A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Falar da percepção humana sobre cores, não é um assunto dos mais fáceis. A cor é uma informação visual, gerada por um estímulo, que é percebida pelos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Falar da percepção humana sobre cores, não é um assunto dos mais fáceis. A cor é uma informação visual, gerada por um estímulo, que é percebida pelos."— Transcrição da apresentação:

1

2 Falar da percepção humana sobre cores, não é um assunto dos mais fáceis. A cor é uma informação visual, gerada por um estímulo, que é percebida pelos nossos olhos e interpretada pelo nosso cérebro. De qualquer forma é interessante notar que a maneira como nosso cérebro interpreta a cor é muito importante. Uma cor pode ser relacionada a um sentimento, a um acontecimento, pode despertar emoções e podem influenciar em como percebemos o mundo. Teoria das Cores

3 Qual a cor do 11 de setembro? Qual a cor do Rock and Roll? Qual a cor da Raiva?

4 Escolher cores não é uma tarefa simples. É necessário observar aspectos estéticos, pensar na identidade que estamos representando e levar em conta conceitos de usabilidade. Ainda é necessário considerar que os displays podem apresentar até 16 milhões de cores, logo, um número infinito de combinações estranhas pode ocorrer! Teoria das Cores

5 Vermelho e Preto O vermelho e o preto são cores que transmitem muito peso e sensualidade e podem intimidar os usuários. Evite utilizar essa cores muito fortes combinadas sozinhas, como cores únicas de uma página. Além de promover a não legibilidade do website, pode incomodar algumas pessoas por cansar rapidamente os olhos. Preto e Roxo O roxo é uma bela cor, mas ao mesmo tempo muito estranha. Ele pode fazer parte com sucesso de layouts mais divertidos e jovens, quando levemente claro e combinados com cores alegres, como o amarelo ou o laranja. Entretanto o roxo traz em si a sensação de mistério e medo, e unido ao preto sugere morbidez. Amarelo e Branco Assim com as cores muito escuras tendem a pesar um website, cores muito claras desagradam os olhos com a mesma intensidade. Apesar de ser uma cor muito alegre, amarelo puro, quando combinado com o branco, tende a ficar muito apagado. Vermelho Preto Roxo Amarelo Branco

6 Verde Amarelo Vermelho Laranja Vermelho Amarelo e Verde Não se recomenda essa duas cores juntas em um layout de websites. O verde por si só é uma cor difícil de combinar, ficando melhor quando utilizadas com cores neutras. Além disso, diversos tons de verde são desagradável aos olhos numa tela de monitor. O amarelo muito vivo tende a “brigar” com o verde, esteja ele em qualquer tom. Vermelho e Laranja Duas cores muito quentes devem ser utilizadas com muita discrição. Esta combinação, por si só, não deve ser adotada como os únicos tons em um layout. Utilize em companhia de tons mais frios, cinza ou azul, preferindo o tom de vermelho mais escuro que confere maior suavidade. Já o laranja e o amarelo puro podem se utilizados, desde que com cautela. Verde e Vermelho O verde e o vermelho, assim como, o verde e o amarelo, são duas cores que “brigam” entre si, já que o verde não é neutro e o vermelho se impõe sem cerimônias.

7 Durante muitos anos, desde a Grécia Antiga, filósofos tentaram explicar a natureza da luz. Aristóteles e Platão, por exemplo, estudavam as imagens de objetos no séc. IV a.C. Segundo Platão nós enxergaríamos os objetos devido a uma propriedade de nossos olhos, que emitem pequeninas partículas que ao atingirem os objetos tornavam estes visíveis. Hoje sabemos que essa idéia de Platão não é correta, pois se fosse de fato verdadeira poderíamos enxergar no escuro. Então, qual é a razão de não enxergarmos no escuro? A Cor dos Objetos

8 Podemos enxergar os objetos devido ao fato do olho humano possuir células sensíveis à luz e o cérebro decodificar as informações recebidas por estas células. Por essa razão uma pessoa mesmo dormindo é capaz de sentir a luz quando alguém abre a janela pela manhã. Pelo estudo da óptica, os físicos definem a luz como uma faixa do espectro de radiação eletromagnética que se estende desde os raios X até as microondas, e inclusive a energia radiante que produz a sensação de visão. Portanto a Luz é um tipo de onda: onda eletromagnética. Assim, as cores vermelho, azul e verde são as 3 cores que nossos olhos captam. Todas as outras cores que vemos são formadas a partir dessas 3 cores. Por isso são consideradas as cores primárias da visão.

9 Assim, podemos, dizer que um objeto é verde quando este reflete apenas a cor verde e absorve as demais cores. Um objeto branco reflete todas as cores e um objeto preto absorve todas as cores. A cor de um objeto é a cor refletida por este objeto.

10 Os estímulos que causam as sensações cromáticas provocadas pela ação da luz sobre o órgão da visão estão divididos em três grupos: o das cores luz, os das cores para impressão e os das cores pigmentos. Teoria das Cores Capa do disco The Dark Side of the Moon, Pink Floyd, 1973

11 COR LUZ OU RGB – Cor-luz é a estreita faixa de frequência do espectro luminoso visível dentro da qual o olho humano identifica determinada tonalidade de cor. Baseia-se na luz solar ou em fontes luminosas artificiais. E é observada essencialmente nos raios luminosos, como por exemplo, quando você vê uma lâmpada emitindo uma luz vermelha. A cor- luz branca solar representa a própria luz capaz de se decompor em todas as cores. COR DE IMPRESSÃO – No anos 50, a Deutsches Institut für Normung (DIN) definiu as cores magenta, amarelo e ciano como as cores básicas de impressão, que seguem a estrutura subtrativa das cores- pigmento. Considerando o grau de impureza dos pigmentos, que impossibilita uma combinação perfeita de cores, acrescentou-se o preto como quarta cor de impressão. Tornando-se o sistema CYMK que conhecemos.

12 COR PIGMENTO – Cada pigmento absorve, reflete ou refrata a luz incidente. Assim, por exemplo, uma superfície que vemos como vermelha é o resultado da absorção de todos os comprimentos de onda, exceto o vermelho. Esse fenômeno físico da absorção parcial ou total das radiações luminosas é denominado síntese subtrativa, e suas cores básicas, que, misturadas, proporcionam uma vastíssima gama de tonalidades, são o amarelo, o azul e o vermelho, escolhidas porque o pigmento de cada uma delas não é o resultado da combinação dos outros. Cor Primária - cada uma delas não é o resultado da combinação dos outros. Cor Secundária - é a cor formada a partir de duas cores primárias que lhe dão origem. Cor Terciária - é a intermediária entre uma cor secundária e qualquer uma das cores primárias que lhe deu origem.

13 As cores harmoniosas são aquelas que funcionam bem em conjunto ou justapostas, e que produzem um esquema de atrativo cores. O círculo cromático pode ser utilizado de forma a ajudar na escolha das cores e combinações harmônicas. Para trabalhar bem as harmonias, é sempre aconselhável conhecer alguns termos relacionados com a teoria das cores. Combinação Harmônica

14 É a harmonia resultante de uma mesma cor do círculo cromático. As tonalidades podem mudar, mas todas ficam no mesmo matiz da roda das cores. O esquema ou harmonia monocromática utiliza variações de luminosidade e saturação de uma mesma cor. Estas harmonias luzem simples e elegantes, de fácil percepção ao observador especialmente quando se trata de tons azuis e verdes. A cor principal pode ser combinada com cores neutras, preto e branco, no entanto pode ser difícil quando se utiliza esta harmonia, ressaltar os elementos mais importantes. Dicas: Quando realizar um trabalho com harmonia monocromática, utilize as luzes, sombras e tonalidades da cor principal para tornar mais interessante o trabalho. Experimente o esquema análogo; ele oferece certas nuances ainda mantendo a simplicidade e elegância da harmonia monocromática. Harmonia Monocromática

15 É a harmonia formada por cores vizinhas no círculo cromático. Uma das cores é utilizada como a dominante enquanto que as adjacentes são utilizadas para enriquecer a harmonia Harmonia de Cores Análogas Dicas: Evitar a utilização de muitos tons numa harmonia análoga, porque poderia destruir a harmonia. Evitar a combinação de cores frias e quentes na mesma harmonia.

16

17

18 É a harmonia onde usamos três cores equidistantes no círculo cromático. Por exemplo, azul, amarelo e vermelho. Esse tipo de combinação consegue dar um efeito visual muito atraente. Esta harmonia é muito popular entre os artistas porque oferece um alto contraste visual, ao mesmo tempo que conserva o balanço e a riqueza das cores. Esta harmonia não é tão contrastante como o esquema de complementares, porém é mais harmonioso. Harmonia Triádica Dicas: Escolher uma cor para ser utilizada em maiores áreas que as restantes. Se a combinação tem aspecto de mau gosto, tente dominá-las.

19

20

21 Resulta da justaposição de cores opostas no círculo cromático. A mais característica das harmonias de contraste é obtida pela combinação das cores complementares. Harmonia de contraste

22 É a harmonia que ocorre quando combinamos cores opostas no círculo cromático. Em outras palavras, são cores que se encontram simétricas com respeito ao centro da roda. O Matiz varia em 180º entre um e outro. Esta harmonia funciona ainda melhor se são combinadas cores frias e cores quentes, como por exemplo vermelho com verde-azul ou azul com amarelo.Uma harmonia complementar é intrinsecamente uma harmonia de contraste. Quando utilizar esta harmonia, escolha uma cor dominante, e utilize a complementar para acentos e toques de destaque. Como por exemplo, utilizar uma cor para fundo e a outra para destacar os elementos de importância. Complementaridade Simples Dicas: Se estiver utilizando uma cor quente (vermelho ou amarelo) para ressaltar, é aconselhável utilizar uma cor fria não saturada para dar mais ênfase á cor quentes. Evitar para esta harmonia a utilização de cores não saturadas quentes, como castanhos e ocres.

23

24 Formada por duas cores análogas e uma terceira oposta a elas no círculo cromático. Complementaridade Contígua Dicas: Utilizar uma cor quente como dominante e uma gama de cores frias para ajudar a dar mais ênfases á cor quente como, por exemplo, vermelhos contra azuis ou laranjas contra azuis.

25

26

27 Como o nome indica, refere-se à harmonia conseguida por dois pares de cores complementares entre si. Denominado por alguns como tetrádica, estas combinações são as mais ricas de todas as harmonias, porque utiliza quatro cores sendo elas complementares em pares. É no entanto uma harmonia muito difícil de trabalhar. Se as quatro cores são utilizadas em iguais proporções, a harmonia parecerá desequilibrada, pelo qual deverá sempre ser escolhida uma cor como a dominante e com esta dominar as restantes. Dupla Complementaridade Dicas: Se o esquema parece desequilibrado, deverão ser dominadas ou subjugadas uma ou mais cores.

28

29 Psicologia das Cores

30 Medo, morte, maldição, pessimismo, negação, tristeza, opressão, dor etc. Na publicidade, o preto esta associado à nobreza e seriedade. Na moda o preto é associado à elegância. Preto

31 Luar, alquimia, poderes espirituais, qualquer coisa fluida (mercúrio) e misteriosa. Intelecto, harmonia e autoconhecimento (espelhos). Como o dourado, esta “cor” depende da textura para diferenciar-se, digamos, do cinza. Prata

32 Uma das cores percebidas do Sol e a cor tradicional do dinheiro. Uma cor preciosa, magnificente, que evoca sentimentos de segurança e abundância. Uma cor quente, viscosa, que faz as pessoas se sentirem alegres. Dourado / Amarelo

33 Chocolate, café, terra, madeira, solidez, estabilidade, calor. É dominado pelo vermelho (fogo), mas complementa o verde e o azul. Marrom

34 Paixão, perigo, raiva, amor, sexo, poder – o vermelho evoca qualquer tipo de sentimento forte. Segundo o misticismo indiano e os terapeutas holísticos, o vermelho é a cor do mais baixo dos sete chacras: o que fica na base da espinha dorsal. Vermelho SimplesContíguaTetrádicaAnálogaMonocromática

35 Feminilidade, criança, calma, afeto, delicadeza, inocência. Rosa SimplesContíguaTetrádicaAnálogaMonocromática

36 Fé, penitência, sonho, mistério, dignidade, egoísmo, grandeza, espiritualismo, sexualidade etc. Roxo SimplesContíguaTetrádicaAnálogaMonocromática

37 Calma, serenidade, instrospecção, sabedoria, solidão, espaço, verdade, beleza, cáuculo, frigidez. Azul SimplesContíguaTetrádicaAnálogaMonocromática

38 Natureza, sorte, renovação, novos começos (mudas, plantas), esperança, dinheiro, prosperidade, cura, emprego, fertilidade, sucesso, saúde, harmonia. Verde SimplesContíguaTetrádicaAnálogaMonocromática

39 Paz, pureza, batismo, casamento, hospital, neve, frio, palidez, vulnerabilidade, dignidade, divindade, harmonia, inocência etc. Branco

40 Flicts Era uma vez uma cor muito rara e muito triste que se chamava FLICTS. Não tinha a força do vermelho. Não tinha a imensa luz do amarelo. Nem a paz que tem o azul. Era apenas o frágil, feio e aflito FLICTS. Mas FLICTS não se emendava (e por que se emendar?) Nada no mundo é "FLICTS" ou pelo menos quer ser. UM DIA FLICTS PAROU e parou de procurar. Olhou para longe bem longe e foi subindo, subindo e foi ficando tão longe e foi subindo e sumindo e foi sumindo, sumindo, sumiu. Sumiu que o olhar mais agudo não podia adivinhar para onde tinha ido, para onde tinha fugido. Em que lugar se escondia o frágil e feio e aflito FLICTS. E hoje com o dia claro mesmo com o sol muito alto, quando a lua vem de dia brigar com o brilho do sol a lua é azul. E nas noites muito claras quando a noite é toda dela, a lua é de prata e ouro enorme bola amarela MAS NINGUEM SABE A VERDADE (a não ser os astronautas) que bem de perto de pertinho a lua é FLICTS.


Carregar ppt "Falar da percepção humana sobre cores, não é um assunto dos mais fáceis. A cor é uma informação visual, gerada por um estímulo, que é percebida pelos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google