A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Resultado 1S08 Rio de Janeiro - 07 de agosto de 2008.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Resultado 1S08 Rio de Janeiro - 07 de agosto de 2008."— Transcrição da apresentação:

1 Resultado 1S08 Rio de Janeiro - 07 de agosto de 2008

2 Excelente desempenho operacional
Aumento de produção em 17 dos 18 produtos da Vale Recorde de produção de 8 produtos Minério de ferro 152,538 Pelotas 21,511 Níquel (1,000 toneladas) 130 Cobre (1,000 toneladas) 150 Cobalto (toneladas) 1,286 Bauxita 4,885 Carvão metalúrgico 1,418 Carvão térmico (1,000 toneladas) 538 Milhões de toneladas

3 Excelente desempenho das vendas Aumento de vendas em todos os produtos
mil toneladas métricas 1S08 1S07 D% Minério de ferrro ,4% Pelotas ,5% Manganês ,0% Ferro-ligas ,5% Cobre ,1% Cobalto 1,4 1,2 20,8% Potássio ,0% Caulim ,0% Carvão ,0% Alumina ,6% Metais preciosos¹, ,5% PGM¹, ,0% Recorde Recorde Recorde ¹ Onças troy - 2 Ouro e prata - 3 Metais do grupo da platina

4 Vendas de minério de ferro e pelotas da Vale
milhões de toneladas métricas + 11,3%

5 Excelente desempenho financeiro
Em US$ milhões 1S07 1S08 Δ% Receita bruta ,3 Lucro operacional ,1 Lucro líquido ,4 EBITDA ,7 Recorde Recorde Recorde Recorde

6 Comportamento da receita US GAAP x BR GAAP
A Vale é uma companhia global e a maior parte de suas receitas é denominada em dólares americanos. No 1S07, cada US$ de receita gerava R$ 2.045,20. Já no 1S08, os mesmos US$ de receita produziram menos reais, R$ 1.696,60, ou seja, menos 17%. A valorização do real em relação ao dólar – a taxa de câmbio média R$/US$ passou de R$ 2,0452 no 1S07 para R$ 1,6966 no 1S08 – explica porque a receita em reais caiu.

7 Comportamento da receita US GAAP x BR GAAP
Somente a valorização do real contra o dólar teria levado à redução de nossa receita em reais em R$ 5,629 bilhões, comparando o 1S08 contra o 1S07. Na contabilidade americana, os números, livres do efeito cambial, mostram aumento de 14,3% na receita do semestre. 1S07 1S08 % Receita USGAAP (US$ bilhões) 16,579 18,945 +14,3% Receita BRGAAP (R$ bilhões) 34,826 33,433 -4,0%

8 Comportamento do lucro US GAAP x BR GAAP
Na contabilidade brasileira (BR GAAP), o efeito da variação cambial sobre o valor dos ativos de uma empresa brasileira no exterior é contabilizado como despesa (ou receita), dependendo da valorização (ou desvalorização) do real. Se a Vale tem um prédio no Canadá com valor de US$ 1 milhão em 30/06/07, seu valor em reais nessa data era de R$ 1,926 milhão (US$ 1 milhão x 1,926 R$/US$). Como o real se valorizou, com a taxa de câmbio passando de R$ 1,9262/US$ em 30/06/07 para R$ 1,5919/US$ em 30/06/08, o mesmo prédio, com o mesmo valor de US$ 1 milhão, passou a valer menos em reais, R$ 1,591 milhões (US$ 1 milhão x 1,5919 R$/US$). ¹ Taxa de câmbio R$/US$ em 30/06/07 igual a R$ 1,9262

9 Comportamento do lucro US GAAP x BR GAAP
Desse modo, de acordo com o BR GAAP, a variação do valor do prédio em reais, chamada de “variação cambial de investimento no exterior”, de R$ 335 milhões (R$ 1,926 milhão – R$ 1,551 milhão), é subtraída do lucro da Vale como se fosse uma despesa. Na realidade nada mudou, o prédio é o mesmo, continua a valer US$ 1 milhão, não saiu um real do caixa da Vale. É uma regra contábil apenas. 1S07 1S08 % Lucro USGAAP (US$ bilhões) 6,312 7,030* +11,4% Lucro BRGAAP (R$ bilhões) 10,937 6,827 -37,6%

10 Conciliando o lucro da Vale: US GAAP vs BR GAAP
US$ milhões 1S08 Lucro líquido US GAAP 7.030 (-) Variação cambial de investimentos no exterior 2.231 (-) Amortização de ágio em aquisições (-) Outros ajustes Lucro líquido BR GAAP 4.387

11 O efeito da nova Lei das S/A e deliberação CVM nº 534
Convergência para as normas contábeis internacionais O efeito da “variação cambial sobre investimentos no exterior” deixará de afetar o lucro.

12 Melhor classificação de risco
A Vale obteve elevação no seu rating de crédito corporativo de longo prazo para BBB+, pela agência Standard & Poor’s A nota resultou da captação bem sucedida de US$ 12,2 bilhões através da oferta de ações A elevação do rating reflete a estrutura de capital mais sólida da empresa, declarou a S&P

13 Responsabilidade social corporativa é um compromisso estratégico
Investimentos no 1S08: US$ 382,3 milhões Investimentos US$ milhões 1S07 1S08 % Socioambiental 174,2 382,3 120% Ações sociais 51,7 109,9 113% Meio ambiente 122,5 272,4 122%

14 A Vale gerou mais de 24.000 postos de trabalho em um ano
Geração de emprego * A Vale gerou mais de postos de trabalho em um ano * Além desses empregos diretos, são gerados aproximadamente postos de trabalho em empresas coligadas nas quais a vale possui participação acionária.

15 Investimento 1S08 US$ milhões (*) + 43,2 % (*) Exclui aquisições

16 Investindo e crescendo: seis novos projetos de classe mundial concluídos no 1S08
Minério de ferro Fazendão Brasil 15,8 Mtpa Pelotas Samarco III Brasil 7,6 Mtpa Pelotas Zuhai China 1,2 Mtpa Níquel Dalian China tpa Bauxita Paragominas II Brasil 4,5 Mtpa Alumina Alunorte 6 & 7 Brasil 1,9 Mtpa Investimentos 1S08 US$ 4,0 bilhões US$ 2,7 bilhões US$ 915 milhões US$ 440 milhões¹ 1 Exploração mineral US$ 165 milhões, estudos de viabilidade US$ 251 milhões, tecnologia US$ 24 milhões

17 Trem 330 vagões Para maximizar a eficiência das operações logísticas, a Vale passou a usar trens com 330 vagões, os maiores trens do mundo. Foram compradas 23 novas locomotivas, ao custo de US$ 46 milhões, para conduzir os trens mais longos; Estas composições estão sendo operadas na Estrada de Ferro Carájás (EFC). Maior flexibilidade operacional, maior mobilidade, maior capacidade de transporte O trem de vagões possui 3,5 km de comprimento, equivale a 2 vezes a Av. Rio Branco - RJ

18 Vale estabelece linha de transporte dedicada à rota Brasil-Ásia
Construção de 12 navios VLOC, com toneladas cada (dwt), os maiores do mundo Investimento de US$ 1,6 bilhão Entregas: início de 2011 até fim de 2012 Capacidade total de 30,2 milhões ton/ano, equivalente a 30% das exportações para a China A Vale passa a ter uma frota de 18 VLOC e 3 capesize

19 Projetos a serem entregues entre 2008 e 2012
A confiança no futuro nos estimula a investir US$ 59 bilhões até 2012 Referência US$ 1 bilhão Projetos a serem entregues entre 2008 e 2012 Totten Greenfield Litoranea Karebbe Setentrional CSV Bayovar Equatorial Estreito Vermelho Moatize UHC Papomono Oman Itabiritos Serra Leste Maquiné-Baú Tubarão VIII CSA Salobo I Goro Onça Puma Barcarena NAR Serra Sul 2008 2009 2010 2011 2012 Carajás 130 Mtpa Voisey’s Bay Corredor Sul/Sudeste Paragominas III Carborough Downs Brownfield

20 A Vale se manterá na trilha do crescimento rápido e gerador de valor
1 ¹ índice compreende a produção de todos os produtos da Vale, base 2003 = 100.

21 milhões de toneladas métricas
A implementação dos projetos contribuirá para crescimento significativo da nossa produção milhões de toneladas métricas 1.000 toneladas métricas Minério de ferro CAGR 08-12=7,4% Pelotas¹ CAGR 08-12=10,5% Níquel CAGR 08-12=15,4% 2 Alumina CAGR 08-12=13,8% Carvão CAGR 08-12=46,8% Cobre CAGR 08-12=15,8% 2007 2008E 2012E ¹ Inclui produção das JVs (Samarco, Hispanobras, Itabrasco). ² Atingindo capacidade de 450 Mtpa ao final do ano

22 Resultado 1S08 www.vale.com/saladeimprensa
Rio de Janeiro - 07 de agosto de 2008


Carregar ppt "Resultado 1S08 Rio de Janeiro - 07 de agosto de 2008."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google