A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A BOMBA D’ÁGUA Um homem estava perdido no deserto... grande chance de morrer de sede. Chegou a uma cabana velha, desmoronando, sem janelas, sem teto.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A BOMBA D’ÁGUA Um homem estava perdido no deserto... grande chance de morrer de sede. Chegou a uma cabana velha, desmoronando, sem janelas, sem teto."— Transcrição da apresentação:

1

2 A BOMBA D’ÁGUA

3 Um homem estava perdido no deserto... grande chance de morrer de sede. Chegou a uma cabana velha, desmoronando, sem janelas, sem teto. Andou por ali e encontrou uma pequena sombra onde se acomodou, fugindo do calor do sol desértico.

4 Olhando ao redor, viu uma velha bomba de água, bem enferrujada. Foi até lá, agarrou a manivela e começou a bombear, a bombear, a bombear sem parar. Nada aconteceu. Desapontado, caiu prostrado para trás.

5 De repente notou que ao lado da bomba havia uma velha garrafa. Olhou-a, limpou-a, removendo a sujeira e o pó, e leu um recado que dizia: "Amigo, você precisa primeiro preparar a bomba com toda água desta garrafa.”

6 Depois faça o favor de encher a garrafa outra vez antes de partir - A próxima pessoa que passar por aqui precisará dela." Tirou a rolha da garrafa e, de fato, lá estava a água. De repente, viu-se num dilema. Se bebesse aquela água, poderia sobreviver.

7 Mas se despejasse toda aquela água na velha bomba enferrujada, talvez obtivesse água fresca, bem fria, lá do fundo do poço, toda água que quisesse. Ou talvez não.

8 Que deveria fazer? Encher a velha bomba e esperar vir a ter água fresca, fria, ou beber a água velha da garrafa e desprezar a mensagem? Deveria arriscar perder toda aquela água, na esperança daquelas instruções pouco confiáveis, escritas não sabia quando?

9 Com relutância, o homem despejou toda a água na bomba. Em seguida, agarrou a manivela e começou a bombear... a bomba pôs-se a ranger e chiar sem fim. Nada aconteceu. A bomba foi rangendo e chiando.

10 Então, surgiu um fiozinho de água; depois, um pequeno fluxo e, finalmente, a água jorrou com abundância. Para alivio do homem a velha bomba fez jorrar água fresca, cristalina. Encheu a garrafa e bebeu ansiosamente.

11 Encheu-a outra vez e tornou a beber seu conteúdo refrescante. Em seguida, voltou a encher a garrafa para o próximo viajante. Encheu-a até o gargalo, arrolhou-a e acrescentou uma pequena nota:

12 "Creia-me, funciona!!!" Você precisa dar toda a água, antes de poder obtê-la de volta em abundância”. Nada vem de graça. Pense em algo que gostaria que acontecesse com você, seja na vida pessoal, profissional ou afetiva. Pensou?

13 Pois bem, quando começar a “despejar isto” na vida das outras pessoas, “isto vai jorrar” em sua vida. Assim como a lei da gravidade, existem outras leis que Deus nos deixou, e que nunca falham, e uma delas é a lei do Plantar e Colher. Ninguém espera colher algo que não tenha plantado, ou mesmo colher “tomate” se plantou “banana”.

14 Plante e colha. Não plante, e não colha. Plante certo, e colha certo. Esta é uma lei da vida. Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará. Gálatas 6:7

15


Carregar ppt "A BOMBA D’ÁGUA Um homem estava perdido no deserto... grande chance de morrer de sede. Chegou a uma cabana velha, desmoronando, sem janelas, sem teto."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google