A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Ciclo de Debates Abralatas 2011: Erradicação da pobreza na Economia Verde Renault de Freitas Castro Diretor Executivo Abralatas Etapa de Belo Horizonte.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Ciclo de Debates Abralatas 2011: Erradicação da pobreza na Economia Verde Renault de Freitas Castro Diretor Executivo Abralatas Etapa de Belo Horizonte."— Transcrição da apresentação:

1 Ciclo de Debates Abralatas 2011: Erradicação da pobreza na Economia Verde Renault de Freitas Castro Diretor Executivo Abralatas Etapa de Belo Horizonte - MG 15 de junho de 2011

2 Abralatas Associação Brasileira dos Fabricantes de Latas de alta Reciclabilidade 1. Representação institucional dos fabricantes de latas de alumínio para bebidas (Congressos, governos, ONGs, outras associações etc.); 2. Porta-voz da indústria junto à imprensa e sociedade como um todo; 3. Divulgar informações relevantes da indústria de latas de alumínio para bebidas; 4. Definição e defesa de projetos de interesse da indústria, em conformidade com a lei antitruste. - Ex.: saúde, segurança, legislação etc. MISSÃO: Promover a competitividade da lata de alumínio, observando os princípios do desenvolvimento sustentável e da ética empresarial.

3 Abralatas – Empresas associadas Outros associados Associados fabricantes

4 Até 1989 Fabricação de latas de 3 peças, de folha de flandres; Mercado de 300 milhões / ano – 1998 Início da produção de latas de alumínio de 2 peças (Latasa, outubro de 1989) – 2003 (período de consolidação) Vendas ultrapassam os 10 bilhões de unidades em 2002; Criação da Abralatas em abril de A lata de alumínio no Brasil 2004 – 2009 Taxa de reciclagem alcança índice acima de 90% e o ciclo de vida da lata atinge a média de 30 dias; A produção das latas de alumínio chega a todas as regiões brasileiras com 15 plantas de latas e tampas – 2012 Surpreendente crescimento do mercado brasileiro de bebidas a partir do final de 2009; Investimentos de R$1,3 bilhão elevarão a capacidade de produção em 64% em três anos, passando de 16,8 para 27,5 bilhões de latas/ano.

5 Can Body Plants Crown Latasa Latapack-Ball Rexam Can End Plants Crown Latasa Latapack-Ball Rexam Fábricas de corpo Crown Rexam Latapack-Ball Fábricas de tampa Crown Rexam Latapack-Ball Brasil. Unidades fabris de latas de alumínio para bebidas Fonte: Abralatas 2011/ plantas Águas Claras (RS) Jacareí (SP) : 2 un. Cabreúva (SP) Santa Cruz (RJ) Extrema (MG) Gama (DF) Cuiabá (MT) Manaus (AM) : 3 un. (1 em construção). Recife (PE) : 2 un. Simões Filho (BA) Estância (SE) Três Rios (RJ) Ponta Grossa (PR) Alagoinhas (BA) (em construção) Pouso Alegre (MG) Belém (PA): 2 un. (em construção)

6 Brasil. Produção e Capacidade de produção de latas de alumínio para bebidas milhões de unidades * Estimativa 2011 e Fonte: Abralatas

7 Brasil. Vendas de latas de alumínio para bebidas milhões de unidades Fonte: Abralatas Aluminum can sales Vendas de lata de alumínio para bebidas no Brasil

8 Índice de Reciclagem de lata de alumínio para bebidas % *Fonte: Abralatas; ABAL; The Japan Aluminum Can Recycling Association; Cámara Argentina de la Industria del Aluminio y Metales Afines; The Aluminum Association e EAA - European Aluminium Association.

9 O Ciclo de Debates da Abralatas tem o objetivo de discutir alguns dos mais importantes aspectos econômicos, sociais e ambientais relacionados à utilização e à reciclagem de latas de alumínio para bebidas no Brasil, à luz da nova Política Nacional de Resíduos Sólidos – PNRS. Ciclo de Debates Abralatas 2010 Evento realizado nas cidades de Natal/RN, Curitiba/PR e São Paulo/SP; Participação e apoio do Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis e Ministérios Públicos do Paraná e do Rio Grande Norte; Presença de mais de 500 participantes entre catadores de materiais recicláveis, representantes dos poderes executivo, legislativo e juduciário, de empresas de limpeza urbana, de recicladores, da indústria do alumínio, das indústrias de bebidas e de embalagens; Principais resultados: debate e esclarecimentos acerca da PNRS e as implicações no trabalho dos catadores de materiais recicláveis. Natal/RN Curitiba/PR São Paulo/SP

10 Ampliação para 4 cidades: Belo Horizonte/MG, Salvador/BA, Belém/PA e Brasília/DF; Tema: Erradicação da pobreza na Economia Verde (RIO+20); Programação: 14h Abertura Claudio Tourinho, CDN Comunicação Corporativa 14h15 Política Nacional de Resíduos Sólidos – a visão do setor privado Victor Bicca, Presidente do CEMPRE – Compromisso Empresarial para a Reciclagem 14h45 A logística reversa da lata de alumínio para bebidas e o papel do catador de materiais recicláveis Hênio de Nicola, Coordenador da Comissão de Reciclagem da ABAL – Associação Brasileira do Alumínio 15h15 Estratégias de Combate à Exploração do Trabalho Infantil na Coleta de Lixo Margaret de Matos de Carvalho, Procuradora do Trabalho do Ministério Público do Trabalho no Paraná 15h45 Debate 16h Encerramento Renault Castro, Diretor Executivo da Abralatas Ciclo de Debates Abralatas 2011

11 Obrigado!


Carregar ppt "Ciclo de Debates Abralatas 2011: Erradicação da pobreza na Economia Verde Renault de Freitas Castro Diretor Executivo Abralatas Etapa de Belo Horizonte."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google