A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Redes de Computadores Emulação de LANs em Redes ATM Prof. Ronaldo Alves Ferreira Alunos: Sandro Karan Ferlin Kuibida Welton Luiz Faria Balani.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Redes de Computadores Emulação de LANs em Redes ATM Prof. Ronaldo Alves Ferreira Alunos: Sandro Karan Ferlin Kuibida Welton Luiz Faria Balani."— Transcrição da apresentação:

1 Redes de Computadores Emulação de LANs em Redes ATM Prof. Ronaldo Alves Ferreira Alunos: Sandro Karan Ferlin Kuibida Welton Luiz Faria Balani

2 Emulação de LAN Redes ATM são orientadas à conexão LANs e MANs oferecem serviços sem conexão Redes ATM operam a uma velocidade de até 155 Mbps LANs eMANs transmitem dados a uma velocidade máxima de 10 Mbps Deseja-se oferecer sobre uma rede ATM os serviços sem conexão das redes LANs e MANs Isto é emulação de LAN (LAN Emulation - LANE) A emulação de LAN sobre redes ATM, permite a construção e interconexão de LANs e MANs.

3 Tópicos Abordados Emulação de LAN Serviços sem conexão Componentes da Emulação Conexões ATM Atividade na LANE Resolução de Endereços Conclusão

4 Emulação de LAN

5 Função básica do protocolo LANE resolver endereços MAC em endereços ATM os sistemas finais poderão estabelecer uma conexão entre eles e trocar dados Protocolo LANE múltiplas LANs emuladas podem coexistir simultaneamente em uma única rede ATM

6 Serviços sem conexão Abordagem Direta –Internamente à rede. Serviços são oferecidos diretamente na UNI pública Abordagem Indireta –Externamente à rede –Construção da Subcamada MAC sobre a camada de adaptação ATM (AAL) –Permite que aplicações existentes para LANs migrem para o ambiente ATM sem problemas –Protocolos devem ser mapeados individualmente

7 Componentes da Emulação LES - LAN Emulation Server –centro de controle de todo o funcionamento –Responsável por registrar e resolver endereços de enlace em endereços ATM BUS - Broadcast and Unknow Server –Controla todas as mensagens de MultiCast e Broadcast LECS - LAN Emulation Configuration Server –Informações sobre a rede ATM –Conexões estabelecidas e o seu mapeamento às suas topologias virtuais LEC - LAN Emulation Client –Comunicam-se com esses servidores, através de conexões de controle e conexões de dados.

8 Conexões ATM Conexões de Controle –Os LECs utilizam este tipo de conexão para tráfego auxiliar, como consultas de endereços de outros clientes. –A principal conexão de controle é feita entre o LEC e o LES, para que esta estação se junte a um segmento de LAN virtual. Conexões de Dados –Utilizados para transporte de informação –Ligam LECs entre si e LECs ao BUS

9 Atividade na LANE Basicamente toda atividade numa rede virtual segue 5 passos fundamentais: –Iniciação –Configuração –Entrada –Registro e Iniciação do BUS –Transferência de Informação

10 Atividade na LANE Iniciação –Cada LEC da rede ATM deve encontrar o endereço ATM do LES –Para tanto o LEC deve primeiramente obter o endereço do LECS –Se isto for realizado com sucesso uma conexão é estabelecida entre o LEC e o LECS, para obtenção do endereço do LES

11 Atividade na LANE Configuração –LEC informa ao LECS seu endereço ATM, seu endereço MAC, tipo de segmento LAN do qual é capaz de participar e o tamanho máximo dos quadros que é capaz de aceitar –Pode também informar o nome da rede virtual à qual quer se juntar, como BIOLOGIA ou COMPUTAÇÃO

12 Atividade na LANE Entrada –Neste ponto o LEC deve possuir as informações necessárias para se juntar à rede virtual. –Para tanto ele cria uma conexão com o LES, envia uma solicitação de entrada contendo seu endereço ATM, tipo de LAN e tamanho máximo de quadro –O LES envia uma resposta à solicitação de entrada, confirmando ou recusando-a –Se recusada a solicitação, o LEC deve terminar a conexão e recomeçar o processo do início.

13 Atividade na LANE Registro e Iniciação do BUS –Uma vez registrado no LES, o LEC solicita a ele o envio do endereço ATM do BUS. –De posse deste endereço o LEC estabelece um conexão também com o BUS.

14 Atividade na LANE Transferência de Informação –Clientes podem enviar mensagens a outros participantes da rede virtual –Se o endereço ATM de destino for de Broadcast/Multicast os pacotes são enviados ao BUS –Para enviar quadros com um endereço de destino único, o LEC faz uma sinalização para estabelecer uma conexão com destino (caso possua o endereço ATM destino) –Caso não possua, o LEC envia uma solicitação de resolução de endereço ao LES, e espera utilizando o BUS para envio dos quadros.

15 Resolução de endereços LES realiza o procedimento LE_ARP LEC obtém o endereço ATM do destino Razão pela qual o LES pode não conhecer um endereço MAC ATM: endereço encontra-se atrás de uma ponte que não registrou o endereço A ponte registra somente o endereço estático

16 Resolução de endereços os endereços ATM obtidos através do LE_ARP são armazenados no LEC -> tempo de vida na tabela = 5 minutos; conexões diretas para troca de dados são eliminadas caso fiquem inativas durante um certo tempo (~20 minutos); no caso de broadcast/multicast -> estação que enviou o dado evita recebê-lo de volta através de filtragem baseada no LECID;

17 Conclusão Emular LANs permite que redes ATM sejam utilizadas facilmente. Serviços sem conexão em LANs emuladas são mais velozes. Facilidade na integração de LANs e MANs distintas.


Carregar ppt "Redes de Computadores Emulação de LANs em Redes ATM Prof. Ronaldo Alves Ferreira Alunos: Sandro Karan Ferlin Kuibida Welton Luiz Faria Balani."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google