A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Profª Moisés Rodrigo G dos Santos www.quimicopolar.wikispaces.com.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Profª Moisés Rodrigo G dos Santos www.quimicopolar.wikispaces.com."— Transcrição da apresentação:

1 Profª Moisés Rodrigo G dos Santos

2 Um dos assuntos que são freqüentemente abordados nos exames vestibulares do país são as PROPRIEDADES COLIGATIVAS A sua aplicação está em um dos principais laboratórios de química que você conhece : PROPRIEDADES COLIGATIVAS São propriedades que estão intimamente relacionadas com o número de partículas de um soluto dispersas em uma solução. Quando adiciona-se sal de cozinha, (NaCl) á água fervente nota-se que a fervura imediatamente pára. Por quê? A COZINHA.

3

4 A água pura à pressão de 1 atm possui ponto de fusão de 0 o C e ponto de ebulição de 100 o C. No entanto, quando adicionamos um soluto não volátil à água, o soluto modifica as propriedades físicas da água. Agora a água congela abaixo de 0 o C e ferve acima de 100 o C. Estas alterações das propriedades físicas da água devido à adição do soluto são denominados de efeitos coligativos.

5 O uso de aditivos, como o etilenoglicol, à água do radiador de carros evita que ela entre em ebulição, no caso de um superaquecimento do motor. Aditivo do radiador: evita o congelamento e a ebulição da água que refrigera o motor do carro.

6 Nos países em que o inverno é rigoroso, esse mesmo aditivo tem o efeito de evitar o congelamento da água do radiador. Nesses países, joga-se SAL nas estradas e ruas com acúmulo de neve para derretê-la.

7 Em verduras cruas com sal, as células perdem água mais rapidamente, murchando em pouco tempo.

8 Para cada propriedade física que modifica temos uma propriedade coligativa que estuda este efeito: EFEITO COLIGATIVOPROPRIEDADE COLIGATIVA Diminuição da pressão de vaporTonoscopia Aumento do Ponto de EbuliçãoEbulioscopia Diminuição do Ponto de Congelamento Crioscopia Aumento da Pressão OsmóticaOsmoscopia Os efeitos coligativos dependem somente do número de partículas do soluto dissolvidas. Quanto maior for o número de partículas do soluto dissolvidas, maiores serão os efeitos coligativos.

9 Diminuição da pressão de vapor de um líquido, provocada pela dissolução de um soluto não- volátil. A pressão de vapor da solução formada por um soluto (não-volátil) em solvente é menor que a do solvente puro, pois a interação entre as partículas do soluto e as moléculas do solvente diminuem as saídas destas últimas.

10 Portanto, quanto maior o número de partículas do soluto em solução, maior o abaixamento da pressão máxima de vapor e menor a pressão de vapor do solvente.

11

12 Temperatura: A pressão de vapor aumenta como aumento da temperatura. Natureza do Soluto: Cada líquido apresenta uma pressão de vapor característica numa mesma temperatura.

13 É o estudo da elevação da temperatura de ebulição de um líquido, por meio da adição de um soluto não volátil. A diminuição da pressão máxima de vapor do solvente, devido à adição de um soluto, leva inevitavelmente ao aumento da temperatura de ebulição.

14 Quanto maior a concentração do soluto, maior a elevação da temperatura de ebulição do solvente e maior a temperatura de ebulição do mesmo

15

16 É o estudo do abaixamento da temperatura de congelação de um líquido, por meio da adição de um soluto. A diminuição da pressão de vapor do solvente, devido à adição de um soluto, leva à diminuição da temperatura de congelamento.

17 É uma temperatura e uma pressão nas quais as fases sólida, líquida e gasosa coexistem.

18 A Figura ilustra o ponto triplo. Gelo (iceberg) coexistindo com o líquido no qual flutua, e com a fase gasosa (ar e vapor de água).

19 Fenômeno da disseminação espontânea entre um líquido em outro e vice-versa. A difusão de um líquido para outro através de membranas semipermeáveis recebe o nome de OSMOSE

20 Quanto maior a concentração do soluto, maior o abaixamento da temperatura de congelamento do solvente e menor a temperatura de congelamento do mesmo. Efeito Crioscopico do sal no Ponto de Solidificação da água: à direita água pura com Ponto de Solidificação de 0 o C e a esquerda água e sal com Ponto de Solidificação de -18 o C

21 OSMOSE: fenômeno que permite a passagem do solvente do meio mais diluído para o meio mais concentrado. Osmose é a passagem de um solvente para o interior de uma solução feita desse mesmo solvente, através de uma membrana semipermeável (MSP). A osmose também é uma propriedade coligativa da solução, pois depende do número de partículas dissolvidas.

22 Análise microscópica:

23 A PRESSÃO DE VAPOR DA ÁGUA PURA (P 0 ) É MAIOR QUE A DA ÁGUA NA SOLUÇÃO (P). A ÁGUA SE DESLOCA DE UMA REGIÃO MENOS CONCETRADA PARA UMA REGIÃO MAIS CONCENTRADA.

24 Nota: A membrana semipermeável (MSP), que pode ser feita de bexiga de animal ou celofane, é seletiva, ou seja, deixa passar o solvente, mas não deixa passar o soluto. Observa-se que o nível do solvente diminui após um certo tempo, enquanto o nível da solução aumenta.

25

26 A mínima pressão externa que deve ser aplicada à solução quando separada do seu solvente puro para impedir a osmose. Pressão osmótica depende da concentração da solução.

27 Ocorre quando se aplica uma pressão no lado da solução mais salina ou concentrada, revertendo-se a tendência natural. Neste caso, a água da solução salina passa para o lado da água pura, ficando retidos os íons dos sais nela dissolvidos. A pressão a ser aplicada equivale a uma pressão maior do que a pressão osmótica característica da solução.

28

29

30 Fazer uma Pesquisa sobre as propriedades coligativas (0 a 5) e enviar no meu (não será aceita copia fiel da internet) Realizar um experimento em sala de aula (0 a 5) e explicar. (pode trazê-lo filmado )


Carregar ppt "Profª Moisés Rodrigo G dos Santos www.quimicopolar.wikispaces.com."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google