A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Noções de Astronomia Universo: constituído por tudo o que existe: tempo e espaço, matéria e energia Dúvidas: –Qual é o tamanho do Universo? –Ele é finito.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Noções de Astronomia Universo: constituído por tudo o que existe: tempo e espaço, matéria e energia Dúvidas: –Qual é o tamanho do Universo? –Ele é finito."— Transcrição da apresentação:

1 Noções de Astronomia Universo: constituído por tudo o que existe: tempo e espaço, matéria e energia Dúvidas: –Qual é o tamanho do Universo? –Ele é finito ou infinito? –Já existiram outros universos? Formado por bilhões de galáxias –Nossa galáxia: Via Láctea –Sugestão de vídeo: passeio virtual em 3D por 400 mil galáxias conhecidas passeio virtual em 3D por 400 mil galáxias conhecidas

2 Mapa do Universo observável

3

4 Visão parcial da Via Láctea

5 Representação da Via Láctea e da posição do Sistema Solar

6 Sistema Solar Estrela: Sol 8 planetas –Interiores ou terrestres – Mercúrio, Vênus, Terra e Marte –Exteriores ou jupiterianos – Júpiter, Saturno, Urano e Netuno Planetas-anões: –Ceres, Plutão, Éris, Haumea e Makemake Satélites –orbitam os planetas –Mercúrio e Vênus não possuem satélites Asteroides –orbitam entre Marte e Júpiter Cometas Meteoros, meteoritos –sua pesquisa amplia o conhecimento da formação do Sistema Solar e talvez da origem da vida na Terra

7 Definição de planeta-anão Resolução da UAI – 24/8/2006 Orbita em torno do Sol Tem massa suficiente para que sua auto- gravitação o torne aproximadamente esférico Não absorveu grande parte da massa previamente existente em toda a região contígua à sua órbita Não é satélite

8 Representação e informações dos planetas anões

9 Comparação do Sol com a maior estrela conhecida

10

11 Movimentos da Terra Rotação –A Terra gira ao redor do seu eixo –Duração: 24 horas –Dias e noites –O eixo é inclinado (23º) – iluminação e aquecimento desiguais nos hemisférios norte e sul Translação –A Terra gira ao redor do Sol –Duração: 365 dias e 6 horas –Ano bissexto: 366 dias (a cada 4 anos) –Órbita elíptica: a Terra não mantém a mesma distância do Sol

12 Eixo inclinado e o movimento de rotação

13 Movimento de translação – órbita elíptica

14 DataPosição do solEstação do anofenômeno 21/3EquadorN – primavera S – outono Equinócio (duração do dia = duração da noite) 21/6Tróp de CâncerN – verão S – inverno Solstício (> ≠ na duração do dia/noite) 23/9EquadorN – outono S – primavera Equinócio 21/12Tróp de CapricórnioN – inverno S - verão Solstício vídeos sugeridos: Rotação e Translação Rotação e Translação da Terra - Equinócio e Solstício Estações do ano Rotação e Translação Rotação e Translação da Terra - Equinócio e Solstício Estações do ano

15 Fases da Lua

16

17 Eclipses *do Sol *da Lua

18 Vídeos sugeridos: Os movimentos e fases da Lua As fases da Lua - vídeo duplo Eclipses e Auroras

19 Exercício 03 – Página 26 a) No Quarto Crescente e no Quarto Minguante, a Lua encontra-se numa posição paralela em relação à Terra e, assim, podemos vê-la aproximadamente um quarto iluminada. Na Lua Cheia, a Lua encontra-se na face oposta à da Terra e vemos, então, uma de suas faces totalmente iluminada. Na Lua Nova, a Lua encontra-se entre a Terra e o Sol, portanto não a vemos. b) A Lua controla o movimento das marés e é mais intensa nos períodos de Lua Nova e Cheia, quando seu posicionamento exerce maior atração.

20 Exercício 07 – Página 27 a) Considerando-se o movimento de Translação, aquele que a Lua descreve ao redor da Terra, as marés de sizígia ocorrem quando há a conjunção, ou mais propriamente, o alinhamento do sistema Sol-Terra-Lua, ou seja, quando esta se posiciona entre a Terra e o Sol – fase da Lua Nova –, ou em oposição ao Sol – fase da Lua Cheia. Já as marés de quadratura ocorrem na ausência deste alinhamento sistêmico, ou seja, durante as fases das Luas Crescente e Minguante. O que as diferem das marés de sizígia é que apresentam amplitudes inferiores às dessas marés. Durante o mês lunar, as marés de sizígia apresentam as maiores amplitudes, pois é quando a influência gravitacional do sistema Sol-Terra-Lua é mais intensa nas faces da Terra voltadas para esses astros.

21 Exercício 07 – Página 27 b) As formas geomorfológicas passíveis de influência pelas marés são: planícies costeiras, estuários e deltas fluviais e restingas As planícies fluviais são suscetíveis às inundações pluviofluviais, comportando meandros abandonados, com áreas sujeitas às marés de sizígia e o acúmulo de sedimentos; os baixos terraços são áreas de acreção, sujeitos à inundação por marés; as planícies e terraços flúvio- estuarinos são inundadas diariamente e/ou sazonalmente pelas marés, havendo a influência do fenômeno da pororoca; as planícies fluviomarinhas são diariamente inundadas por marés, com acréscimo de sedimentos fixados predominantemente por mangues; os bancos de areia e/ou lama resultam do acúmulo de sedimentos oriundos da erosão de áreas adjacentes e/ou transportados durante os ciclos de marés.


Carregar ppt "Noções de Astronomia Universo: constituído por tudo o que existe: tempo e espaço, matéria e energia Dúvidas: –Qual é o tamanho do Universo? –Ele é finito."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google