A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 FORMAÇÃO CONTINUADA MÓDULO ESPIRITUALIDADE ESPIRITUALIDADE EQUILÍBRIO VITAL FCME - 001.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 FORMAÇÃO CONTINUADA MÓDULO ESPIRITUALIDADE ESPIRITUALIDADE EQUILÍBRIO VITAL FCME - 001."— Transcrição da apresentação:

1 1 FORMAÇÃO CONTINUADA MÓDULO ESPIRITUALIDADE ESPIRITUALIDADE EQUILÍBRIO VITAL FCME - 001

2 2 A Espiritualidade está no modo de ser, viver, falar e agir das pessoas. O QUE ENTENDEMOS POR ESPIRITUALIDADE?

3 3

4 4 ESPIRITUALIDADE Equilíbrio Vital Trinitário

5 5 A Santíssima Trindade é a fonte de todo o equilíbrio e de toda a espiritualidade. O Pai que cria O Filho que salva O Espírito que santifica.

6 “Preparai o caminho do Senhor, endireitai as suas veredas” Is 40, 3 Jo 3, 3

7 7 A espiritualidade cristã é, por excelência, a espiritualidade de Jesus segundo seu Espírito. Como cristãos, as atitudes de Jesus deverão ser as nossas atitudes. “Aquele que afirma que permanece n`Ele deve viver como Ele viveu.” I Jo 2, 6

8 8 ‘‘Fiéis são os que, incorporados a Cristo pelo Batismo, foram constituídos como povo de Deus e, assim, feitos participantes, a seu modo, do múnus sacerdotal, profético e régio de Cristo, são chamados a exercer, segundo a condição própria de cada um, a missão que Deus confiou para a Igreja cumprir no mundo’‘ O C ó digo de Direito Canônico da Igreja, quando legisla sobre o ‘‘ Povo de Deus ’‘, diz : CDC,cân.204

9 AS FUNÇÕES CRISTÃS SACERDOTAL PROFÉTICA E REAL Múnus

10 10 “Na medida que vamos seguindo o Cristo Ressuscitado, seu Espírito que habita a Igreja nos inspira a ficarmos mais próximos e parecidos com Ele,

11 11 Na obediência aos seus Mandamentos, na celebração dos seus Sacramentos, na pratica das Obras de Misericórdia E O seguimos

12 12 O amor a Deus só é válido se passar pelo próximo.

13 13 A Doutrina Progressiva dos Mandamentos Em 03 momentos:

14 A SÍNTESE DA ANTIGA ALIANÇA Os Dez Mandamentos Ex 20, 1 – 17

15 15 O Primeiro e o Maior dos Mandamentos. A SÍNTESE DA LEI E DOS PROFETAS. Mt 22, 34 – 40

16 “Amarás o Senhor teu Deus de todo teu coração, de toda tua alma e de todo teu espírito... Dt 6, 5

17 17 Lv 06, e ao próximo como a ti mesmo

18 18 “Dou-vos um Novo Mandamento. A SÍNTESE DA NOVA ALIANÇA. Amai-vos uns aos outros como eu vos amo” Jo 15, 12 – 17

19 19 A LÓGICA DO AMOR A DEUS Coração Alma Espírito PRÓXIMO DEUS BEM

20 20 ESPIRITUALIDADE Equilíbrio Vital NA FAMÍLIA

21 21 FAMÍLIA NA ÓTICA DO REITOR - MOR “Família berço da vida e do amor e luigar primeiro de humanização”. Estreia 2006

22 22 A FAMÍLIA NA ÓTICA DO PAPA. Na constituição do Lar: Família é: um Esposo, uma Esposa e Filhos. Conferência do Cairo.

23 23 A FAMÍLIA NA ÓTICA DO PAPA. Na constituição da Sociedade: “A Família é a célula mater da sociedade”. Paulo VI

24 24 “Deus é Amor.” Bento XVI A FAMÍLIA NA ÓTICA DO PAPA. Na Fé

25 25 João XXIII “amemo-nos e tudo o mais virá por si, odiemos o pecado mas amemos o pecador, falemos do que nos une e superaremos o que nos divide.” A FAMÍLIA NA ÓTICA DO PAPA. Na constituição da harmonia:

26 26 FÉ - EQUILÍBRIO ESPIRITUAL DONS VIRTUDES OBRAS Tiago

27 27 ESPIRITUALIDADE Equilíbrio Vital O Fiel Cristão é um Líder Espiritual

28 28 E, salesiano, como Dom Bosco, deve se espelhar na figura do Bom Pastor. e procurar imitá-lo.

29 Dom Bosco Líder Espiritual por excelência: FIRME GENEROSO OUSADO

30 FIRMEZA

31 GENEROSIDADE

32 32 OUSADIA

33 33 OUSADIA Na ousadia estão implícitos: Coragem Audácia E até um certo Atrevimento.

34 34 A Espiritualidade do (a) alesiano Cooperador alesiano Padre alesiano Irmão alesiana Irmã É a ME MA ! SSCC SDB FMA e Demais Grupos da FS

35 35 CETERA TOLLE Dá-me almas e fica com o resto.

36 36 A mística: “Dá-me almas e fica com o resto”, é o lema sacerdotal de Dom Bosco. É sua própria espiritualidade. E, sendo a sua, é também a de todo Salesiano.

37 37 A paixão do “da me almas e fica com o resto” deve ser coração e motor de toda a Família Salesiana. “Esta paixão encerra o espírito que deve caracterizar todos os membros e grupos desta nossa Família”. Dom Pascual Chàvez Reitor-Mor Salesiano Estréias: 2009 – 2010 – 2011.

38 “Empenhemo-nos por fazer da Família Salesiana um vasto movimento de pessoas para salvação dos jovens” Dom Pascual Chávez Villanueva. ESTREIA 2009

39 39 ESTREIA 2010 Dom Pascual Chavez Villanueva

40 40 Vinde e Vede! Estréia 2011

41 41 após a Estréia 2010: "Senhor, queremos ver Jesus”, sobre a urgência de evangelizar, Dom Chávez faz um apelo urgente e acalorado à Família Salesiana: “sintam a urgente necessidade de convocar.” Estreia 2011

42 42 A Espiritualidade Salesiana, baseada nos conceitos e intuições de Dom Bosco, parece sempre buscar o equilíbrio em três pontos: Educar evangelizando e evangelizar educando. Formar bons cristãos e honestos cidadãos e, um dia, felizes habitantes do céu.

43 43 AFETO RELIGIÃO RAZÃO Seu método Educacional, O Sistema Preventivo

44 44 A MÍSTICA DOS TRÊS BÊS

45 45 a acolhida dos meninos no Oratório tem seus “chamariscos” sui generis, Simples, prática e criativa,

46 46 BALA BOLO E BOLA é, também, uma espécie de tripé:

47 47 é um Bispo Salesiano. Entende? Eco!...

48 48 A MÍSTICA DOS TRÊS BÊS A BALA E O BOLO A BOLA Aplicados em nossa Associação

49 49 AS TRÊS COLUNAS MESTRAS DE DOM BOSCO:

50 50 PIO IX

51 51 A Eucaristia O Papa Maria O Sonho das Duas Colunas

52 52 Maria

53 53 Uma Espiritualidade, fortemente, Mariana. Se devoto de Maria e será, certamente, feliz. É Ela que tudo faz!

54 54 Eucaristia

55 55 Uma Espiritualidade, docemente, eucarística.

56 56 Meus caros, a visita a Jesus Sacramentado é um meio muito necessário para vencer o demônio. Portanto, ide frequentemente visitar Jesus, e o demônio não terá vitória contra vós."

57 57 Quereis que Ele vos dê poucas graças? Visitai-o poucas vezes. Quereis que o demônio vos assalte? Visitai raramente a Jesus Sacramentado. Quereis que o demônio fuja de vós? Visitai a Jesus muitas vezes.

58 58 Quereis vencer o demônio? Refugiai-vos sempre aos pés de Jesus. Quereis ser vencidos? Deixai de visitar a Jesus. "Quereis que o Senhor vos dê muitas graças? Visitai-o muitas vezes.

59 59 O Papa

60 60 Uma Espiritualidade fidelíssima ao Papa. Em questões de religião fiquemos com a opinião abalizada do Papa. Roma locuta, causa finita! O Papa pensou, já é uma ordem. E, não dizeis: viva Pio IX, e não griteis: viva Leão XIII, mas bradeis: Viva o Papa! Pio IX

61 61 Os Salesianos e o Papa. Uma fidelidade perene.

62 62 Os Salesianos e o Papa. Uma fidelidade perene.

63 63 ESPIRITUALIDADE E CARISMA

64 64 A espiritualidade e o Carisma de uma ordem religiosa ou de seu fundador é caracterizada pelo que ele foi e fez. No caso de Dom Bosco, amor extremado pelos jovens, claramente revelado em seus conceitos e ações:

65 65 A juventude é a parcela mais sensível e preciosa da sociedade.

66 66 No coração de todo jovem, mesmo do mais rebelde, há germes de bondade. Cabe ao educador encontrar esse ponto sensível e tirar dele o melhor proveito.

67 67 Não basta amar os jovens. Carece que eles sintam-se amados.

68 68 Se dar bem com a juventude é a mais sábia das virtudes.

69 69 “O jovem não quer ser coadjuvante. Ele quer ser protagonista.” “Aceita de bom grado a Catequese e a oração, desde que, lhe proporcionemos recreação.”

70 70 “A Santidade não consiste em fazer coisas extraordinárias, mas em fazer as coisas ordinárias de maneira extraordinária.” O Papa nos ensina a Santidade pela Espiritualidade da Simplicidade João Paulo II

71 71 “Somos chamados para os Jovens, eles são a nossa vocação”. SC Antonio Rodrigues da Silva - SSCC Província BSP


Carregar ppt "1 FORMAÇÃO CONTINUADA MÓDULO ESPIRITUALIDADE ESPIRITUALIDADE EQUILÍBRIO VITAL FCME - 001."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google