A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Funções Orgânicas Prof: Renê Machado. Funções Orgânicas O número enorme de compostos orgânicos conhecidos nos obriga a agrupa-los em classe ou famílias.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Funções Orgânicas Prof: Renê Machado. Funções Orgânicas O número enorme de compostos orgânicos conhecidos nos obriga a agrupa-los em classe ou famílias."— Transcrição da apresentação:

1 Funções Orgânicas Prof: Renê Machado

2 Funções Orgânicas O número enorme de compostos orgânicos conhecidos nos obriga a agrupa-los em classe ou famílias de compostos semelhantes, denominados FUNÇÕES ORGÂNICAS. FUNÇÃO ORGÂNICA é um conjunto de substâncias com propriedades químicas semelhantes. FUNÇÃO ORGÂNICA é um conjunto de substâncias com propriedades químicas semelhantes. No estudo das funções orgânicas, é fundamental o aprendizado, através de grupos funcionais. Cada função orgânica é identificada e caracterizada por meio de um grupamento funcional. GRUPAMENTO ( GRUPO ) FUNCIONAL é o átomo ou grupo de átomos responsável pelas propriedades químicas pertencentes a uma determinada função.

3 Nomenclatura dos compostos orgânicos de cadeia normal O sistema de nomenclatura usado atualmente foi proposto pela I.U.P.A.C. (Internacional Union of Pure and Applied Chemistry) que significa União Internacional de Química Pura e Aplicada. Na química orgânica é comum encontrar uma outra nomenclatura além da oficial. Assim, um composto orgânico tem muitas vezes um nome oficial e um nome usual ( vulgar).

4 O nome oficial de um composto é formado por três partes principais: prefixo.infixoterminação Indica o número de carbonos Indica o tipo de ligação entre os carbonos Indica a função a que pertence o composto

5 a) prefixo 1Met 2Et 3Prop 4But 5Pent 6Hex 7Hept 8Oct 9Non 10dec

6 b) infixo apenas ligações simples – an – uma ligação dupla – en – uma ligação tripla – in – duas ligações duplas – adien –

7 c) terminação Hidrocarbonetos - o Álcool - ol Aldeídos - al Cetonas - ona Ácidos carboxílico - óico

8 Hidrocarbonetos ► São compostos orgânicos que apresentam em sua estrutura apenas átomos de carbono e hidrogênios. Os hidrocarbonetos se dividem em: Alifáticos (acíclicos) Alcanos Alcenos Alcinos Alcadienos Alicíclicos Ciclanos (ciclo alcanos) Ciclenos (ciclo alcenos) Aromáticos

9 a) Alcanos São hidrocarbonetos acíclicos ( cadeia aberta ) e saturados (somente ligações simples ). Todo alcano tem a relação entre carbonos e hidrogênios seguindo a fórmula geral: C n H 2n+2

10 Exemplo: Determine a fórmula molecular do alcano que apresenta: a) 10 átomos de carbono Resolução: Se n= 10, Então 2n + 2 = [(2 x10) + 2 ]= 22 C n H 2n Se n= 10, Então 2n + 2 = [(2 x10) + 2 ]= 22 C 10 H 22 b) 30 átomos de hidrogênio Resolução: Se 2n + 2 = 30, Então 2n =30 –2 ; n =28/2 ; n= 14 C n H 2n Se 2n + 2 = 30, Então 2n =30 –2 ; n =28/2 ; n= 14 C 14 H 30 ► Massa molecular igual a 100 u.

11 c) massa molecular igual a 100 u. Dado: C = 12 u. e H = 1 u. Resolução: C n H 2n n + 2n + 2 = n = 100 – 2 14 n = 98 n = 98/ 14 n= 7 C 7 H 16

12 Exemplos CH 4 CH 4Nomenclatura: Prefixo: met Infixo : an Terminação: o Nome: metano CH 3 – CH 2 – CH 3 (C 3 H 8 ) Nomenclatura: Prefixo: prop Infixo : an Terminação: o Nome: propano

13 Generalizando: CH 4 Metano C2H6C2H6C2H6C2H6Etano C3H8C3H8C3H8C3H8Propano C 4 H 10 Butano C 5 H 12 Pentano C 6 H 14 Hexano C 7 H 16 Heptano C 8 H 18 Octano C 9 H 20 Nonano C 10 H 22 Decano

14 b) alcenos ou alquenos São hidrocarbonetos acíclicos ( cadeia aberta ) e insaturados com uma ligação dupla. Todo alceno tem a relação entre carbonos e hidrogênios seguindo a fórmula geral: C n H 2n

15 Exemplos CH 2 = CH 2 (C 2 H 4 ) Nomenclatura: Prefixo: et Infixo : en Terminação: o Nome: eteno (etileno) CH 2 = CH – CH 3 (C 3 H 6 ) Nomenclatura: Prefixo: prop Infixo : en Terminação: o Nome: propeno

16       CH 2 = CH – CH 2 – CH 3 CH 2 = CH – CH 2 – CH 3Nomenclatura: Prefixo: but Infixo : en Terminação: o Nome: 1 – buteno ou ou But-1-eno But-1-eno    CH 3 – CH = CH – CH 3 Nomenclatura: Prefixo: but Infixo : en Terminação: o Nome: 2 – buteno ou But-2-eno

17 ► Obs.: Em alcenos de cadeias com 4 ou mais átomos de carbono, deve-se indicar a localização da ligação dupla na cadeia, numerando a cadeia a partir da extremidade mais próxima da ligação dupla, usando o menor número entre os dois carbonos da ligação dupla.

18 c) alcinos ou alquinos São hidrocarbonetos acíclicos ( cadeia aberta ) e insaturados com uma ligação tripla. Todo alcino tem a relação entre carbonos e hidrogênios seguindo a fórmula geral: C n H 2n-2

19 Exemplos CH  CH (C 2 H 2 ) Nomenclatura: Prefixo: et Infixo : in Terminação: o Nome: etino (acetileno)    CH 3 – C  C – CH 2 – CH 3 Nomenclatura: Prefixo: pent Infixo : in Terminação: o Nome: 2 – pentino ou pent-2-ino

20 ► Obs.: Em alcinos de cadeias com 4 ou mais átomos de carbono, deve-se indicar a localização da ligação tripla na cadeia, numerando a cadeia a partir da extremidade mais próxima da ligação tripla, usando o menor número entre os dois carbonos da ligação tripla.

21 d) alcadienos São hidrocarbonetos acíclicos ( cadeia aberta ) e insaturados com duplas ligações duplas. Todo alcadieno tem a relação entre carbonos e hidrogênios seguindo a fórmula geral: C n H 2n-2

22 Exemplos CH 2 = C = CH 2 (C 3 H 4 ) Nomenclatura: Prefixo: prop Infixo : adien Terminação: o Nome: propadieno    CH 2 = C = CH – CH 3 (C 4 H 8 ) Nomenclatura: Prefixo: but Infixo : adien Terminação: o Nome: 1,2 – butadieno ou But-1,2-dieno

23     CH 2 = CH – CH 2 – CH = CH – CH 3 Nomenclatura: Prefixo: hex Infixo : adien Terminação: o Nome: 1,4 – hexadieno ou ou hex - 1,4 – dieno hex - 1,4 – dieno     CH 2 = CH - CH = CH - CH = CH 2 Nomenclatura: Prefixo: hex Infixo : atrien Terminação: o Nome: 1,3,5 – hexatrieno ou Hex- 1,3,5 – trieno

24 ► Obs.: Em alcadienos de cadeias com 4 ou mais átomos de carbono, deve-se indicar a localização das ligações duplas na cadeia, numerando a cadeia a partir da extremidade mais próxima de uma das ligações duplas, usando os menores números entre os carbonos das ligações duplas.

25 e) ciclo alcanos ou ciclanos hidrocarbonetos São hidrocarbonetos cíclicos ( cadeia fechada ) e saturados ( somente ligações simples ). Todo ciclo alcano tem a relação entre carbonos e hidrogênios seguindo a fórmula geral: C n H 2n

26 Exemplos Nomenclatura: Prefixo: ciclo prop Infixo : an Terminação: o Nome: ciclo propano Nomenclatura: Prefixo: ciclo hex Infixo : an Terminação: o Nome: ciclo hexano

27 f) ciclo alcenos ou ciclenos São hidrocarbonetos cíclicos ( cadeia fechada ) e insaturados com uma ligação dupla. Todo ciclo alceno tem a relação entre carbonos e hidrogênios seguindo a fórmula geral: C n H 2n-2

28 Exemplos Nomenclatura: Prefixo: ciclo prop Infixo : en Terminação: o Nome: ciclo propeno Nomenclatura: Prefixo: ciclo pent Infixo : en Terminação: o Nome: ciclo penteno

29 g) hidrocarbonetos aromáticos São hidrocarbonetos cíclicos ( cadeia fechada) que apresentam pelo menos um anel aromático ou núcleo benzênico ( ciclo formados por seis átomos de carbono, insaturados com três ligações duplas intercaladas com ligações simples ). Benzeno

30 Os principais hidrocarbonetos aromáticos são:


Carregar ppt "Funções Orgânicas Prof: Renê Machado. Funções Orgânicas O número enorme de compostos orgânicos conhecidos nos obriga a agrupa-los em classe ou famílias."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google