A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

VISÃO CORPORATIVA - IDB 2013. É uma visão integral do que a Igreja de Deus deve fazer no Brasil que incorporá a toda a membrecia. Integra as crianças,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "VISÃO CORPORATIVA - IDB 2013. É uma visão integral do que a Igreja de Deus deve fazer no Brasil que incorporá a toda a membrecia. Integra as crianças,"— Transcrição da apresentação:

1 VISÃO CORPORATIVA - IDB 2013

2 É uma visão integral do que a Igreja de Deus deve fazer no Brasil que incorporá a toda a membrecia. Integra as crianças, os jovens, as mulheres, os homens e também os ministérios de Educação Cristã, louvor, aconselhamento, diáconos, diaconisas e líderes de grupos de crescimento ou grupos homogêneos. É uma nova mentalidade. Missões não é um programa a mais, senão o coração do que fazer da Igreja local, a razão de sua existência neste mundo. Por: Roberto Aldana Sosa - Superintendente de Área C.A. (Habacuque 2:2-3) O QUE É A VISÃO CORPORATIVA?

3 É uma visão de Deus e não de homens. (Ezequiel 1:1; Atos 9:10; 26:19). Está sustentada na Bíblia e não em opiniões humanas. (2 Pe 1:19-21). É a perfeita vontade de Deus e não a vontade de um indivíduo ou uma denominação (I Timoteo 2:3,4; II Pedro 3:9). Tem a ver com a razão da existência da Igreja neste mundo. Se caracteriza pela compaixão contínua para com os perdidos. (Marcos 6:30-34; 1ª. Corintios 9:22; Romanos 9:1-3; Gálatas 4:19). A obediência da Visião Corporativa, fará que nossa Igreja seja segundo o coração de Deus, aprovada por Ele mesmo, e terá uma porta aberta adiante dela que ninguém poderá fechar. (Apocalipse 3:8) AS BASES DA VISÃO CORPORATIVA

4 1.Desenvolvimento integral das igrejas existentes. 2.Plantação intencional e planificada de novas igrejas. 3.Implementação de um plano de discipulado integral conforme o modelo de Jesus e de Paulo, em todos os níveis da estrutura da Igreja. 4. Cumprimento do ministério e da ação social. 5. Seleção, preparação, envio, instalação, sustento, pastoreo, retorno e reinserção dos missionários aos povos não alcançados e menos evangelizados do mundo. 6.Uma educação bíblica – teológica e ministerial que acompanhe a igreja na realização de suas metas. ASPECTOS ESSENCIAIS DA VISÃO CORPORATIVA

5 COMO IMPLEMENTAR? As seguintes diretrizes gerais, serão para a implementação de Uma Visão Corporativa: - Intercessão (Lucas 11:24) - Uma nova estrutura organizacional: - O Diretor de Missões. Cada líder executivo é um Diretor de Missões em um nível que corresponde e será quem prestará contas deste trabalho. - O Departamento de Missões: – Nível local. – Nível regional. – Nível nacional. – Nível de Área: Bracamex. - Culto Missionário Mensal. - Conferência Anual de Missões. Se recomenda realizá-la na data de aniversário de cada igreja local.

6 COMO FINANCIAR ? Culto missionário mensal. Culto missionário mensal. – Promessa de fé: É uma promessa; É de fé; É em dinheiro. – Arrecadação, distribuição e utilização dos fundos.

7 1. Evangelismo Organizado e intencional. 2. Plantacão de Igrejas 3. Ação Social/filantropia. 4. Missões Transculturais 1. Plantação de Igrejas 2. Ação Social/filantropia. 3. Missões Transculturais 1. Coordenação de projetos 2. Capacitação de candidatos - CTM 3. Missões Transculturais 1. Envio 2. Pastoreio 3. Retorno Local Regional 1/4 Nacional 1/4 AEMI 1/4

8 Unidos na Visão Corporativa

9 Oitenta e cinco mil membros para congregações de impacto de mais de membros nas principais cidades e povos. Que todos os programas de educação incentivem e acompanhem as igrejas na realização das metas da Visão Corporativa. Enviar 5 famílias aos povos não alcançados e 5 aos povos menos evangelizados. 750 igrejas organizadas e 800 congregações até o ano de Que todas as congregações locais, escritórios regionais e nacionais da Igreja de Deus no Brasil se reestruturem conforme a Visão Corporativa: - Um só projeto em cada Igreja local. - Um só projeto em cada escritório regional. - Um só projeto no escritório nacional. - Que todas as propostas, acompanhamento e execução de todos os projetos para fazer missões no Brasil, seja para os povos não alcançados, em países pouco evangelizados ou em qualquer outro que se canalizem através de AEMI. GRANDE DESAFIO

10 Quais são os nossos Recursos?

11 É o diretor geral de missões em sua igreja local. Nomear a um assistente, um coordenador, que trabalhará com um comitê de missões - os líderes de ministérios, os grupos dentro da igreja local. Receberá treinamento para implementar a visão corporativa da AEMI em sua igreja local. Terá acesso a materiais para oração, ensinamentos e pregações sobre a missão da igreja. Organizará a conferência anual de missões. Organizará e realizará o culto missionário mensal. 40% da parte dos fundos de missões ficará na igreja local. Enviará o restante dos fundos de missões, 60% da parte, para o escritório regional/nacional. O Pastor e a Igreja Local O pastor dependerá a funcionalidade e efetividade deste modelo para o cumprimento da missão da igreja. Todos participam, coordenados pelo pastor. O PASTOR:

12 O Supervisor e a Região O Superintendente Nacional e o Brasil O Supervisor e a Região O Superintendente Nacional e o Brasil 1. É diretor geral da Visão Corporativa em sua região/país. 2. Nomeie um coordenador, e um comitê que o ajude a alcançar os objetivos da Visão Corporativa em sua região. 3. Administra 20% das partes dos fundos de missões. 4. Envia os respectivos 20% dos fundos de missões mensalmente para a Nacional e a AEMI. A Igreja Nacional: 1. Atua como um escritório da AEMI por extensão. 2. Se encarrega da educação, promoção e direção das missões em sua região/país. 3. Determina as designações dos fundos para projetos aprovados dos 20% das partes que lhe correspondem.

13 O Superintendente, O Diretor Executivo e o Conselho Administrativo da AEMI A. O Superintendente: 1. É o Diretor Geral de Missões. 2. Trabalha com o diretor executivo e o conselho administrativo de Missões na administração de 20% da parte dos fundos de missões. 3. Presta contas ao CEN (Conselho Executivo Nacional) e ao diretor de campo. B. O Diretor Executivo: 1. É elegido a cada dois anos. 2. Aprova e supervisiona os projetos a nível nacional em cada país. 3. É o facilitador e executor dos grandes objetivos da Visão Corporativa. 4. Fornece consultoria e seminários de capacitação para todo o programa de missões a nível nacional.

14 JUNTA LOCAL Diretor: Pastor Local Integrantes: Líderes de Ministérios Coordenador Membro Chave JUNTA REGIONAL Diretor: Pastor Regional Integrantes: Líderes Regionais de Ministérios Coordenador Líder do Ministro Chave JUNTA NACIONAL Diretor: Pastor Nacional Integrantes: Líderes Nacionais de Ministerios Coordenador Ministro Chave AEMI Presidente: Pastor de área Integrantes: Líderes de Ministerios a Nivel de Área Coordenador AEMI

15 Coordenador: Ajuda como facilitador entre os ministérios, servindo como o assistente do Pastor que garantirá a execução do plano missionário da igreja. Junta: A equipe de líderes são as armas da igreja, através dos quais se desenvolvem as diferentes estratégias para alcançar os objetivos traçados. Pastor: É a chave para levar adiante a visão e ação missionária da igreja, em todos os níveis de nossa estrutura, informação é a chave para desenvolver a visão corporativa.

16 CRESCIMENTO PASTOR Intercessão Missões Educação Cristã Ação Social Jovens Senhoras Senhores Louvor Crianças

17 GRANDE COMISSÃO Intercessão Administração Educação Cristã Diáconos Ministério de Ação Social Jovens Senhoras Senhores Louvor Crianças PASTOR

18 E, servindo eles ao Senhor, e jejuando, disse o Espírito Santo: Apartai-me a Barnabé e a Saulo para a obra a que os tenho chamado. Atos 13.2

19 Projeto Ponta da Flecha Região Amazônica. Atingir grupos indígenas da Bacia Amazônica.. Atingir povos não alcançados dentro do Brasil. Pernambuco Projeto Missões Urbanas Evangelizar Fortaleza - CE Projeto Coração Nordestino

20 Projeto Oeste-Amazônico: Coord. Marcos Antonio - Organizar a primeira IDB acreana. - Desenvolver treinamento para Liderança - Auxiliar no Projeto Amazion Mission Projeto TIMOM (MA) Coordenador: Pr. Isac Costa Cardoso - Abrir uma IDB nesta cidade - Comprar um lote construir templo - Programa de Integração – Curso bíblico - Programa de interação junto a comunidade Projeto Região Sul: - Integrar as igrejas da região - Trabalhar em parceira com o CTM - Implantar novas igrejas - Treinamento para líderes

21 Assista o vídeo de missões nacionais:

22 Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado... Mt 28.19,20.

23 COORDENADOR DA IDB DE LÍNGUA PORTUGUESA NA AMÉRICA Pr. Silas Carvalho e Rosilene dos Santos Pr. Silas Carvalho é casado com Rosilene dos Santos e tem uma filha. Ministro Ordenado da Igreja de Deus, foi nomeado pelo Comitê de Missões Mundiais e pela Superintendência Nacional do Brasil,Coordenador das Igrejas de Deus de língua portuguesa na América. É Coordenador de 11 igrejas de língua portuguesa.

24 COORDENADOR DA IDB DE LÍNGUA PORTUGUESA NA EUROPA Wanderson Machado da Silva é casado com Jesana Rodrigues e pai de Joseph Liam. Ministro ordenado da Igreja de Deus (Church of God) com sede internacional em Cleveland-TN, EUA. Em Abril de 2009 foi nomeado, pelo Comité de Missões Mundiais de Tennessee-EUA, Diretor de Missões Urbanas e Transculturais para Europa e, em maio do mesmo ano, nomeado pela Superintendência Nacional do Brasil, Coordenador das Igrejas de Deus de língua portuguesa na Europa. Atualmente vivem na Bélgica (Coração da Europa).

25 MISSIONÁRIA MARIANI NA ESPANHA Gustavo e Mariani Chavez - Levando o evangelho de Cristo. - Abrindo igrejas fortes nos princípios da verdade de Cristo. - Ensinando, capacitando e preparando líderes.

26 MISSIONÁRIA IRCEMES NA BÉLGICA Ircemes e filhos 2º Ano da Igreja de Deus de Língua Portuguesa: Grande parte da igreja de língua portuguesa é clandestina no país. Muitos já receberam a sua carta de identidade nacional podendo trabalhar conforme a legalidade do país.

27 PASTORES JUVALDO E ROSINETE NA IRLANDA PROJETO IRLANDA: -Implantação do Curso de Teologia -Formação de Obreiros NECESSIDADES: -Material didático/pedagógico para o curso -Material para a Escola Bíblica Dominical em português

28 MISSIONÁRIAS CÉLIA E CLARA EM MOÇAMBIQUE Base Missionária: O propósito desta base é receber missionários vindos do Brasil em preparação para outros países da África e missionários que estarão vindo trabalhar aqui em Moçambique no interior do país sendo este o lugar de chegada, adaptação e treinamento. Evangelizando, ganhando vidas para o Reino de Deus, distribuindo alimentos, ajudando na formação teológica, aconselhamento pastoral, ministração bíblica e doutrinando de acordo com a nossa Declaração de Fé.

29 MISSIONÁRIA SUELI NA ÍNDIA - Dar apoio as Igrejas de Deus na Índia - Distribuir alimento e levar alívio para as pessoas sem esperança - Pregar o evangelho no meio do povo muçulmano.

30

31 Avante Igreja de Deus no Brasil Todos com a Visão Corporativa Visão Corporativa


Carregar ppt "VISÃO CORPORATIVA - IDB 2013. É uma visão integral do que a Igreja de Deus deve fazer no Brasil que incorporá a toda a membrecia. Integra as crianças,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google