A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Quem sou eu? Quem é a Corporação? Uma história Sem Fim.... Visão 2005 Visão 2012 Em 2010 como estamos... O que sustenta o processo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Quem sou eu? Quem é a Corporação? Uma história Sem Fim.... Visão 2005 Visão 2012 Em 2010 como estamos... O que sustenta o processo."— Transcrição da apresentação:

1 Quem sou eu? Quem é a Corporação? Uma história Sem Fim.... Visão 2005 Visão 2012 Em 2010 como estamos... O que sustenta o processo.

2

3 PDO - jul/1998 "Consenso Villa Rossa" Visão 2005 Workshops de Sensibilização e Divulgação Lideranças e Equipes Visão 2005 PDO com Consultoria Interna de RH Definição de Competências Estratégicas Definição da Diretoria Administrativa / Executiva Definição do comitê Torre de Controle CDO – Decisão para realizar Workshop de Reflexão estratégica Inicio Ciclo de Workshops 10 Competências para a Liderança Primeiro impulso CDO para Visão 2012 Consenso das Águas Cristalinas Treinamento das 10 Competências para Funcionários Brasil Inicio Bate-papo com o Presidente Café-da-manhã com funcionários Reunião-progresso Fechamento Visão 2005 Aquisição da AXA Seguros que passou a se chamar Azul Seguros Abertura de Capital e Negociação de Ações no Novo Mercado da BOVESPA

4

5

6

7

8

9 – 2005 Como eu sinto a empresa hoje? 2005 – 2012 Como eu vejo/sinto a empresa em 2012?

10 Vice-presidente A (Antes) (Depois)

11 11 (Antes) (Depois) Vice-presidente B

12 12 (Antes) (Depois) Vice-presidente C

13 Capítulo I Era uma vez, de um lado, um empreendedor guerreiro e sonhador que queria ter um castelo; de outro, um castelo que precisava de alguém para resgatá-lo do monstro das dificuldades. A coragem do nosso guerreiro para comprar o castelo Porto Seguro surpreendeu toda a sociedade. Foi elogiado e criticado, além de ser considerado louco, pois resolveu trabalhar com a carteira de automóvel, a qual era o sapo do mercado. Mas nosso guerreiro sempre contou com o apoio de sua fada madrinha. Capítulo II Para essa missão, nosso guerreiro cercou-se de fiéis escudeiros, seus grandes guerreiros que acreditavam na visão do seu herói, em direção ao seu sonho. Lutaram em diversas batalhas e, numa delas, perderam seu principal guerreiro e herói. Então, o príncipe assumiu o reinado. Capítulo III Dentre as várias batalhas, a DPVAT foi uma das mais sangrentas. Parecia que estava perdida, porém os fiéis escudeiros (corretores) empenharam-se na tarefa de superar as dificuldades da luta.

14 Capítulo IV Os anos se passaram, nosso príncipe e seus seguidores tornaram-se tão fortes e poderosos, que precisaram propagar a filosofia e os valores que sempre os nortearam aos demais seguidores das terras distantes das regionais e das sucursais. Criaram, então, a Visão Para tanto, chamaram todos os seus generais e capitães às tendas dos workshops de sensibilização. Capítulo V No regresso às suas capitanias hereditárias, os generais e seus soldados propagaram e defenderam a Filosofia e a Visão Travaram batalhas contra os dragões da concorrência e contra os exércitos poderosos, lutando com suas principais armas: as pessoas, o atendimento familiar, a cultura e os valores da empresa. Capítulo VI Passados sete anos de batalhas, os generais e capitães foram chamados para um novo encontro de avaliação da Visão 2005 e de discussão e proposição de novos desafios. Com a Visão 2012, inicia-se uma nova cruzada de mais sete anos. Nessa nova caminhada, os três guerreiros pioneiros tornaram-se conselheiros, e os novos guerreiros foram designados para a batalha da Visão 2012.

15 1º. Impulso do CDO: Como será a Porto em 2012? Consenso das Águas Cristalinas Dez/2004 Validação da Visão 2012 Criação Comitê Executivo do Conselho de Administração da Porto S/A Criação Da Vice-presidência Executiva e novas Vice-presidências Aquisição da Itaú Seguros Auto e Residência Criação de Comitês: Produto, Produção, Tripulação Disseminação da Visão 2012 Liderança, Funcionários e Prestadores Início do Café da manhã com Prestadores Criação e disseminação da Política de Atendimento e Código de Ética e Conduta Corporativa Realização do Workshop Cultivando Nossa Identidade para todos os líderes da Corporação

16 Mais de 700 líderes de 13 empresas da Corporação discutindo a filosofia e confrontando-a com a realidade percebida.

17 O fio vermelho... Consultoria interna; Consultoria externa; Ferramentas: ciclos de PDO e CDO, Diagnósticos, Pesquisas de Satisfação, Gestão de Desempenho, Análise de Potencial; Modelo de gestão participativa: discussões, reunião das oito, reunião progresso, bom-dia, comitês, café- da-manhã, almoços, integrações, bate-papo.

18 Contato Sonia Rica (11)


Carregar ppt "Quem sou eu? Quem é a Corporação? Uma história Sem Fim.... Visão 2005 Visão 2012 Em 2010 como estamos... O que sustenta o processo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google