A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A Relação Sujeito e Predicado Tradição Gramatical Tradição Gramatical Lógica Clássica Lógica Clássica Frege.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A Relação Sujeito e Predicado Tradição Gramatical Tradição Gramatical Lógica Clássica Lógica Clássica Frege."— Transcrição da apresentação:

1

2

3 A Relação Sujeito e Predicado

4 Tradição Gramatical Tradição Gramatical Lógica Clássica Lógica Clássica Frege

5 Tradição Gramatical União entre Sujeito e Predicado. Oposição entre Sujeito e Predicado, distinguindo-se um do outro através do verbo. Limitações para o sujeito: inexistência e critérios

6 Critérios Concordância Ordem Referencialidade Inexistência Volta à tela anterior Limitações para o sujeito

7 Inexistência do Sujeito Chove. Há muitos micros nesta sala. Verbos Impessoais Seqüência de palavras É o fim do livro. Assim estudamos melhor. Volta à tela anterior

8 A garantia de sucesso são as promessas do governo Fanático pelo Flamengo é o Pedro Martins Concordância Ordem Referencialidade Volta à tela anterior Critérios

9 O que significa ligar um Sujeito a um Predicado? SujeitoPredicado ?? S&PS&P

10 O S&P na Gramática e na Lógica Clássica A oração: análise fregeana Sujeito Superficial e Casos Profundos

11 Lógica Clássica A Gramática de Port-Royal –CompatibilidadeCompatibilidade –Inclusão de classesInclusão de classes Extensão (universais e particulares) Compreensão/Intensão –Relação sujeito-predicado e o raciocínioRelação sujeito-predicado e o raciocínio Silogismo aristotélico Glossário Volta à tela anterior

12 Operações lógicas do pensamento: - concepção de idéias - formulação de juízos - encadeamento de raciocínios Volta à tela anterior Três classes de palavras fundamentais: - nome - verbo - conjunção A Gramática de Port-Royal

13 Compatibilidade Estrutura de juízos: orações de predicação nominal. São idéias que estabelecem relação de coexistência. A biblioteca é cultura. Volta à tela anterior A terra é redonda.

14 pétala caule pequeno Intensão flor Inclusão de classes perfume Volta à tela anterior etc

15 flor rosa margarida intensão extensão flor Inclusão de classes cravo Volta à tela anterior A intensão remete a várias extensões

16 flor rosa margarida conjunto subconjunto flor Teoria dos conjuntos cravo Volta à tela anterior

17 Sócrates homem mortal Todos os homens são mortais Sócrates é homem _______________ Sócrates é mortal P -> Q P ___ Q Volta à tela anterior Relação sujeito-predicado e o raciocínio Silogismo aristotélico Extensão Intensão homem Legenda

18

19

20 Frege Enfoque na estrutura semântica Volta Predicados e Argumentos Sentido e Referência Enfoque na função dos termos

21 Predicados e Argumentos Predicados são expressões que geram lacunas nominais fica entre Nove sete e doze

22 Sentido e Referência referência Sentido é o caminho que leva à referência. Vênus A Estrela da Manhã é a Estrela da Tarde. Até a próxima aula. Vênus como objeto, independente do nome que tenha.

23 Glossário ExtensãoClasse de entidades a que uma palavra se aplica; O conjunto de objetos da realidade extralingüística a que uma expressão faz referência; a classe das coisas às quais ele é corretamente aplicado. (Lyons) IntensãoPropriedades definitórias dos termos; conjunto de propriedades essenciais que determinam a aplicabilidade de um termo. Volta à tela anterior


Carregar ppt "A Relação Sujeito e Predicado Tradição Gramatical Tradição Gramatical Lógica Clássica Lógica Clássica Frege."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google