOS NO ESTADO? CONTADORES HOMENS MULHERES TÉCN. CONT HOMENS MULHERES TOTAL PROFISSIONAIS SOCIEDADES EMPRESÁRIO 462 ESCR. INDIVIDUAL TOTAL ORGANIZAÇÕES Dados de 03 de Dezembro de 2013.

22 QUANTOS SOMOS NO BRASIL? CATEGORIA QUANTIDADE CONTADORES TÉCNICOS EM CONTABILIDADE Total de profissionais SOCIEDADES EMPRESÁRIO ESCRITÓRIOS INDIVIDUAIS Total de organizações Dados de 03 de Dezembro de 2013.

23 ÁREAS DE ATUAÇÃO CONTABILIDADE GERAL AUDITORIA, ASSESSORIA E CONSULTORIA PERÍCIA CUSTOS CONTABILIDADE PÚBLICA MAGISTÉRIO ORÇAMENTO, CONTROLADORIA E CONTABILIDADE GERENCIAL CONTABILIDADE AMBIENTAL CONTABILIDADE SOCIAL CONTABILIDADE INTERNACIONAL

24 ANUIDADE Todo profissional registrado no CRC deverá pagar uma anuidade enquanto seu registro permanecer ativo. O profissional que deixar de exercer a atividade poderá baixar o seu registro. Voltando a exercer a profissão, poderá restabelecer o registro mantendo o mesmo número.

25 Conselho Regional de Contabilidade do Rio Grande do Sul


Carregar ppt "CFC CRCs Criados pelo DL 9295 de 27 de maio de 1946 ESTRUTURA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google