A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Marcin Krzysztof Wlodek Infinitivo Pessoal (Flexionado)

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Marcin Krzysztof Wlodek Infinitivo Pessoal (Flexionado)"— Transcrição da apresentação:

1 Marcin Krzysztof Wlodek Infinitivo Pessoal (Flexionado)

2 Marcin Krzysztof Wlodek Forma Simples falar eufalar tufalares você ele ela falar nósfalarmos vósfalardes vocês eles elas falarem

3 Marcin Krzysztof Wlodek Forma Composta Infinitivo Pessoal do verbo ter + particípio passado do verbo principal falar euter falado tuteres falado você ele ela ter falado nóstermos falado vósterdes falado vocês eles elas terem falado

4 Marcin Krzysztof Wlodek Infinitivo Impessoal (não flexionado) – Emprego 1. Utiliza-se quando se refere a um sujeito indeterminado Nesta sala é proibido fumar. Fumar prejudica a saúde.

5 Marcin Krzysztof Wlodek 2. Quando é usado com o valor de Imperativo Rapazes, não fumar aqui!

6 Marcin Krzysztof Wlodek 3. Nas perífrases e locuções verbais (verbo + Infinitivo), porque o verbo finito e o Infinitivo têm o mesmo sujeito: acabar de, andar a, começar a, dever, estar a, ficar a, gostar de, haver de, ir, poder, querer, ter de/que → Infinitivo Impessoal As crianças estão a brincar no jardim. (*estão a brincarem) Temos de trabalhar. (*temos de trabalharmos) Vamos passar as férias no Brasil. (*vamos passarmos) Podes entrar. (*Podes entrares.) Queríamos visitar os nossos amigos. (*Queríamos visitarmos) Gostarias de saber chinês? (*Gostarias de saberes)

7 Marcin Krzysztof Wlodek Infinitivo Pessoal (flexionado) – Emprego 1. Depois de expressões impessoais, quando o sujeito é determinado. Neste caso, o sujeito do Infinitivo é diferente do sujeito do verbo principal. Seria bom vocês estudarem mais. É importante aprendermos bem a gramática. Era preciso vocês irem às compras. Convém dizeres-me a verdade. É uma boa ideia ela acompanhar-nos nesta viagem.

8 Marcin Krzysztof Wlodek 3. Nas orações subordinadas introduzidas por uma preposição ou uma locução prepositiva: antes de, apesar de, até, depois de, no caso de, por, por causa de → Infinitivo Pessoal Neste caso, o sujeito do Infinitivo pode ser o mesmo que o sujeito do verbo principal. Antes de sairmos, temos de lavar a louça. Hoje não tivemos aulas por os professores estarem doentes. Depois de o filme acabar, vamos desligar a televisão. Fico aqui até tu voltares. No caso de querermos sair, teremos de avisar o responsável.

9 Marcin Krzysztof Wlodek 4. Na oração subordinada que completa o sentido de determinados substantivos e é introduzida por uma preposição: o desejo de, o facto de, a ideia de, a necessidade de, a possibilidade de, a probabilidade de → Infinitivo Pessoal Não me agrada a ideia de irmos passar as férias ao Algarve. Surpreende-me o facto de eles não saberem falar português. Se não estudares, a probabilidade de passares no exame é pequena.

10 Marcin Krzysztof Wlodek Infinitivo Pessoal ou Impessoal? 1. Com os verbos de percepção (ouvir, sentir, ver): ouvir, sentir, ver → Infinitivo Pessoal ou Impessoal Ouvi as crianças cantar / cantarem. Vi-os dançar / dançarem.

11 Marcin Krzysztof Wlodek 2. Com os verbos causativos (deixar, fazer, mandar): 2.1. O sujeito do Infinitivo é um substantivo deixar, fazer, mandar + substantivo → Infinitivo Pessoal ou Impessoal O professor deixou os alunos sair / saírem mais cedo O sujeito do Infinitivo é um pronome átono deixar, fazer, mandar + pronome átono → Infinitivo Impessoal O professor deixou-os sair (*saírem) mais cedo.

12 Marcin Krzysztof Wlodek 3. Nas orações subordinadas introduzidas por uma preposição ou uma locução prepositiva quando o sujeito do Infinitivo é o mesmo que o sujeito do verbo principal: antes de, ao, apesar de, até, depois de, no caso de, para, por, por causa de → Infinitivo Pessoal ou Impessoal Antes de sairmos / sair, temos de lavar a louça. Para subirem / subir ao telhado, os rapazes usaram uma escada. Ao ouvirem / ouvir o barulho, as crianças fugiram.

13 Marcin Krzysztof Wlodek Compare: Não é saudável comer muita gordura. comer → sujeito indeterminado Não é saudável comermos muita gordura. comermos → sujeito determinado: nós

14 Marcin Krzysztof Wlodek Infinitivo Composto Tem o valor perfectivo e utiliza-se para exprimir acções concluídas num determinado momento do passado ou do futuro.

15 Marcin Krzysztof Wlodek Infinitivo Pessoal Composto Os estudantes saíram depois de terem terminado a prova. terem terminado → acção concluída no passado Os estudantes vão sair depois de terem terminado a prova. terem terminado → acção concluída no futuro Infinitivo Impessoal Composto Gostaria de ter lido o livro na semana passada. ter lido → acção concluída no passado Gostaria de ter lido o livro antes deste fim-de-semana. ter lido → acção concluída no futuro


Carregar ppt "Marcin Krzysztof Wlodek Infinitivo Pessoal (Flexionado)"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google