A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CRUZADA VASCAÍNA 15 de Fevereiro de 2011 PLANO DE GOVERNO Melhor visualizado com Power Point 2010.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CRUZADA VASCAÍNA 15 de Fevereiro de 2011 PLANO DE GOVERNO Melhor visualizado com Power Point 2010."— Transcrição da apresentação:

1 CRUZADA VASCAÍNA 15 de Fevereiro de 2011 PLANO DE GOVERNO Melhor visualizado com Power Point 2010

2 ENCARANDO A CRISE PLANO DE GOVERNO 2

3 ENCARANDO A CRISE Política Guerra civil no clube, desentendimento entre os poderes, falta de representatividade externa, discussão de virtudes e defeitos individuais, ausência de propostas e programas e valorização de projetos pessoais em detrimento do Vasco PLANO DE GOVERNO 3

4 ENCARANDO A CRISE Administrativa Caos estrutural, falta de motivação, uso político de cargos, organização arcaica, desvalorização do corpo funcional, não utilização de ferramentas administrativo-financeiras básicas, terceirização descontrolada e práticas mistificadoras PLANO DE GOVERNO 4

5 ENCARANDO A CRISE Econômica Endividamento descontrolado, gestão de dívida deficiente, distorções graves entre o orçamento e o realizado do clube e falta de direcionamento para recuperação financeira PLANO DE GOVERNO 5

6 ENCARANDO A CRISE Psicossocial Opinião dos vascaínos desorientada, tensão entre a atual e antiga administração, meios de comunicação ainda pressionados por essa dicotomia, desânimo na torcida, incentivo do conformismo com o apequenamento do clube PLANO DE GOVERNO 6

7 OBJETIVOS PERMANENTES DO VASCO PLANO DE GOVERNO 7

8 AUTODETERMINAÇÃO O Vasco criou ao longo de toda a sua jornada identidade e valores que não podem ser abandonados ou apartados em função de conjunturas políticas ou arranjos comerciais. As decisões sobre suas orientações e ações devem ser soberanas, discutidas e decididas dentro do clube, não podem ser tomadas ou influenciadas sobremaneira por terceiros. PLANO DE GOVERNO 8

9 EXPANSÃO CRESCENTE A reafirmação e renovação de seus valores e tradições devem trazer um crescimento contínuo da instituição. Esse crescimento deve ser traduzido em incremento do quadro social, aumento do número de torcedores em âmbito nacional, divulgação do clube em nível internacional e ampliação do patrimônio. PLANO DE GOVERNO 9

10 PROSPERIDADE E PRESTÍGIO O Vasco deve se manter como uma instituição saudável, sólida e respeitada pelo exemplo de aplicação dos seus princípios e valores. O Vasco deve ser visto como uma reserva de responsabilidade, respeito e solidariedade. Suas práticas e ações devem ser um reflexo de sua identidade. PLANO DE GOVERNO 10

11 O RESGATE DO VASCO UNDERSTANDING MEDIUM INDEPENDENCE Example text RELAÇÕES EXTERNAS Example text Go ahead and replace it with your own text. RELAÇÕES INTERNAS SUSTENTABILIDADE GOVERNANÇA EXPANSÃO FUTEBOL, REMO E OUTROS ESPORTES INOVAÇÃO RESPONSABILIDADE SOCIAL PLANO DE GOVERNO 11

12 GOVERNANÇA Trata exatamente do modus operandi da administração do clube. É a área em cujas ações vão tirar o Vasco do modelo arcaico de gestão, da administração empírica, baseada no conhecimento e vontade individual, e colocá-lo em um regime de modernidade. Nossas propostas visam a reafirmação dos princípios e valores básicos do clube no tocante à sua condução. PLANO DE GOVERNO 12

13 RELAÇÕES EXTERNAS É a área de interação com todo ambiente externo ao clube, de relacionamentos nos âmbitos políticos, esportivos, comerciais e sociais. Nossas propostas se concentram na integração e otimização desses contatos, valorização das posições do Vasco e estabelecimento de relações de parceria e cooperação. PLANO DE GOVERNO 13

14 RELAÇÕES INTERNAS Área de relacionamento entre os poderes do clube, corpo social e torcedores. Nossas propostas para essa área estratégica objetivam a maior integração entre os poderes, redução das áreas de atrito e respeito aos papéis e responsabilidades de cada um. PLANO DE GOVERNO 14

15 EXPANSÃO Área estratégica que concentra as ações para manutenção e ampliação dos sócios e torcedores. As propostas da Cruzada se concentram na quantificação e qualificação da base de torcedores e no desenvolvimento de iniciativas para captação de novos vascaínos. PLANO DE GOVERNO 15

16 SUSTENTABILIDADE Área não só estratégica como crítica face ao atual endividamento e passivo judicial do clube. Temos propostas para estabelecer um programa de recuperação financeira, criar novas receitas, reduzir racionalmente as despesas e estabelecer ferramentas de administração financeira e jurídica mais efetiva. PLANO DE GOVERNO 16

17 FUTEBOL, REMO E OUTROS ESPORTES Área estratégica central do clube. Apresentaremos aqui nossas propostas para esportes profissionais e amadores. PLANO DE GOVERNO 17

18 RESPONSABILIDADE SOCIAL Área estratégica em importância com a área de esportes, já que envolve atividades fim do clube. Concentra as ações ligadas ao estreitamento dos laços com as comunidades onde o Vasco da Gama está inserido. PLANO DE GOVERNO 18

19 INOVAÇÃO Área estratégica onde estão as ações de desenvolvimento tecnológico, de desenvolvimento da imagem do clube e de marketing. É uma área que não existe por si só, mas é fundamental ao prover o ferramental necessário ao bom desenvolvimento das ações das demais áreas. PLANO DE GOVERNO 19

20 GOVERNANÇA REFORMA E MODERNIZAÇÃO DO ESTATUTO FICHA LIMPA ELEIÇÕES ADEQUAÇÃO DAS CATEGORIAS DE SÓCIOS FACILIDADE DE PAGAMENTO DAS MENSALIDADESDE SÓCIOS ALTERAÇÃO DO TEMPO PARA TER DIREITO A REMISSÃO INDICAÇÃO DE BENEMÉRITOS DEVIDO PROCESSO LEGAL PLANO DE GOVERNO 20

21 GOVERNANÇA REFORMA E MODERNIZAÇÃO DO ESTATUTO UNIFORME CÓDIGO DE ÉTICA PROCESSOS DE PLANEJAMENTO,ORÇAMENTO E GESTÃO GESTÃO DE COLABORADORES PLANO DE GOVERNO 21

22 RELAÇÕES EXTERNAS COORDENAÇÃO LIGADA A PRESIDÊNCIA PARCERIAS NACIONAIS E INTERNACIONAIS COM ENTIDADES ESPORTIVAS FORTALECIMENTO DAS RELAÇÕES COM GOVERNO E MEMBROS DA COMUNIDADE PORTUGUESA PARCERIA COM GOVERNO ESTADUAL E ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL PARCERIA COM ASSOCIAÇÃO COMERCIAL DE SÃO CRISTOVÃO RELAÇÃO COM O IBGE PARA UTILIZAÇÃO DO CENSO COMO FERRAMENTA PARA O POSICIONAMENTO DO CLUBE PLANO DE GOVERNO 22

23 RELAÇÕES INTERNAS OUVIDORIA Funcionários, atletas e pais de atletas Sócios CONSELHO FISCAL CONSELHO DE BENEMÉRITOS E CONSELHO DELIBERATIVO PLANO DE GOVERNO 23

24 EXPANSÃO CENSO VASCAÍNO CASA DO VASCAÍNO PONTO DE ENCONTRO DO VASCAÍNO DIA DO VASCAÍNO TORCIDAS ORGANIZADAS TORCIDAS INFANTIS PACOTE DE INGRESSOS PROGRAMA DE SÓCIOS PLANO DE GOVERNO 24

25 EXPANSÃO PROGRAMA DE SÓCIOS Traslado para torcedores de outros municípios que vierem assistir jogos no Rio Ingressos mais baratos que meia-entrada para sócios Descontos em lojas e/ou franquias oficiais Descontos para publicações oficiais Parceria com agências de viagem para assistir jogos fora do Rio Retomada do parcelamento para sócio-proprietário PLANO DE GOVERNO 25

26 EXPANSÃO PROGRAMA DE SÓCIOS Criação de camisa para sócio Manutenção do dia de exclusividade para compra de ingressos Melhoria das condições para aquisição de ingressos Horário diferenciado da central do programa de sócios nos dias que antecederem jogos Disponibilização online do extrato do sócio Possibilidade de cobrança de anuidade ao invés de mensalidade com redução de valor PLANO DE GOVERNO 26

27 SUSTENTABILIDADE JURÍDICO - PLANEJAMENTO Definição de visão, missão, valores e objetivos corporativos, com base no quadro encontrado, para aplicação das soluções imediatas, levando em consideração a disponibilidade financeira e as condições do mercado Desenvolvimento do plano de gestão, composto de atividades que envolvam o contencioso e o consultivo PLANO DE GOVERNO 27

28 SUSTENTABILIDADE JURÍDICO - ALGUMAS AÇÕES Levantamento dos processos judiciais e administrativos em curso Estudo jurisprudencial identificando as chances de êxito das ações Análise dos serviços de contencioso e de consultoria Elaboração de normas para terceirização e remodelagem do setor Planejamento interno de regulamentação do departamento Criação de procedimentos de rotina, seleção e contratação de pessoal Negociação, incentivo ao desligamento e fórmulas de descentralização dos serviços PLANO DE GOVERNO 28

29 SUSTENTABILIDADE FINANÇAS Implantação de processos de controle e planejamento financeiro Compromisso com a regularidade no funcionamento da contabilidade do clube Definição de uma abordagem estratégica na utilização do fluxo de caixa dos negócios do clube PLANO DE GOVERNO 29

30 SUSTENTABILIDADE FINANÇAS Adoção de políticas responsáveis e disciplinadas de redução de despesas administrativas e dos departamentos Levantamento minucioso dos processos judiciais com a situação detalhada para cada caso Sistematização de compras e contratação de serviços Ações Antipirataria PLANO DE GOVERNO 30

31 FUTEBOL, REMO E OUTROS ESPORTES DIVISÃO DE FUTEBOL SOCIAL GAROTOS DA COLINA DIVISÃO DE FUTEBOL DE FORMAÇÃO (CATEGORIAS DE BASE) ESTRUTURA METODOLOGIA EQUIPE MULTI-DISCIPLINAR TRANSIÇÃO FUTSAL-CAMPO LABORATÓRIO CIENTÍFICO PLANO DE GOVERNO 31

32 FUTEBOL, REMO E OUTROS ESPORTES FUTEBOL PROFISSIONAL ESTRUTURA ELENCO COMISSÃO TÉCNICA MARKETING DO FUTEBOL COMPORTAMENTO RELAÇÃO ELENCO E TORCIDA RELACIONAMENTO COM AGENTES PLANO DE GOVERNO 32

33 FUTEBOL, REMO E OUTROS ESPORTES REMO Salários em dia Estrutura para treinamento Alimentação adequada Receitas da Sede Náutica revertidas para o Remo Lei de Incentivo ao Esporte para os programas de categoria de base PLANO DE GOVERNO 33

34 FUTEBOL, REMO E OUTROS ESPORTES REMO Patrocínio exclusivo Médio/longo prazo: Aquisição de barcos e remoergômetros, Reforma do píer, Construção de tanque de treinamento Adequação dos uniformes PLANO DE GOVERNO 34

35 RESPONSABILIDADE SOCIAL Instituto Colégio Vasco da Gama Necessidades Especiais PLANO DE GOVERNO 35

36 INOVAÇÃO TECNOLOGIA Papel fundamental no processo como impulsionadora de resultados e melhoria da gestão. MARKETING MARKETING INSTITUCIONAL trabalhada segundo os princípios de governança PLANO DE GOVERNO 36

37 INOVAÇÃO MARKETING DE RELACIONAMENTO Projetar e lançar ações voltadas aos torcedores e sócios buscando sempre que estes tornem-se cada vez mais próximos de produtos e serviços com a nossa marca. MARKETING COMERCIAL Será uma quebra de paradigma no mercado brasileiro, a captação será por parceiros oficiais para o Vasco PLANO DE GOVERNO 37

38 NÃO SOMOS VELHO VASCO NEM NOVO VASCO, Veja o plano completo em PLANO DE GOVERNO 38


Carregar ppt "CRUZADA VASCAÍNA 15 de Fevereiro de 2011 PLANO DE GOVERNO Melhor visualizado com Power Point 2010."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google