A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Comparação entre sistemas automatizado e geladeira/vapor de nitrogênio líquido na criopreservação do sêmen equino fresco e resfriado por 24h no Brasil.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Comparação entre sistemas automatizado e geladeira/vapor de nitrogênio líquido na criopreservação do sêmen equino fresco e resfriado por 24h no Brasil."— Transcrição da apresentação:

1 Comparação entre sistemas automatizado e geladeira/vapor de nitrogênio líquido na criopreservação do sêmen equino fresco e resfriado por 24h no Brasil Central Oliveira, R.A 1.; Lima, S.F.L 1.; Salvagni, C.A. 2 ; Gambarini, M.L. 1 1 Laboratório de Reprodução/Universidade Federal de Goiás, Bolsista do CNPq. 2 M.V. autônomo INTRODUÇÃO Na eqüinocultura mundial é cada vez mais crescente a utilização do sêmen congelado nos criatórios, fato este que tem impulsionado pesquisas voltadas a solucionar os problemas relativos ao seu uso, pois a viabilidade e fertilidade dos espermatozóides são reduzidas em consequência de lesões durante o processo de congelamento. A maior parte do sêmen criopreservado fora de laboratórios de pesquisa e de centrais é processada em sistema geladeira/vapor de nitrogênio líquido (NL). Esta técnica é viável, porém, de difícil padronização das curvas de refrigeração e de congelamento, uma vez que diversos fatores contribuem para induzir a variações como: marca e modelo da geladeira, tipo de caixa de isotérmica, número de doses a serem congeladas e nível de NL. Objetivou-se com esse trabalho avaliar a qualidade do sêmen de diferentes garanhões congelados a fresco (FM) com a utilização da máquina TK3000 e após resfriamento a 16°C por 24h em caixa isotérmica específica para transporte de sêmen equino, comparando o método manual (RG) e automático (RM). RESULTADOS Os valores médios de motilidade total foram FM (54±2,3), RM (47±3,9) (p>0,05) e RG (16±4,2), (p 0,05). A coloração supravital (500 espermatozóides) mostrou 365±34 (FM), 318±55 (RM) e 189±38 (RG) de espermatozóides vivos, (p 0,05) e 4,8±1,8 (RG) (p 0,05), inclusive para vivos e mortos com acrossoma reagido e mortos com acrossoma íntegro. CONCLUSÃO O sistema automatizado de refrigeração e congelamento, de fabricação nacional TK 3000, fisicamente atendeu às condições inerentes à criopreservação do sêmen equino. O congelamento posterior a refrigeração por 24h a 16ºC com controle automatizado mostrou resultados semelhantes à refrigeração em geladeira e congelação em vapor de nitrogênio líqüido. Tabela 1 – Avaliações in vitro do sêmen criopreservado em diferentes protocolos, com e sem resfriamento TTM = Tratamento; Letras diferentes na mesma coluna indicam diferença estatística MATERIAL E MÉTODOS 5 garanhões (Quarto de milha, Árabe e Cruza Árabe) (4-15 anos de idade; Goiânia/GO) Resfriamento (RG e RM) 600g/10min Botucrio/0,5mL TK colheitas em dias alternados após esgotamento das reservas extragonadais RM – TK 3000 RG – 5ºC/1h geladeira 6cm vapor NL/20min 2:1 Botu-sêmen AGRADECIMENTOS TK congelação; Biotech Botucatu; Haras TGS, Haras Luar e Tree Ranch Congelamento (FM) 1:1 Botu-sêmen Descongelamento 37ºC/30s  Motilidade total  Vigor  Supravital  Integridade de Membrana plasmática (Hiposmótico)  Integridade de membrana acrossomal (Trypan blue/giemsa) Os dados são apresentados como M±EPM, analisados com o programa Biostat 2009, kruskall Wallis TTMMot totalVigorSupravitalHiposmóticoInt acrossomal FM54 a 4a4a 365 a 31 a 66 a RM47 a 3a3a 318 b 25 a 71 a RG16 b 3ª189 c 4b4b 68 a


Carregar ppt "Comparação entre sistemas automatizado e geladeira/vapor de nitrogênio líquido na criopreservação do sêmen equino fresco e resfriado por 24h no Brasil."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google