A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Eu também Creio no Batismo de Juvenis O Batismo de juvenis entre oito e dez anos de idade, sempre foi olhado por alguns na igreja com um repentino ar de.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Eu também Creio no Batismo de Juvenis O Batismo de juvenis entre oito e dez anos de idade, sempre foi olhado por alguns na igreja com um repentino ar de."— Transcrição da apresentação:

1 Eu também Creio no Batismo de Juvenis O Batismo de juvenis entre oito e dez anos de idade, sempre foi olhado por alguns na igreja com um repentino ar de preocupação e inquietude. Tenho certeza plena que o essencial nesta tomada de decisão é a busca pelo bom senso e equilíbrio; sem olvidar a salvação dos nossos juvenis.

2 Eu também Creio no Batismo de Juvenis O que a Bíblia fala sobre este tema? Faremos este estudo de forma inquiridora. Neste estudo utilizaremos o método de perguntas e respostas:

3 Qual foi o padrão, o paradigma de conversão espiritual, usado por Cristo? Mat. 18:1-3 “... em verdade vos digo que se não vos converterdes e não vos tornardes como crianças, de modo algum entrareis no reino dos céus.” “converterdes” – Grego: strefō = voltar, volver- se, e em relação à conduta, mudar ou trocar de opinião, mudar de posição. No uso bíblico, o grego strefō, é equivalente no Antigo Testamento ao Hebraico: shub = comumente usado para voltar-se ao Senhor. Eu também Creio no Batismo de Juvenis

4 O Evangelho chegou em Filipos, uma colônia romana e alcançou dois líderes de famílias; quem eram eles e que decisão tomaram juntamente com a família? Atos 16:12-15 e v 14 e 15 - “Certa mulher chamada Lídia da cidade de Tiatira, vendedora de púrpura, temente a Deus, nos escutava; o Senhor lhe abriu o coração para atender as cousas que Paulo dizia. Depois de ser batizada, ela e toda a sua casa...” Eu também Creio no Batismo de Juvenis

5 “Lídia recebeu a verdade alegremente. Ela e os de sua casa foram convertidos e batizados, e ela insistiu com os apóstolos para que fizessem de sua casa o seu lar.” (Atos do Apóstolos, p. 212) v 29 a 33 – “ Então o carcereiro... disse: senhores, que devo fazer para que seja salvo?... a seguir foi ele batizado, e todos os seus.” “O carcereiro então lavou as feridas dos apóstolos e serviu-os, sendo a seguir batizado por eles, juntamente com todos os que estavam em sua casa.” (Atos dos Apóstolos, p.217) “O carcereiro então lavou as feridas dos apóstolos e serviu-os, sendo a seguir batizado por eles, juntamente com todos os que estavam em sua casa.” (Atos dos Apóstolos, p.217) Eu também Creio no Batismo de Juvenis

6 O evangelho chegou a Corinto, bem como a Crispo, o que ele fez pela sua família e com a sua família? Atos 18:8 “Mas Crispo, o principal da sinagoga, creu no Senhor, com toda a sua casa; também muitos dos corintios, ouvindo, criam e eram batizados.” “A conversão e o batismo de Crispo tiveram o efeito de exasperar em vez de convencer esses obstinados oponentes.” (Atos dos Apóstolos, p. 249) Eu também Creio no Batismo de Juvenis

7 Dentre os vários batizados em Corinto, além de Crispo e Gaio, quem mais se batizou? I Cor. 1: “Batizei também a casa de Estéfanas; além destes não me lembro se batizei algum outro.” A mim, me parece lógico e irrefutável, que os progenitores podem ou não, assegurar a decisão da salvação para os seus filhos;(Famílias diluvianas, Gen. 6:12 e 7:21; Famílias de Sodoma e Gomorra, Gen. 19:24, 25; as Famílias de Jericó, Jos. 6:17) bem como, não apenas permitir o seu batismo, mas a serem fiéis escudeiros da fé juvenil. Eu também Creio no Batismo de Juvenis

8 Qual é a idade para moldar os filhos? “Os três primeiros anos, são o tempo para vergar o pequenino rebento... É aí que é posto o fundamento.” O.C., p. 194

9 Qual foi a idade que Ana ensinou o pequeno Samuel a distinguir entre o bem e o mal? I Sam. 1:24 = “Havendo-o desmamado, levou- o consigo, com um novilho de três anos, um efa de farinha e um odre de vinho, e o apresentou à casa do Senhor, a Siló. Era o menino ainda muito criança.” “Durante os primeiros três anos de vida do profeta Samuel, sua mãe lhe ensinou cuidadosamente a distinguir entre o bem e o mal.” (Orientação da Criança, p. 197) Eu também Creio no Batismo de Juvenis

10 A partir de que idade em diante, uma criança deve compreender as responsabilidades da vida? “Todos, desde a criança de seis anos para cima, devem compreender que deles se espera que assumam a sua parte nos encargos da vida.” (Orientação da Criança, p.120) Eu também Creio no Batismo de Juvenis

11 É verdade que os fundamentos do caráter da criança são formados até sete anos? “As lições que a criança aprende durante os primeiros sete anos de vida têm mais que ver com a formação do seu caráter que tudo que ela aprenda em anos posteriores.” (Orientação da Criança, p. 193) Eu também Creio no Batismo de Juvenis

12 Existe uma idade biológica, determinada para o juvenil tomar a sublime decisão do batismo? “As crianças de oito, dez, ou doze anos, já têm idade suficiente para serem dirigidas ao tema da religião individual. Não ensineis vossos filhos com referência a um tempo futuro em que eles terão idade bastante para se arrependerem e crerem na verdade. Caso sejam devidamente instruídas, crianças bem tenras podem ter idéias corretas quanto ao seu estado de pecadores, e ao caminho da salvação por meio de Cristo.” (Orientação da Criança, pp. 490 e 491) “As crianças de oito, dez, ou doze anos, já têm idade suficiente para serem dirigidas ao tema da religião individual. Não ensineis vossos filhos com referência a um tempo futuro em que eles terão idade bastante para se arrependerem e crerem na verdade. Caso sejam devidamente instruídas, crianças bem tenras podem ter idéias corretas quanto ao seu estado de pecadores, e ao caminho da salvação por meio de Cristo.” (Orientação da Criança, pp. 490 e 491) Eu também Creio no Batismo de Juvenis

13 Qual é portanto, o verdadeiro significado do Batismo Bíblico? “...o batismo não torna cristãs as crianças, tampouco as converte; é apenas um sinal exterior que demonstra sentirem que devem ser filhos de Deus, reconhecendo que crêem em Jesus Cristo como seu Salvador e que daí por diante viverão para ele... Eu também Creio no Batismo de Juvenis

14 O batismo é um rito muito importante e sagrado... simboliza arrependimento do pecado e começo de uma vida nova em Cristo Jesus. Não deve haver nenhuma precipitação [ falta de instrução ] na administração desse rito. Pais e filhos devem avaliar os compromissos que por ele assumem. Consentindo o batismo dos filhos, os pais contraem em relação a eles a responsabilidade sagrada de despenseiros para guiá-los na formação do caráter... se errarem, não os critiqueis. Nunca os censureis de serem batizados e ainda estarem cometendo erros. Lembrai-vos de que eles ainda têm muito a aprender quanto aos deveres do filho de Deus.” (Orientação da Criação, pp. 499, 500 e 501) Eu também Creio no Batismo de Juvenis

15 É verdade que numa campal em Monterey (Michigan) dez meninas reuniram-se para receber a ordenança do Batismo, e vários líderes insistiram com uma menina para ser batizada e entre os líderes estava a Irmã White? “As reuniões realizadas em Monterey (Michigan) para crianças foram, penso, as melhores de todas as que freqüentamos. Todos começaram a buscar ao Senhor e a indagar: Que devemos fazer para sermos salvos?...Sabíamos que o Senhor estava trabalhando por nós, trazendo estas queridas crianças ao Seu aprisco... “As reuniões realizadas em Monterey (Michigan) para crianças foram, penso, as melhores de todas as que freqüentamos. Todos começaram a buscar ao Senhor e a indagar: Que devemos fazer para sermos salvos?...Sabíamos que o Senhor estava trabalhando por nós, trazendo estas queridas crianças ao Seu aprisco... Eu também Creio no Batismo de Juvenis

16 Estas crianças desejavam ser batizadas....Terça- feira, dez meninas reuniram-se às águas para receberem a ordenança do batismo. Simpatizamos profundamente com uma menina. Decidiu que teria de ser batizada. Veio com suas jovens companheiras para descer às águas, mas voltou sua dificuldade...Todas foram batizadas exceto ela, que não pôde persuadir-se a entrar nas águas. Percebemos que Satanás opunha-se à boa obra e desejava impedí-la, e ela devia continuar. Eu também Creio no Batismo de Juvenis

17 Vesti-lhe o roupão de batismo e insisti com ela para entrar nas águas. Ela hesitou. Meu esposo de um lado, e eu de outro, e o pai dela implorando, tentamos animá-la a prosseguir, mas seu pavor da água a fez recusar-se. Ela consentiu. Molhou a cabeça e as mãos enquanto o ministrador repetia várias vezes as palavras: “Em nome do Senhor, prossiga”. Calmamente ela entrou na água e foi sepultada na semelhança da morte de Cristo....No dia seguinte cinco meninos expressaram seu desejo de serem batizados. Era uma cena interessante ver aqueles meninos, todos de cerca da mesma idade e tamanho, lado a lado professando sua fé em Cristo.” (Perguntas que Eu Faria à Irmã White, pp 24 e 25). Eu também Creio no Batismo de Juvenis

18 Cristo se deleita que as crianças lhe dêem o coração? “O Salvador do mundo se deleita em que as crianças e jovens lhe dêem o coração. Há talvez um grande exército de crianças que serão encontradas fiéis a Deus por andarem na luz, assim como Cristo na luz está.” (Mensagens aos Jovens, p. 333). “O Salvador do mundo se deleita em que as crianças e jovens lhe dêem o coração. Há talvez um grande exército de crianças que serão encontradas fiéis a Deus por andarem na luz, assim como Cristo na luz está.” (Mensagens aos Jovens, p. 333). Eu também Creio no Batismo de Juvenis

19 As crianças são consideradas como preciosas pelo céu e por Cristo. Jesus veio morrer por crianças? “Cristo avaliou tão alto as crianças que deu a Sua vida por elas. Tratai-as com o preço do Seu sangue....A mais tenra criança que ama e teme a Deus, é maior aos Seus olhos do que o homem mais talentoso e instruído que negligencia a grande salvação....A alma da criança que crê em Cristo é tão preciosa a sua vista como são os anjos ao redor do Seu trono. Elas devem ser levadas a Cristo e educadas por Ele.” (O Lar Adventista, p. 279). Eu também Creio no Batismo de Juvenis

20 As crianças são tocadas pelo Espírito Santo para se entregar a Cristo? Resposta: “Ao tocar o Espírito Santo o coração das crianças, cooperai com Sua obra. Ensinai- lhes que o Salvador está chamando, que coisa alguma lhe poderá causar maior alegria do que se entregarem a Ele na florescência e vigor de seus anos.” (Evangelismo, p. 580). Eu também Creio no Batismo de Juvenis

21 É verdade que muitos pais serão convertidos pelo testemunho das crianças, seus filhos? Resposta: “Pedi a bênção do Senhor sobre a semente semeada, e a convicção do Espírito de Deus tomará posse mesmo dos pequeninos. Por meio dos filhos, muitos pais serão alcançados.” (Evangelismo, p. 584).

22 Vejamos alguns princípios bíblicos no tocante ao batismo juvenil Eu também Creio no Batismo de Juvenis

23 1. Batismo é essencialmente, uma evidência exterior, de um pacto interior, resultante de uma compreensão bíblica, no tocante à natureza humana pecaminosa, alienada de Deus e do seu amor. 2. O Batismo juvenil deveria ser ministrado com o consentimento dos pais ou responsáveis, e ainda o compromisso é extensivo à igreja, sua tutora espiritual, de agora em diante. Eu também Creio no Batismo de Juvenis

24 3. O Batismo juvenil poderá ser ministrado, mesmo que os pais ou responsáveis ainda não sejam no íntimo servos da verdade, desde que haja um compromisso da igreja local em ampará-lo espiritualmente, através de um coral infanto- juvenil, do clube (desbravadores, aventureiros) ou ainda conseguindo um “padrinho” financeiro, para fazê-lo um aluno da Escola Adventista. O batismo jamais pode ser olhado como um fim em si mesmo. É o começo de uma nova vida em Cristo. Eu também Creio no Batismo de Juvenis

25 4. Não existe uma idade biológica que em si mesma forneça, maturidade ou prontidão espiritual a criança. O fator determinante é a instrução bíblica e a prontidão dos pais ou responsáveis em serem despenseiros, guias na formação espiritual dos filhos. É inolvidável que o período áureo de batismos em nossas igrejas, é entre oito e doze anos de idade. Eu também Creio no Batismo de Juvenis

26 Algumas expressões de Ellen G. White chamam atenção: “Religião individual”, me parece cristalino que os pais ou responsáveis, através de sua vida podem ou não salvar os filhos. Todavia a partir do instante em que o juvenil compreende a “religião individual”, ou seja, que ele precisa de um Salvador, por si mesmo prestará contas diante de Deus. Eu também Creio no Batismo de Juvenis

27 “Se arrependerem e crerem na verdade..., quanto ao seu estado de pecadores e ao caminho da salvação por meio de Cristo...” Sou levado racionalmente a crer que esta é a hora e o momento exato de evidenciar esta pequena confissão salvífica, com o “sinal exterior que demonstra sentirem dever ser filhos de Deus” – ou seja o batismo! Eu também Creio no Batismo de Juvenis


Carregar ppt "Eu também Creio no Batismo de Juvenis O Batismo de juvenis entre oito e dez anos de idade, sempre foi olhado por alguns na igreja com um repentino ar de."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google