A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Atualmente, temos diversos modelos de Ensino Religioso vigentes no país, cada um com uma proposta.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Atualmente, temos diversos modelos de Ensino Religioso vigentes no país, cada um com uma proposta."— Transcrição da apresentação:

1

2

3 Atualmente, temos diversos modelos de Ensino Religioso vigentes no país, cada um com uma proposta.

4 CONFESSIONAL Oferecido de acordo com a opção religiosa do aluno ou do responsável e ministrado por professores preparados e credenciados pelas entidades religiosas. Ex. Rio de Janeiro – Aprovou um ensino diferenciado para cada confissão religiosa, mantendo o respeito e a tolerância pelas demais culturas e tradições religiosas.

5 INTER – CONFESSIONAL Resultante de um acordo entre as diversas entidades religiosas, que se responsabilizarão pela elaboração dos respectivos programas. Desenvolvido, em geral, por grupos de confissões cristãs, considera o que é comum às diferentes Igrejas ou confissões e respeita a especificidade de cada uma das demais tradições religiosas.

6 SUPRA – CONFESSIONAL Ministrado nas escolas públicas, não admite qualquer tipo de proselitismo religioso, preconceito ou manifestação em desacordo com o direito individual dos alunos e de suas famílias de professar um credo religioso ou mesmo o de não professar nenhum, devendo assegurar o respeito a DEUS, à diversidade cultural e religiosa, e fundamenta-se essencialmente em princípios de cidadania, ética, tolerância e em valores humanos universais presentes em todas as culturas e tradições religiosas existentes

7 A disciplina curricular é um modelo de Ensino Religioso pensado como área de conhecimento, a partir da escola e não das crenças ou religiões e tem como objeto de estudo o fenômeno religioso. Independente do posicionamento ou opção religiosa, os educandos são convidados a cultivar as disposições necessárias para a vivência coerente de um projeto de vida profundamente humano e pautar-se pelos princípios do respeito às liberdades individuais; tolerância para com os que manifestam crenças diferentes e convivência pacífica entre as diversas manifestações religiosas que compõem a pluralidade étnica e cultural da nação brasileira.

8 educacao/v/como-lidar-com-a-religiosidade-dos- alunos-e-professores-nas-escolas-brasileiras- integra/ /

9 Objeto de estudo Com base na diversidade religiosa, a SEED delimitou um saber e definiu como objeto de estudo da disciplina de Ensino Religioso o Sagrado

10 O termo Sagrado refere-se ao atributo de algo venerável, sublime, inviolável e puro. No contexto de uma educação laica as interpretações e as experiências do Sagrado devem ser compreendidas racionalmente como resultado de representações construídas históricamente no âmbito das diversas culturas e das tradições religiosas e filosóficas.

11 Isso de acordo com as DCEs de Ensino Religioso que diz: A definição do Sagrado como objeto de estudo do Ensino Religioso tem como objetivo a compreensão, o conhecimento e o respeito das expressões religiosas advindas de culturas diferentes, inclusive das que não se organizam em instituições, e suas elaborações sobre o fenômeno religioso.

12 A disciplina de Ensino Religioso possui tres conteúdos estruturantes, são eles: Paisagem religiosa – É parte do espaço social e cultural construído históricamente pelos grupos humanos. Pode ser constituída por elementos naturais ( astros; montanhas; florestas…) ou por elementos arquitetônicos (templos; cidades sagradas; monumentos…) que sejam carregados de valores Sagrados.

13 EXEMPLOS: Todas as casas de reza dos indígenas; igrejas dos cristãos, mesquitas islâmicas, sinagogas dos judeus, terreiros de candomblé e umbanda, Ashrams e templos hinduístas.

14 Universo Simbólico Religioso – Conjunto de linguagem que expressa sentidos, comunica e exerce papel relevante para a vida imaginativa e para a constituição das diferentes religiões no mundo. Se sustentam em determinados símbolos religiosos, que são criações humanas que tem a função de comunicar ideias. Ao abranger a linguagem do Sagrado, os símbolos são elementos importantes pois estão presentes em quase todas as manifestações religiosas.

15 O símbolo religioso é algo finito que evidencia e remete àquilo que dele se distingue e é estritamente transcendente, mas ao mesmo tempo torna presente esse transcendente por sua participação nele. São divididos em duas categorias

16 SÍMBOLOS CONCRETOS Elementos tangíveis deste mundo: Coisas, eventos ou pessoas que tornam DEUS presente ao mundo e servem como meio para comunicá-lo à consciência humana.

17 SÍMBOLOS CONSCIENTES Compreendem a variedade de diferentes formas na qual DEUS é retratado na consciência humana: os mitos, as figuras de linguagem e outras concepções que são as imagens humanas de DEUS.

18 Texto Sagrado – O que caracteriza um texto como sagrado é o reconhecimento pelo grupo de que ele transmite uma mensagem originada do ente sagrado, ou que favoreça a aproximação entre os adeptos e o Sagrado; Os textos Sagrados registram fatos relevantes da tradição e manifestação religiosa, como: orações, doutrinas, histórias....

19 EXEMPLOS: BÍBLIA (Escrituras Sagradas e Palavra de Deus) É o texto religioso central do cristianismo e judaísmo. Foi SÃO JERONIMO, tradutor da Vulgata latina, que chamou pela primeira vez ao conjunto dos livros do Antigo Testamento e Novo Testamento de Biblioteca Divina. A Bíblia é uma coleção de livros catalogados, considerados como divinamente inspirado pelas três grandes religiões dos filhos de Abraão.

20 ALCORÃO É um registro das palavras exatas reveladas por Deus por intermédio do anjo Gabriel ao Profeta Mohammad. Foi memorizado por ele, e então ditado aos seus companheiros, e registrado pelo seus escribas, que o conferiram durante sua vida. Nenhuma palavra de suas 114 suratas foi mudada ao longo dos séculos.

21 SUNNAH ou HADITH É a segunda fonte da qual os ensinamentos do Islam são esboçados. Hadith significa literalmente um dito transmitido ao homem, mas em terminologia islâmica significa os ditos do Profeta (PAZ ESTEJA COM ELE). Este é tão importante que, sem ele, o Livro Sagrado e o Islam não podem ser completamente compreendidos ou aplicados na vida prática do fiel.

22 TORÁ É o nome dado aos cinco primeiros livros do TONAKH e que constituem o texto central do judaísmo. Contém relatos sobre a criação do mundo, a origem da humanidade, o pacto de Deus com Abraão e seus filhos, e a libertação dos filhos de Israel e sua peregrinação de quarenta anos até a terra prometida. Inclui também os mandamentos e leis que teriam sido dadas a Moisés para que entregasse e ensinasse ao povo de Israel.

23 TRI – PITAKAS Textos que começaram a ser escritos na Índia, dois séculos após a morte de Buda (486 a. C.), quando os discípulos resolveram transcrever os discursos do mestre. Porém, a sistematização dos ensinamentos se deu somente com a expansão da doutrina para o Sudeste Asiático, Extremo Oriente e Nepal. Cada corrente tem uma versão própria da Tri-Pitakas, mas em todas a obra divide-se em três partes:

24 SUTRA – PITAKA – Com discursos de Buda VINAYA – PITAKA – Com normas para os Monges ABIDHARMA – PITAKA – Com teses de estudiosos budistas.

25 Ninguém nasce odiando outra pessoa pela cor de sua pele, por sua origem ou ainda por sua religião. Para odiar, as pessoas precisam aprender; e, se podem aprender a odiar, podem ser ensinadas a amar. NELSON MANDELA

26 TÉCNICA PEDAGÓGICA DE ENSINO RELIGIOSO DEISE FERNANDA MÁXIMO DE LIMA 0xx44 – 3528 – 8326 Visite a página de Ensino Religioso onteudo/conteudo.php?conteudo=27

27 https://www.youtube.com/watch?v=C6d6H-llZZk


Carregar ppt "Atualmente, temos diversos modelos de Ensino Religioso vigentes no país, cada um com uma proposta."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google