A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

NÃO SABEMOS QUANDO VÃO OCORRER OS TERRAMOTOS Faça circular esta informação. Podemos salvar muitas vidas em caso de terramoto. Avance com “clicks” do rato.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "NÃO SABEMOS QUANDO VÃO OCORRER OS TERRAMOTOS Faça circular esta informação. Podemos salvar muitas vidas em caso de terramoto. Avance com “clicks” do rato."— Transcrição da apresentação:

1 NÃO SABEMOS QUANDO VÃO OCORRER OS TERRAMOTOS Faça circular esta informação. Podemos salvar muitas vidas em caso de terramoto. Avance com “clicks” do rato

2 Como funcionário das Nações Unidas especialista nesta área, trabalhei em quase todos os grandes desastres que ocorreram desde então e desta experiência retirei algumas conclusões muito importantes. Posso contribuir para aumentar drasticamente a probabilidade de sobrevivência em caso de terramoto. Olá, sou o Doug Copp. Trabalho com grupos de resgate em mais de 60 países e já estive dentro de 875 prédios que ruíram. Fundei muitos destes grupos de resgate e colaboro com organismos como a ONU, a OEA e a UNICEF como especialista na área de Prevenção e Socorro de Catástrofes (UN-UNIENET) desde 1985.

3 Em 1996 filmámos em documentário uma experiência que prova que o meu método de sobrevivência em situação de terramoto está correcto! O documentário foi financiado pelo Governo da Turquia, a cidade de Istambul, a Universidade de Istambul, as Produções Case SA e a ARTI e já foi difundido por todo o mundo no programa “TV Real” que talvez você já tenha visto. Em qualquer derrocada de edifícios existe uma grande probabilidade de sobrevivência quando as pessoas atingidas se abrigam no que se chama “O Triângulo da Vida".

4 A experiência foi filmada com 20 manequins: 10 foram colocados em lugares que até então eram considerados seguros. Os outros 10 foram colocadas em “Triângulos de Vida". Fizemos explodir o prédio e quando entrámos confirmámos que os primeiros 10 manequins estavam destruídos e os que ficaram em “Triângulos de Vida" estavam em perfeito estado. O primeiro edifício em que entrei após o terramoto mexicano de 1985 era uma escola e as crianças estavam mortas debaixo das vigas.

5 Poderiam ter sobrevivido se tivessem ficado ao lado das vigas ou apoiadas nelas em posição fetal, em vez de terem ficado sob as vigas. Explicação simples: quando um prédio cai, os tectos caem sobre os objectos ou móveis esmagando-os. Porém, fica sempre um espaço vazio ao lado destes. Este espaço é o chamado “Triângulo de Vida". Quanto maior, mais pesado e forte for o objecto, menos se compactará.

6 Quanto menos o objecto se compacta pelo peso, maior é o espaço vazio ao lado do mesmo, e maior a probabilidade de não se lamentar a perda da pessoa que usou esse espaço. A próxima vez que vir prédios a ruir num filme, repare nos "Triângulos de Vida" (ou espaços vazios) que se formam. Estão por todo o lado!

7 INSTRUÇÕES Qualquer pessoa que tente cobrir-se ou se coloque sob alguma coisa, quando um edifício colapsa, é esmagada. Se as pessoas se colocam debaixo de objectos como secretárias ou carros, são sempre esmagadas. Em vez disso, siga as instruções seguintes.

8 Gatos, cachorros e bebés ficam naturalmente na posição fetal. Faça o mesmo durante um terramoto. É um instinto natural de sobrevivência. Qualquer pessoa pode sobreviver perto de um sofá ou de qualquer objecto relativamente grande que seja esmagado, porque fica sempre um espaço vazio de ambos os lados.

9 Os edifícios de madeira são as construções mais seguras durante um terramoto. A razão é simples: a madeira é flexível e move-se melhor com a força do terramoto. Caso o edifício caia, grandes espaços vazios se criam. Além disso a madeira pesa menos do que os tijolos.

10 Se você estiver deitado na sua cama e acontecer um terramoto, role simplesmente para o espaço vazio no chão ao lado da sua cama. Os hotéis teriam muito mais sobreviventes se colocassem atrás das portas um cartaz a informar claramente que em caso de terramoto, as pessoas devem simplesmente deitar-se ao lado da cama.

11 Caso comece um terramoto quando você estiver a ver TV e não consiga sair facilmente por uma porta ou janela, coloque-se em posição fetal ao lado de um sofá grande ou poltrona, ou qualquer outro móvel grande (como uma cómoda).

12 Se você ficar no vão de uma porta quando um prédio cai, tem menos probabilidades de sobreviver. Porquê? Porque se a viga da porta cede e você se move para a frente ou para trás pode morrer esmagado pelo tecto; se você fica parado debaixo da viga da porta, esta corta-lo-á ao meio com o seu peso e você morrerá igualmente. Portanto, não fique sob a viga de uma porta!

13 Faça também o possível por não utilizar escadas. A explicação técnica é a seguinte: as escadas têm uma “frequência de ressonância” diferente e por isso movem-se de forma diferente do resto do edifício.

14 É muito melhor estar fora e longe de um edifício do que dentro dele. Se dentro, coloque-se perto das paredes externas do prédio tanto quanto possível. Quanto mais dentro do prédio, mais certo será que a sua saída esteja bloqueada e que a fuga seja mais difícil.

15 Se estiver dentro de um carro, saia e sente-se ou encoste-se ao lado dele. Seja o que for que venha a cair sobre o carro, deixará sempre um espaço vazio dos lados. Ao contrário do que estamos acostumados a acreditar, ficar debaixo é pior; ficar ao lado é melhor!

16 Podemos ser nós os próximos atingidos, sejam quais forem as nossas nacionalidades ou a nossa posição no globo. Façam circular estas instruções sobre o que devemos fazer no caso de um sismo como aqueles que já ocorreram.

17 DEVEMOS ESTAR SEMPRE ALERTA LEMBREMO-NOS DA ARQUITECTURA DO LOCAL ONDE NOS ENCONTRAMOS

18 Você abriu esta apresentação hoje, quarta feira às 08:59:35 horas. Mas estes conselhos podem salvá-lo daqui para o futuro num dia qualquer. POR FAVOR PARTILHE ESTA MENSAGEM POR FAVOR PARTILHE ESTA MENSAGEM


Carregar ppt "NÃO SABEMOS QUANDO VÃO OCORRER OS TERRAMOTOS Faça circular esta informação. Podemos salvar muitas vidas em caso de terramoto. Avance com “clicks” do rato."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google