A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ENTENDA O CRCC DA PETROBRASINVESTIMENTOS NO BRASILVANTAGENS FINANCEIRAS NOSSOS SERVIÇOSHISTÓRIAS DE SUCESSOORÇAMENTO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ENTENDA O CRCC DA PETROBRASINVESTIMENTOS NO BRASILVANTAGENS FINANCEIRAS NOSSOS SERVIÇOSHISTÓRIAS DE SUCESSOORÇAMENTO."— Transcrição da apresentação:

1

2 ENTENDA O CRCC DA PETROBRASINVESTIMENTOS NO BRASILVANTAGENS FINANCEIRAS NOSSOS SERVIÇOSHISTÓRIAS DE SUCESSOORÇAMENTO

3 O Cadastro é também um estímulo aos fornecedores para que estejam preparados para atender a Petrobras. Sobre o cadastro corporativo O Cadastro Corporativo da Petrobras é um conjunto de informações sobre fornecedores habilitados a participarem de licitações na Petrobras, efetuado em base de dados única, disponível para toda a Companhia. Sobre o registro local (Lista de Referência) Relação de Fornecedores mantida por órgãos operacionais da Petrobras, contemplando materiais e/ou serviços de pequeno valor e complexidade, objetos de compras eminentemente locais, não cadastrados de forma centralizada ou corporativa. Sobre o vendor list Relação de Fornecedores mantida por Unidades da Petrobras, contemplando materiais e/ou serviços de interesse dessas Unidades, utilizada como referência para contratação direta ou através de EPC (Engineering, Procurement and Construction). Pode conter empresas cadastradas de forma centralizada ou indicadas por especialistas e usuários. ContinuarVoltar

4 O Cadastro da Petrobras trabalha com dois tipos de fornecedores: - Fornecedores de Bens: produzem e/ou comercializam equipamento, material ou insumo de interesse da Petrobras; - Prestadores de Serviços: prestam serviço e/ou executam obras em geral. Ao se cadastrar, o fornecedor precisa cumprir determinadas exigências para cada critério. Conheça esses critério: Sobre a Petronect A Petronect é um Portal Eletrônico para comercialização de Bens, Serviços e Produtos do Grupo Petrobras. ContinuarVoltar Início

5 Critério Técnico - Visa avaliar a capacidade técnica da empresa para a produção de bens e/ou prestação de serviços, avaliando os recursos necessários para o bom desempenho dos equipamentos e dos materiais a serem fornecidos e/ou dos serviços a serem executados. Critério Econômico - Busca evidências da solidez econômica de forma a assegurar que a empresa possa dar continuidade e concluir fornecimentos e/ou os serviços. Os dados de Balanço Patrimonial e das demais Demonstrações Contábeis e Gerenciais geram indicadores confiáveis para prever e monitorar o desempenho econômico. Critério Legal - Objetiva conhecer e acompanhar a regularidade das empresas no cumprimento de suas obrigações junto ao mercado, aos órgãos de governo e à sociedade. Além da análise documental, utiliza instrumentos que permitem o levantamento direto de informações sobre certidões e documentos emitidos por entidades fiscais possibilitando a atualização freqüente dos indicadores de cumprimento da regularidade fiscal. Critério SMS (Saúde, Meio ambiente e Segurança) - Tem por objetivo conhecer o grau de implementação das questões de Saúde, Meio Ambiente e Segurança, valorizando e estimulando as certificações segundo as normas ISO e OHSAS Critério Gerencial - Visa conhecer a postura Gerencial e de Responsabilidade Social das empresas, avaliando o compromisso com a qualidade e melhoria contínua, valorizando e estimulando a certificação segundo a norma ISO 9001 e alavancando, de forma explícita, o maior envolvimento de participação das empresas no contexto social. Voltar OBSERVAÇÕES: Os certificados ISO 14001, ISO 9001 ou OHSAS 18001, não são obrigatórios para a realização do Cadastro, estas normas servem apenas de parâmetro para a Petrobras. O fornecedor que tem sua inscrição, renovação ou ampliação de escopo aprovada, passa a ter visibilidade por todas as unidades da Petrobras e recebe o Certificado de Registro de Classificação Cadastral (CRCC), válido por até um ano. Início

6 A estatal adquire bens e serviços por ano estimados em R$ 31,6 bilhões, o equivalente a pouco mais que o orçamento de uma cidade como São Paulo. Até 2013, os investimentos da Petrobras somarão o incrível montante de US$ 174 bilhões, dos quais US$ 158 bilhões serão gastos no Brasil.* De acordo com a Organização Nacional da Indústria do Petróleo, o cadastro de empresas do setor aumentou dez vezes nesta década, de 210 empresas em 2000 para companhias no fim do ano passado. São dados que mostram o crescimento do mercado petroleiro e a importância da Petrobras na cadeia e na economia brasileira. No ano passado, o impacto dos investimentos da empresa na economia, incluindo seus fornecedores, era equivalente a 10% do PIB brasileiro, o dobro de Nos próximos anos, deve crescer ainda mais, já que a empresa planeja dobrar a produção de petróleo até 2020 e elevar em mais de 50% a capacidade de refino, com aumento da participação de fornecedores brasileiros. Isso sem contar a exploração do pré-sal, que deve atrair para o País empresas de várias partes do mundo. O conteúdo nacional mínimo, definido pela empresa, é de 65%. Mas não existe um limite máximo.* *conteúdo extraído da matéria na onda da Petrobras publicado pela revista Isto é dinheiro. ContinuarVoltar

7 Planos de negócios da Petrobras até 2013: Perspectiva Empresarial Voltar Início

8 ESTÍMULO OFERECIDO PELA PETROBRAS PARA MELHORIA E DESENVOLVIMENTO Vantagem financeira para o fornecedor em função de sua situação de cadastro e desempenho em fornecimentos para a Petrobras. * FIDC (Fundo de Investimentos em Direitos Creditórios) O FIDC Petrobras é um fundo de investimentos que é voltado para o financiamento de fornecedores de materiais e serviços da Petrobras, que proporciona a estes o adiantamento de recursos financeiros sobre seus contratos com agilidade e flexibilidade a uma condição excelente quando comparado a operações bancárias. Os recursos estarão disponíveis aos fornecedores somente após a assinatura do contrato com a Petrobras. Na prática, o processo equivale a um financiamento concedido antes da execução do contrato, com pagamentos compatíveis ao cronograma físico-financeiro do empreendimento e vantagens competitivas (veja o quadro comparativo no próximo slide). ContinuarVoltar

9 ContinuarVoltar Início

10 Condições Operacionais: Prazos das Operações: Contratos a performar com prazo máximo de 24 meses da data de negociação. Garantias: * Para CRCC acima ou igual ao conceito C: Não é necessário * Para CRCC abaixo do conceito C: Seguro Performance * Para quem não tem CRCC: Seguro Performance Volume: Até 50% do valor dos contratos firmados com a Petrobras Encargos: Será cobrado uma taxa de 0,5% sobre o valor da operação de antecipação Documentação Necessária: * Cópia do Contrato * Cópia do CRCC * Cópia do último BAD * Documentos Cadastrais Início Voltar

11 1. Características Consultoria e assessoria nos procedimentos e rotinas para atender as exigências impostas pela Petrobras para a emissão do Certificado de Registro de Classificação Cadastral-CRCC. Procedimentos: Integração com os departamentos da empresa para obtenção dos documentos exigidos pela Petrobras; Orientação e assistência operacional para obtenção de documentos; Identificação e cadastro inicial na Petrobras contendo os dados básicos da empresa; Informações gerais: Apresentação e divulgação da empresa, Matriz, Filiais e Representantes; Cadastro do tipo de fornecedor: modalidade desejada para fornecimento a Petrobras (Prestador de Serviços, Fabricante, Revendedor ou Distribuidor); Serviços e Materiais: Seleção de materiais e/ou de serviços da empresa, de acordo com a relação/códigos da Petrobras; Definição da área de atuação geográfica; Comprovação técnica preliminar da empresa; Envio físico de documentos para finalização da etapa de identificação inicial da empresa; Gestão dos processos para comprovação técnica: Instalações, Equipamentos e Pessoal Próprios, Tecnologia, Porte técnico, Capacidade disponível, entre outros; Gestão dos processos para comprovação de tradição de serviços e produtos: Atestados de capacidade técnica e outros documentos/Certidões técnicas (Licenças de órgãos ambientais, Federais, Estaduais e Municipais) conforme o caso; Gestão dos processos para comprovação de qualificação econonômico-financeira: Balanço Patrimonial, Credibilidade das contas e Informações contábeis diversas; Gestão dos processos para comprovação de capacidade jurídica: (Registros na Junta Comercial, Entidades profissionais competentes, Certidões negativas de débitos fiscais, entre outros); Gestão dos processos SMS (não obrigatório para o cadastramento); Gestão do processo gerencial – ISO 9001 (não obrigatório para o cadastramento); Acompanhamento e envio de demais dados solicitados. ContinuarVoltar

12 2. Confidencialidade A A.I.A compromete-se a manter a confidencialidade de todas as informações levantadas durante o processo de proposta,bem como durante o projeto caso venha ser efetivado, não divulgando este conteúdo para nenhuma outra pessoa ou empresa sem prévia autorização da CONTRATANTE. Da mesma forma a CONTRATANTE deve se comprometer a manter sigilo de todas as informações contidas neste documento, não divulgando este conteúdo para nenhuma outra pessoa ou empresa sem prévia autorização da A.I.A. 3. Premissas para o Sucesso do Projeto Entendimento dos valores da empresa e suas necessidades; Projeto focado, buscando efetiva solução de problemas apontados; Disponibilidade de recursos, respeitando as habilidades requeridas; Equipe qualificada e alinhada aos objetivos propostos; Infra-estrutura de hardware necessária; Cronograma definido de acordo com as disponibilidades; Comprometimento das lideranças envolvidas no projeto; Comprometimento com os prazos estabelecidos no projeto; Capacitação das pessoas e multiplicadores; Documentação necessária ao preenchimento dos requisitos solicitados. 4. Metodologia: ContinuarVoltar Início

13 5. Duração do Projeto Aproximadamente 6 (seis) meses.** **Este prazo poderá ser maior ou menor. Quanto maior for a agilidade das informações, mais rápido será concluído o processo de cadastramento. Voltar Início

14 A Ativa Tecnologia, fundada pelos amigos André Souza, Daniel Camarins e Rodrigo Carvalho, ainda na faculdade de engenharia. Em 2006, a empresa recebeu o desafio de desenvolver uma barreira de contenção de óleo, que evitasse desastres ambientais no caso de vazamento de combustível no mar. Hoje, ela já fatura R$ 2 milhões e se prepara para dobrar o faturamento este ano. "Eles nos chamaram para trabalhar em outros projetos e, quando descobrimos a necessidade de criação de ferramentas submarinas, nosso mundo começou a se abrir ainda mais", diz Souza. Quando nos chamaram para fornecer para a Petrobras, nosso mundo se abriu" André Souza, SÓCIO DA ATIVA TECNOLOGIA Voltar Continuar Conteúdo extraído da matéria Nas ondas da Petrobras publicado pela revista Isto é dinheiro.

15 A empresa fornecia para cimenteiras e siderúrgicas quando em 2003 resolveu se qualificar para atender a Petrobras. "No começo não tínhamos interesse, por estarmos em Minas Gerais, longe de produção, mas atendemos ao convite de um parceiro", conta Márcio Kac, um dos sócios. Desde então, o faturamento cresceu 20% ao ano, com exceção de 2009, quando houve queda de 40% por causa do setor siderúrgico. "Estamos migrando do setor siderúrgico para o de petróleo e gás natural" Márcio kac, sócio da simper Continuar Voltar Conteúdo extraído da matéria Nas ondas da Petrobras publicado pela revista Isto é dinheiro. Início

16 A guinada estratégica da Delp, localizada em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, esteve diretamente relacionada com uma decisão tomada a quase 500 quilômetros dali, no número 65 da avenida Chile, no centro do Rio de Janeiro, onde funciona o QG da Petrobras. Ainda em 2003, a maior empresa brasileira definiu que iria ampliar drasticamente a nacionalização de suas compras. Em decorrência disso, 60% do faturamento da Delp hoje vem do setor de óleo e gás. E o empresário mineiro apenas lamenta que a política da Petrobras não seja seguida por outros setores. "Na mineração e no aço não há esta preocupação. Eles simplesmente importam", diz Zica. As peças de reposição para maquinário importado renderam um faturamento de R$ 10 milhões no ano passado à Etep Indústria Metalúrgica, que começou a vender para a Petrobras em 1981 e espera um crescimento de 15% este ano. Conteúdo extraído da matéria Nas ondas da Petrobras publicado pela revista Isto é dinheiro. ContinuarVoltar No final de 2002, o empresário Humberto Zica, sócio da Delp Engenharia, corria contra o tempo. A empresa mineira especializada, na época, em projetos de engenharia para siderurgia e mineração, perdia encomendas e corria o risco de fechar as portas. Naquela tempo, a indústria do aço passava por um processo de desnacionalização e, na mineração, os pedidos também vinham minguando. "Mudamos completamente o foco de atuação e isso garantiu nossa sobrevivência", disse ele. Na Eneltec, que elabora projetos e estudos técnicos para refinarias e plataformas, o crescimento também se deve à estatal. "Nossos maiores projetos estão sendo fomentados pela Petrobras", diz Rodrigo Martins Fernandes, um dos três sócios da empresa de consultoria, que faturou R$ 1,7 milhão no ano passado e deve chegar a R$ 2,5 milhões em Início

17 A política de desenvolvimento de fornecedores da Petrobras também serve a outras empresas. O empresário Raul Sanson, presidente do fórum de metal mecânica da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan) e dono da PWR Mission Indústria Mecânica, que já vende para a Petrobras, entrou no portal da estatal interessado em ampliar o seu próprio cadastro. "Já tenho meus fornecedores, mas quero descobrir outros, que podem ser Hoje, vários pequenos e médios empresários estão despertando para o imenso potencial de mercado gerado pela Petrobras. Foi o que fez Hebert José França, sócio da Sudpar, uma indústria de parafusos. Desde que passou a fornecer para a companhia, em 2004, ele quadruplicou seu faturamento. "Em 2010, o volume de consultas tem sido tão grande que devemos crescer mais 30%", diz ele. melhores", diz ele. Com o portal, ele acha que terá oportunidade de entrar em contato com empresas de outros Estados, que podem ajudar a reduzir custos e tornar a empresa mais competitiva. Voltar Início Conteúdo extraído da matéria Nas ondas da Petrobras publicado pela revista Isto é dinheiro.


Carregar ppt "ENTENDA O CRCC DA PETROBRASINVESTIMENTOS NO BRASILVANTAGENS FINANCEIRAS NOSSOS SERVIÇOSHISTÓRIAS DE SUCESSOORÇAMENTO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google