A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Paulo Coscarelli Diretor Substituto da Qualidade Reunião Plenária RBMLQ-I 1º Ciclo 2011 Participação da RBMLQ-I na Captação de Registros de Acidentes de.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Paulo Coscarelli Diretor Substituto da Qualidade Reunião Plenária RBMLQ-I 1º Ciclo 2011 Participação da RBMLQ-I na Captação de Registros de Acidentes de."— Transcrição da apresentação:

1 Paulo Coscarelli Diretor Substituto da Qualidade Reunião Plenária RBMLQ-I 1º Ciclo 2011 Participação da RBMLQ-I na Captação de Registros de Acidentes de Consumo Natal, 24 a 26 de maio de 2011

2 Ações Pré e Pós Mercado O Inmetro, no seu papel de regulamentador nas áreas de metrologia e avaliação da conformidade, desenvolve ações ex-ante e ex post, ou seja, antes e depois que o produto é disponibilizado no mercado interno. Ações Ex-Ante: Regulamentação; Programas de Avaliação da Conformidade; Registro; Anuência. Ações Ex Post: Fiscalização; Verificação da Conformidade; Verificação da Conformidade por Agente Externo; Monitoramento de sites na Internet.

3 Acidente de Consumo – Conceito Os acidentes de consumo acontecem quando um produto ou serviço prestado provoca dano à saúde ou à segurança do consumidor, mesmo quando utilizado corretamente ou conforme instruções de uso. (CDC) Pela legislação brasileira, somente é considerado acidente de consumo quando existe defeito, ou seja, quando o consumidor usou o produto ou o serviço, de acordo com o fim ao qual ele se destina e sofreu um dano. O Inmetro trabalha com um conceito ampliado. Por quê?

4 Por que ampliar o conceito? O CDC tem foco na penalização Além da penalização, pretende-se: identificar os produtos e serviços que colocam em risco a segurança e a saúde do consumidor – foco na regulamentação (ex-ante) e no acompanhamento no mercado (ex post) do que é prioritário; subsidiar o setor produtivo para melhorar a qualidade do produto nacional e aumentando a competitividade da empresa brasileira; priorizar os Programas de Avaliação da Conformidade implantados pelo Inmetro; promover campanhas de orientação e educação do consumidor.

5 O consumidor brasileiro não sabe o que é um acidente de consumo!

6 A SEGURANÇA DE PRODUTOS...

7 Nos EUA anualmente, 10 milhões de atendimentos médicos associados a vítimas de acidentes de consumo gastos da ordem de 700 bilhões de dólares com danos à propriedades, óbitos e tratamento de vítimas Consumer Product Safety Commission criada em 1973 com o trabalho, conseguiu reduzir em 30% a taxa de fatalidades e ferimentos associados a produtos de consumo nos últimos 30 anos em média, 35 anúncios de recalls por mês mantém um sistema de coleta de dados sobre acidentes de consumo: National Electronic Injury Surveillance System (NEISS)

8

9 Na União Européia 27 países membros, mais 4 candidatos, mais 5 candidatos potenciais realidades difusas (da Alemanha ao Chipre) a Directorate-General for Health and Consumers criou em 2005 e mantém o Rapid Alert System for non-food consumer products (Rapex)

10

11 No Brasil Ainda não é possível quantificar os impactos sociais e econômicos dos acidentes de consumo Não existe um cadastro nacional de acidentes de consumo; Não é possível avaliar quanto o poder público deixa de investir em, por exemplo, saúde e educação em função dos custos associados aos acidentes de consumo; Os regulamentadores brasileiros e a ABNT não têm informações suficientes e estatisticamente confiáveis que lhes permitam definir prioridades - a atuação pode estar desfocada; Existem bancos de dados isolados que deveriam ser consolidados e segmentados por categoria de produtos.

12 No Brasil A Anvisa mantém um sistema de informação e documentação em Toxicologia e Farmacologia (SINITOX) de alcance nacional, capaz de fornecer informações sobre medicamentos e demais agentes tóxicos às autoridades de saúde pública, aos profissionais de saúde e áreas afins e à população em geral; Em 2006: casos de intoxicação humana e 511 óbitos registrados; De 1985 a 2006: casos e óbitos Inmetro: criação do Sistema de Monitoramento de Acidentes de Consumo, em 2006; Uma das fontes de alimentação desse Sistema é a base de dados mantida pelo Inmetro.

13 SIMAC - Fonte

14

15

16 A cooperação é fundamental!!!

17

18

19 Rebatimento nos Estados, via RBMLQ-I. Foco na atividade; Base estatisticamente confiável; Atuar localmente no estímulo à sociedade para contribuir fazendo seus relatos; Dá visibildade política; Interesse da mídia.

20 OBRIGADO!!!


Carregar ppt "Paulo Coscarelli Diretor Substituto da Qualidade Reunião Plenária RBMLQ-I 1º Ciclo 2011 Participação da RBMLQ-I na Captação de Registros de Acidentes de."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google