A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP Transistor Bipolar de Junção TBJ – Parte V Jadsonlee.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP Transistor Bipolar de Junção TBJ – Parte V Jadsonlee."— Transcrição da apresentação:

1 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP Transistor Bipolar de Junção TBJ – Parte V Jadsonlee da Silva Sá

2 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP Operação em Pequeno Sinal e Modelos TBJ como amplificador – Operação em pequeno sinal. Sinal a ser amplificado.

3 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP Operação em Pequeno Sinal e Modelos TBJ como amplificador – Operação em pequeno sinal. Aplicando v be (< 10 mV), a tensão v BE torna- se, Aproximação para pequenos sinais.

4 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP Operação em Pequeno Sinal e Modelos Com essa aproximação, a corrente total no coletor é dada por Corrente I C de polarização Componente de sinal Transcondutância

5 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP Operação em Pequeno Sinal e Modelos Interpretação gráfica para g m – Inclinação da curva característica i C - v BE para i C = I C.

6 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP Operação em Pequeno Sinal e Modelos A corrente de base e a resistência de entrada da base. A resistência de entrada para pequenos sinais entre a base e o emissor “olhando” para a base é definida como

7 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP Operação em Pequeno Sinal e Modelos A corrente de emissor e a resistência de entrada do emissor. A resistência de entrada para pequenos sinais entre a base e o emissor (resistência de emissor) “olhando” para o emissor é definida como

8 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP Operação em Pequeno Sinal e Modelos A relação entre r π e r e é dada pelas expressões seguintes

9 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP Operação em Pequeno Sinal e Modelos O ganho de tensão. TBJ excitado por um sinal v be na base-emissor, teremos uma corrente i c = g m v be. TBJ  Fonte de corrente. O ganho de tensão A v desse amplificador é

10 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP Operação em Pequeno Sinal e Modelos Separando o sinal e as quantidades CC. Vimos que cada corrente e tensão no circuito amplificador são compostas por dois componentes: Componente CC; Componente do sinal.

11 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP Operação em Pequeno Sinal e Modelos O modelo π-híbrido.

12 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP Operação em Pequeno Sinal e Modelos O modelo T.

13 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP Operação em Pequeno Sinal e Modelos Aplicação dos modelos equivalentes para pequenos sinais. O processo consiste nos seguintes passos: 1. 1.Determine o ponto de operação CC – I C Calcule os valores dos parâmetros do modelo para pequenos sinais (g m, r π e r e ) Elimine as fontes de tensão CC por curtos e as fontes de corrente CC por um circuito aberto Substitua o TBJ por um de seus modelos equivalentes Análise o circuito para determinar as grandezas de interesse.

14 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP Exemplo Determine o ganho de tensão do amplificador abaixo. Considere β = Determine o ponto de operação Determine os parâmetros para o modelo de pequenos sinais.

15 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP Operação em Pequeno Sinal e Modelos Expandindo os modelos para pequenos sinais de forma a considerar o efeito Early. Nos amplificadores com emissor aterrado, r o fica em paralelo com R C, a tensão de saída será.

16 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP Operação em Pequeno Sinal e Modelos Resumindo....

17 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP Amplificadores TBJ de Estágio Simples Existem basicamente três configurações para implementar amplificadores TBJ de estágio simples: Emissor comum; Base comum; Coletor comum. Estudaremos as três utilizando uma mesma estrutura básica com o mesmo arranjo de polarização.

18 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP Amplificadores TBJ de Estágio Simples Estrutura básica.


Carregar ppt "Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP Transistor Bipolar de Junção TBJ – Parte V Jadsonlee."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google