A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Roma Antiga Profº Paulo Henrique. Raízes históricas  Italiotas, etruscos e gregos;  Lenda de Rômulo e Remo (“Eneida” de Virgílio)  Agricultores e pastores;

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Roma Antiga Profº Paulo Henrique. Raízes históricas  Italiotas, etruscos e gregos;  Lenda de Rômulo e Remo (“Eneida” de Virgílio)  Agricultores e pastores;"— Transcrição da apresentação:

1 Roma Antiga Profº Paulo Henrique

2 Raízes históricas  Italiotas, etruscos e gregos;  Lenda de Rômulo e Remo (“Eneida” de Virgílio)  Agricultores e pastores;

3 Períodos  Monárquico;  Republicano;  Império;

4 Período Monárquico Dividida entre patrícios ( ricos proprietários de terra ), clientes ( parentes pobres ou serviçais destes proprietários ), plebeus ( homens livres, sem direitos políticos ) e escravos (endividados ou prisioneiros de guerra); SOCIEDADE

5 Período Monárquico  Rei (líder político + sacerdote + juiz) eleito por uma assembléia popular;  Controlado pelo Senado (Conselho dos Anciãos), formado pelos patrícios;  Houve reis estrangeiros (etruscos);  Tentativa de diminuir a ação do Senado levou à derrubada da monarquia; POLÍTICA

6 Período Republicano  Instituições essencialmente aristocráticas ( a plebe conquistará direitos, mas muito lentamente...);  Cargos dos patrícios: Cônsules ( haviam 2, cuidavam da política interna e externa ), Edis ( administração pública ), Pretores ( juízes ), Questores ( finanças ) e Ditadores ( em caso de calamidade ou guerra ); POLÍTICA

7 Período Republicano  “greve” dos plebeus (retiraram-se) força a criação do cargo de Tribuno da Plebe.  Lei das Doze Tábuas (450ª.C.):1º código escrito.  Lei Canuléia (445 a.C.): casamento entre patrícios e plebeus  Lei Licínia ( 367 a.C.):eleição de magistrados plebeus CONQUISTAS DA PLEBE

8 Período Republicano  Vocação expansionista torna-se mais agressiva...  Guerras contra Cartago ( norte da África ):  1ª - cresce o poder naval dos romanos ; anexação da Sicília, da Córsega e de Sardenha.  2ª - derrotam Aníbal; conquistam Espanha; recebem grande fortuna em dinheiro.  3ª - destroem a cidade e escravizam os sobreviventes. GUERRAS PÚNICAS

9 Período Republicano  Supremacia de Roma sobre o Mediterrâneo;  Grande afluxo de riquezas ( patrícios mais ricos );  Enorme massa de trabalhadores escravos concentrados na cidade;  Clientes prejudicados ( propriedades devastadas e vendidas a preços baixos );  Êxodo rural;  Tensão que acaba em guerra civil (pão e circo); consequência das vitórias militares

10 Período Republicano  Tibério Graco – Lex Sempronia Agraria ( Reforma Agrária ) – assassinado!  Caio Graco – Lex Frumentaria ( Trigo aos pobres ) – “suicidado ”! REFORMAS

11 Período Republicano  Surgem as ditaduras militares ( Mário, Sila...);  Reforçaram o poder do Senado e diminuíram a ação do Tribuno da Plebe;  1º triunvirato – Pompeu, Júlio César e Crasso  Júlio César declara-se ditador vitalício (grandes obras públicas, doação de terras a ex- soldados, concessão de cidadania a estrangeiros etc).  2º triunvirato – Marco Antônio, Lépido e Otávio  Otávio declara-se “Augustus” (filho dos deuses) e começa o Império. CRISE

12 Império  Alto = prosperidade  Baixo = crise

13 Alto Império Otávio Augusto  Com poder absoluto, expande o território;  Os cidadãos foram divididos em 3 camadas: senatorial, equestre e inferior;  Intensificou a política de pão e circo;  Pax Romana – período de paz e prosperidade ( fruto das armas e do autoritarismo );

14 Alto Império pós-Otávio Augusto  Dinastias se sucederam no poder: Julio-Claudiana, Flaviana, Antonina etc.  Destaques para os imperadores Tibério, Calígula, Cláudio, Nero, Vespasiano, Trajano, Adriano entre outros.  Roma torna-se centro comercial, com estradas, aquedutos, moeda única etc (Idade de Ouro).

15 Baixo Império  Crise do sistema escravista – decorrente do fim das guerras de conquistas, que também fizeram diminuir o afluxo de riquezas – implantação do colonato e da tetrarquia!  Constantino buscou apoio dos cristãos (“doutrina subversiva”) – Edito de Milão e transferiu a capital para Constantinopla.  Teodósio dividiu o império em Império do Ocidente e Império do Oriente.  Invasões bárbaras.

16 Herança  Arquitetura – arcos e colunas, aquedutos, estradas, pontes, coliseu etc.  Direito – base do sistema jurídico ocidental.  Literatura – Virgílio, autor de Eneida, os dramaturgos Plauto e Terêncio, o historiador Tito Lívio.  Religião – politeísta e antropomórfica.

17 FIM Profº Paulo Henrique Matos de Jesus


Carregar ppt "Roma Antiga Profº Paulo Henrique. Raízes históricas  Italiotas, etruscos e gregos;  Lenda de Rômulo e Remo (“Eneida” de Virgílio)  Agricultores e pastores;"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google