A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Juros Compostos A característica do regime dos juros compostos é que os resultados obtidos em cada período são incorporados ao capital nas próximas operações.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Juros Compostos A característica do regime dos juros compostos é que os resultados obtidos em cada período são incorporados ao capital nas próximas operações."— Transcrição da apresentação:

1 Juros Compostos A característica do regime dos juros compostos é que os resultados obtidos em cada período são incorporados ao capital nas próximas operações de capitalização. Neste regime os juros formados no período anterior são incorporados na definição dos valores no próximo período. O REGIME DE JUROS COMPOSTOS Pinheiro, Carlos Alberto Orge. Matemática Financeira sem o uso de calculadoras financeiras. 2 ed. Rio de Janeiro: Ciência Moderna, 2009.

2 Juros Compostos Os juros apresentam incidência sobre o capital inicial e sobre os valores dos juros do período anterior. Assim tomemos um capital inicial (P) de $1.800, prazo (n) de três meses e taxa (i) de 5% ao mês. O REGIME DE JUROS COMPOSTOS Pinheiro, Carlos Alberto Orge. Matemática Financeira sem o uso de calculadoras financeiras. 2 ed. Rio de Janeiro: Ciência Moderna, 2009.

3 Juros Compostos Para o primeiro mês x (1,05) = 1.890,00 Para o segundo mês x (1,05) = 1.984,50 Para o terceiro mês 1.984,50 x (1,05) = 2.083,73 O REGIME DE JUROS COMPOSTOS Pinheiro, Carlos Alberto Orge. Matemática Financeira sem o uso de calculadoras financeiras. 2 ed. Rio de Janeiro: Ciência Moderna, 2009.

4 O REGIME DE JUROS COMPOSTOS Pinheiro, Carlos Alberto Orge. Matemática Financeira sem o uso de calculadoras financeiras. 2 ed. Rio de Janeiro: Ciência Moderna, Chegamos à conclusão de que para a capitalização composta o valor final da operação – montante – é definido por: Adequando melhor a expressão:

5 O REGIME DE JUROS COMPOSTOS Pinheiro, Carlos Alberto Orge. Matemática Financeira sem o uso de calculadoras financeiras. 2 ed. Rio de Janeiro: Ciência Moderna, Independente do regime adotado, o valor final da operação é sempre definido como os juros acrescidos (j) ao capital inicial (P). Podemos concluir que:

6 O REGIME DE JUROS COMPOSTOS Pinheiro, Carlos Alberto Orge. Matemática Financeira sem o uso de calculadoras financeiras. 2 ed. Rio de Janeiro: Ciência Moderna, Conhecendo P, n e i, definir S Um capital de $3.000,00 foi aplicado a juros de 20% ao mês durante 4 meses. Determina-se o capital final da operação da seguinte forma:

7 O REGIME DE JUROS COMPOSTOS Pinheiro, Carlos Alberto Orge. Matemática Financeira sem o uso de calculadoras financeiras. 2 ed. Rio de Janeiro: Ciência Moderna, Conhecendo P, n e i, definir j Um capital de $6.500,00 foi aplicado a juros de 20% ao mês durante 5 meses. Determina-se o valor dos juros da operação da seguinte forma:

8 O REGIME DE JUROS COMPOSTOS Pinheiro, Carlos Alberto Orge. Matemática Financeira sem o uso de calculadoras financeiras. 2 ed. Rio de Janeiro: Ciência Moderna, Conhecendo S, n e i, definir P Determina-se o capital que no período de 2 meses à taxa de juros de 4% quinzenal reproduzem o valor de $1.169,86 da seguinte forma:

9 O REGIME DE JUROS COMPOSTOS Conhecendo P, S, e i, definir n Determina-se o prazo para que o capital de $2.500,00 à taxa de juros de 4% ao mês reproduza o valor de $2.757,55 da seguinte forma:

10 O REGIME DE JUROS COMPOSTOS Conhecendo P, n e S, definir i Determina-se a taxa de juros que consegue transformar o capital de $ em $39.900,30 durante o período de 7 meses, da seguinte forma:

11 O REGIME DE JUROS COMPOSTOS Pinheiro, Carlos Alberto Orge. Matemática Financeira sem o uso de calculadoras financeiras. 2 ed. Rio de Janeiro: Ciência Moderna, Conhecendo j, n e i, definir P Um comprador deseja adquirir um veiculo. Ele sabe que o mercado opera com juros de 12% ao ano e que o valor do automóvel é de $ Determina-se quanto deve dispor para comprar o automóvel em 12 meses com os juros da operação, da seguinte forma:

12 O REGIME DE JUROS COMPOSTOS Pinheiro, Carlos Alberto Orge. Matemática Financeira sem o uso de calculadoras financeiras. 2 ed. Rio de Janeiro: Ciência Moderna, O Fluxo de Caixa em Juros Compostos

13 O REGIME DE JUROS COMPOSTOS Pinheiro, Carlos Alberto Orge. Matemática Financeira sem o uso de calculadoras financeiras. 2 ed. Rio de Janeiro: Ciência Moderna, Valor Nominal e Valor Atual Na data definida para a aplicação diz-se que o capital final obtido também pode ser definido por valor nominal (N).De outro modo, quando o valor final (S) ou Nominal (N) quando descapitalizado no mesmo prazo (n) e a mesma taxa periódica (i) representa o valor principal (P) ou, alternativamente, o valor atual (V). Ou seja, valor principal (P) e valor atual (V) são sinônimos como também o são valor final (S) e valor nominal (N).

14 O REGIME DE JUROS COMPOSTOS Pinheiro, Carlos Alberto Orge. Matemática Financeira sem o uso de calculadoras financeiras. 2 ed. Rio de Janeiro: Ciência Moderna, Conhecendo N, n e i, definir V Um título cujo valor nominal (N) é de $ ,00 pode ser descontado durante 60 dias à taxa de 5% ao mês. Com base nessas informações determina- se o valor Atual (V) da seguinte forma:

15 O REGIME DE JUROS COMPOSTOS Pinheiro, Carlos Alberto Orge. Matemática Financeira sem o uso de calculadoras financeiras. 2 ed. Rio de Janeiro: Ciência Moderna, Conhecendo V, n e i, definir N Um título cujo valor atual (V) é de $ ,00 foi descontado no prazo de 60 dias à taxa de 15% ao mês. Com base nessas informações determina-se o valor Nominal (N) da seguinte forma:

16 O REGIME DE JUROS COMPOSTOS Pinheiro, Carlos Alberto Orge. Matemática Financeira sem o uso de calculadoras financeiras. 2 ed. Rio de Janeiro: Ciência Moderna, O Fracionamento do Prazo nos Juros Compostos Em juros a formação do montante da operação está associada à definição da taxa (i) e do prazo da operação (n). Em juros compostos há incidência da taxa sobre o capital inicial (P) e os juros dos períodos anteriores, de forma que podemos fracionar o prazo uma vez que estaríamos permitindo a incidência de juros sobre juros.

17 O REGIME DE JUROS COMPOSTOS Pinheiro, Carlos Alberto Orge. Matemática Financeira sem o uso de calculadoras financeiras. 2 ed. Rio de Janeiro: Ciência Moderna, O Fracionamento do Prazo nos Juros Compostos Para exemplificar melhor, tomemos a possibilidade de um empréstimo, no valor de $ ,00 a ser pago após 7 meses, acrescido de juro compostos à taxa de 200% ao ano.

18 O REGIME DE JUROS COMPOSTOS Pinheiro, Carlos Alberto Orge. Matemática Financeira sem o uso de calculadoras financeiras. 2 ed. Rio de Janeiro: Ciência Moderna, O Fracionamento do Prazo nos Juros Compostos Digamos, agora, que o titular deste título, negocie para um terceiro à mesma taxa, no quinto mês. Qual deve ser o valor pago por este terceiro?

19 O REGIME DE JUROS COMPOSTOS Pinheiro, Carlos Alberto Orge. Matemática Financeira sem o uso de calculadoras financeiras. 2 ed. Rio de Janeiro: Ciência Moderna, O Fracionamento do Prazo nos Juros Compostos

20 O REGIME DE JUROS COMPOSTOS Pinheiro, Carlos Alberto Orge. Matemática Financeira sem o uso de calculadoras financeiras. 2 ed. Rio de Janeiro: Ciência Moderna, A equivalência de Compromissos A substituição de compromissos refere-se à equivalência de capitais. A questão gravita na definição dos prazos de pagamento. As propriedades da exponenciação garantem que a equivalência financeira no regime de juros compostos é permanente em qualquer data. Ou seja, se um conjunto de capitais é equivalente em uma dada data, será equivalente em qualquer outra.

21 O REGIME DE JUROS COMPOSTOS Pinheiro, Carlos Alberto Orge. Matemática Financeira sem o uso de calculadoras financeiras. 2 ed. Rio de Janeiro: Ciência Moderna, Podemos dizer que se o conjunto de capitais S é equivalente ao conjunto de capitais N em uma determinada data qualquer (por exemplo, data 5), apresentam, portanto, valores iguais em outras datas. Assim, quando avaliados em outra data qualquer, o novo valor a ser definido manterá nova igualdade para o outro conjunto. Vale lembrar que isto só ocorre no regime de juros compostos.

22 O REGIME DE JUROS COMPOSTOS Pinheiro, Carlos Alberto Orge. Matemática Financeira sem o uso de calculadoras financeiras. 2 ed. Rio de Janeiro: Ciência Moderna, A equivalência de Compromissos

23 O REGIME DE JUROS COMPOSTOS Pinheiro, Carlos Alberto Orge. Matemática Financeira sem o uso de calculadoras financeiras. 2 ed. Rio de Janeiro: Ciência Moderna, Digamos que uma dívida de $5.000,00 possa ser quitada em dois pagamentos, um de $3.900,00 para três meses e outro valor para 45 dias. Se essa operação atende ao principio da equivalência de capitais e foi realizada com taxa de 10% ao mês, determine o valor do pagamento:

24 O REGIME DE JUROS COMPOSTOS Pinheiro, Carlos Alberto Orge. Matemática Financeira sem o uso de calculadoras financeiras. 2 ed. Rio de Janeiro: Ciência Moderna, Atividades Uma câmara digital é comercializada por $429,00 à vista ou em 2 parcelas de $229,45 com pagamentos para 30 e 60 dias. Com base nos juros de 4,61% ao mês, verifique se a operação é regida pelo princípio da equivalência de capitais.

25 O REGIME DE JUROS COMPOSTOS Pinheiro, Carlos Alberto Orge. Matemática Financeira sem o uso de calculadoras financeiras. 2 ed. Rio de Janeiro: Ciência Moderna, Atividades O valor de um produto à vista é de $12.000,00. Para pagamento a prazo paga-se uma entrada mais três parcelas mensais consecutivas de $2.000,00 cada. Com base no princípio da equivalência de capitais, e sabendo que a taxa de juros é de 5% ao mês, determine o valor da entrada.

26 O REGIME DE JUROS COMPOSTOS Pinheiro, Carlos Alberto Orge. Matemática Financeira sem o uso de calculadoras financeiras. 2 ed. Rio de Janeiro: Ciência Moderna, Atividades Um capital foi aplicado a juros de 20% ao ano. Ao término deste prazo, um terço do valor total foi aplicado a taxa de 35% ao ano, durante igual período. Sabe-se que os juros desta última operação foram de $210. Determine o capital inicial da operação.

27 O REGIME DE JUROS COMPOSTOS Atividades Uma dívida de $15.000,00 foi contraída para ser paga em 6 meses. Se a taxa de juros é de 7% ao bimestre, caso o devedor queira liquidar com 20 dias de antecedência, determine o valor a ser pago.

28 O REGIME DE JUROS COMPOSTOS Atividades Uma pessoa necessita de $20.000,00 daqui a 7 meses. Sabe que as instituições financeiras operam com taxas de 3% ao período quinzenal. Determine quanto deve aplicar hoje para obter o capital desejado.

29 O REGIME DE JUROS COMPOSTOS Atividades Pretende-se daqui a 8 meses comprar um veículo no valor de $30.000,00. Determinar a aplicação necessária a ser realizada num investimento que remunera a 15% ao mês, de modo que a compra possa ser realizada apenas com os juros obtidos na aplicação.

30 O REGIME DE JUROS COMPOSTOS Atividades Determine a taxa de juros compostos anual que consegue transformar o capital de $4.000,00 em $4.096,46 durante o período de 6 meses.


Carregar ppt "Juros Compostos A característica do regime dos juros compostos é que os resultados obtidos em cada período são incorporados ao capital nas próximas operações."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google