A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Prevenindo a Perda Pós-Colheita: uma Iniciativa da University of Illinois R.S. Gates, Ph.D., P.E. 16 de Julho de 2012.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Prevenindo a Perda Pós-Colheita: uma Iniciativa da University of Illinois R.S. Gates, Ph.D., P.E. 16 de Julho de 2012."— Transcrição da apresentação:

1 Prevenindo a Perda Pós-Colheita: uma Iniciativa da University of Illinois R.S. Gates, Ph.D., P.E. 16 de Julho de 2012

2 AGENDA Desafios futuros da segurança alimentar Vários aspectos da perda pós-colheita O Instituto ADM e suas contribuições

3 Aumento da Demanda Mundial de Alimentos Estimado em 70% até 2050 Aumento da Demanda Mundial de Alimentos Estimado em 70% até 2050 (FAO; 2009) Mudanças na Dieta em Países em Desenvolvimento Consumo Per Capita de Alimentos

4 Demanda Mundial da Produção Estimada a Duplicar de 2005 a 2050 Demanda Mundial da Produção Estimada a Duplicar de 2005 a 2050 (NAS, 2011)

5 Demanda de Alimento em 2030 Exigirá Cerca de 200 Milhões de Hectares a Mais Demanda de Alimento em 2030 Exigirá Cerca de 200 Milhões de Hectares a Mais (McKinsey; 2011)

6 McKinsey Global Institutes Resource Revolution Mudanças no Valor do Produto Contam uma História Interessante Mudanças no Valor do Produto Contam uma História Interessante (McKinsey; 2011)

7 AGENDA Desafios futuros da segurança alimentar Vários aspectos da perda pós-colheita O Instituto ADM e suas contribuições X

8 PPC Varia por Região PPC Varia por Região (FAO; 2011) kg per year Perda e desperdício de alimentos per capita (kg/ano) DADOS!

9 PPC Varia por Produto PPC Varia por Produto (FAO; 2011)

10 Perdas de Grãos no Mundo Perdas de Grãos no Mundo (FAO, 2011)

11 PPC Varia com Condições de Plantio PPC Varia com Condições de Plantio (IBRD/WB; 2011)

12 PPC Varia entre Países para a Mesma Cultura Agrícola PPC Varia entre Países para a Mesma Cultura Agrícola (FAO; 2002)

13 PPC Varia Entre Estados em um Mesmo País PPC Varia Entre Estados em um Mesmo País (ADM Institute; 2012)

14 Uma Perspectiva Mais Específica: Arroz no Sudeste da Ásia Uma Perspectiva Mais Específica: Arroz no Sudeste da Ásia (IRRI; 2011) Consumption Crop No SE da Ásia, perdas físicas variam de 15 a 25%. Perdas de qualidade variam de 10 a 30% (perda de valor)

15 Redução de PPC e Aumento de Produção Têm Grande Potencial Redução de PPC e Aumento de Produção Têm Grande Potencial (McKinsey; 2011)

16 Pouca Atenção é Dedicada à PPC e à Produção Pouca Atenção é Dedicada à PPC e à Produção (McKinsey; 2011)

17 Por Que Reduzir a Perda Pós-Colheita? Algumas Hipóteses Estimativas sugerem que 1/3 da produção agrícola é "desperdiçado" e não chega ao consumidor Investimento necessário para reduzir PPC pode ser modesto Avanços tecnológicos podem tornar a redução mais viável e menos dispendiosa O fornecimento de água, energia, e solo arável é limitado – Redução da PPC pode atenuar a pressão em recursos escassos

18 AGENDA Desafios futuros da segurança alimentar Vários aspectos da perda pós-colheita O Instituto ADM e suas contribuições X X

19 2º semestre, 2010 Discussões iniciais 19 Jan, 2011Anúncio oficial & celebração Donativo de $10 milhões Ênfase Índia/Brasil Culturas agrícolas básicas Fev, 2011 Esforços da pesquisa em semente iniciados $0,4 milhões em fundos alocados Mar /Jul, 2011Processos de visão 2º semestre, 2011Solicitação de proposta emitida $2,1 milhões em fundos alocados Ao longo de 2011 – Buscando entidades colaboradoras Cronograma do Instituto ADM

20 Declaração da Visão Elementos-chave incluem: Ser um centro internacional de informação e tecnologia Englobar tecnologias, práticas e sistemas Focar nas culturas agrícolas básicas em principais domínios agrícolas O Instituto ADM para a Prevenção da Perda Pós- Colheita

21 Temas de Pesquisa Desenvolvimento de tecnologia & mensuração Sistemas, informática & análises Análise política Educação, treinamento & transferência de informação

22 Mary-Grace Danao Measurement, Documentation and Postharvest Processing for the Prevention of Postharvest Losses of Soybeans and Corn Peter Goldsmith Managing Grain Losses in Continuous Cropping Systems of the Tropics through On- Farm or Cooperative Storage Desenvolvimento de tecnologia & mensuração Luis F. Rodríguez Concurrent Science, Engineering, and Technology for the Prevention of Postharvest Loss Sistemas, informática & análises Kathy Baylis Supply Chain Policy and Strategy Analysis for Prevention of Postharvest Loss Mary Arends-Kuenning The Nature of Small Landholder Agriculture in the Brazilian States of Sao Paulo and Parana and Implication for Understanding Postharvest Loss Análise política Barry Pittendrigh Education, Training and Information Transfer to Minimize Postharvest Losses – Scientific Animations Without Borders Educação, treinamento & transferência de informação Ximing Cai Appropriate Technology Development and System Integration for Post-Harvest Loss Prevention Projetos Financiados em 2011

23 Atividades (Janeiro-Junho 2012) UFV Parcerias desenvolvidas Perdas na colheita quantificadas (3 estados brasileiros) Coletando informação sobre condições de armazenamento Coletando informação no rastreamento de caminhões Identificada a fazenda para nosso estudo da viabilidade do silo bag (silo bolsa) em junho Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais Coletando dados climáticos para o cálculo do risco de armazenagem Measurement, Documentation and Postharvest Processing for the Prevention of Postharvest Losses of Soybeans and Corn (Danao, Gates, Eckhoff, Paulsen, Rausch)

24 Medindo perdas na pré-colheita, na plataforma da colhedora, e na debulha/limpeza UFVUIUCUFGUFMT Measurements from soybean harvest (February 2012) and corn harvest (July 2012) completed. Usando um método padrão desenvolvido pela EMBRAPA para a medição de perdas na colheita, professores e estudantes viajaram de Jataí, Goiás a Sinop, Mato Grosso (1,034 km) para conduzir medições de campo ColhedoraMédia CM [%] Produção estimada a 13% CM [kg/ha] Perda total [sacas/ha] Perda em % da produção a 13% CM Velocidade da colhedora [km/h] S S S

25 Avaliação das perdas qualitativas e quantitativas em graneleiros e caminhões ; explorando o uso de silo bags (silo tubular horizontal). Como podemos aumentar a eficiência em graneleiros? Silo bags podem servir como armazenagem temporária? Como podemos minimizar as perdas durante o transporte?

26 Nossas Contribuições e Aspirações Enquadramento da implementação que pode ser investida Medição da Perda Avanço tecnológico Desafio

27 ResourcesReferências ADM Institute for the Prevention of Postharvest Loss. (2012). Mapping the production system and the supply chain and study the crop losses of black gram. FAOSTAT. (2012). Crops production. Retrieved from Grolleaud, M. (2002). Post-harvest losses: Discovering the full story. Rome: FAO. Gustavsson, J., Cederberg, C., Sonesson, U., van Otterdijk, R., & Meybeck, A. (2011). Global food losses and food waste. Rome: FAO. Hodges, R. J., Buzby, J. C., & Bennett, B. (2010). Postharvest losses and waste in developed and less developed countries: opportunities to improve resource use. Journal of Agricultural Science, 149 (51), International Rice Research Institute. (2011). Postharvest technologies, learning alliances, and the private sector [powerpoint slides]. Retrieved from: postharvesr-technologies-learning-alliances-and-the-private-sector.pdf McKinsey Global Institute. (2011). Resource revolution: Meeting the worlds energy, materials, food, and water needs. Tilman, D., Balzer, C., Hill, J., & Befort, B.L. (2011). Global food demand and the sustainable intensification of agriculture. Proceedings of the National Academy of Sciences of the United States of America, 108(50), World Bank. (2011). Missing food: The case of postharvest grain losses in sub-Saharan Africa. Washington, DC: The International Bank for Reconstruction and Development / The World Bank.

28 Diretor: Steve Sonka --


Carregar ppt "Prevenindo a Perda Pós-Colheita: uma Iniciativa da University of Illinois R.S. Gates, Ph.D., P.E. 16 de Julho de 2012."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google