A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Expressão Vocal Morfologia da voz Fga. Pierangela Nota Simões 2011.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Expressão Vocal Morfologia da voz Fga. Pierangela Nota Simões 2011."— Transcrição da apresentação:

1 Expressão Vocal Morfologia da voz Fga. Pierangela Nota Simões 2011

2 Aparelho fonador

3 Conjunto de órgãos responsáveis pela produção do som. O ser humano não possui um aparelho destinado exclusivamente à produção do som. – Aparelho digestório – Aparelho respiratório

4 Aparelho digestório ÓrgãoFunção biológicaFunção fonatória LábiosConter os alimentos na boca Articulação dos fonemas DentesTriturar os alimentos LínguaFormar o bolo alimentar PalatoSeparar as cavidades oral e nasal FaringeDirecionar o ar para os pulmões e os alimentos para o esôfago Ressonância

5 Aparelho respiratório ÓrgãoFunção biológicaFunção fonatória Cavidades NasaisFiltrar, aquecer e umidificar o ar Ressonância Faringe Via de passagem do ar LaringeVibração TraquéiaSuporte de ar PulmõesRealizar as trocas gasosas Pressão do ar Musculatura respiratóriaPromover os movimentos respiratórios

6 Diafragma É um músculo que separa a cavidade torácica da abdominal. É encontrado em todos os mamíferos e também em algumas espécies de aves. Nos seres humanos, o diafragma localiza-se junto às vértebras lombares, às costelas inferiores e ao esterno.

7 Diafragma Contrai-se durante a inspiração e aumenta a capacidade do tórax. O ar tende a entrar nos pulmões para compensar o vazio gerado. No momento em que este músculo entra em relaxamento, o ar acumulado é expulso.

8 Diafragma

9 Trato vocal Parte superior do aparelho fonador – Cavidade oral – Cavidade nasal – Seios paranasais

10 Trato vocal

11 Fontes sonoras Fontes glóticas – Emissão de sons vocálicos Fontes friccionais – Produção de cada consoante a partir da alteração na forma, na posição e no grau de elasticidade das estruturas do trato superior.

12 Laringe Órgão fibromuscular, na forma de um tubo, situado entre a traquéia e a base da língua. Estrutura é constituída por cartilagens articuladas entre si, fixas por vários músculos e ligamentos.

13 Laringe Dimensões variáveis, pois aumenta de tamanho durante a puberdade. Cartilagem tireoidea: pomo-de-adão Adulto: cerca de 5 cm

14 Cartilagens Consiste em uma série de cartilagens – epiglote – tireóide – cricóide – aritenóides

15 Laringe

16 Epiglote Lâmina cartilagínea móvel que quando aberta permite a passagem do ar pela via aérea. No momento da deglutição se movimenta para impedir a entrada do alimento.

17 Epiglote

18 Músculos Músculos tensores das pregas vocais – cricotireóideos Músculos dilatadores da glote – cricoaritenóideos posteriores Músculos constritores da glote – cricoaritenóideos laterais – ariaritenóideo – tireoaritenóideos superiores e inferiores

19 Músculos Deslocar as várias cartilagens de modo a estreitar ou dilatar a entrada do canal do ar e também alterar a posição e o ou grau de tensão das pregas vocais vocais.

20 Pregas vocais As dobras da membrana músculo- membranosa dão origem às pregas vocais. Dois pares de pregas ou rebordos, nos quais estão formadas duas cavidades denominadas ventrículos de Morgagni.

21 Pregas vocais As pregas superiores, constituídas por lâminas fibrosas, denominam-se bandas ventriculares ou pregas vocais falsas. As pregas inferiores, formadas por tecido fibroeslástico e muscular, correspondem as pregas vocais.

22 Pregas vocais Na parte anterior, as cordas vocais unem-se entre si na cartilagem tireóide. Na parte posterior cada uma delas termina na correspondente cartilagem aritenóide. Constitui-se entre ambas uma fenda em forma de V com o vértice virado para a frente.

23 Pregas vocais A) Glote na posição de repouso B) Glote durante a fonação

24 Pregas vocais 1) Glote 2) Pregas vocais 3) Epiglote 4) Comissura anterior 5) Cartilagens aritenóides 6) Comissura posterior

25 Extensão vocal A frequência natural da voz humana é determinada pelo comprimento das pregas vocais Mulheres: pregas vocais mais curtas e delgadas Homens: pregas vocais mais longas e espessas

26


Carregar ppt "Expressão Vocal Morfologia da voz Fga. Pierangela Nota Simões 2011."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google